[Resenha] O Primeiro Último Beijo

O Primeiro Último Beijo
Título Original: The First Last Kiss
Autor(a): Ali Harris
Editora: Verus                      Páginas: 447
Lançamento: 2016               ISBN: 9788576864479 
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||  

“O primeiro último beijo” conta a história de amor de Ryan e Molly, de como eles se encontraram e se perderam diversas vezes ao longo do caminho. Na primeira vez em que eles se beijaram, Molly soube que ficariam juntos para sempre. Seis anos e muitos beijos depois, ela está casada com o homem que ama. Mas hoje Molly percebe quantos beijos desperdiçou, porque o futuro lhes reserva algo que nenhum dos dois poderiam prever… Esta história comovente, bem-humorada e profundamente tocante mostra que o amor pode ser enlouquecedor e frustrante, mas também sublime. Na mesma tradição de P.S. Eu Te amo e Um Dia, O Primeiro Último Beijo vai fazer você suspirar e derramar lágrimas com a mesma intensidade.
O Primeiro Último Beijo, de Ali Harris, publicado pela Verus Editora, chamou minha atenção por esta capa linda. Logo imaginei que fosse trazer uma história de amor bem doce e meiga. É sim sobre uma história de amor nestes moldes, mas vai mais longe, pois este livro traz além disso um drama de partir o coração e nos fazer soluçar como crianças. É sobre ser, não apenas estar. É sobre amor, escolhas e vida.

Amor… amizade… respeito…descoberta… perdas… ganhos… e beijos, muitos beijos.

Molly e Ryan conheciam-se desde a adolescência. Ele o filho todo certinho e exemplar e ela a garota rebelde que não sabia o seu lugar no mundo. Ryan sempre demonstrou estar interessado em Molly, mas ela não conseguia acreditar que um garoto tão bonito e popular fosse levá-la a sério. Um beijo roubado e um mal entendido serviram para que ela desejasse nunca mais vê-lo, contudo o amor estava surgindo e entre muitos encontros e desencontros eles acabaram se envolvendo. Só que está relação nunca foi simples. Insegurança, sonhos, frustrações, traição e beijos que nunca poderiam ser esquecidos.

Quando se passa pelo que eu passei, quando se aposta tudo no amor – e se perde –, nunca se é a mesma de novo, Não de verdade.
A narrativa em primeira pessoa na voz de Molly viaja por um longo espaço de tempo, ora estamos no presente acompanhando a protagonista arrumando as coisas para mudar-se de casa, ora estamos no passado. Sendo que os fatos apresentados não seguem uma ordem cronológica. Tanto um capítulo pode ser da Molly adolescente quanto da Molly adulta. O que prevalece e marca qualquer destas fases são os beijos que foram mais do que contato físico para a jovem.

Sou fã de narrativas que oscilam entre passado e presente, a busca pela conexão dos fatos sempre me agrada e Harris faz isso de maneira bem viva. Eu me sentia parte do todo, seguindo os passos do casal, conhecendo os dois e vendo suas personalidades tomando forma no decorrer dos anos.

A ambientação é romântica e poética. É possível enxergar  através dos olhos dos personagens, somos transportados para cada local.

Molly nos conta sobre sua história com Ryan conforme embala as coisas para mudar-se. É um processo cheio de sentimentos e que reverencia um amor sem tamanho. Cada explicação que antecede um capítulo é sobre um tipo de beijo e  seu significado: beijo de adulto, beijo perdido, beijo agridoce. E logo a seguir a história que foi marcada por este beijo.

Conforme juntamos fragmentos, notamos que nem sempre ambos foram felizes. Ela lembra de Ryan com amor e arrependimento. Assim surgem as perguntas. Onde Ryan está? O que aconteceu para não estarem juntos na hora da mudança? É um suspense gostoso, que mesclado com toda a ternura da relação dos dois, torna a leitura envolvente e viciante.

Eu adorei estes dois personagens. Molly é uma garota meio perdida e que sonha com uma carreira sólida, com viagens ao redor do mundo e aventuras, só que acabou se vendo numa vida caseira e dentro um relacionamento sério muito jovem. Por mais que gostasse de Ryan, o bichinho da dúvida ou seu eu adolescente, sempre a perturbavam e faziam com que tomasse atitudes das quais se arrependia depois. Só que por mais que você ache que ela não deveria ter feito aquilo, você entende e se compadece da protagonista. É impossível não ser Molly durante a leitura, pois viemos ao mundo para viver uma sucessão de erros e acertos na tentativa de achar um final feliz.

Já Ryan é uma graça. Um  homem que adora comédias românticas ganha o coração de qualquer mulher, junte a isso sua beleza, charme, bom humor, ternura e amor incondicional. Ele é fofo demais. Defeito? Um pouco acomodado em alguns aspectos.

