[Resenha] O Lado Feio do Amor

O Lado Feio do Amor
Título Original: Ugly Love
Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record         Páginas: 336
Lançamento: 2015               ISBN:9788501105738
ugly love ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.
O Lado Feio do Amor entrou na minha lista de desejados por ter sido escrito por Colleen Hoover, simples assim. Eu não li sinopse, nem nada, sabia que ia gostar depois de ter curtido as séries Hopelless e Slammed, pois sei que qualquer coisa escrita pela autora eu vou ler e amar.

Um texto fluido, intenso, envolvente e um romance maduro e quente. Tate e Miles, já passaram dos vinte anos e não estão vivendo sua primeira história de amor, ao menos em partes, já que no caso dele sabemos que houve alguém no passado. Na época do colégio uma paixão arrebatadora, que deixou o Miles garoto fora dos trilhos e sem rumo. No entanto, ao que tudo indica esta história não teve um final feliz, não se hoje -  já um homem -, ele bebe até cair, chora e fica pedindo perdão.

Foi neste estado lamentável que Tate o conheceu. Ela que sempre levou uma vida simples e descomplicada, se viu sem conseguir controlar as emoções desde que foi morar com o irmão Corbin  (um fofo que merecia um livro só dele), e deu de cara com o vizinho caído e embriagado na porta do apartamento. Quem era aquele homem com os mais belos e devastados olhos azuis que ela já tinha visto? Por que ele jamais sorria?

E do encontro inesperado destes dois jovens é que Hoover desenvolve sua história, em capítulos narrado em primeira pessoa e alternados entre ambos. Na voz de Tate, estamos no presente e ela vai contando como Miles a afetou com seu jeito calado e introspectivo. É delicioso vê-la se encantando, tentando resistir e não conseguindo, já que Miles é um enigma que até eu queria desvendar. Na voz de Miles, voltamos seis anos atrás e ficamos sabendo como foi sua paixão adolescente por Rachel.

O presente na minha opinião foi mais intenso e envolvente, eu gostei de ver a forma como os dois foram se aproximando e se envolvendo. As cenas de sexo não foram apenas o ato em si, nem tampouco vulgares, na verdade eram momentos de dor, libertação e muitas perguntas. Eles tinham um acordo estranho, onde ele estabeleceu regras um tanto egoístas, impedindo Tate de perguntar sobre o passado e esperar algo dele no futuro. Ela topou, estava louca por ele e achou que conseguiria levar um relacionamento casual, mas é óbvio que isso não deu certo e nós vemos como a simplicidade de sua vida deu lugar para uma gama de sentimentos conflitantes e a cada dia ela ia se magoando mais e mais.

O mistério fica por conta de saber o que ele sente por ela, já que Miles é complicado demais para entendermos. Você pode até condená-la por aceitar um acordo assim, mas caramba, quem não está sujeito a se apaixonar e tentar ajudar alguém a sair do fundo do poço. Somos humanos, a esperança está dentro de nós e é a última que morre. Tate acreditava nisso e queria ser feliz. Eu não a julgo. Não achei que agiu errado, até porque na hora que viu que precisava deixar as coisas de lado e sair de campo, foi embora e não se humilhou.

Eu não me liguei com o passado porque não acreditei na veracidade da relação de Miles e Rachel, pode até ter sido sincera, mas não me marcou ou emocionou, acho que eles viveram algo forte, mas que se tivesse tido mais tempo e menos pressão não teria sido tão importante. Foi com Tate que as emoções saíram das páginas, cada momento protagonizado por ela, onde abria seu coração e se mostrava, foi de pura emoção. As cenas foram tão bem descritas que eu fiquei com a respiração presa, com o coração acelerado e captando os sentimentos do momento. Quando Miles sorriu para ela pela primeira vez, eu me peguei rindo como boba.

