[Resenha] A Morte de Sarai

A Morte de Sarai
Título Original: Killing Sarai (In the Company of Killers #1)
Autor(a):  J.A. Redmerski 
Editora: Suma de Letras       Páginas: 256
Lançamento: 2015               ISBN: 9788581052571
Capa_A morte de Sarai.indd ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar.Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.
Intenso, perigoso e sedutor.

J.A. Redmerski foi muito elogiada pelos livros Entre o Agora e o Nunca e Entre o Agora e o Sempre, mas foi A Morte de Sarai, primeiro livro da série Na Companhia dos Assassinos, o livro que escolhi para conhecer seu trabalho. Fala sério! Como assim eu não tinha lido nada dessa mulher antes? Suma de Letras, obrigada por me apresentar à esta autora!

Eu adoro filmes de ação, com muitos tiros, personagens perigosos e frios e um casal sedutor. Gosto de acompanhar aquelas perseguições, ver os protagonistas se envolvendo conforme tentam manter-se vivos e aos poucos nos deixando conhecer suas almas, seus dramas e anseios. A Morte de Sarai foi uma leitura cinematográfica, aquele livro que li e um filme foi passando na minha cabeça, como todos estes elementos que citei, e algo mais, me prendeu desde as primeiras páginas.

Sarai é prisioneira de um traficante mexicano, foi levada para Javier ainda uma adolescente, e hoje, nove anos depois, é uma jovem com pouco mais de vinte anos que está praticamente anestesiada para vida e os perigos que ela oculta, tanto que no dia que um assassino de aluguel aparece na fortaleza de seu captor, tudo que ela vê é um americano como ela, que pode lhe ajudar a cruzar a fronteira. Munida de uma trouxa de roupas e uma arma, consegue se esconder no carro deste homem mortal e coloca seu plano em prática.

Victor é um homem extremamente sexy, enigmático e perigoso, melhor dizer mortal, e acha certa graça na ousadia da garota que o ameaça se não ajudá-la em sua fuga, seja pela beleza de Sarai, pelo seu desespero ou por pena de uma jovem que teve a inocência roubada, ele vai contra todas suas regras e princípios e ajuda a garota, mesmo que para isso tenha feito inimigos para toda uma vida e colocado sua cabeça à prêmio.

Deu para sentir o clima da história? Bem, isso é só um aperitivo, eu acreditava que esta fuga seria abordada do começo ao fim do livro, mas ledo engano, na metade do livro já era passado e uma série de novos acontecimentos estava chegando. J.A. Redmerski nos apresenta uma trama que é pura adrenalina e cheia de reviravoltas, se eu achava que sabia o próximo desdobramento, acabava de queixo caído com algo diferente e a cada nova surpresa ia sendo mais e mais cativada por Victor e Sarai e seu relacionamento sedutor.

Sarai no começo me pareceu apenas uma menina de dezesseis anos, no máximo dezoito, fiquei surpresa ao saber que era uma mulher feita, mas logo entendi porque tive esta sensação, ao ficar por tantos anos em cativeiro, a garota teve sua vida suspensa, quando foge e pede para Victor deixá-la no local onde viveu na infância e começo da adolescência, é como se ali tivesse voltado ao momento onde tinha sido privada de sua liberdade e estivesse recomeçando, ela deseja ir na escola que estudou como se tivesse se afastado apenas por alguns dias, aí vem aquele choque no leitor, que nota que aquela imaturidade inicial foi pensada, uma jogada da autora para mostrar a triste realidade de Sarai, seus traumas não só físicos, mas especialmente psicológicos. É uma cena tocante, assim como tantas outras, já que o que a protagonista viveu é algo muito triste e mexe mais com nós leitoras, pois ser escravizada sexualmente, abusada, é o pior pesadelo de qualquer mulher. Mas não pensem que ela permanece assim, Sarai passa por diferentes estágios de amadurecimento durante a história, cresce diante de nossos olhos e prova ser uma guerreira.

Indecifrável! Desde criança membro de uma Ordem de Assassinos, Victor é um cara que deveria ter um selo de “Perigo! Mortal!” colado na testa, mas nem por isso deixa de ser interessante. Você não sabe quem ele é, muito menos o que pensa, mas logo fica claro que embora seja um assassino de aluguel, não é destituído de sentimentos e caráter, há honra entre os assassinos e no peito daquele homem existe um coração E que coração! Ele não foi alguém que eu visse como potencial par romântico inicialmente, mas conforme muda aos olhos de Sarai, muda para nós também. O que surge entre os dois é muito, muito INTENSO, coloco em letras garrafais para ressaltar, pois literalmente perdi o fôlego na cena onde ela senta e toca uma música no piano e ele fica observando. Parece algo tranquilo, não é mesmo?  Ok! Nem de longe! É pura emoção, há ali, entrega, paixão, desejo, destruição e amor.

