[Resenha] Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir

Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir
Título Original: Eleven Scandals to Start to Win a Duke's Heart (Love By Numbers #3)
Autor(a): Sarah MacLean 
Editora: Arqueiro                 Páginas: 336
Lançamento: 2017               ISBN:  9788580415315
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra. Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton. O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir encerra a série Os Números do Amor, de Sarah MacLean, publicada no Brasil pela Editora Arqueiro. O primeiro livro, Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar, trouxe a história de amor de Gabriel St. John, o marquês de Ralston e o segundo volume - Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter –,  a do irmão gêmeo dele,  lorde Nichollas St. John. E finalmente chegou a vez da meia-irmã dos rapazes, Juliana Fiori.

Juliana é irmã de Gabriel e Nick por parte de mãe e só soube da existência dos irmãos quando o pai faleceu. Ela foi deixada aos cuidados de Gabriel e, diferente do que imaginava, foi bem aceita pela família de aristocratas ingleses. Ela é italiana e foi concebida por uma mulher que havia fugido de casa e abandonado dois filhos. Assim, Juliana é tida pela fria, conservadora e resistente sociedade inglesa como uma vergonha, ou melhor, um escândalo. Bom para a jovem que os irmãos não liguem muito para convenções e, ao lado de suas esposas, desejam vê-la sendo aceita pela sociedade e fazendo um bom casamento.

A jovem é belíssima, tem fortuna e bom coração,  mas o preconceito não permite que ela faça parte deste mundo tão seleto. E justamente o homem mais arrogante, conservador e de título mais elevado, chamou a atenção de Juliana.

Simon Pearson, duque de Leighton, é o famoso Duque do Desdém e em sua concepção a jovem seria a pior escolha para futura duquesa. Mas Juliana resolve lutar e desafia Simon a resistir à ela. Duas semanas é o prazo que ela tem para fazê-lo saber que sem paixão a vida não vale a pena. Será que ela vai descobrir um coração quente no homem de gelo?

A família  St. John é um porto seguro e que adoráveis eles são, não dá para deixar de amar cada um destes personagens. Nick e Gabriel já tinham lugar garantido no meu coração, junto com Callie (esposa de Gabriel) e Juliana que sempre se mostrou uma personagem de potencial não decepcionou.

Você acha que já conhece a personagem e acaba tendo uma bela surpresa quando mergulha em sua história. Juliana parecia ser uma mulher forte como uma rocha e, ainda que seja bem resistente, possui também um lado frágil. Um lado inseguro que nunca imaginei ser possível. Ela deixa a sociedade pensar que não está nem aí sobre o que pensam sobre ela, mas de todo coração, teme ser igual a sua mãe. Até mesmo para a família não demonstra claramente tal receio, mas se apaixonar por Simon fez a comporta das emoções se abrir, obrigando Juliana a expor-se tudo o que a afligia.

O romance dos dois é tenso. Ele até tenta resistir, mas logo se vê pensando dia e noite na jovem italiana. O problema é que o duque foi criado para seguir regras e como tal sente-se na obrigação de reparar os danos que um escândalo causado por sua irmã vai trazer para a família. A solução é um casamento de conveniência com uma lady, algo que Juliana não é.

Encontros e desencontros. Beijos tórridos e algo mais. Brigas e lágrimas. Tudo isso pontua os momentos vividos por Juliana e Simon, mas o peso das convenções é o que os faz pensar em desistir de um final feliz juntos.

Você vai lendo e sentindo uma pena imensa de Juliana, embora cada escândalo no qual ela se meta nos divirta, depois vemos como aquilo a feriu e a colocou mais distante de seu duque. É fácil se apegar a moça e desejar de alguma forma dar uma ajudinha, nem que seja dando uns tapas naqueles aristocratas arrogantes. Por outro lado, não dá para torcer por Simon, o rapaz não merecia mesmo um final feliz com uma pessoa tão adorável, só torci para que tudo desse por ela. 

Qual motivo? Bem, Simon não tem carisma e nem o charme que faz você suspirar por ele e nomeá-lo um crush. Diferente dos protagonistas anteriores, ele foi aquele mocinho que eu queria ver sofrendo muito, pagando pelo seu nariz empinado.

Mas é romance e como tal desejamos um final feliz. E, entre altos e baixos, sabemos que neste tipo de história ele chega. Gostei da forma como a autora nos conduziu até este momento e não vou negar que no final, mas bem no final mesmo, Simon me surpreendeu de maneira positiva. Viva a redenção!

Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar ainda é meu favorito. Callie e Gabriel, foram de longe o melhor e mais divertido casal da série, mas Juliana Fiori é sem dúvidas a mocinha mais adorável e cheia de carisma. No entanto, todas as três protagonistas, são mulheres ousadas que quebraram as regras e impressionaram seus lordes e toda a sociedade inglesa.  

Em Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir, a autora mostra mais uma vez o quanto aquela sociedade fria, precisava de um incêndio para rever seus conceitos.

Este volume trouxe mais uma história de amor deliciosa e divertida de acompanhar. Também me permitiu matar a saudades dos personagens dos livros anteriores que retornam para reunir o que de melhor encontramos durante a leitura de Os Números do Amor. Foi ótimo saber como a vida seguiu para Nick e Gabriel.  E não nego que mais um volume seria bem vindo, este para trazer uma amor para o Conde de Allendale (irmão de Callie). Ele foi tão doce neste livro e eu queria muito que achasse seu par.


Recomendo com muito carinho esta série. Sarah MacLean é ótima!

Confira as resenhas




2leep.com

8 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Eu também achei que o Simon não merecia a Juliana. Por mim, ela tinha ficado com Benedick. Ia adorar!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Cida.
    Nove regras é o meu favorito também e quando pedem indicação do gênero eu indico ele hehe. Infelizmente o Simon não me agradou tanto e foi o primeiro romance de época que torci para que a protagonista ficasse com outra pessoa hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,
    Que legal, agora tenho xará nos de época haha
    Eu só li parte do primeiro, achei bem legal e divertido, espero curtir os outros também.

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  4. eu adorei a série como um todo, mas a história da impulsiva Juliana e do certinho Simon me encantou demais!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida! Nossa, tive muita vontade de dar na cara do Simon por diversas vezes hahahahaha mas a gente acaba mesmo torcendo para um final feliz! Juliana é uma das minhas protagonistas preferidas da autora <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida

    Acho que ninguém gostou do Simon! Ahhahaha
    Eu me irritei MUITO com ele e também acho que a Juliana parecia coisa melhor (Benedick cof-cof)... mas pelo menos ela teve o final feliz dela né... paciência. Meu favorito também é o primeiro.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  7. Talvez este seja um romance diferenciado exatamente porque este não possui aquele mocinho no qual nos apaixonamos perdidamente, mas sim aquele que torcemos para que se de mal e pague por ser um metido a besta. Mesmo que a personagem se meta em escândalos, ainda sim e divertido ver tudo isto se acontecendo, porém espero que tudo isto seja passageiro e que tenha um final feliz para ambos. Quero muito esta série, espero ter oportunidade de lê-la.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu amo a Juliana, queria tanto ela com um cara decente, mas Simon \o/ Pelo amor de Deuzo, da vontade de bater nele! Ele não merece ela! "Nove Regras..." também segue sendo o meu preferido da série, aliás, entre os livros históricos da Arqueiro e da vida ele sempre merece ser citado pq Callie e Gabriel são perfeitos demais. Também acho que o irmão de Callie merecia um livro para ele.

    Uma Pandora e sua Caixa

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!