[Resenha] Boomerang

Boomerang
Título Original: Boomerang (Boomerang #1)
Autor(a): Noelle August  
Editora: Galera Record         Páginas: 350
Lançamento: 2016               ISBN: 9788501105783
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Mia Galliano e Ethan Vance se conhecem em um bar e a química entre eles é inegável e imediata. Uma coisa leva a outra, e na manhã seguinte Mia acorda na cama de Ethan com a maior ressaca do mundo. E aí as coisas ficam complicadas. Tanto Mia quanto Ethan estão atrasados para uma entrevista de emprego. E é quando notam a maior coincidência de todas: os dois estão competindo pela mesma vaga no departamento de marketing da Boomerang, um site de relacionamentos. Será que vão conseguir ignorar o desejo que sentem um pelo outro? E quem vai ficar com a cobiçada vaga no marketing? Lorin Oberweger, e Veronica Rossi, autora mais vendida do New York Times, são as criadoras desta trilogia romântica, por trás do pseudônimo Noelle August.


Um romance leve, engraçado e moderno para alegrar seu dia.

Boomerang é o primeiro volume da trilogia de mesmo nome, de Noelle August, pseudônimo das autoras Veronica Rossi (Under The Neves Sky e Riders) e Lorin Oberweger.

É uma trilogia romântica que traz em cada livro a história de um casal. Este primeiro volume é protagonizado por Mia Galliano e Ethan Vance. A sequencia Rebound por Adam Blackwood e Alison Quick e o terceiro volume, Bounce, por Skyler Canby e Grey Blackwood. Exceto pelo protagonista masculino do último livro, os demais personagens são todos apresentados em Boomerang.

Mia e Ethan são dois jovens de 21 anos que acabaram de arrumar um estágio numa empresa em ascensão de nome Boomerang. É uma empresa que gerencia um site de relacionamentos e ambos vão trabalhar no departamento de marketing. Na primeira manhã de trabalho eles quase perdem a hora, tudo por causa de uma ressaca e aparentemente de uma noite de sexo casual. Tudo é meio incerto, pois devido a bebedeira épica nenhum deles lembra exatamente o que aconteceu, mesmo tendo gostado de ver com quem acordou no dia seguinte.

Voltando para a Boomerang, logo na primeira reunião com o chefão - Adam Blackwood – eles são surpreendidos com a notícia que apenas um deles ganhará um emprego definitivo  e também pela regra da empresa que proíbe relacionamentos entre funcionários. Surpresos? Sim! Afinal tinham como certa a vaga após o término do estágio, não contavam com uma disputa. E o pior é a questão do relacionamento.

Como assim produção? Como lidar com isso? Ah! Esqueci de dizer que foi na cama de Ethan que Mia acordou.

Boomerang apresenta uma história simples, viva e  ambientada dentro de uma realidade normal de um grande centro urbano, assim poderia ser vivida facilmente por qualquer um de nós e isso facilita muito a identificação com os personagens.

Mia e Ethan, desde as primeiras páginas, não negam a forte atração que sentem um pelo outro, como também não negam que querem muito aquele trabalho. Aí você fica imaginando como vão sair desta confusão e ainda assim conseguir um final feliz.

Pode até dar impressão que vai ter muita briga, mas não temos nada disso,  o que certamente foi um aspecto bem agradável da trama. Em momento algum, fora um pequeno ataque de ciúmes, eles tentam prejudicar um ao outro outro. Há um trabalho de equipe amistoso, uma confusão de sentimentos e uma amizade que cresce a cada minuto. Ambos acabaram de sair de relacionamentos fracassados e estão analisando novas perspectivas. É bem bonitinha a relação deles e honesta.  Um casal meigo que vai derreter corações, especialmente ele que é a “mulher da relação”, se mostrando muito mais apaixonado e cheio de suspiros do que ela.

Você quer que dos dois consigam a vaga, na verdade quer que a empresa abra uma vaga para os dois. Mia, mesmo sendo oriunda de uma família rica, ganha nossa torcida por mostrar sua determinação em conseguir algo com seu esforço. E Ethan por precisar deste trabalho para continuar os estudos, pagar dívidas estudantis e se sustentar. Como citei, seus dilemas são bem comuns, mas nem por isso menos interessantes.

A história é daquelas que logo de cara me fez imaginar uma tela. Poderia ser um filme, mas acredito que um seriado de TV seria ainda melhor. Tem uma agitação palpável, é moderna, possui personagens ótimos e um núcleo promissor que implora para ser explorado. É sério! Mia e Ethan são uma delícia, mas eu quero muito saber mais sobre Adam, Cookie e tantos outros que fazem parte do mundo corporativo da Boomerang.

E falando no tal mundo corporativo, este com certeza divide nossas emoções.  Em alguns momentos foi extremante empolgante ver aqueles projetos sendo construídos e tal, mas o ramo de atividade deles em um primeiro olhar pareceu meio promíscuo, fiquei até incomodada. Ainda bem que depois as autoras seguiram por um caminho que deixou tudo com jeito mais amigável e até mesmo romântico, tirando aquela impressão inicial que tive de não ser um trabalho tão legal.

Boomerang foi um começo gostoso para uma nova série. É rápido de ler, diverte e com certeza vai deixar o leitor contente com o desfecho reservado para os personagens. Que venha mais! 

2leep.com

6 comentários:

  1. ja havia visto a capa circulando por ai, mas não conhecia o enredo em si e parece bem bacana
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Sil =)

    Eu estava bem curiosa sobre esse livro, mas hesitei um pouco por que não tinha lido nenhuma resenha dele ainda. Agora depois de ler a sua já sei que preciso ler esse livro para ontem rs...

    Parece ser uma daquelas tramas bem clichês que nos deixam com um sorriso bobo no rosto.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, tudo bem?

    Desde o lançamento eu estou com vontade de ler esse livro! Eu realmente achei que fosse ter muita briga, mas acho que da forma que vc descreveu é até melhor! Parece mesmo enredo de filme e de série. Quero ler logo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Mulher, não sabia dessa identidade secreta da autora!!!! :O

    Só por causa disso já quero o livro. Sério.

    Gostei desse climinha de sessão da tarde, ou série romântica, adorei mesmo!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Não tinha visto esse livor ainda. Achei o enredo bem parecido com muitos que temos por ai. Mas não são esses os que mais nos surpreendem? Vou anotar aqui para ler porque fiquei na curiosidade para saber como eles vão resolver essa questão do emprego hehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Adorei a premissa desse livro! Gosto muito de romances assim leves com um toque de comédia. Imagino como o leitor fica dividido, torcendo pros dois conseguirem o emprego E pelos dois ficarem juntos. Uma leitura perfeita pra passar o tempo descontraído né!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!