[Resenha] As Épicas Aventuras de Lydia Bennet

As Épicas Aventuras de Lydia Bennet
Título Original: The Epic Adventures of Lydia Bennet (The Lizzie Bennet Diaries)
Autor(a):  Kate Rorick, Rachel Kiley 
Editora: Verus                      Páginas: 294
Lançamento: 2016               ISBN: 9788576864646
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Este livro é estrelado por Lydia, a espevitada irmã de Lizzie, conforme ela encara as alegrias e os tropeços no caminho de se tornar adulta na era digital. Antes de Lizzie começar seu popular vlog, Lydia era apenas uma garota normal tramando maneiras de matar aula e criar a identidade falsa perfeita para entrar nas baladas. Talvez ela não tivesse muito foco, mas amava sua família e se divertia para valer. Até que o vlog de Lizzie transformou as irmãs Bennet em sensações da internet, e Lydia adorou virar o centro das atenções, conforme as pessoas assistiam, debatiam, postavam no Twitter, no Tumblr e em blogs sobre a vida dela. Mas então Lydia aprendeu que nem toda atenção é positiva... Depois que seu ex-namorado, George Wickham, aproveitou a fama recém¬adquirida de Lydia, traiu sua confiança e destruiu sua reputação, ela não é mais uma garota ingênua e despreocupada. Agora, Lydia terá de batalhar para reconquistar a confiança e o respeito de sua família e encontrar seu lugar no mundo. 
lizzieAs Épicas Aventuras de Lydia Bennet é baseado na web série The Lizzie Bennet Diaries e dá sequencia as aventuras das irmãs Bennet que tivemos a oportunidade de conhecer em O Diário Secreto de Lizzie Bennet. As histórias são inspiradas no clássico Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, mas ao invés de encontrarmos  romances de época, temos histórias que acontecem nos dias atuais.

A protagonista do primeiro livro – Lizzie – criou um canal na internet como parte de seu trabalho de conclusão de curso. O sucesso foi tamanho, que não apenas ela, mas toda a família ficou bem conhecida. A irmã caçula Lydia particularmente adorava a “fama” e acabou metendo os pés pelas mãos por conta disso.

Achando –se a cereja do bolo, Lydia começou a namorar o belo e canalha George Wickham e junto com ele protagonizou um vídeo erótico. Para ela nada demais até o dia que George liberou a gravação na internet e a reputação dela virou pó.

Este segundo livro nos leva de volta ao seio desta família, mas desta vez quem conta sua história é Lydia, que deixou de ser aquela garota espevitada, confiante e amante de baladas e deu lugar para uma que faz acompanhamento psicológico, busca o respeito da família, o ingresso em um bom curso universitário e, acima de tudo, descobrir quem é a verdadeira Lydia Bennet.

O livro é narrado em primeira pessoa por Lydia, que nos conta como está sendo esta fase de ser uma nova pessoa. Ela tenta a todo custo mostrar que é responsável e amadureceu, mas verdade seja dita, nem ela acredita nisso. A protagonista até tenta, mas sua insegurança e falta de preparo acabam deixando-a ainda mais perdida. 

Lydia não é a pessoa de antes e nem uma nova, está naquele limbo sem identidade e até metade do livro nem o leitor sabe o rumo que a história vai tomar. Você lê e sente uma falta de foco enorme na história, o que foi uma artificio inteligente dos autores, pois conforme a trama vai avançando e nossa garota vai enfim se achando a história também se define. Adorei esta ligação tão estreita entre ambas, pois muitas vezes por mais que o personagem esteja louco, a trama faz sentido e aqui uma é o reflexo da outra, de forma a tornar tudo mais significativo. Tem alma, é alinhado e homogêneo.

E vou ser sincera, até Lydia acordar eu estava sem nenhuma paciência com ela e achando a personagem frustrante e tola. Paralisada e medrosa, mas incapaz de admitir que estava péssima.  É difícil gostar dela logo de cara, simpatizar com sua causa. Até torci para que quebrasse a cara de novo. Caramba! Nem ela se gosta, embora esbanje convencimento (um falso convencimento com certeza).

