[Resenha] A Guardiã de Histórias

A Guardiã de Histórias
Título Original: The Archived (The Archived #1)
Autor(a): Victoria Schwab 
Editora: Bertrand                      Páginas: 322
Lançamento: 2016               ISBN: 9788528620566
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Imagine um lugar onde, como livros, os mortos repousam em prateleiras. Cada corpo tem uma história para contar, uma vida disposta em imagens que apenas os Bibliotecários podem ler. Aqui, os mortos são chamados de Histórias, e o vasto domínio em que eles descansam é o Arquivo. Mackenzie Bishop é uma implacável Guardiã, cuja tarefa é impedir Histórias geralmente violentas de acordar e fugir do Arquivo. Naqueles domínios, os mortos jamais devem ser perturbados, mas alguém parece estar, deliberadamente, alterando Histórias e apagando seus trechos essenciais. A menos que Mac consiga juntar as peças restantes, o próprio Arquivo sofrerá as consequências.

A Guardiã de Histórias, de Victoria Schwab, é o primeiro livro da série The Archived, publicada no Brasil pela Bertrand. Eu estava meio receosa com esta história, pois a premissa de um biblioteca de corpos não me atraiu muito, contudo eu já havia lido The Near Witch da autora e curtido bastante. E posso dizer que depois de A Guardiã, me dei conta que ela é uma excelente contadora de histórias.

O Exterior é o mundo normal. O Arquivo é uma biblioteca de mortos. Os Estreitos um lugar de corredores de pesadelos, escuros, densos e tristes.

Mackenzie Bishop herdou do avô o legado de ser uma Guardiã. Ele a treinou desde pequena para assumir esta função quando partisse. Em uma realidade onde os corpos dos mortos são guardados em uma biblioteca como livros e trazem em si histórias, ela vive para capturar aqueles que fugiram. Lembre-se que não são mais seus entes queridos, são apenas Histórias que não podem ficar vagando pelos Estreitos, pois uma loucura as acomete e tornam-se perigosas.

Os pais dela não sabem de nada e a vida da garota é cheia de meias-verdades e omissões. Ela não se arrisca com uma mentira, há sempre um fato verídico no que revela  e o resto fica a cargo da imaginação, pois assim é mais fácil se ancorar na realidade.

Mac acabou de perder o irmão caçula e a família resolveu buscar um recomeço em um lugar onde as lembranças de Ben não estivessem presentes. Foram morar num antigo hotel convertido em prédio residencial. No entanto, para ela que pode ler objetos com um simples toque, o Coronado não é um novo lar e sim um mar de lembranças.

Entre estas lembranças Mac descobre um assassinato. Curiosa e tentando superar a dor da perda do irmão, resolve investigar e acaba descobrindo que o seu universo de Guardiã está intrinsecamente ligado ao que aconteceu no hotel e mais ainda, alguém não quer que Mac descubra a verdade e sua vida passa a correr perigo. 

Mac percebe que o avô não contou todos os segredos que o mundo dos Guardiões, os Estreitos e o Arquivo escondiam.

A narrativa em primeira pessoa na voz de Mac empolga desde a primeira página. Que história incrível e criativa! Ainda bem que superei o receio e mergulhei nos Estreitos e no Arquivo com nossa Guardiã. A autora tratou o assunto morte de maneira peculiar, nos dando uma visão diferente do que vem depois. Até mesmo a questão dos corpos que eu temia ser mórbida, foi abordada de forma interessante.

A vida de Mac é dividida pela época que o avô e o irmão estavam vivos e o depois. Você percebe o quanto o momento atual é de pura solidão e tristeza para ela. Mesmo na companhia dos pais não se sente bem, pois nenhum deles sabe a verdade sobre a ocupação da filha e o fardo pesado que isso representa. No entanto,  ela gosta do que faz e se orgulha disso,  o problema é que a emoção precisa ser contida e dar lugar para razão. Imaginem o conflito que é saber que o corpo do irmão está no Arquivo, mas que ele não é aquele que amou, apenas o invólucro de uma História?