A música me assombra, cada segundo melancólico dela, tanto que meus olhos fechados se enchem de lágrimas, mas só meu coração consegue derramá-las.

E se você imagina que este relacionamento, cheio de medo, incerteza e ameaças de morte,  precisa de cenas eróticas para esquentar, não se engane, é algo mais voltado para o sensual e a tensão entre o casal trabalhada aos poucos, de forma que você fique na expectativa daquele momento explosivo. Envolve e seduz. É legal ver como atinge ambos, pois a narrativa em primeira pessoa é alternada entre ele e ela, ótima oportunidade para nos deixar ver a situação num todo. A dupla é cheia de defeitos e qualidades, assombrada por diversos traumas, porém justos ao seu modo. Não dá para explicar tudo, mas é visceral.

Em suma, A Morte de Sarai foi uma leitura empolgante e deliciosa. O título é sugestivo e consegui decifrá-lo, não vou explicar, seria um spoiler, mas garanto que é algo significativo e transformador. O desfecho veio com outra surpresa, os momentos finais são uma grande reviravolta e quando fechei o livro, só um pensamento veio à minha mente. Preciso de O Retorno de Isabel!


No final, você só pode confiar em si mesma. Eu não sou seu herói. Não sou sua alma gêmea que jamais deixará que nada de ruim lhe aconteça. Sempre confie em seus instintos primeiro e em mim, se decidir confiar, por último.



2leep.com

37 comentários:

  1. oi flor, li os antigos e mais famosos livros da autora à bem pouco tempo e gostei bastante! neste, pelo visto, encontrarei uma trama diferente que não sei se me agradará
    apesar de tudo é válido comentar que a autora propõe um enredo muito real, por isso as vezes tão chocante e forte!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O motivo de querer ler KILLING SARAI foi 90% porque foi a J.A. Redmerski - a mesma autora de ENTRE O AGORA E O NUNCA - que escreveu. Como amei esse livro, tinha muitas expectativas em cima deste novo livro. E não me decepcionou em nada.

    ResponderExcluir
  3. Oii, como eu havia dito em outro blog, ainda não conhecia esse livro, mas gente, estou lendo cada resenha ótima dele que a minha curiosidade está gigantesca!!!
    Beijão;
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida, tudo bom?
    Comprei esse livro por causa de todo o burburinho que ele tem causado. A trama é muito instigante e diferente de tudo que eu li. A Sarai parece ser uma personagem tão intensa que é impossível não ficar curiosa com a leitura. Quero ler em breve.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Esse livro já está na minha lista de desejados.
    Bom saber que ele é tão empolgante assim. Amo mistérios nesse estilo!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida!

    Haja fôlego,rs. "A Morte de Sarai" já me conquistou através da sua resenha, também adoro livros assim. O tema é bem forte e triste, mas gostei de saber que a personagem começa a mudar nesse primeiro mesmo. Estou ansiosa também para conhecer e acompanhar o casal.
    Adorei a resenha! Quero ler esse livro para ontem.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida

    Já li esse livro e amei também, só não dei nota máxima porque senti falta de saber mais detalhes da vida de Victor mas se ainda não leu Entre o Agora e o Nunca precisa ler pois achei ainda melhor que este!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falta mesmo mais detalhes sobre ele, mas ainda assim Andressa a trama me conquistou.

      Excluir
  8. Oie Cida
    vi as meninas do grupo do zap falando sobre o livro, mas ainda não tinha lido nada sobre ele. E sua resenha me deixou mais do que curiosa para conhecer esse casal, e sentir a adrenalina que corre pelas páginas. Amo livros assim, e vou precisar quebrar o jejum de compras.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacque! Este livro é bom demais, eu vi a o pessoal falando e nem imaginava que fosse gostar tanto, agora além de querer o próximo, quero ler os outros da autora. Compre sem medo.

      Excluir
  9. não conhecia o livro mas ja estou com vontade te ter e ler kkk beijinhos
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Tô louca para ler esse livro desde o dia em que fiquei sabendo do lançamento. Já o conhecia desde antes desse bafafá todo porque uma amiga leu antes mesmo que saísse aqui no Brasil e já tinha me digo que é ótimo. Mal posso esperar para comprar meu exemplar e me deliciar com essa história.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oie!!

    Uau, que resenha empolgante! Não esperava que este livro fosse tão envolvente e nem que fosse desse gênero, mais ação, suspense e tudo o mais, acima do romance. Como a autora tinha escrito New Adults, imaginei algo completamente diferente.
    Interessantíssimo, quero ler! E acredito que minha mãe vá gostar também, ela odeia livros parados e esse é o oposto né? Então é uma compra certa hahaha.

