[Resenha] A Primeira Chance

A Primeira Chance
Título Original: Take a Chance (Rosemary Beach #7, Chance #1)
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro                 Páginas: 224
Lançamento: 2015               ISBN:97885804145927
PrimeiraChance_14mm.indd ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan. Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan. Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...
Ah, Rosemary Beach! Qual seu segredo?

Como eu amo Rosemary Beach! Não sei se o segredo de tanto charme está no glamour que o lugar possui ou se é por conta do clima quente e propício para se apaixonar. Pode ser a agitação também… Na verdade acho que são eles os responsáveis… RushWoods e agora Grant.

A série Rosemary Beach, de Abbi Glines, me fisgou desde o primeiro livro. É longa, mas dentro dela temos outras séries, Sem Limites e Perfeição, já resenhadas aqui no blog. Agora chega o primeiro volume de Chance,  protagonizado por Grant Carter e Harlow Manning.

Grant, sempre presente nos demais livros, é o grande amigo de Rush que mantinha um caso as escondidas com a irmã do outro, a megera Nan. Eu nunca tive uma visão muito clara do rapaz, na verdade ele sempre me pareceu muito controverso, pois eu não conseguia entender como alguém tão gente boa com a maior parte das pessoas poderia estar envolvido com uma garota mesquinha e cheia de maldade no coração. O fato é que neste livro podemos finalmente entender sua motivação, o que provou que Grant realmente é um bom rapaz, mas ainda assim com medo de entregar-se ao verdadeiro amor. Resumindo: é cheio de boa intenções e um desastre na hora de enfrentar os desafios que lhe permitirão ser feliz.

É por conta de sua insegurança que coloca tudo a perder  quando conhece a garota certa. Harlow é irmã de Nan e não poderia ser mais diferente da outra. Doce, comedida e adepta a passar horas e horas trancada em seu quarto perdida em seus livros, consegue chamar atenção de Grant por ser tão gentil e centrada, mas por trás desta aparência tranquila, também possui segredos que não pretende deixar nem o homem que roubou seu coração ter conhecimento.

O casal é fofo, o mais doce de todos os que conheci até agora na série e mesmo nos momentos mais picantes, não foram tão incendiários como Woods e Della e o eterno dono do meu coração, Rush e Blaire.  Grant e Harlow se revelam as poucos, ela especialmente,  é muito misteriosa e nem de longe desconfiei qual era o tal segredo que carregava. E por falar em segredos, todos na família dela escondem algo, sendo o de seu pai Kiro, o mais incrível.

Embora o romance seja o foco central, Glines abriu espaço para muitos outros personagens desenvolverem suas próprias histórias. Há este caso de Kiro – que muito me comoveu – , há mais um pouco de Rush e Blaire, um vislumbre de como Beth está depois da perda, Nan e suas confusões e até mesmo chega um novo personagem, o outro filho de Kiro, Mase, cheio de atitude e charme. É ótimo este resgate das histórias anteriores e ainda o acréscimo de novidades para mais livros da série. Eu não procurei detalhes, mas vou dizer que gostaria de um volume para Nan, queria ver a megera tomar jeito.

E voltando ao casal e sua relação... Após fugir, Grant percebe que nunca vai ser feliz longe de Harlow e ambos até alcançam um entendimento rápido, só que Abbi Glines não é tão boazinha assim e eu estava esperando por aquela bomba que não permitiria que tudo desse certo agora. Imaginei que seria Nan a culpada, mas não,  foi algo bem inesperado e deixou tanto o casal quanto nós leitores de coração partido. Eles ainda vão ter um longo caminho pela frente. 

Grant não tem o charme abrasador de Rush, nem a elegância discreta e irresistível de Woods, mas na sua extrema boa vontade e, até mesmo nos seus medos, reside seu segredo. Uma leitura deliciosa, com gostinho de quero mais. 


 ♥ O próximo volume sai em janeiro ♥



  
  




2leep.com

10 comentários:

  1. sempre tive receios em ler algum livro da autora, mas os comentários são tão positivos que sinto que estou perdendo mais do que ganhando ao não ler os livros dela!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Cida!
    Nada como mais um bom romance da Abbi.
    Ainda fico me confundindo com as séries dela interligadas... Sai uma, depois volta para anterior...
    “Olho por olho, e o mundo acabará cego.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida <3 Saudades daqui.
    Meu Deus, essa série tem tanto livro... por quanto tempo eu dormi? Mas uma coisa é certa, ela só possui comentários positivos, que bom.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    "Resumindo: é cheio de boa intenções e um desastre na hora de enfrentar os desafios que lhe permitirão ser feliz." Estou rindo horrores dessa sua citação, justamente por que conheço uma pessoal assim.
    Não li nada da Abby por que uns amam e outros odeiam os livros dela então sempre fico na duvida, mesmo como a história me chama a atenção.

    Fiquei bastante curiosa para ler esse livro, pelo fato do personagem principal por tudo o que você descreveu parecer muito com o meu melhor amigo rs...

    Olha você de novo me tentando com livros que não estavam na minha lista XD

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane! Quer dizer que o Grant lembra alguém? Agora fiquei curiosa.

      Excluir
  5. Ainda não tinha ouvido falar dessa série, mas me interessei bastante pela forma como os fatos de desenrolam.
    Obrigada pela resenha!

    beijos
    emiliano.fernanda@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oiee tudo bom?
    Olha eu li a primeira trilogia dessa autora e... o lado masculino dela narrando é melhor que o feminino. Devo encarar a do irmão? É, depois da sua resenha acho que sim

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amei a resenha, mas ainda não tive a oportunidade de ler, mas com certeza vou gostar muito.
    Bjos, resenha muito bem feita, pois me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia Abbi Glines atpe hoje e a história do livro também não me chamou tanto a atenção, acho que por ser um série e eu não fazer ideia de quem são esses personagens secundários. Ultimamente estou evitando começar a ler séries longas porque realmente não tenho tempo para tantas leituras. Realmente a história para mim é meio sem graça, não sei, não gostei e quando li que há vários livros fiquei ainda mais desanimada em ler.

    ResponderExcluir
  9. Não li nada dessa autora ainda, e não conhecia esses livros. Fico com um pouco de receio em ler essas historias longas agora que estou com pouco tempo. Achei legal o livro ir além do romance do casal principal e abrir espaço para os outros personagens, acho que fica mais rico.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!