É muito interessante acompanhar os passos de Mac e seus dilemas. É intenso e tocante em igual medida. Você fica comovido pela tristeza dela e empolgado pela ação que toma sua vida. Cada caçada é adrenalina pura e nunca sabemos se Mac vai sobreviver.

O universo criado por Schwab é vasto e complexo, mas ela teve o bom senso de explicar seus detalhes de maneira objetiva e de fácil entendimento. Mac é uma ótima instrutora e compartilha conosco a mecânica de ser uma Guardiã e o que isso envolve.

O clima de mistério no ar é instigante. A trama é sombria, causa calafrios e surpreende pela singularidade, embora exista certa descontração em alguns momentos. Muitas vezes questionei se ser Guardiã era uma benção ou uma maldição e pela quantidade de perigos e cenas gloriosas vividos pela protagonista acredito que seja um pouco de cada.

A história me capturou com facilidade por três motivos em especial. Primeiro por conta deste universo peculiar e interessante de Histórias fugitivas, Guardiões  e afins. Segundo pela inserção de um assassinato misterioso e uma conspiração para escondê-lo, o que configura combustível suficiente para quem tem um espírito investigativo nato. E terceiro, mas  não menos importante, a afeição que a protagonista desperta com seu jeitinho perdido e solitário.

Estes elementos caminham lado a lado e a cada capítulo se mesclam mais um no outro de forma a se tornarem algo único, ou seja, nada está ali ao acaso.

Vamos nos deparar com uma diversidade de personagens e em momento algum sabemos se ela pode confiar em alguns deles. Há alguém querendo matar Mac e ela precisa ser cuidadosa todo o tempo.

Falando nos demais personagens, o Coronado tem alguns moradores bem estranhos e alguns visitantes que nos deixam espantados. Eu adorei atmosfera surreal do local e posso dizer que as interações de Mac naquele local são hilárias, o que serve como ponto de equilíbrio para as cenas mais densas. 

Mac é ótima e você que curte mocinhas duronas, destemidas e que não temem uma boa briga e alguns ossos quebrados, vão amá-la. E não pensem que ela vai ficar sozinha nesta loucura por muito tempo, aparecem dois rapazes intrigantes no decorrer na história para deixar a garota confusa. Wes e Owen são peças essenciais nesta história. O primeiro nosso humorista e o segundo nosso enigma.

Romance no ar? Não diretamente, embora eu tenha torcido para algo mais, como imagino que muitos leitores também tenham torcido. Só que apostei no cara errado.

Eletrizante e sombrio do começo ao fim. Embora seja uma série, o final é bem conclusivo e traz as respostas para os mistérios surgidos. Não temos um cliffhanger, mas ainda assim o gostinho de quero mais e, aquele preciso do próximo para ontem, prevalecem. 

Não dá vontade de terminar o livro e deixar este universo para trás. Amei sem dúvidas! É gratificante encontrar uma história tão ousada e criativa como esta, amo um bom clichê, mas inovação é sempre bem vinda. Leiam A Guardiã de Histórias e surpreendam-se

2leep.com

22 comentários:

  1. Bom dia, Cida!
    Nossa, essa capa já tinha me conquistado, quando li a sinopse apaixonei. Com sua resenha então, quero ler pra ontem! Ótimo texto, parabéns!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Adorei, estou mto ansiosa pra ler esse livro, td q venho lendo sobre ele tem sido bastante bacana!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oiii, tudo bem??? Eu não conhecia o livro ainda, mas sinto que preciso ler =D A história é bem diferente né? Eu até que curto alguns clichês, mas geralmente prefiro dar preferência a livros que abordam coisas diferentes. Por isso, com certeza esse livro vai para a lista de desejados. Espero conseguir adquirir em breve e gostar dessa história tanto quanto você =D
    Beijooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Amei a capa e o título e achei o enredo bem interessante e criativo. Gostaria de ler sim! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Se não me engano você é a terceira pessoa que eu vejo falando desse livro, e cada vez que eu vejo alguma coisa relacionada a ele, fico com mais vontade de ler.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  6. não é um livro que inicialmente me atrairia, ou que eu compraria só de olhar na livraria, mas o enredo muito me agradou, é diferente e uma mescla de vários elementos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiii Cida

