[Resenha] Inigualável

Inigualável
Título Original: Unrivaled (Beautiful Idols #1)
Autor(a): Alyson Noel 
Editora: Harper Collins         Páginas: 304
Lançamento: 2016               ISBN:9788569809647
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Layla Harrison quer deixar seus dias de pobretona para trás, em busca de uma oportunidade como repórter. Aster Amirpour está a ponto de gritar com o próximo diretor de elenco que disser: ''Queremos alguém exótico, mas não o seu tipo de exótico.'' Tommy Phillips sonha em comprar uma guitarra de doze cordas para tentar fazer as pazes com seu pai famoso (e ausente). Mas Madison Brooks fez o destino se ajoelhar para ela muito tempo atrás. É a queridinha de Hollywood, e o que teve que fazer para chegar à fama é uma mera mancha no asfalto sob o salto dos seus Louboutins. Quando Layla, Aster e Tommy conseguem entradas VIP para o mundo glamoroso e instável da noite de Los Angeles, eles são envolvidos em uma competição de alto risco, com Madison Brooks como alvo. O problema é que, quando a estrela desaparece misteriosamente, destruindo suas esperanças, tudo que resta para os três são as mentiras. Inigualável é o primeiro livro da nova trilogia de suspense da autora best-seller do The New York Times Alyson Noël, sobre como os nossos maiores sonhos podem a qualquer momento se tornar os mais terríveis pesadelos.
Inigualável é o primeiro livro da trilogia Belos Ídolos, da autora Alyson Noël, publicada no Brasil pela Harper Collins. Eu sou fã desta autora desde que li Os Imortais e The Soul Seekers, ambas séries sobrenaturais, então estava bem curiosa para conferir esta empreitada ambientada em um universo totalmente covencional e de muito glamour.

Ira Redman é dono de uma cadeia de boates em Los Angeles e para alavancar os negócios resolve realizar um concurso de promoters. Aquele que mais se destacar levará um bom prêmio em dinheiro e isso estimula um grupo de jovens que precisa de patrocínio para seus sonhos.

Layla quer estudar jornalismo. Aster quer ingressar no mundo das celebridades e ser uma grande atriz. Tommy quer fazer o pai se arrepender de te-lo abandonado,  se tornando um músico de sucesso. Cada um deles vai promover uma boate diferente e quem levar a famosa estrela em ascensão Madison Brooks até sua balada pode ser o vencedor. Mas cuidado com o que você deseja, nem sempre as coisas saem como planejamos.

Temos vários competidores, mas são estes três que se destacam e junto com Madison protagonizam a trama. Conforme o concurso avança  vemos como a sede pela fama, poder, dinheiro e  status é venenosa e deixa as pessoas sem nenhum senso de moral e as leva a agir sem escrúpulos.

O trio de participantes não ganhou meu carinho ou admiração em momento algum, posso enumerar milhares de defeitos em  cada um deles. Não aponto isso como um problema na trama, e sim uma qualidade, pois eu não teria curtido tanto a leitura se  Tommy, Aster e Layla fossem anjinhos. Eles até que não começam tão perversos, mas Hollywood de alguma forma os corrompe.  E seria  cômico, se não fosse trágico, ver os três sendo acusados de um crime contra Madison. Eu adorei ver o desespero deles  depois de terem jogado sujo todo o tempo. Foi bem no estilo o tiro saiu pela culatra.

Sim! Na verdade o livro começa com uma cena que dá a entender que Madison foi atacada. Então a história volta um pouco no tempo para que possamos acompanhar os fatos que antecederam este acontecimento, mas como em Hollywood nada é o que parece ser fica a dúvida se ela foi atacada ou fingiu ser.

Madison Brooks, na minha opinião, foi a melhor personagem de Inigualável. Dona de um passado misterioso, mostrou claramente o medo que tinha que o mesmo viesse à tona. Ela construiu para si um império de mentiras e até trocou de nome. Quem era aquela garota? O que escondia?

