[Resenha] A Garota do Lago

A Garota do Lago
Título Original: Summit Lake
Autor(a): Charlie Donlea
Editora: Faro                        Páginas: 296
Lançamento: 2017               ISBN: 978-8562409882
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
ALGUNS LUGARES PARECEM BELOS DEMAIS PARA SEREM TOCADOS PELO HORROR... Summit Lake, uma pequena cidade entre montanhas, é esse tipo de lugar, bucólico e com encantadoras casas dispostas à beira de um longo trecho de água intocada. Duas semanas atrás, a estudante de direito Becca Eckersley foi brutalmente assassinada em uma dessas casas. Filha de um poderoso advogado, Becca estava no auge de sua vida. Atraída instintivamente pela notícia, a repórter Kelsey Castle vai até a cidade para investigar o caso. E LOGO SE ESTABELECE UMA CONEXÃO ÍNTIMA QUANDO UM VIVO CAMINHA NAS MESMAS PEGADAS DOS MORTOS... E enquanto descobre sobre as amizades de Becca, sua vida amorosa e os segredos que ela guardava, a repórter fica cada vez mais convencida de que a verdade sobre o que aconteceu com Becca pode ser a chave para superar as marcas sombrias de seu próprio passado...

Uma cidade linda e acolhedora marcada por um crime brutal. 

A Garota do Lago, de Charlie Donlea, publicado no Brasil pela Faro Editorial, traz uma boa história de suspense e assassinato que não me deixou dormir até chegar na última página.

O assassinato da jovem estudante universitária Becca Eckersley é o pontapé inicial da história. Ela estava passando alguns dias na cabana do lago que pertencia a sua família, na pacata e bela cidade de Summit Lake, quando foi brutalmente violentada e morta. A polícia local começou as investigações, mas logo foi tirada da jogada por pessoas poderosas e ao que tudo indicava alguém não queria que o crime fosse solucionado.

No entanto, quem desejava isso não contava com a chegada da jornalista investigativa Kelsey Castle na cidade, que na tentativa de curar suas próprias feridas e exorcizar seus fantasmas encontrou no caso de Becca um caminho para justiça que ela mesma não teve para si. Vamos então conhecer duas jovens brilhantes e seguir com elas na busca pela verdade.

Alternando a narrativa entre passado e presente, Charlie Donlea vai construindo sua trama de forma envolvente e fluida. Ao abordar o passado, vai apresentando ao leitor os meses que antecederam a morte de Becca, o que poderia ter ocasionado o crime,  quem tinha motivo para isso e o que a levou a se isolar na cabana dos pais naquele dia fatídico. Ela era uma jovem alegre, com uma vida normal, um futuro promissor pela frente, muitos amigos e um bom namorado. Nada na vida de Becca parecia passar um alerta de perigo num primeiro momento, mas nas entrelinhas havia algo e não era algo bonito.

No presente seguimos com Kelsey, que foi enviada para cobrir esta matéria por um chefe paternalista que achava que ali ela poderia se recuperar de uma fase difícil. Ele nem imaginava que em Summit Lake ela encontraria algo tão familiar e um caso de assassinato tão complexo. No entanto, Kelsey precisava disso e foi revigorante observar a força, determinação e talento desta jornalista em ação e sua recuperação durante a investigação.

E não foi uma investigação simples, embora eu tenha achado que a maioria das pessoas colaborou  com muita tranquilidade e  foi extremamente prestativa e falante. O que foi complicado é que a vida de Becca foi apagada. Perfis nas redes sociais excluídos, contas de e-mails deletadas, um diário desaparecido, nada de rastro de amigos, relatórios do atendimento no pronto-socorro alterados e laudo da autopsia não divulgado . A família parecia ser a primeira a querer esconder e não solucionar o crime e aí você precisa entender a razão disso. Becca parecia ser uma estudante comum, mas então qual o motivo de tantos empecilhos na investigação?

Kelsey fez amizade com o delegado local que foi tirado do caso, com a moça da cafeteria que tinha bons ouvidos para fofocas e com um médico que poderia ajudar na questão da autopsia. Junto com este time de aliados improváveis, desafiou pessoas poderosas para por fim no mistério.

