[Resenha] O Toque da Vampira

O Toque da Vampira
Título Original: Rogue Touch
Autor(a): Christine Woodward
Editora: Novo Século           Páginas: 328
Lançamento: 2015               ISBN: 9788542801675
42269665 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|
Anna Marie é uma garota estranha. Ela se veste... de maneira diferente: coberta dos pés à cabeça, sendo seu rosto a única pele à mostra. Mas ela não tem escolha. Sua pele, seu toque, é uma arma mortal que deve ser escondida. Um acidente leva Anna Marie a fugir para o Mississippi. Lá ela conhece James, e tudo muda. Ele é simplesmente igual a ela: solitário, e também em fuga. Para escapar da misteriosa e perigosa família de James, a dupla põe o pé na estrada e, à medida que atravessam o país, passam a compartilhar seus passados repletos de segredos. “Uma interessante faceta da Vampira, e de como seus poderes a levam para um caminho que eu jamais teria imaginado.” Chris Claremont, coautor de Dragon Moon e escritor por dezessete anos de Astonishing X-Men. “Um capítulo perdido do passado de Vampira, contado com elegância, segurança e atenção aos detalhes. Extremamente divertido!” Mike Carey, autor dos livros da série Felix Castor e escritor de X-Men:Legacy.

A Novo Século Editora vem publicando vários livros com os personagens da Marvel e, como fã de X-Men que sou, fiquei logo interessada em conferir O Toque da Vampira, uma das minhas personagens preferidas deste grupo. Os ditos “desenhos de menino” sempre foram os mais legais na minha opinião, muita ação e elementos incríveis, eu estava ansiosa para encontrar neste livro uma aventura de tirar o fôlego.

Anna Marie descobriu ser dona de um estranho poder no momento que poderia ter sido considerado o mais feliz de sua vida, o dia que beijou seu primeiro amor, Cody, aquele amigo que cresceu com ela e acabou sendo mais importante do que o esperado. Na hora que ambos se tocaram, algo estranho aconteceu, ela sentiu-se inundada por uma energia e do nada o rapaz estava caído aos seus pés em coma profundo, e as lembranças dele e experiência de vida na mente de Anna.

Assustada, Anna fugiu e resolveu recomeçar a vida em outro lugar, nunca esqueceu seu primeiro amor, mas precisava se afastar e lidar com seu poder, afinal seu toque era mortal. Após arrumar um emprego em uma padaria e viver dia após dia coberta de roupas de couro, mesmo no calor escaldante, ela achou que poderia ficar em paz, ledo engano, assim que perdeu o emprego viu-se numa situação desesperadora, com fome e sem dinheiro, logo acabou envolvida em mais outro “acidente” e precisou colocar o pé na estrada de novo, mas desta vez acompanhada de James, um jovem intrigante que cruzou seu caminho e ofereceu ajuda quando ela mais precisava, no entanto Anna não sabia nada sobre ele.

O livro é narrado em primeira pessoa por Anna Marie, que após um tempo viajando ao lado de James, acaba assumindo o nome de Vampira (Rogue). Ela é uma jovem que nunca teve uma vida fácil, nem tampouco feliz, o que lhe deixou sempre fragilizada pela ausência de amor em sua vida. Acredito que este tenha sido o principal motivo que a fez se apegar tanto a este rapaz e confiado cegamente nele quando era evidente que ele tinha segundas intenções em relação à ela e estava mentindo descaradamente.

Se você está esperando encontrar uma batalha mutante e algum outro ser como ela, esqueça, esta história passa bem longe do universo de X-Men e confesso que foi uma história bem diferente da que imaginei, eu queria muita ação, e embora tenha encontrado momentos bem agitados, o que mais vi no livro foi romance.

Vampira ainda conseguiu me cativar, é uma menina que desperta compaixão no leitor e age de maneira impetuosa, seu humor é agradável e sua jornada cheia de reviravoltas, é uma pessoa que busca por felicidade. James é um cara interessante e cheio de mistério, gostei dele pela forma que queria protegê-la, por outro lado achei seu jeito escorregadio de ser bem suspeito, o que muitas vezes me levou a pensar se ele realmente gostava de Vampira ou apenas estava usando- a  em seu benefício. 