Hoover tem este dom incrível de tirar a história das páginas e jogá-la em cima de você numa avalanche de sentimentos e sensações. Não consegui parar de ler e ficar na expectativa de uma tragédia que antecederia o final feliz. Não seria um livro dela se não acontecesse algo marcante de arrancar lágrimas. Eu desconfiei de algo, mas não foi o que aconteceu e posso dizer que meu coração se partiu em milhares de pedaços  com o segredo dos tormentos de Miles. A entrada de uma terceira pessoa na narrativa veio para acabar comigo de vez.

É uma história de perdas e conquistas, de amores perdidos e novas chances, mas acima de tudo sobre a beleza do amor e seu lado mais feio. Infelizmente para valorizar o belo, temos que conhecer o feio e assim o belo nos liberta. Tate mostrou para Miles que valia a pena tentar outra vez. Que ele por ter conhecido o pior merecia, sem sombra de dúvidas, o melhor em sua vida. É impactante, visceral e lindo. Eu gostei muito, pode até ter clichês, mas uma história de amor pode ser clichê o quanto quiser, desde que toque meu coração e me faça chorar como a de Miles e Tate.

Tem trilha sonora especial para o livro. É linda.


2leep.com

23 comentários:

  1. Oie Cida =)

    Vou parar de visitar seu blog mulher! Outro livro que vou ter que adicionar na minha lista de desejados depois da sua resenha rs...
    Confesso que da autora só li Métrica e não me encantei tanto, mas vai que comecei pelo livro errado não é?
    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane! Este aqui traz algo mais maduro, diferente de Métrica que mesmo com todo o drama, ainda é um romance adolescente. Eu gostei dos dois de maneiras diferentes.

      Excluir
  2. Ja ví alguns titulos da Colleen e como a maioria dos YA's creio que há muita semelhança entre eles. Eu particularmente não gosto do gênero, mas para quem gosta pode ser uma boa pedida :)

    ResponderExcluir
  3. Cida, sempre me impressiono com os bons comentários que a autora Colleen Hoover consegue colecionar. Mas, O Lado Feio do Amor não conseguiu me agradar como com a maioria de seus leitores. A história inicia-se um tanto clichê com o famoso patinho feio, mas acaba se desenvolvendo bem durante a trama. Mas, o ponto decepcionante deste livro são as cenas quentes. Não curti!

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nem um livro da autora Colleen Hoover, mas desde que vi esse livro entre os lançamentos, e o nome me chamou a atenção, adicionei ele em minha lista de leituras, pois parece ser muito bom, e só tenho lido comentários positivos sobre ele.
    Sua resenha está muito boa, e pretendo ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    não conhecia o livro, mas achei a capa bem mais ou menos, mas gostei da história, parece ser mto boa.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. flor, que este livro é aclamado e amado não há duvidas, mas eu de verdade não me interessava até agora, isso porque apesar de ter lido métrica e gostado não consegui me prender a trama tanto quanto gostaria e tinha desistido da autora
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. pelo visto essa é uma trama mais madura que as anteriores, então acho que a experiência pode ser mais agradável nesta leitura
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!

    Se o clichê for bem escrito e explorado na história, tudo fica bonito e aceitável. Nunca li os livros da Colleen, mas tenho curiosidade e gostaria de começar por este! Acho que sei o que acontece no final e, só de pensar na hipótese, fico com o coração apertado, rs.
    Adorei a resenha e acho que irei gostar da Tate.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, Cida.
    Por ser um livro que vai além do simples romance, que trata de forma madura a superação do passado e o redescobrimento do amor, acredito que leria, mesmo não sendo meu estilo favorito de livro.
    Talvez o principio seja um tanto clichê, mas se ele é profundo como você diz, valerá a pena.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
  10. Cida!
    Gostei de saber que os trechos de sexo não acontecem por acaso.
    Me parece um romance cheio de novas oportunidades, de novas chances e reconquistas.
    Gostaria de ler porque a autora torna tudo be agradável.
    “Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.”(Érico Veríssimo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida
    Infelizmente não conheço a escrita da autora, mas todos falam tao bem que não posso deixar de ler algum livro dela. Essa história parece ser bem intensa e despertar muitas emoções. Como sou manteiga derretida, acho que choraria pelo jeito. Tenho certeza que é super indicado.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida

