[Resenha Dupla] Rainha de Copas e Rainha de Copas: Sangue No País das Maravilhas

Rainha de Copas
Título Original: Queen of Hearts (Queen of Hearts Saga #1)
Autor(a): Colleen Oakes
Editora: Universo dos Livros      Páginas: 216
Lançamento: 2014                     ISBN: 9788579307676
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Nem todo conto de fadas tem um final feliz... Como princesa do País das Maravilhas e futura Rainha de Copas, os dias de Dinah são uma monotonia sem fim. São muitos chás, tortas e uma série de humilhações causadas pelo Rei de Copas, seu pai. O momento mais esperado de seus dias é quando é visitada por Wardley, seu melhor amigo de infância, e futuro Cavaleiro de Copas - e o amor de sua vida. Quando a coroação de Dinah se aproxima, uma sequência de eventos sangrentos sugere que algo errado está acontecendo nos extravagantes salões do palácio. A princesa terá de desvendar esses mistérios antes que ela perca a cabeça para um inimigo sagaz. Personagens conhecidos como o Gato de Cheshire, o Coelho Branco e o Chapeleiro Maluco fazem parte da narrativa que encantará os leitores com uma nova perspectiva do País das Maravilhas, criado por Lewis Carroll.

O universo de Alice No País Das Maravilhas foi um dos primeiros de fantasia que visitei. Conheci, ainda criança, a famosa frase “cortem as cabeças” e me apaixonei perdidamente por aquele reino de cartas cheio de magia, mistério, criaturas excêntricas e perigo.

A série Queen Of Hearts, de Colleen Oakes, lançada no Brasil pela Universo dos Livros, revisita o País das Maravilhas, só que dessa vez a protagonista não é Alice e sim Dinah, a futura Rainha de Copas.

O primeiro livro, Rainha de Copas –A História De Uma Princesa Que Se Tornou Vilã, nos apresenta a futura rainha ainda adolescente, imatura e se preparando para assumir o trono ao lado do pai. A vida de Dinah é uma ilusão. Ela sonha em ganhar a aprovação do pai, acredita que cedo ou tarde ele vai olhar para ela e lembrar que ama a filha e, no entanto, é bem óbvio que o rei a odeia.

Dinah passa boa parte do tempo com os criados, o amigo de infância Wardley e o irmão doente Charles, mais conhecido como Chapeleiro Maluco. Eles são sua verdadeira família e fazem de tudo para que a garota seja feliz. Mas, o Rei, tem outros planos em mente. Quando traz para o palácio uma filha bastarda, surpreende e magoa profundamente a legítima herdeira do trono de Copas. Daquele dia em diante, a princesa Dinah vê sua vida seguir por uma queda vertiginosa rumo a um precipício de desilusão, perigos, mentiras e mortes.

A história é bem diferente do que imaginei e de próprio livro Alice no País das Maravilhas. Eu sabia que era sobre a Rainha de Copas, mas não ela tão jovem e dando seus primeiros passos dentro do mundo de conspirações da corte. Dinah a princípio é ingenua e imatura, acredita ser um princesa de contos de fadas e quando percebe que nada é bonitinho ao seu redor, se recusa a aceitar que precisa lutar por si mesma e não pelo reino. Salvar sua pele e entender a rede de intrigas de seu pai é mais importante que a coroa.

Ela erra, dá passos trôpegos e apenas por ter ao seu lado pessoas que cuidam dela, é que consegue se sair mais menos bem. Não totalmente bem, pois muita dor aguarda a princesa.

Eu não posso dizer que gostei de Dinah logo de cara, achei que faltava esperteza na garota e maturidade, mas nos capítulos finais ela começa a mudar e dá esperança ao leitor de encontrar no volume dois uma nova garota.

No entanto, o que acontece no País das Maravilhas compensa a protagonista frágil e nos prende com seus mistérios e imprevisibilidade. Além disso  ambientação é excelente, te transporta para dentro da história e faz acreditar naqueles lugares mágicos. Foi um começo promissor para uma série que promete muitas reviravoltas, ação e sangue. O final não traz um cliffhanger, mas deixa o leitor com imensa vontade de ler a sequencia. E, sinceramente, não vi Dinah como uma vilã.