Seja como for, entre os dois surgiu uma relação diferente e muitas juras de amor foram trocadas, achei um tantinho exageradas dado o pouco tempo que se conheciam, mas de uma forma ou de outra, Vampira viu em James o homem de sua vida.

A trama mistura elementos atuais com algo futurístico, o que serve para incrementar a aventura dos jovens e criar certo suspense, isso nos prende, queremos saber a verdade por trás de vários acontecimentos, embora diferente do que esperei, a história foi gostosa de ler, obtive as respostas que queria, mas acredito que a autora poderia ter explorado melhor o que tinha em mãos, era algo com potencial que acabou ficando em segundo plano por causa do foco maior no romance, sua escrita precisa de certo amadurecimento. O final foi corrido, apesar disso é conclusivo em partes, abrindo portas para algo mais, deixa o leitor livre para dar asas à sua imaginação, não diria que foi feliz, mas foi esperançoso.




2leep.com

11 comentários:

  1. não é um enredo que me conquiste de primeira nesse momento, mas quem sabe o leia em breve?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Após ler a sua resenha, vi que o livro é diferente do que eu imaginava. Estava pensando em algo bem mais agitado, cheio de lutas espetaculares. Não imaginei essa pegada um pouco mais voltada para o romance.
    Contudo, como eu gosto da personagem, vou ler a obra ainda sim.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  3. Que livro legal! Adoooro os personagens da Marvel e não sabia do livro, muito menos dessa fase de publicações da editora. Quero tooodos.

    Adoro quando o autor mistura coisas futuristas na história, deixa a história muito mais interessante.

    Nem li e já estou amando o livro, hehe. :p

    ^^

    ResponderExcluir
  4. Hey!

    Eu li Doce Vampira e Crepúsculo, e isso é tudo que li sobre vampiros até agora, além dos livros da Cassandra Clare. Gostei de Vampira e do James, que parecem personagens que cativam quem lê, inclusive quem tem gostos semelhantes aos meus. Gostei da dica :)
    Beijos
    Blog Leitura Assidua ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida! Nossa, esse livro é muito diferente do que eu pensava! Eu estava sim esperando uma batalha dos X-Men hahaha A Vampira é uma das minhas favoritas também, a solidão que ela passava sempre me deixava triste, queria sempre dar um abraço nela, tadinha :'( nos filmes a parte dela sempre é a que me parte o coração hehe Agora não sei se ainda quero ler, quero um final feliz pra elaaaaa :p Vou ficar em cima do muro aqui hehe Adorei a sua resenha! Beijos!
    http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida,
    A Vampira é uma das minhas personagens favoritas e fiquei bem curiosa com essa adaptação que deram pra ela nessa história.

    Mas podia ter um pouco mais de ação né?
    Achei a capa bem bacana!

    bjs e tenha uma ótima quarta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida, também gosto muito da Vampira, ela é um dos personagens que mais gosto entre os X-Men.
    O livro parece interessante e gostei da capa.
    Lendo sua resenha concordo que merecia mais ação.
    Já anotei a dica e se surgir a oportunidade vou conferir.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi amore, tudo bem?
    Adorei seu blog :D
    Não sabia que existiam livros contando a história dos X-MEN :OO
    A vampira sempre foi minha favorita, pelo estilo e também por tudo que ela passou na vida. Nem preciso dizer que fiquei morrendo de vontade de ler, né? Haha.

    Um abraço!
    winterbird.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não curto muito finais corridos e que deixam algumas coisas em aberto, então não sei se seria um bom livro pra mim, por mais que eu adore vampiros. Acho que esse eu vou deixar passar por enquanto, Cida.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Cida!
    Bem fã da Marvel também e de todos seus personagens fantásticos, fiquei fascinada, principalmente porque não sabia que tinha o livro da Vampira...
    Muito interessada em poder ler essa ficção futurista.
    Semaninha de luz e paz!
    “Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida, tudo bem? Eu não sabia sobre este livro, mas adorei conhecer. Adoro a Vampira e fiquei muito feliz em saber que tem um livro sobre ela.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!