[Resenha] Como Se Vingar de Um Cretino

Como Se Vingar de Um Cretino
Título Original: The Rake (Lessons in Love #1)
Autor(a): Suzanne Enoch 
Editora: Harlequin                 Páginas: 288
Lançamento: 2018               ISBN:9788539825967
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?
Como Se Vingar De Um Cretino é o primeiro volume da trilogia de romances de época Lessons in Love, de Suzanne Enoch, publicada no Brasil pela Harlequin.

Georgiana Halley é uma jovem no auge de sua vida de solteira. Bonita, bem educada, riquíssima e bem nascida. Ela desperta o interesse de vários cavalheiros para o casamento, no entanto, não tem muita vontade de apostar no amor e nem ao menos confia muito nos homens, mais especificamente em um deles. Tristan Carroway é o visconde de Dare e um dia teve o coração de Georgie nas mãos, mas o partiu em mil pedaços quando a seduziu para ganhar uma aposta.

Georgie e Dare vivem brigando em todo e qualquer lugar há anos, ninguém sabe a razão da animosidade entre eles, mas sabem que ambos se odeiam. No entanto, ódio e amor são bem mais próximos do que se possa imaginar e fica fácil perceber essa verdade quando Georgie se cansa de ver Dare partindo mais corações e resolve seduzi-lo e lhe ensinar uma lição. Guerra ou paz? O que vem por aí?

Eu li uma história de Suzanne Enoch em um livro onde ela escreveu junto com outras três autoras do gênero e adorei a forma leve e divertida de sua narrativa, desde então não via a hora de ler um livro só dela e fiquei feliz com a chegada de Como Se Vingar De Um Cretino.

Os início da história mostra uma Georgiana muito ávida por colocar um homem nos trilhos e cheia de mágoa no coração. Junto com suas duas amigas, ela trama um plano para ensinar uma lição aos libertinos e cretinos. Admito que não senti muita afeição pela personagem logo de cara. Na verdade, mesmo quando ela ardilosamente conseguiu ir viver na cada de Dare, fingindo estar lá apenas pelas tias dele, eu ainda não conseguia aceitar suas atitudes ou mesmo me conectar com ela.

No entanto, conforme a família de Dare vai sendo introduzida e ele começa a mostrar seu caráter, não tão ruim quanto Gergie alega ser, a história foi me ganhando e logo estava encantada por cada mínimo detalhe dela.  E meu entrosamento com a protagonista finalmente veio, exatamente no momento que ela mostrou que não era só ódio, amargura e vingança, mas que lá no fundo tinha um coração sedento por amor.

A interação do casal é divertida demais e ambos têm uma química perfeita. Eles vão viver situações hilárias por Londres. Suas brigas rendem vexames enormes, mas sabemos que vão nos conduzir para um acerto de contas de muita paixão.

A jornada de Dare e Georgie é bem construída, cheia de reviravoltas e convincente. Enoch não se apressa pelo entendimento. A autora dá espaço para que eles discutam, aparem as arestas, descubram o que sentem um pelo outro e decidam se querem esquecer o passado e construir um futuro. Além disso, o individual de cada um também tem destaque. Não vemos apenas #DareGeorgie e sim Dare e Georgie, como duas pessoas distintas e com merecido destaque além de parte de um par. E não posso deixar de citar toda a família dele que deu um espetáculo a parte e me fez desejar que cada um dos irmãos ganhasse um livro só seu. Os Carroways são maravilhosos.

Georgie é uma protagonista forte, uma mulher independente e decidida. Dare que é pintado como um cretino, mostra-se na verdade um homem deliciosamente gentil, doce, de família e que merece todas as segundas chances do mundo. E vou logo dizer que na minha opinião a vítima aqui foi ele, não as mocinhas. Além de Georgie querer lhe ensinar uma lição, há também uma debutante fingidamente inocente que apronta poucas e boas com ele para lhe colocar um laço. Eu quis salvar o Dare.

Em suma, Como Se Vingar De Um Cretino é um romance de época incrível e muito empolgante. Suzanne Enoch conseguiu se tornar mais uma autora do gênero que ganhou  meu coração. Não vejo a hora de ler  os próximos volumes, protagonizados pelas amigas de Georgie. London's Perfect Scoundrel será protagonizado por Evelyn Ruddick e England's Perfect Hero por Lucinda Barrett e o um dos irmão de Dare, Robert Carroway.








2leep.com

15 comentários:

  1. Oi Cida!
    Eita que desse mês eu descubro se esse gênero me ganha ou não. Ainda não li nenhum livro desse tipo, mas vou começar com O Príncipe dos Canalhas. Vê o que acho.
    Curti muito a Georgie. Já vou deixar suspenso a ideia de ler esse caso eu curta o gênero. Pode deixar. Gosto de mocinhas fortes.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David! É legal, mas o outro da mesma série é meu favorito. Espero que você goste do gênero.

      Excluir
  2. Oi Cida!! Nossa, eu adorei esse livro!! A Suzanne é uma ótima autora e super me envolveu na trama, já quero ler os próximos volumes!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida!

    E o quanto eu quero ler esse livro?! MUITO!!!
    Cada resenha lida só reforça meu desejo...
    Adoro romances de época e estou querendo conhecer a escrita de autores que ainda não li.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,

    Não conhecia a autora, mas pelo visto seu livro é muito bom.
    Vou anotar na lista de romances de época.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Eu amei esse livro. Nunca tinha lido nada da autora e não vejo a hora de ler mais livros dela. Gostei muito dos protagonistas, mas também gostei muito do personagens secundários, principalmente das tias dele hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, tudo bem?
    Eu gostei do titulo e saber que o casal tem embates divertidos, me deixa animada para conhecer melhor a trama.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. to doida pra ler, faz tempo que acompanho o trabalho da Suzane e tenho muita admiração por ela e sua escrita
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Faz é tempo que não leio livros do estilo.
    Gostei de saber que o Dare, acaba por transmitir opiniões positivas...e tirando o título de cretino, coitado haha.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida, tudo bem?
    Tô adorando ler esses romances de época, e não conheço a Suzanne Enoch ainda. Fiquei curiosa, especialmente pela protagonista.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida!
    Mulher, eu quero muito ler esse livro. Não li uma resenha negativa. Fora que é romance de época e eu simplesmente amo demais!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, acho que você vai curtir as partes mais irreverentes.

      Excluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!