Rainha de Copas: Sangue No País das Maravilhas
Título Original: Blood of Wonderland (Queen of Hearts Saga #2)
Autor(a): Colleen Oakes
Editora: Universo dos Livros      Páginas: 240
Lançamento: 2018                     ISBN: 9788550300702
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
A releitura fascinante de Colleen Oakes sobre a infame vilã Rainha de Copas continua! Nesta sequência incrível de um conto de fadas que pode não ter um final feliz Dinah, a princesa oficial do País das Maravilhas, está sendo perseguida após sua coroação ter sido arruinada e seu irmão brutalmente assassinado. Agora, quem ocupa o lugar que lhe pertencia ao lado de seu impiedoso pai, o Rei de Copas, é a meia-irmã Vittiore, e só restou a Dinah exilar-se na Floresta Retorcida na companhia de Morte, o temido corcel. Escondida na exuberante e misteriosa, Dinah tem uma escolha a fazer: ela poderia fugir do País das Maravilhas para sempre ou retornar e lutar contra o rei pelo trono. Entretanto, tal luta só poderia resultar em terrível derramamento de sangue.Quando um encontro casual com um dos inimigos de seu pai leva Dinah a encontrar mais aliados do que jamais imaginou, a guerra se torna iminente. Mas, antes que Dinah possa levar seu povo ao combate, ela deve enfrentar algumas verdades acerca de seu coração e de seu destino - não importando quão escuras essas verdades possam ser.A revolução está chegando ao País das Maravilhas e a batalha de Dinah começou.
Rainha de Copas – Sangue No Pais das Maravilhas começa imediatamente de onde o anterior parou, com Dinah lidando com a armadilha que o pai preparou para ela e tendo que decidir o que fazer de sua vida. Para evitar spoilers, não vou detalhar os fatos que a colocaram em tal situação, mas posso dizer que finalmente a protagonista amadureceu e esta nova Dinah ganhou minha admiração da primeira a última página.

Não que ela tenha se tornado uma pessoa perfeita, ela vai errar um bocado ainda, mas não age mais com futilidade e ingenuidade. A crise a ensinou e vemos uma evolução evidente dela e de toda a história.

Apesar de nesta fase da trama a autora dar um tempo para Dinah aprender, a história não entra em um ritmo tranquilo, na verdade tudo está muito mais agitado. As surpresas continuam, Dinah apanha e bate, até mesmo descobre aliados onde menos esperava.

O rei de Copas é seu maior inimigo e o final para um deles será perder a cabeça, no País das Maravilhas não há lugar para dois monarcas e uma guerra vem aí pela posse do trono.

Estou torcendo muito por Dinah. Este segundo livro me agradou demais e fiquei mega empolgada com o que a autora apresentou. Gente, é aquela série que o volume um é só aquecimento e o dois acende o pavio da bomba. O terceiro só pode ser explosivo. Ansiosa para ler. Recomendo está série sombria e sangrenta. 





2leep.com

7 comentários:

  1. Oiii Cida

    Eu amo os livros dessa autora, eu li o primeiro de Wendy Darling, outro retelling que ela escreveu sobre a Wendy do Peter Pan e foi muito legal. Tenho esa série da Rainha de Copas também anotadinha aqui pra ler, estou curiosa, realmente parece ser muito boa. As capas em português estão um arraso, especialmente a da segunda.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    Adorei a premissa dessa série!
    Não conhecia e fiquei muito interessada.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse!
    bjs
    http://www.pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Eu adoro as histórias sobre Alice no País das Maravilhas e esse parece ser uma ótima releitura. Gosto quando os autores nos mostram vilãs de uma forma que nos faz questionar até a história real. Os dois parecem ótimos! Lindas as capas.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,

    Gosto de livros com essa temática, não li nada da autora até agora, mas tenho vontade de ler seus livros.
    Já está na minha lista de leitura.
    Bjs!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cida.
    Diferente de você, eu nunca li o original de Alice hehe. Conheço pelos filmes e releituras. E me interesso muito por esses livros. Gostei de saber que ela amadureceu de um livro para o outro porque protagonista imatura não dá hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cida!
    Menina, quase que pego esses livros na Universo, mas desisti de última hora. Pelo visto fiz uma péssima escolha hahahhahahah Já quero saber tudo sobre o final.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!