Adorei seguir com Kelsey nesta jornada. Nem preciso dizer que virei fã da personagem e leria toda uma série de thrillers protagonizada por ela. #Ficaadica, Charlie Donlea!

A história tem um elemento que amo, que é a alternância entre passado e presente. Sempre que encontro este artifício na construção de uma trama minhas expectativas e ansiedade vão lá em cima, pois fico empolgada criando teorias e dissecando os fatos para tentar encontrar algo nas entrelinhas. É fascinante ir descontruindo a imagem inicial das pessoas conforme entendemos o que já viveram e com isso despi-las de camadas de aparências para chegar no seu eu real. 

Aos poucos fui vendo que havia, sim, pessoas que poderiam ter matado Becca e fica claro desde o começo que ela conhecia quem a matou. Não é spoiler, na cena do assassinato isso é revelado. Aí temos que achar, em seu círculo de conhecidos, quem podetia ter sido. Eu achei que sabia e na metade do livro o autor puxou meu tapete. Fiquei lá derrubada e tendo que criar outra teoria e lá na frente mais uma vez Donlea me jogou no chão de novo e me fez ver que lá atrás ele não havia afirmado nada, eu é que me deixei levar por uma boa colocação de palavras e uma cena chocante. Esperto demais.

Se você for analisar, é um desfecho simples, mas da maneira que a história é contada você é surpreendido e fica desconcertado. Eu fiquei, mesmo sabendo que no começo estava no caminho certo. Meu parênteses fica por conta de os pais de Becca não terem tido uma participação mais efetiva na história, gostaria que tivessem se exposto mais e demonstrado um envolvimento emocional com a filha.

Em suma, A Garota do Lago, foi uma leitura deliciosa e empolgante. Sabem aquela história que você vê nas telas? Pois é, esta é perfeita para um filme. Eu curti demais e recomendo sem dúvidas. 


2leep.com

10 comentários:

  1. Olá, Cida.
    Eu confundi esse com A Garota no gelo hehe. Me interessei bastante por ele. Eu gosto bastante de livros assim. A gente fecha o livor e continua comas teorias na cabeça, tentando resolver o mistério hehe. Ele está na minha lista.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Bem estranho mesmo todo mundo colaborar na maior tranquilidade, mas pelo que vi a história foi boa; então releva-se esse detalhe.
    Nossa, imaginei mesmo sendo adaptado... Ia ser o maior sucesso.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. a trama é envolvente, cheia de mistérios
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. a trama pelo visto é bem intrigante, eu ainda não havia lido resenhas então a trama me surpreendeu
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiii Cida

    Independente do desfecho simples acho que a magia esta justamente em saber pegar o leitor de surpresa, saber contar a coisa de uma maneira que nos deixe meio sem chão. Tb adoro essa alternancia entre passado e presente, com certeza acho que vou curtir esse livro, vou levar essa dica pra listinha

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Que bom que gostou! Porque eu adorei essa leitura! A narrativa simples me conquistou logo de cara. Sem firulas e sem frescuras. Adorei!

    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida
    Esse é um dos livros que tão na minha lista de prioridades
    heheheheehehehehe
    Fiquei mega interessada na sinopse e sua resenha me deixou bem mais curiosa!
    Bom qd a gente lê e fica pensando q seria ótimo ver a história na telona!

    Bjoos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. As vezes eu realmente gostaria de ter prazer com a leitura desse gênero só para tricotar com você e outras amigas nesses posts instigantes e apaixonados que vocês fazem. Adorei seu entusiasmo na resenha!

    Jaci
    Uma Pandora e Sua Caixa

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida! A Faro está arrasando esse ano! Suspense que não nos deixa dormir são os melhores e que nos surpreendam então, melhores ainda! Super curti a indicação!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!
    Já fiquei super interessada nesse thriller depois de ler a resenha da Vivi e saber como ela adorou este livro. Vejo que se surpreendeu com essa leitura também e isso já é um convite difícil de se negar.
    Beijinhos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!