[Resenha] Thomas e Sua Inesperada Vida Após a Morte

Thomas e Sua Inesperada Vida Após a Morte
Título Original: The Accidental Afterlife of Thomas Marsden
Autor(a): Emma Trevayne 
Editora: Seguinte                 Páginas: 240
Lançamento: 2016               ISBN: 9788555340109
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Roubar túmulos é um negócio arriscado. É, na verdade, um péssimo negócio. Para Thomas Marsden, a partir de uma noite de primavera em Londres (véspera do seu aniversário de doze anos), esse passa a ser um negócio também assustador. Isso porque, deitado em uma cova recente, ele encontra um corpo idêntico ao seu. Esse é apenas o primeiro sinal de que alguma coisa muito esquisita está acontecendo. Muitos outros vêm em seguida, até que Thomas vai parar num mundo estranho, habitado por fadas e espiritualistas, onde a morte é a grande protagonista. Desesperado para conhecer a sua verdadeira história e descobrir de onde vem, Thomas vai ser apresentado à magia e ao ritual, e vai se dar conta de que, de vez em quando, aquilo que faz dele um garoto comum pode torná-lo extraordinário.

Um ladrão de túmulos que tenta roubar a si mesmo? 

É isso aí meus amores. Uma proposta um tanto curiosa que bastou para despertar meu interesse por este livro.

Thomas e Sua Inesperada Vida Após a Morte, de Emma Trevayne, é um dos mais recentes lançamentos da Editora Seguinte.

O maldoso feiticeiro Mordecai lançou um feitiço e aprisionou as fadas em Londres para que elas trabalhassem para ele em seu negócio. Após alguns anos, os mais de cem seres encantados foram reduzidos a um punhado. Fracos, subjugados e frente a uma possível extinção, desejam apenas encontra um meio de fuga para viver em liberdade em suas terras ou ao menos poder morrer lá. Para isso precisam de um certo garoto.

Thomas Marsden rouba túmulos com o pai e numa noite dessas, que antecede seu aniversário e deveria ser como todas as outras noites de “trabalho”, ele abre uma cova e se vê lá dentro. Há duas hipóteses: ele morreu, virou fantasma e não faz ideia disso ou aquele corpo é de um irmão gêmeo que nunca conheceu. Claro que pode existir uma terceira opção e esta tão fabulosa que nem você vai pensar nela.

Surge então um grande mistério para Thomas desvendar e como ele não aceita ficar sem a verdade, desafia os pais e foge de casa para buscar as respostas de suas perguntas. Quanto mais investiga, mais interrogações surgem e vamos acompanhar este destemido garoto nas escuras ruas de Londres.

A escolha do local para ambientar a história não poderia ter sido melhor, afinal esta cidade inglesa transpira mistério e segredos. Desvendá-la com  Thomas foi uma experiência gratificante. Tão encantada fiquei que logo emendei na leitura do outro livro da autora e notei que em ambos ela criou com muita maestria uma realidade/mundo dentro do nosso mundo. Neste livro, especificamente, é algo que vive nas sombras e com uma mistura de medo e ódio dos humanos, que são as fadas.

Thomas logo se vê envolvido com estes seres e não é spoiler dizer que ele é o garoto que procuravam para escapar de Mordecai. Agora a razão para ser ele o escolhido não direi, você vai ter que ler para saber.

É uma história cheia de magia e graça, a morbidez que poderia vir com o tema roubo de túmulos foi deixada de lado e esta atividade ganhou uma roupagem mais leve e atraente para o público alvo ao qual se destina o livro. Eu que li muito para minhas meninas, me vi tranquilamente lendo para os netos e se senti isso acredito que muitas mães vão ter a mesma sensação. E o leitor mais velho também vai se encantar, especialmente no tocante ao protagonista (como aconteceu comigo), que rouba a cena com sua coragem e teimosia.

Thomas Marsden é aquele tipo de pessoa que não aceita não como resposta e se você lhe disser que não vai conseguir algo  ele vai provar que é inteligente o bastante para dar um jeito e se sair bem. Compare Thomas com outra pessoa e ele vai surpreender você com  muita astúcia e engenhosidade para mostrar que é único. Isso é simplesmente empolgante, adoro histórias protagonizadas por crianças, mas tem que ser com crianças espertas, traquinas e que não fujam de um desafio. Neste quesito o garoto não decepcionou. Ele é uma caixinha de surpresas e me fez rir diversas vezes com suas atitudes ímpares, principalmente quando encontrou uma pequena fortuna em moedas de prata e começou a gastá-las pela cidade. 

As fadas são parte importante da história, mas não são criaturas que eu goste muito, acho as traiçoeiras e aproveitadoras. Durante boa parte da leitura fiquei desconfiada que estavam apenas usando Thomas. A verdade é que estão, mas em determinado momento sua situação tocou meu coração e foi difícil condenar alguém que queria ser livre e viver sua vida em paz.