    Recebi esse livro recentemente, e desde a capa até a sinopse já me chamava a atenção, agora com a sua resenha fiquei completamente convencida. O grande "porém" continua sendo o saco de esperar o lançamento das continuações né? às vezes eu prefiro esperar pelo menos a editora fornecer alguma previsão pra continuação

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!!! Eu vi o pessoal do Grupo Editorial contando sobre esse livro e marquei como "quero, desejo, preciso ter" kkkkkkkk Agora que vc gostou quero mais ainda kkkkkk

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida!
    O que realmente me atraiu na história foi essa biblioteca de mortos. Eu fico imaginando como seria...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida! Eu já tinha lido a sinopse desse livro e ficado interessada, mas a sua é a primeira resenha que leio. Achei bonito isso de os corpos serem guardados em uma biblioteca como livros, afinal, eles de fato contam muito de nossa história. A peculiaridade do lugar é outra coisa que me animou. E gostei de, apesar de ser uma série, terminar sem um final tão aberto. Com certeza lerei.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  11. Mulher, que delícia!!! Eu não esperava nada disso! Muito menos uma mocinha assim tão moçona! hahaha. Destemida, como você disse.

    Amei!!!! Desejando já!

    Bjkss

    Lelê

    ResponderExcluir
  12. Oie Cida =)

    Desde o lançamento desse livro eu estou doida para ler ele. Sabe quando acontece meio que um amor a primeira vista? Foi mais ou menos isso. Porém como ando com mais livros para ler do que tempo para isso, acabei adiando um pouco a leitura dele. Mas, espero poder ler em muito,muito em breve afinal minha curiosidade não aguenta rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem? Eu estou com muita vontade de ler esse livro para saber mais sobre esse negócio doido de mortos e sei lá mais o que, hahaha. Gostei bastante da resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Confesso que quando vi a capa, não me interessei pelo livro, nem li a sinopse. Eu acabei associando aos livros da Série da Kiera Kass, A seleção. Não sei explicar o motivo, mas pensei que a história fosse semelhante.
    Fico contente em saber que o livro é tão bom assim, e que fala de algo tão diferente. Vou colocar na minha lista de leitura.

    Obrigada pela dica ;)

    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, Cida.
    Eu fiquei querendo esse livro desde que o vi nos lançamentos. A capa e a sinopse é muito intrigante. E agora lendo sua resenha essa vontade aumentou. Faz tempo que não leio um livro assim que passe esse tipo de sensação. Mas vou ter que esperar para ler, até lançar os próximos hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Sua resenha é a segunda que leio sobre esse livro. Se já estava interessada antes agora então, nem se fala. Gostei muito do que li e vou ficar aguardando a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  17. Bom, pela sinopse do livro poderia te dizer que não me interessaria pela leitura, no entanto após ler sua resenha e muito difícil não se interessar por essa leitura, principalmente porque a estória e muito bem construída, com personagem cativante, e uma trama muito envolvente, amei a premissa desse livro, e pretendo ler com certeza.

    ResponderExcluir
  18. O livro e bem misterioso e sobrenatural a personagem e cercada de muita responsabilidade a uma bela e tentadora historia a ser lida .

    ResponderExcluir
  19. Olá!!
    Amei a resenha o titulo do livro me chamou a atenção e ao ler a resenha fiquei mais interessada, estou ansiosa pra ler o livro!
    Parabéns
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Conheci esse livro num evento da Record,o mochilão da Record, e pelo fato da personagem ser uma bibliotecaria, minha área de estudo, eu fiquei super empolgada pra ler. Ainda mais feliz de saber qua seriam apenas dois livros pq eu nunguentu mais séries. . Nem eu nem meu bolso! ! Hahaha. Ótima resenha! Grande beijo! !

    ResponderExcluir
  21. Me deu Uma Vontade de ler agora.Show.......

    ResponderExcluir
  22. Amei essa resenha, me deixou com vontade de correr na livraria mais próxima pra ver se o encontro e começar a lê-lo imediatamente!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!