[Resenha] Como Ficar Com Rick

Como Ficar Com Rick
Título Original: How To Get Rio (Choose Your Own Ever After #1)
Autor(a): Julie Fison 
Editora: Agir Now                Páginas: 256
Lançamento: 2016               ISBN: 9788569809326
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
A vida é feita de escolhas, e ninguém sabe melhor disso do que as meninas! Terminar o dever ou ir para o shopping? Juntar a mesada para aquele celular incrível ou comprar o box da sua série mais amada? São tantas opções... As protagonistas da coleção Escolha o seu felizes para sempre sabem bem disso — aqui cada escolha delas é sua, e você é quem decide o caminho que elas devem fazer. Siga o seu coração e veja aonde ele leva, ou volte atrás e escolha tudo outra vez! Kitty MacLean está há meses de olho em Rick Sanchez, que deve ser o menino mais lindo do mundo! Mas pelo que parece ela nunca vai conseguir ficar com ele, até que a garota mais popular da sala a convida para passar uns dias num exclusivo condomínio na praia, onde Rick também vai passar as férias. Mas Kitty já havia prometido às amigas que iria acampar... E agora? Cabe a você decidir o que Kitty vai fazer — e se ela vai ou não finalmente ficar com Rick!
Como Ficar Com Rick, de Julie Fison,  é um lançamento Agir Now e primeiro livro da coleção Escolha O Seu Felizes Para Sempre. A proposta de cada livro é permitir ao leitor escolher o caminho que o personagem principal da história deve seguir para encontrar seu final feliz.

Sempre nos deparamos com opções e muitas vezes bate aquela dúvida sobre qual delas seria a melhor. Nem sempre as mesmas são totalmente corretas, pode acontecer de uma opção ser um pouco fora das regras e, por acabar facilitando as coisas, as pessoas acabam escolhendo esta saída mais simples.

O caso aqui é exatamente assim, a protagonista Kitty sempre foi uma garota quieta, que não fazia parte da turma que chama atenção no colégio. Suas melhores amigas são esportistas dedicadas que não curtem badalação e querem passar as férias acampando. Mesmo odiando mata selvagem, Kitty acha melhor ir com elas do que ficar em casa sem fazer nada.

Contudo no dia que a garota mais descolada do colégio se aproxima de Kitty e demonstra querer ser sua amiga, convidando-a para passar um tempo em uma praia que é o top dos passeios adolescentes,  as coisas saem do prumo e nossa protagonista começa a não saber qual caminho seguir. Ainda mais quando escolher a nova amiga pode ajudar na conquista de seu amor platônico, o lindo Rick. Fica a cargo do leitor dar uma mãozinha neste dilema. 

Assim começam as perguntas. Ir acampar com Mia e Izzy? Ir para Portal do Paraíso com Persephone e se aproximar de Rick? Desse momento em diante nossas escolhas definem o desfecho da histórias.

A tema central é clichê, com dilemas adolescentes que já vimos em outros livros: o primeiro amor, auto-estima, ser ou não ser popular, descoberta da identidade e por aí vai. No entanto, participar da história determinando os desdobramentos é que torna a leitura especial. 

O leitor sente certo poder com as escolhas, é como se tivéssemos escrito a história de alguma forma ao tomar as decisões. O espaço que o autor nos dá, deixa a leitura bem atrativa.

Primeiramente segui pelo caminho das escolhas erradas, aquelas nada louváveis, fazendo com que Kitty deixasse as melhores amigas no escanteio, mentisse e até mesmo agisse de uma maneira que não era nada parecida com ela, a seguir fui me divertindo com outras escolhas e assim conferi mais de quatro finais diferentes. 

Há algo que prevalece em todas as possíveis histórias que é o desejo de Kitty unir todas as meninas e assim ter um grande grupo de amigas e conquistar Rick. Em todos os casos as amigas de Kitty foram adoráveis e entenderam cada deslize cometido, já o Rick nem sempre foi um príncipe encantado.

A leitura é rápida. Eu gostei de alguns desfechos e de outros nem tanto, mas o que mais apreciei foi a forma como a autora conseguiu caracterizar os personagens em cada história. Você vai se surpreender com a mudança de personalidade de cada um dependo de sua escolha.

Ao final fica a lição de que mentira tem pernas curtas e que devemos gostar de nós mesmos antes de desejar que gostem de nós.