Ele era a casa que eu passei a vida toda procurando. Um lugar que me abraçou sem expectativas. Ele abriu seu coração para mim e, ao fazê-lo, abriu a porta do meu coração também.

Ali Harris soube como criar um enredo complexo e cheio de desvios, nunca tornando a leitura cansativa e sim instigante. A cada página virada eu me via mais desesperada para saber o que tinha acontecido com o casal. Criei teorias, surtei com cada uma e quando achava que estava perto da resposta, vinha uma reviravolta para provar o quanto eu estava errada. É uma trama imprevisível conduzida com a maestria de uma boa contadora de história.

Os sentimentos transbordam e contagiam, tanto que em determinado ponto da leitura fui tomada de tamanha emoção que as lágrimas rolaram sem freios. Há muito tempo eu não me sentia tão mexida, foram poucos os livros que me deixaram de olhos inchados por todo um dia seguinte. Quando digo que chorei, é porque chorei muito mesmo. Fechei o livro totalmente abalada, num misto de sentimentos agridoces.

Esta não é uma história de amor de contos de fadas. Nada aqui pode ser considerado fantasioso e impossível. Molly e Ryan viveram algo especial e realista, um amor tão grande e belo que na hora certa provou ser mais sólido que uma rocha, mas que também foi cheio de deslizes. Entretanto não foi só doce, muitas vezes foi algo amargo, doloroso e cheio de arrependimentos.

Molly nos mostra que temos que agarrar com unhas e dentes os bons momentos da vida e não desperdiçar boas oportunidades. Ela passou por um intenso processo de amadurecimento e auto-descoberta. Sofreu com todas as decisões erradas e tudo aquilo que deixou para depois. Aprendeu de maneira difícil que aquilo que passou não pode ser recuperado. Não dá para viver mil vidas em um dia, mas podemos viver um dia de maneira intensa, aproveitando ao máximo cada segundo. Demonstre seus sentimentos, não guarde apenas para si. Diga que ama e que deseja ser amado. Uma história que nos faz querer valorizar cada segundo que temos.

É apaixonante e cativante em igual medida.  Triste e divertido também. Eu vou sempre lembrar com carinho do romance de Molly e Ryan. Impossível não guardar do coração.  Eu gostaria de que o blog criado por Molly existisse de verdade, espalharia esta história ainda mais.

... agora, que os trato como se fossem as coisas mais preciosas na face da Terra, percebo que cada beijo é como um grão de areia que escorrega por entre os dedos e que não consigo segurar, por mais que eu tente. Como faço para deter as areias do tempo? Como posso fazer com que um beijo dure uma vida inteira?






2leep.com

27 comentários:

  1. Oi
    Parece ser uma história emocionante e fiquei com vontade de ler, vou colocar esse livro na minha listinha de compras. Só espero não acabar com a minha caixinha de lenços rsrs
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Você me deixou com o coração apertado, eles não vão ficar juntos??? Vai acontecer uma tragédia??? Tomara que não. A história deles parece ser linda mesmo, e essa mensagem sempre nos desarma, todos sabemos que a vida não é para sempre, mas quando acordamos todos os dias acabamos nos deixando levar pela rotina e aí pode ser tarde demais mesmo. Não vejo a hora de ler o livro. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso falar! Leia sim Cila, depois me conta se gostou.

      Excluir
  3. Oie,
    nossa já ganhou meu coração o livro. Adorei mesmo a resenha!
    Já tinha visto o livro por ai, mas não tinha dado atenção.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Tô louca pra ler esse livro!
    Muito boa sua resenha!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida! Eu também gosto de livros que oscilam entre passado e presente. Estou lendo um agora que também é assim. Quando bem trabalhado, ajuda a gente a ir entendendo pouco a pouco os acontecimentos atuais. Eu já tinha lido algumas resenhas desse livro, pode ser estranho, mas me animei por ele ter um lado triste. Na vida real nem sempre os finais são felizes também, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Carla, este lado realista da história é muito bem trabalhado.

      Excluir
  6. Ai Cida!
    Chorei apenas lendo sua resenha e acredito que se ler o livro, vou me acabar...
    Que enredo mais lindo!
    “Muitas palavras não indicam necessariamente muita sabedoria.” (Tales de Mileto)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi

    Eu ja havia lido alguns resenha a respeito desse livro.
    Eu Amei resenha imagino o quanto deve ter sido difícil pra ela largar todos os seus sonhos para viver uma vida acomodada, mas as vezes para que tenhamos sucesso em um relacionamento temos que abrir mão de coisas muito importantes para nós.
    Gostei bastante do enredo descrito, preciso urgentemente desse livro.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  8. esse é um dos livros que mais quero ler!
    a premissa é ótima, agradável e super interessante. A história de amor é emocionante em todos os sentidos, assim parece e assim a vejo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida!!

