[Resenha] A Chave de Bronze

A Chave de Bronze
Título Original: The Bronze Key (Magisterium #3)
Autor(a): Holly Black e Cassandra Clare
Editora: Galera Record (selo Júnior)        Páginas: 304
Lançamento: 2016                                   ISBN:9788501077363
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Call, Tamara e Aaron deveriam estar preocupados com coisas normais na vida de jovens aprendizes de mago. Ao invés disso, depois da assustadora morte de um de seus colegas de classe, eles devem rastrear um terrível assassino... e arriscar suas próprias vidas no processo. O trio terá que usar toda sua força e magia para combater o mal que está escondido no Magisterium. Mas, dessa vez, o Caos irá revidar.

A Chave de Bronze é o terceiro volume da série Magisterium, de Cassandra Clare e Holly Black. Eu tenho um carinho todo especial pela série. Não é apenas por ser escrita por duas autoras que gosto demais, mas também por ter me apegado aos personagens no decorrer da leitura de cada livro. Assim é sempre bem gostoso revê-los quando retornam para sua escola de magia e começam um novo ano letivo.

Cada livro se passa em um período escolar diferente, que é classificado por nome de metais. É fácil identificar de acordo com os títulos. O Desafio de Ferro #1 (ano de ferro), A Luva de Cobre #2 (ano de cobre) e A Chave de Bronze #3 (ano do bronze)

O nosso protagonista - Call - entrou na escola Magisterium sem saber bem o que estava fazendo ali e como agir. Graças a amizade com Tamara e Aaron conseguiu deixar o deslocamento de lado e sentir-se parte de tudo.

Só que para Call há mais do que o estudo da magia, o grande e temido vilão da série  - Constantine Madden - parece ter uma forte ligação com ele e isso o obriga a mentir e lutar por sua sobrevivência diariamente. E após os acontecimentos surpreendentes do último volume, o garoto retorna para o terceiro ano escolar com ainda mais segredos.

E se não bastasse ter que fingir que não sabe de nada quando sabe muito sobre o inimigo, Call vai ter que enfrentar alguém que quer matá-lo. Junto com Tamara e Aaron começa uma investigação na escola e a cada nova pista os perigos aumentam.

A mudança no protagonista é evidente. Aquele garoto inseguro por conta de uma deficiência na perna sente se muito mais forte e desenvolto, se não fossem as eventuais dores ele nem lembraria mais deste problema. Foi bom vê-lo tão bem. Agora é um mago em ascensão.

Ok! Nem tão bem assim, já que ser perseguido por um assassino não é legal. É mais um grande mistério que vamos desvendar ao lado do garoto e dos amigos. Desta vez a trama,  diferente do livro anterior, se passa toda dentro da escola. Eu achei que a agitação não foi tanta como em A Luva de Cobre e o clima estava bem mais pesado e tenso.

Desta vez nem nos amigos Call pode confiar totalmente. A desconfiança toma conta de cada página, amigos e inimigos se confundem e não sabemos quem é quem. Mortes não faltam e cenas muito assustadoras. Com certeza a história está ficando mais sombria.

Eu curti bastante e me senti bem à vontade na leitura, esta série é marcante e sempre lembro bem dos acontecimentos anteriores com facilidade. Não há necessidade das autoras ficarem recapitulando, as experiências dos personagens e aquilo que vão aprendendo servem como esta memória.

Call, Tamara e Aaron fazem de tudo na escola menos estudar e, desta vez, não foi diferente. Se achávamos que Constantine Madden era o pior que poderia acontecer tivemos a prova que não era mesmo. De jeito nenhum! Há pessoas bem piores e muitas vezes parece que o vilão famoso não era tão maldoso assim. O que penso é que ele foi uma vítima das circunstâncias, um injustiçado e que Call está seguindo pelo mesmo caminho.

A narrativa é bem ágil, o universo de magia continua fascinante e atraente. Os mistérios bons e intrigantes. Cassie e Holly aprontaram com os leitores  trazendo um história que assusta e termina de forma a partir o coração dos mais fortes. Eu nem imagino o que virá pela frente e espero que um certo acontecimento não seja exatamente o que pareceu a princípio. Aquilo precisa ser mudado, vai ser uma tremenda maldade se não for um engano. Preciso do próximo já! Recomendo.




2leep.com

10 comentários:

  1. Oi, Cida!
    "Call, Tamara e Aaron fazem de tudo na escola menos estudar" MORTÍSSIMA HAHAHAHHAHAH
    Eu tenho umas amigas que são loucas por essa série. Ela não me chamou muito atenção e por isso eu passei.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só respondendo: assisti The OA sim... Curti bastante, apesar de não ter gostado do final.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Não conhecia essa série, acredita? Mas adorei conhecer. Parece ter bastante fantasia, o que estou aprendendo a gostar mais, hehe.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,
    São duas autoras que gosto também.
    Não li essa série, mas essa coisa de aventura com fantasia é totalmente o que eu gosto.
    Com certeza é uma leitura que irei pegar mais para frente.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    Apesar de ler resenhas bem positivas dessa série, confesso que não sinto aquela curiosidade em acompanhar ela. Fico com a sensação que é muito infantojuvenil para o meu gosto pessoal. Motivo pelo qual até hoje não terminei de ler Percy Jackson rs...

    Velha né, sabe como é XD

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Eu devorei sua resenha hehe. É a primeira que eu leio dele. Eu comprei ele na BF, mas ainda não consegui pegar para ler. Eu comecei a ler essa série por causa do povo falando que era parecido com HP e acabei me apaixonando pelos personagens. Assim que der eu vou ler ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi! Não terminei de ler os instrumentos mortais da Cassandra, no momento os livros dela não me enchem os olhos. Quem sabe no futuro, parabéns pela resenha! Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida, tudo bem?

    Não acompanho a série, mas fico babando nas capas! Imagino que o universo criado seja impressionante! Que bom que você curtiu a leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Eu amo a Cassandra Claire, mas ainda não li nada da Holly Black, um crime com certeza. Tenho o vol. 1 dessa série no kobo faz milênios e tenho muita vontade de ler. A sua resenha só me instigou mais!

    Jaci
    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  9. apesar dos elogios como eu não li os anteriores fica difícil para mim opinar a respeito, procurarei informações dos livros anteriores e ver se embalo na série
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!