    Adorei a resenha!
    Beijoooooo

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. gostei da resenha, no momento estou lendo livros mais leves mas esse enredo chama a atençao, o Mexico e a vida perigosa me parece um bom enredo.

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Cida!
    Pelo visto o livro é tenso do início ao final e me parece que traz uma realidade bem crua dos fatos, não é nada romantizado, embora haja o romance.
    Agora, se envolver com um assassino profissional é dar o romance como fracassado, porque como viver em constante medo e tensão? Sei não se conseguiria.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi lindona!!

    Eu amei a resenha, mas acho que vou esperar um pouco pra ler, não sei se estou preparada pra tudo isso, rs.
    Me pareceu tudo muito visceral (como você mesma citou). Tipo, ele vai impregnar em mim, vai mergulhar mesmo, e eu estou numa vibe de livros mais leves, mas nada a ver mesmo, rsrs.

    Porém, este já foi pra lista de desejados. Assim que eu quiser um livro pra mergulhar de cabeça e me envolver, este será a pedida com certeza!!

    Amei!!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oláá
    Eu tenho muita curiosidade sobre o livro, na verdade nunca li nada dela, tenho aqui cmg Entre o agora e o Nunca que espero ler e gostar e queria muuuito ler esse também, espero comprar em breve, e espero também gostar tanto quanto você, ótimaaa resenha ;)

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi
    Essa foi a resenha mais empolgante e que pegou mais a fundo a história, e gostei muita resenha sua e já faz uns dias que estou morrendo de vontade de ler esse livro. Gosto de livros tensos e ando precisando de uma leitura assim, quero ler e conhecer esses personagens.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oiii :)

    Nossa eu acho esse livro muuito diferente a estória *-* quando eu li a primeira vez já fiquei apaixonada :)
    e como você colocou ai ... uma das partes que eu mais gosto é essa tensão sexual entre os protagonistas *-* #adoroisso :P

    Beeeijos :*

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida tudo bem, como sempre sua resenha impecável sobre o livro e mostra bastante detalhes para compreender mais sobre o tema, ainda não li os livros dessa autora tenho eles mas ainda não cheguei na vez, mas esse livro não sei porque ainda não rolou atração, engraçado quando isso acontece comigo. Mas deixei anotado para prosperidade.
    Bjkas
    Dani Casquet - Livros, a Janela da Imaginaçãow

    ResponderExcluir
  19. Gostei de encarar uma história que não há inocentes. Não há um lado bom e o ruim. Existe uma realidade assustadora, repleta de interesses, tráfico, drogas, assassinatos e passados que definitivamente condenam. E é nela que nos apaixonamos e criamos expectativas para um possível romance e, sem sombra de dúvidas,gostei muito de ter lido.. ^^

    ResponderExcluir
  20. Oi Cida!
    "Entre o agora e o nunca" é totalmente diferente desse livro! Eu li esse, "Entre agora e o sempre" e "A morte de Sarai" e amei os três!
    Sabe que só agora, lendo sua resenha, entendi o título do livro? Bem diferente do que eu tinha imaginado!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  21. Oi Cida

    Fiquei empolgada só de ler sua resenha. Li a duologia Entre o Agora e o Sempre e me apaixonei pela escrita da autora, tanto que me dispus a ler qualquer livro que ela lançasse por aqui. A Morte de Sarai já está no meu kobo e eu estou super empolgada para ler, porque ele tem todos os elementos de uma boa história. Já sinto que vou amar.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  22. Esse livro me ganha cada vez mais, tudo nele parece ser maravilhoso. Gosto da crítica dele em relação ao tráfico de mulheres, e ainda mais por ter uma protagonista que todo mundo elogia e diz ser muito forte. Mas, o que mais me chama a atenção é o "romance impossível" que a autora criou, adoro isso <3 Depois de todos os elogios que vi, sem dúvida A Morte de Sarai é uma leitura indispensável e daquelas que te deixa cheia de adrenalina e morrendo de amores.

    ResponderExcluir
  23. Oi Cida, tudo bem?
    Se eu tivesse reparado que esse livro é da mesma autora de Entre agora e o nunca, talvez não tivesse lido desesperadamente as primeiras páginas de A Morte de Sarai, já que a duologia não me agradou.
    Eu ainda não levei a leitura até o final porque estou com pendência de livros de parceria, mas o pouco lido foi exatamente como você falou, parece que uma cena de cinema vai passando pela cabeça durante a leitura.
    E o que mais gostei de saber é que não rola cenas picantes, prefiro as sensuais.