No entanto, não desistam desta jovem. Quem nunca errou que atire a primeira pedra. Dei meu voto de confiança e não me arrependi. A evolução tão esperada chega e deixa a trama empolgante, de forma que fechei o livro já com saudades desta turma e de Lydia. Ela enxergou que não precisava ser “consertada” e sim ser feliz com sua escolhas, não com aquelas que faziam em seu lugar. Fica claro como muitas vezes nosso maior inimigo somos nós mesmos e nossos medos.

Para ser sincera a outra irmã, Jane, deveria ter um livro também. Não estou pronta para me despedir deste universo de Orgulho e Preconceito moderno.

É uma história sobre aprender como nossos erros, crescer, amizade, família e, acima de tudo, sobre segundas chances, desfechos e recomeços. Recomendo.


Tudo que sou é resultado dos meus fracassos e dos meus sucessos. Das minhas tentativa e dos meus tropeços. Aprendi que, para se reerguer depois de um fracasso e seguir em frente, você precisa reconhecer que fracassou, para começar. 


2leep.com

10 comentários:

  1. Provavelmente eu também ficaria meio sem paciência com a personagem, mas essa transição, a falta de identidade e auto-descoberta é uma fase imagino que importante pro crescimento da personagem, uma em que depois de se esforçar tanto, ela se vê sem saber quem ela é de verdade.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Cida, não li o primeiro mas a sinopse deste muito me agrada e a história parece ser leve e divertida, dica anotada!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiii Cida

    Achava que essas histórias eram juvenis, pensava que os personagens eram ainda adolescentes, legal saber que não, que ja estão mais crescidos. Depois dessa resenha acho que vou querer ler essa dualogia, gosto dessa coisa de recontar um classico o trazendo aos dias atuais. Mesmo com a protagonista chatinha, quero dar uma oportunidade pra essa história, até porque como vc disse no final ela muda.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida!!

    Complicado quando a gente tem vontade de dar uns tapas na protagonista rsrsrs Mas eu tenho vontade de ler o primeiro e conhecer melhor essa história que é super moderna!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Que legal! Sou super fã de Orgulho e Preconceito, achei maravilhosa a ideia deste livro. Adorei tua resenha e concordo que a Jane tem que ter um livro também..rsrs Beijos!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida!
    Eu assisti todos os vídeos da Lizzie (e olha que não sou muito de acompanhar assim).
    Eu não sabia que teria um livro da Lydia. Pra ser sincera, não sei se leria porque não me afeiçoei à personagem.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção 5 Anos de Além da Contracapa

    ResponderExcluir
  7. Achei maravilhosa a ideia do livro, deve ser bem divertido e engraçado. Acho que eu ficaria com raiva da personagem também, kk.

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Eu sou fã da Jane Austen, ela é minha diva literária, então se é baseado em orgulho e preconceito, eu quero ler, risos... Não sabia que esse livro era continuação do livro diários secreto da Lizzie. Nunca imaginei que as autoras escreveriam sobre a Lydia, o mais esperado seria a Jane. Gostei que a personagem amadureceu e encontrou seu lugar. Vou ler com certeza!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Cida.
    Eu amei o primeiro livro e nem sabia que tinha lançado mais um com a personagem Lydia. Não sou muito fã dela nem desse livro, nem no original. Mas quem sabe eu goste dele hehe. Parece que esse não é tão divertido quanto o anterior já que aborda outros assuntos.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. "Tem alma, é alinhado e homogêneo" não é o tipo de caracterização que tenho lido com frequencia ligada a literatura com a cara que esses livros tem. Me surpreendeu! Confesso que achava que esse era um tipo mais descontraido de livro. E nossa, você terminou a resenha muito entusiasmada isso sempre me deixa com vontade de ir atrás do livro!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!