Na jornada de Thomas ele teima em provar para todos ao seu redor que  aquilo que é diferente não é ruim e que pode sim ser o certo mesmo contra todas as possibilidades. Ninguém é incapaz de realizar algo, mas cada um tem seu jeito para fazer isso. Devemos respeitar os outros da mesma maneira que queremos ser respeitados e nunca minar as esperanças destas pessoas com comentários depreciativos e preconceituosos. Thomas foi considerado errado em diversos aspectos e provou que,  para algo e para muitos, era totalmente certo.

Amei a história. Há uma mensagem positiva em cada linha e desperta em nós coragem para se esforçar pelo melhor. Indicado para toda a família com sua graciosidade, leveza, boa dose de mistério e magia e por último, mas não menos importante, um protagonista esperto e brilhante. Sua família vai gostar de ler.

Oi! Eu sou a Jô. E de vez em quando vocês vão me ver por aqui.

Nota: Da mesma autora a Seguinte também publicou Vôos e Sinos e Misteriosos Destinos, já resenhado no blog.



2leep.com

15 comentários:

  1. Oi Cida e Jô, suas lindas, tudo bem com vocês?
    Você me encantou com sua resenha quando disse que se viu lendo o livro para os netos. Isso diz muito do livro para mim. Parece ser uma aventura incrível, também acho as fadas às vezes não são seres não confiáveis, risos...Agora para tudo!!! Estou morta de curiosidade que explicação: é essa para ver o próprio corpo em um túmulo e ainda estar vivo e não ser seu irmão gêmeo? Fiquei louca para ler o livro!!! Adorei sua resenha!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ladrão de túmulos? Outro mundo, morte e fadas?!
    Já me ganhou..rsrs
    Adorei sua resenha, beijos flor! =*

    lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  3. Oi Jô!!

    Adorei a resenha!!!!

    Gostei do livro!! Fofíssimo. Já está indo pra lista!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  4. Ain que livro mais gracinha!
    Faz um tempinho que venho namorando esse livro! Sua resenha ficou mto bacana! Bem detalhada!! Fiquei ainda mais com vontade de ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. percebi que a trama tem um potencial bem grande, Cida, desde que vi a capa e amei. Afinal é super bonita!
    gostei da questão das mensagens subliminares e também de saber que a autora já é conhecida, uma vez que seu outro livro também teve resenha positiva!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Jô!
    Que livro diferente! FIquei muito curiosa. E a cidade inglesa como fundo só me animou mais. Parece ser cheio de mistérios.
    Beijos!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Jô.
    Eu quis esse livro desde que vi a capa dele nos lançamentos. Achei a sinopse incrível e pelo o que li aqui na sua resenha eu vou amar. Eu gosto de fadas hehe. Mas vamos ver nesse livro. Assim que der eu vou ler ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oie Cida =)

    Estou bem curiosa para ler esse livro, pois gostei bastante de Voos e Sinos e Misteriosos Destinos. A Emma tem uma escrita leve e umas ideias bem originais de história.


    Sua resenha só me deixou ainda mais curiosa e com a certeza que essa será mais uma aventura da autora que vou adorar viver.


    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  9. Eu gostei muito de Vôos, sinos e misteriosos destinos, então até fico empolgada em ler esse! Adoro uma história com fantasia e magia e a capa é linda!!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida e Jô,
    Parece ser um livro encantador. Gostei muito da premissa dele.
    Dica anotada aqui rsrs.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Desde que vi o lançamento desse livro que estou louca para ler <3 Não tem como não ficar curiosa com um livro desses e adorei a capa também. Não sabia que a história envolvia outros seres fantásticos como as fadas, mas agora que fiquei sabendo a vontade de ler só aumentou! Necessito, haha. Ótima resenha e bem vida! :D
    Not Found
    Resenha Atual

    ResponderExcluir
  12. Não costumo ler muitos infantos-juvenis, mas acho que daria uma chance para essa leitura por causa da trama bem desenvolvida e do protagonista que parece bem divertido de acompanhar!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  13. Jô não conhecia o livro mas após ler sua resenha acabei ficando curiosa e ao saber que é da mesma autora de Vôos e Sinos e Misteriosos destinos fiquei empolgada e louca para ler ambos.
    Essa autora, pelo jeito, adora títulos grandes. Eles me deixam intrigada e curiosa. Adoro histórias que acima de tudo tem uma mensagem bonita, motivadora e útil para vida real de todos que tem acesso a ela. Amei a dica. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  14. Sem sombra de dúvidas, Sedução da Seda.
    Girlanemotta@gmail.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida :)

    Faz um tempo que não leio algo assim e adoro livros com esse tipo de enredo *-*
    Fiquei mega curiosa <3

    Beeijos

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!