[Resenha] Gritos No Silêncio

Gritos No Silêncio
Título Original: Silent Scream (D.I. Kim Stone #1)
Autor(a): Angela Marsons 
Editora: Gutenberg              Páginas: 320
Lançamento: 2018               ISBN:9788582355213
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Os segredos mais obscuros não podem ficar enterrados para sempre… Na escuridão da noite, cinco figuras se revezam para cavar uma sepultura, um pequeno buraco em que enterram os restos de uma vida inocente. Ninguém diz nada, e um pacto de sangue os une… Anos mais tarde, Teresa Wyatt é brutalmente assassinada na banheira da sua casa, e, depois disso, mais mortes violentas começam a acontecer. Todas as vítimas têm algo em comum, e a detetive que encabeça o caso, Kim Stone, logo percebe que a chave para deter o assassino que está semeando o pânico na cidade é resolver um crime do passado. Só o que ela sabe é que alguém esconde um segredo e está disposto a fazer qualquer coisa para que nada seja revelado.
Alguém aí falou em série policial nova sendo lançada no Brasil? Isso mesmo! A louca das séries policiais (eu), não contente em ter várias em andamento, resolveu começar mais uma, agora a série Detetive Kim Stone, de Angela Marsons, lançada pela Gutenberg. E não me arrependo, que venham outras séries como essa, tão gostosas de ler. Minha estante é como coração de mãe, sempre cabe mais uma.

Gritos No Silêncio é o primeiro volume e nele vamos conhecer a detetive da divisão de homicídios Kim Stone. Ela é uma jovem policial em ascensão e aos trinta e poucos anos já chefia sua própria equipe. Kim é uma chefe linha dura, não sabe ser cheia de doçuras, mas é justa e sua equipe sabe que pode contar com ela sempre. É admirada por cada um deles, não apenas por sua determinação, mas pela ousadia e teimosia em ir até as últimas consequencias para resolver um crime.

Kim veio de um lar problemático, teve um infância marcada por uma grande tragédia e acabou crescendo em lares adotivos e orfanatos. Este drama todo a deixou mais forte, mas também deu a ela um coração bem grande, que não sossega enquanto não vê os menos afortunados tendo uma chance. Ela é uma rosa espinhosa, uma mistura de suavidade e resistência.

Este livro traz um caso onde antigos funcionários do orfanato Crestwood começaram a ser assassinados. Kim e sua equipe tentam encontrar algo que motive estes crimes, fica evidente que a resposta deve estar em Crestwood, agora fechado após um misterioso incêndio. Não é spoiler dizer que trata-se de algo ou alguém que foi enterrado na calada da noite há dez anos atrás, já que isso é revelado logo no prólogo da obra. O que temos que descobrir, junto com Kim, é o que foi enterrado e a razão deste acontecimento.

É um ótimo suspense policial que aborda tanto a investigação de crimes do presente como de crimes do passado, mas verdade seja dita, as mortes dos dias atuais são consequencia do ocorrido no passado e é este o mistério que a protagonista precisa desvendar primeiro. Ela trata este crime com um grande apego emocional, afinal ela mesma foi uma garota como as de Crestwood e nada a deixa tão revoltada quanto saber que o local onde as meninas deveriam ter sido acolhidas e protegidas, se tornou seu pior pesadelo.

Cada pedacinho do terreno de Crestwood, bem como o seu próprio prédio, esconde sinais de brutalidade e crimes hediondos. A cada página virada temos uma nova surpresa e vemos que o que Kim está investigando é bem mais complexo do que parecia ser. Eu adoro bancar a detetive nestas leituras e admito que passei longe de acertar de quem era a culpa, até o último minuto apostei em uma pessoa que na verdade era honesta e gentil, mas exatamente por se mostrar tão do bem foi que despertou minha desconfiança.

A série começa super bem. Traz um caso interessante e intrigante para os leitores, que apesar de ser bem brutal, a autora consegue abordar sem nos deixar muito assustados com a maldade humana (só um pouquinho, ok?). No entanto, o forte para mim foram mesmo os personagens. Kim e sua equipe são incríveis e já virei fã desta detetive de senso de humor ácido e muito sarcasmo, mas de coração gigante. Vou logo dizendo que o humor dela me lembrou o meu, quem me conhece sabe bem do que estou falando. 

Em suma, Kim é uma protagonista brilhante, que promete grandes histórias. Dei uma pesquisada e até o momento temos oito livros publicados e torço para que cheguem logo aqui. Recomendo.

A série: Gritos No Silencio#1 (Silent Scream)  Evil Games #2 Lost Girls#3 Play Dead #4 Blood Lines #5 Dead  Souls #6   Broken Bones #7  #8 Dying Truth




2leep.com

10 comentários:

  1. Oie Cida =)

    Li a resenha desse livro no blog da Sil e a principio achei que se tratava de uma história de terror. Achei a premissa bem interessante e dentro do gênero aparentemente trás uma abordagem diferente.

    Quem sabe uma hora eu não me anime em conferir a história.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, tudo bem?
    Me identifiquei com "louca dos romances policiais" haha <3
    Já fiquei interessadíssima! E curti também a ambientação ter a ver com orfanato, é um cenário que nunca vi em nenhum livro que li.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu super amei essa capa !!!!
    Sabe que eu descobri que até curto bastante livro assim?
    Esse parece swr na medida certa para minha curiosidade Além dos personagens terem seus traumas e histórias,

    adorei!
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Adorei a premissa! A investigação parece ser bem interessante e a protagonista bem construída.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida!
    Eu li a resenha desse livro outro dia e fiquei bastante interessada. Estou voltando aos poucos nos thrillers e já anotei essa dica.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida

    Nem me fale em começar séries policiais novas, eu sempre falo que não vou começar até terminar pelo menos uma das que eu leio, mas eu resisto? Hahahahahah
    Eu já botei esse livro no meu Skoob pq adoro quando tem essa coisa de passado e presente... das consequências de coisas do passado na vida dos envolvidos... vou querer ler sem dúvidas.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cida.
    Eu gostei muito do livro, mesmo achando que era de terror antes de começar a ler por causa da capa hehe. E a Kim já me ganhou. Até cheguei a comparar ela ao Poirot lá na minha resenha, meu detetive favorito de toda a vida. Vamos torcer para a editora trazer mais livros com ela.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Acho esse título e capa, muito terror, rs. Porém, por ser policial fico mais interessada... Já é a segunda resenha que leio e é positiva, então tomara que eu tenha a oportunidade de ler logo!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,

    Vi a capa desse livro e me chamou atenção.
    Por se tratar de um suspense com certeza eu leria. Mas tem tantos na lista que nem sei por qual começar. Mas vou acrescentar mais esse na lista.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida! Nossa, muitas séries novas \o/ mas pela resenha o suspense policial é bom, parece até que daria uma boa série de TV!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!