    Beijos.
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
  24. Oi Cida,
    Gosto muito da escrita da autora J. A, desde Entre agora e Nunca e Entre agora e sempre e tenho ouvido muitos comentários positivos de A Morte de Sarai, estou louca para lê-lo. O Tema de tráfico de mulheres da muito pano pra manga né, e pela sua resenhas e pelos quotes, vi que gostatei e sofrerei muito com a leitura.

    ResponderExcluir
  25. Adorei as resenhas do livro, me deixa com uma imensa curiosidade de ler, infelizmente no momento não estou podendo comprar, mas assim que puder o farei porque é um livro que me atrai muito e já sou fã da escritora.
    Bianca Valente

    ResponderExcluir
  26. Nossa, mais uma resenha mega empolgada! Estou louca para ler esse livro, e já comprei por causa do tanto que a Dressa falou dele.
    Gosto de livros assim, que trabalham essa tensão psicológica e e nos envolve e surpreende a cada volta.
    Espero gostar tanto quanto você
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Nunca tinha lido nenhuma resenha ou a sinopse do livro ,pelo titulo achei que fosse outra coisa mas lendo sua resenha me deixou bastante interessada.Adoro livros do gênero,livros que te prendem do começo ao fim e parece que esse é um deles!

    ResponderExcluir
  28. 3 letrinhas: UAU!!!
    Depois dessa resenha eu fico na dúvida se começo a ler esse livro agora ou se espero o 2º volume ser lançado, porque eu tenho sérias suspeitas de que ficarei loucaaaaa esperando o próximo livro sair. Será que demora? Ó dúvida cruel!!! Amiga, assim você me mata!
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    Nossa este livro parece perturbador!
    Que bom q vc gostou e tenho certeza q vou amar tb!
    Quero com crtza um p chamar de meu!!
    Bjos!!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  30. Eu já conhecia outras livros dessa autora (que eu amo!) então quando vi esse livro, fui correndo para começar a ler. E tenho que dizer... Amei cada vírgula, cada ponto. O livro é simplesmente perfeito, como os outros dela! E com eu também sou fã de ação, o resultado realmente não poderia ser diferente, ainda mais com um casal como esse. Victor é sem dúvidas um dos meus personagens favoritos, mesmo sendo meio frio e grosso. Ele realmente "coloca pra quebrar" nas cenas de ação, e isso foi uma das coisas que mais gostei nele. E eu amei a maturidade e coragem da Sarai, acho que ela lidou muito bem com as coisas e foi muito esperta. Esses dois personagens com certeza entraram para os meus favoritos, junto com esse livro e todos os outros da J.A Redmerski.



    ResponderExcluir
  31. Ao mesmo tempo que o livro parece ser muito triste, acaba tornando uma história sensual e envolvente. Adorei a resenha, detalhou muito bem, tudo transpareceu muito real.

    ResponderExcluir
  32. Oi Cida, tudo bem?

    Já estava curiosa para ler o livro porque a Dre do Livros e Chocolate Quente falou super bem dele. Já li o Entre o Agora e o Nunca, da autora e to curiosa para ver como ela se sai em um gênero diferente. Quero ver como vai ser esse mix de suspense com sedução. Adorei a resenha.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  33. Em primeiro lugar devo confessar que já conhecia a escrita da autora desde a leitura de “Entre o agora e o nunca” e o livro me ganhou de tal forma que se tornou um dos meus favoritos... e agora após ler o livro "A Morte de Sarai" começo afirmar que o talento da Redmerski é impressionante! Como uma autora pode escrever duas histórias tão diferentes? E mesmo assim, ambas com tamanha maestria?
    Esse livro é sensual, é romance, é suspense, é adrenalina... é viciante!
    Quero mais, muito mais livros da autora... porque se tem alguém que nasceu com o dom da escrita, esse alguém é sem dúvida J. A.
    Eu me senti presa à trama de tal maneira que não pude dormir enquanto não terminei de ler a última página. E mesmo após acabar fiquei remoendo a estória e me deliciando com algo tão diferente e arrebatador.
    Livro mais que indicado!

    Beijos
    Viviane Gonçalves
    vsg_caue@hotmail.com

    ResponderExcluir
  34. Resenha perfeita! *-*
    Estou doida pra ler esse livro :)
    Já estava de olho nele faz um tempo, li os outro livros da autora e tenho certeza que esse não vai deixar a desejar de maneira nenhuma :D
    Parabéns pelo blog!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  35. Cida o que é isso mi ha amiga?
    Que história de tirar o fôlego. Preciso ler e sentir todas essas emoções, viver esses momentos de Sarai e Victor. Uma resenha linda que chama para a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!