    Também acho a capa linda, mas estou me preparando para chorar muito rsrsrs de qualquer forma parece ser uma narrativa muito bonita, como vc mesma disse, cativante!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oi! Essa capa é linda mesmo, quero muito ler esse livro. Parece que é aquele tipo de livro que te faz sorrir pela doçura e depois chorar, sabe? Ja ta na minha wishlist, quero mto!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida!!
    Esse livro tá na minha lista <3
    Que bacana que você gostou!
    Adorei a resenha ;)

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  12. Olá, Cida.
    Assim fica difícil. Cada vez que venho aqui e leio uma resenha eu fico querendo ler o livro hehe. E esse foi mais um que entrou para a lista. Essa capa está linda mesmo e o livro parece ser ótimo. Gosto muito de livros que alternam entre passado e presente.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Só li a resenhaa e ja to quase chorando! gosto mito de livros assim, que mostram esse lado mais real dos relacionamentos e não apenas o lao doce, sempre me deixam refletindo sobre minhas próprias escolhas, espero poder ler em breve!

    XoXo

    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Cida!
    A capa desse livro é muito fofa!
    Como eu gosto bastante de romances e você gostou do livro, já quero ler ;)

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida!
    Essa capa sempre conquista meu coração quando a vejo.
    A premissa me agrada e estou louca para ler.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá Cida! Sua resenha está maravilhosa. A capa desse livro por si só, já havia chamado a minha atenção, e agora sabendo mais a fundo sobre a história, fiquei completamente encantada! Esse livro já está incluído em minha lista ^^

    Jéssica Patrício - pitadadecinemaeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oie Cida =)

    Quero muito ler esse livro, mas tipo muito mesmo rs...
    A premissa já me conquistou e depois de ler a sua resenha tenho certeza que vou ficar simplesmente apaixonada pela história <3
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro em breve.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  18. Cida meu Deus que história que narraste nesta resenha em que senti seus sentimentos transbordando por tanto que ela te tocou. Saiba que me tocou só de ler o que escreveste e impossível não querer ter esse livro agora em minhas mãos e desfolhar suas páginas com os mesmos olhos.
    É muito amor amiga <3
    Gosto muito também de histórias que intercalam entre passado e presente e não tem nenhuma que li até agora que não tenha sido maravilhosa.
    Beijinhos no seu coração:)

    ResponderExcluir
  19. A capa desse livro é mesmo uma fofura, mas confesso que fiquei apreensiva agora com suas palavras, não gosto de livros que me deixam despedaçada, mas em alguns casos a história nos passa tantos ensinamento que compensam as lágrimas derramadas.
    Bom saber das descobertas e conquistas dos personagens e com certeza os amores reais não são feitos apenas de momentos felizes. Gostei da indicação. Beijos e parabéns pela leitura.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  20. Resenha maravilhosa, Cida, como sempre.

    Eu gosto muito de histórias que se alternam entre passado e presente, mas às vezes isso fica meio confuso e cansativo, né? Bom saber que não é o caso desse livro.
    É tão bom quanto a gente lê um livro e pensa "nossa, essa história poderia ser uma história real", quando a história é crível torna tudo mais interessante.
    Essa capa realmente é lindíssima. Aiii, quero muito ler, mas tô pobre, vou fazer mandinga pra ganhar a promoção! hahahahha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  21. Achei a capa linda e amei a história do livro. Já tinha lido algumas resenhas e comentários sobre ele e estava muito curiosa par saber o restante da história. Ainda estou e muito, depois de ler sua resenha.

    ResponderExcluir
  22. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser ótima.

    ResponderExcluir
  23. Esse livro tá lindo! A capa tá incrível! Qro mto ler e saber mais sobre os personagens!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  24. Olá! Amei sua resenha, sem falsas bajulações, ela realmente foi instigante e animadora.
    Gostei da premissa do romance, do modo diferente que a história é contada, nunca li um livro assim, mesclando passado e futuro, deve ser interessante. A história parece ser linda e emocionante, trazendo aspectos reais da vida, gosto muito disso. Enfim, espero adquirir em breve essa que parece ser uma obra sensacional! Bj!

    ResponderExcluir
  25. Já li várias resenhas desse livro e parece que a maioria das pessoas que leram gostaram, o que é uma coisa boa. Não sou muito fã de livro com flashbacks, porque eu acho que fica um pouco confuso, mas esse me pareceu ter uma estória muito boa. A cara é LINDA e ele está, totalmente, na minha lista de desejados. Amei a resenha!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!