Embora os personagens estejam na faixa de 18 a 22 anos, é  uma história bem madura o que difere dos outros livros da autora que são bem adolescentes. Como citei no começo da resenha, não há uma abordagem sobrenatural, é uma história contemporânea, totalmente possível e regada de muito sexo, drogas e rock and roll. E glamour? Tem bastante.  Estamos na cidade das estrelas e todos querem seu nome na calçada da fama.

Não faltam intrigas e mesmo que eu tenha surtado com a falta de caráter de toda esta galera, não nego que adorei esta nova série da autora. É empolgante, tem suspense e pode ter certeza que vai mexer com seus nervos em algum momento ou em todos. Daria um excelente seriado de TV.

Uma história com narrativa fluida, bem moderna e intrigante. Quero mais Belos Ídolos na minha vida. Eu recomendo sem dúvidas.




2leep.com

12 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Mirmã, eu não gostei muito da saga Imortais, então estava com receio de começar essa. Mas sua resenha mudou minha concepção.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, achei a premissa muito interessante e fiquei muito curiosa pela leitura, já participei desse mundo de promoters de casa de eventos aqui na minha cidade e tenho noção de como isso é uma grande panelinha, e quando envolve algum tipo de disputa, principalmente por dinheiro, é onde as máscaras caem e onde vemos quem é quem. Curti! Quero muito o livro e adorei sua resenha!

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  3. parece que mais uma vez a autora se supera e cria um enredo incrivel! apesar de não estar iniciando séries no momento, deu vontade de conhecer a trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Cida.
    Fiquei na duvida se quero ler. Diferente de você, não sou muito fã da autora. Eu amei o primeiro livro de Os Imortais, mas depois ela foi estragando tudo. Mas por ter uma abordagem sem ter sobrenatural no meio, quem sabe eu leria. E não custa dar uma outra chance a autora né? hehe

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Também sou fã da autora desde que li a série "Os imortais", ela é incrível. Quando soube que ela lançaria uma nova série (essa da resenha) e que não tinha nada a ver com a outra, fiquei bem curiosa a respeito, mas também um pouco receosa. Pelo o que você disse, o livro parece ser bom, então vou tentar comprá-lo em breve!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Vi a foto desse livro em muitos Instagrams que acompanho tanto aqui do Brasil como os de fora.
    Quando trabalhei em agencia convivia muito com promoters em especial de casas noturnas e o povinho dificil viu rs...
    Até hoje não li nada da Alyson Noël ainda e acho que é um boa começar por algo que não seja voltado para linha sobrenatural.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  7. Eu adoro Os Imortais e achei bem inusitado a autora seguir uma linha mais "realística" na nova série! Estou ansiosa para ler, sua resenha está muito boa!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!!!

    Eu não conheço a autora, mas livros com intrigas são ótimos! E gosto de personagens que despertam nosso amor e ódio, nos cativam bem mais!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Já tinha visto esse livro da autora e ainda estou meio indecisa se leio ou não, pois eu li as outra série dela e gostei mais ou menos.
    Mas como esse é um gênero mais adulto, darei uma chance.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Já ouvi muitos comentários negativos sobre a série Imortais dela, por isso fiquei desanimada, confesso, quando vi esse lançamento. Mas o enredo parece exatamente um seriado de TV, foi essa a impressão que eu tive ao ler a sua resenha. Também adoro, quando os personagens não são bonzinhos, acho que irei dar uma chance. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida, tudo bem?

    Eu não curto a escrita da Alyson. Eu nem terminei nem a série Os Imortais por isso, não conseguime conectar com o jeito dela de contar as histórias. Por isso, acredito que não leria o livro. Mas quem sabe se o libro não vira uma série de TV mesmo, aí posso até assistir! Hahaha

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. Oie Cida, tudo bem?

    Eu não gosto muito da autora, já tentei ler Os Imortais e não fez meu estilo e também não gostei da escrita dela. Mas, eu não sou de cortar autores para sempre dos meus planos hahaha... Consideraria a leitura, principalmente por ser de uma temática diferente da minha experiencia anterior com ela. Achei a história interessante e gosto quando os personagens não são perfeitos, pois inspira realismo!

    Quem sabe eu confira um dia, curiosa com certeza fiquei!
    Adorei sua resenha, muito apaixonante. :)

    Beijo!
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!