Uma experiência de leitura diferente e deliciosa. É pura descontração! Eu sei que já tivemos outros livros assim publicados no Brasil, mas este foi meu primeiro e com certeza pretendo me aventurar em outros, de preferência os desta série que pelo que vi são bem fofos. A edição nacional conta com imagens que a deixam jovial e com aquele clima divertido de férias de verão. E então? Topam participar?

Minha história preferida foi a seguinte: Kitty vai para o Portal do Paraiso com Persephone => Kitty conta a verdade para Mia e Izzy => Kitty abandona o plano.




2leep.com

14 comentários:

  1. Oie Cida =)

    Não conhecia o livro, mas gostei dessa proposta de você escolher o final da história. É interessante por que de certa forma faz como que a gente se sinta meio que um personagem o autor.
    Fiquei bem curiosa agora =D

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Eu nunca li um livro tão interativo assim. Eu adoro esse tema de destino, "e se eu não tivesse ido por essa rua o que aconteceria?" A forma como autora criou essa história nos dará as respostas que na vida real não temos. E é perfeito, pois assim, poderá justamente ensinar, mostrar quais são as consequências de seguir o caminho errado e a recompensa de seguir o caminho certo. Fiquei muito empolgada para ler. Sua resenha ficou ótima!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Cida, tudo bem?

    Menina depois de ler Mil pedaços de você, virei fã de carteirinha da editora, é claro desde já incluir este livro na minha lista, adoreia a ideia da autora que permiti que leitura controle a estória, fiquei bastante curiosa para saber qual seria o desfecho dessas estórias *-* adorei a resenha.

    Beijinhos

    Te espero lá http://www.resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leu No Coração da Floresta e Vivian Contra o Apocalipse? São ótimos também.

      Excluir
  4. Adorei a resenha! E tudo que li nela me fez desejar também ler esta história super descontraída, principalmente por escolhermos o destino para a protagonista. E eu que nunca li uma narrativa assim, achei bem intrigante e diferente.
    Espero ter a chance de ler Como Ficar com Rick em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Achei a proposta desses livros bem legais, sem falar que amei a capa. Eu já li um livro parecido, só que era uma biografia e dependia do que a gente escolhia para ele terminar de um jeito ou de outro. O legal é que dá para ler várias histórias em um livro só hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Nossa um livro com múltiplas possibilidades de enredos e desenlaces! Adorei, nunca li nada assim e me pego super curiosa. Uau! Adorei a ideia! E assim sendo, mais um para a minha infinita listas de livros que desejo ler urgentemente!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. não é o tipo de livro que costumo curtir, mas a proposta é interessante pelo que se percebe!
    achei bacana essa proposta de livro interativo no qual você realmente participa de uma trama, como se também fosse autor
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Cida!
    Nunca li nada assim! Que maravilhoso que deve ser, nem me importo de ser histórias simples e clichês, vale pela experiencia, né?
    Aliás, que capa linda!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Cida!
    Na adolescência passamos mesmo por vários dilemas e embora tenhamos de tomar decisões que podemos ou não nos arrepender, vale o aprendizado.
    “Saber amar não é amar. Amar não é saber.” (Marcel Jouhandeau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia este livro.... e achei bem.... diferente. Acho que essa é a palavra que mais se aplica.
    Não sei se gostei, mas sei que leria. Gosto de me aventurar por leituras diferentes.
    Resenha linda!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  11. Oooi! Tudo bem?

    Bem interessante esse estilo de livro. O único que já li assim foi um erótico que não gostei nem pouco, mas achei interessante a forma escrita, quando a gente pode escolher o caminho da protagonista, o que seria uma única história se desdobra em várias, e é muito divertido tentar montar todos os cenários possíveis. Fiquei com vontade de ler, mesmo com os temas clichês e que não fazem muito meu estilo.

    Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida!
    Não conhecia esse livro ainda, mas me lembrou da coleção "Você decide" que eu amava ler quando estava na escola. Era nesse estilo, de ir escolhendo e mudando a história.
    Por causa dessa nostalgia, fiquei com vontade de ler esse livro!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que bacana essa ideia! Já tinha visto livros infantis com esse tipo de interação, mas me senti muito interessado e curioso em formar minha própria história :D Parece ser bem divertido e descontraído. Abraços!
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!