    Nossa que resenha linda, eu quero muito ler este livro , adoro a autora e tenho certeza que vou gostar do livro, a única coisa que ouvi falar que foi ruim é a diagramação do livro por ser em páginas brancas e letras muito pequenas mas estou contando as horas para ler este livro!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada da Colleen Hoover, apesar de ter Métrica. Mas, sempre que leio uma resenha sobre esse livro, todos sempre falam como se surpreenderam com o final, que foi realmente inesperado.
    Acho que preciso mesmo ler esse livro e, para começar a conhecer a escrita da autora vou tratar de ler logo Métrica.

    bjs.

    ResponderExcluir
  14. Só de saber que o livro é da Colleen Hoover eu ja quero e já vira um dos prediletos!
    Ainda nao li, infelizmente a crise ta feia aqui, mas to com fé, hehe.
    O que deixa triste da diagramação é q ele tem páginas brancas, acho que a Galera Record podia ter caprichado mais, afinal estamos falando da Colleen Hoover, com certeza o livro vai vender igual água.
    Quero mto conhecer Tate e Miles e a forma de mostrar tudo com o passado e o presente me deixou bem interessada e curiosa.
    Não ligo se é clichê, pq qdo é bem escrito e sei que foi, a história com certeza nos envolve.
    Vou ler em breve.
    Beijos

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá! Ainda não conheço a escrita da Colleen Hoover, embora Um caso perdido esteja no topo da minha lista de leitura. Gosto muito de New Adult e a história de O lado feio do amor me chamou a atenção, pois me agrada tramas nas quais os personagens principais não querem um relacionamento sério, mas acabam se apaixonando e lutam contra as barreiras, preconceitos ou problemas que impedem que fiquem juntos. Ansiosa para conhecer essa história!

    ResponderExcluir
  16. Amo a Colleen Hoover, mas Ugly Love foi o livro que menos gostei até agora! Apesar de ser o mais hot da autora, não gostei do mocinho! O jeito que o miles tratava a Tate, não me agradou!!!

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li nenhum livro desta autora mas estou muito curiosa para conhecer a escrita dela.

    ResponderExcluir
  18. Nunca li nada deste autor, mas pela resenha, quero ler este, meu tipo de livro, romance com pitadas de mistério, já quero saber o que aconteceu no passado de Miles, mais um para minha lista.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. Estou doida pra ler esse livro, gosto muito da escrita dessa autora, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  20. oiee
    eu li esse livro quando ele nem tinha lançado aqui no brasil, só que em PDF . e quero o livro físico é claro!
    eu posso dizer que eu amei o livro!
    mas essa historia divide opiniões há quem ache muito" sessão da tarde" e há quem ache o livro mais fraquinho da Collen.
    na minha opinião o livro é perfeito, aliás todos os livros dela são.
    espero ansiosa lançarem o "Maybe Someday" pq ô livro bom!!!
    enfim , vai do gosto de cada um se gosta ou não da história eu só sei que eu ameeeeeeeeeeeeei!
    bjusss

    ResponderExcluir
  21. Fala sério Um Romance Quente é tudo q a gente ama e gosto do sexo na trama principalmente pq não é vulgar mais como parte da narrrativa,Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  22. É feio se eu disser que não li nada da Colleen ainda? Mas é tanta gente elogiando seus livros e esse particularmente me ganhou desde que li a sinopse, agora lendo sua resenha, vi que vc chorou com a historia que fala dos dois lados do amor, então como não ficar curiosa, e ansiosa pra ler? Amei sua resenha, foi muito importante pra eu cair de amores (mesmo sem ter lido ainda) por esse livro! Bjão!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!