[Resenha] Sonhei Que Amava Você

Sonhei Que Amava Você
Autor(a): Tammy Luciano
Editora: Valentina                Páginas: 296
Lançamento: 2014               ISBN: 9788565859455
1236447_526623480802270_5401477736232674497_n ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|
Ele estava vivo nos meus sonhos. E que sonhos! Mas era pouco. Eu queria ele na minha vida. Uma história cativante e inesquecível, cheia de mistérios e perguntas a serem respondidas. Pode um grande amor existir somente enquanto sonhamos? Kira, aos 22 anos, está apaixonada, vivendo um momento único de amadurecimento pessoal e profissional. Quem é o sedutor garoto que transforma suas noites em poesia e êxtase? Mas, apesar do maravilhoso momento que está vivendo, a garota terá que enfrentar obstáculos e barreiras. Mas sabe que a vida reserva o melhor para o final. Um convite para dar asas à imaginação e aquecer o coração.

Em Sonhei Que Amava Você conhecemos a jovem Kira, que aos 22 anos já está bem encaminhada em sua carreira profissional, administrando ao lado da melhor amiga Lelê, uma loja  charmosa. Divide seus dias entre o trabalho e a família. Se há diversão? Sim! Junto com os irmãos gêmeos, Cadu e Carlos Rafael, faz parte de um grupo de amigos bem bacana e cheio de gente bonita.

A vida de Kira parecia quase completa, se não fosse um pequeno detalhe, ela nunca havia namorado ou mesmo se apaixonado, até o dia que começou a ter sonhos com um belo e misterioso desconhecido, que fazia com que ansiasse por mais. Apaixonada literalmente pelo garoto de seus sonhos, ela se viu sem chão e totalmente arrebatada no dia que encontrou Felipe pela primeira vez. Ele não era somente um sonho de garoto, mas o garoto de seus sonhos.

A ideia de sonhar com alguém e se apaixonar por esta pessoa, sem nem mesmo saber se ela existe ou não, me atraiu prontamente, achei fascinante e comecei a criar mil teorias para explicar esse fenômeno. Eu confesso que já esperava que Kira fosse encontrar o rapaz cedo ou tarde, mas mesmo assim queria muito saber como a autora explicaria esta capacidade da garota. Seria Kira paranormal, bruxa, vidente? Seria Felipe um anjo? A verdade é que parecia um romance sobrenatural, ambientado no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro, mas não, na verdade a explicação detalhada que tanto esperei não veio e me deixou com todas as minhas perguntas. Além disso, os sonhos foram surreais demais em dado momento. Você pode considerar esta questão em aberto e encarar estes sonhos como um alerta para acreditar em sinais e intuição na sua vida pessoal, mas no meu caso, eu queria respostas definidas.

Embora a maneira como o romance foi surgindo tenha me agradado inicialmente, a relação do casal não me cativou, faltou dificuldades, conflitos, aquilo que tempera a trama e nos faz torcer por um final feliz. Há a ameaça de uma ex-namorada, mas a autora não explorou muito este caminho, a tal garota até irrita Kira algumas vezes, mas não causa um estremecimento entre ela e Felipe, ou seja, o romance é previsível, tranquilo e muito melado. Tudo bem que  nos momentos finais tem uma pequena tragédia, mas mesmo assim a resolução foi rápida e simples. Os dois combinam em tudo, até no que gostam e não gostam de comer. Uma perfeição? Pode ser, mas ainda sou da teoria que os opostos se atraem.

Falando no casal, o Felipe é um fofo, gostei de verdade de seu jeito doce e gentil, foi na minha opinião, junto com os irmãos da Kira, Cadu e Carlos Rafael, os melhores personagens, a autora soube criar homens atraentes e de boa índole.

Kira é uma menina de família, a doce irmã, a filha perfeita, a melhor amiga. Tudo ao seu redor é lindo e maravilhoso. É tanta perfeição que não acreditei, por melhor que a vida de alguém seja, nunca é tão sensacional assim. A Kira e eu não seríamos melhores amigas, seu jeito adocicado e excessivamente meigo não funcionou comigo, não parecia uma pessoa de verdade, sincera, além disso faltou maturidade nela, muitas vezes eu nem acreditava que tivesse a idade que tinha, e sim menos.

A narrativa em primeira pessoa é bem detalhista, e a autora preza pela ambientação do leitor, mas não só fazendo você enxergar lugares e pessoas, mas também sentir aromas e sabores, até mesmo sensações, como estar em um lugar acolhedor e sentir –se mergulhado em almofadas bem fofas. O texto é pontuado com passagens motivacionais, ela aproveita cada acontecimento vivido por seus personagens para deixar um pensamento positivo, uma frase que faça você tentar refletir e tirar o melhor da situação. A trama é focada no romance de Kira e Felipe, mas ainda abre espaço para relações familiares e de amizade, e além disso, no final há um pequeno crime para ser solucionado.

Sonhei Que Amava Você não foi como eu esperava, uma pena, só que foi assim comigo, então recomendo que leiam e tirem suas próprias conclusões, é um romance simples e adocicado, e se você estiver em busca de algo no estilo, vá em frente.


2leep.com

13 comentários:

  1. Olá,
    Tenho curiosidade em ler esse livro, mesmo ele não sendo do meu gênero favorito, acho que é porque já li outro livro da Tammy e curti bastante, além da capa ser muito amor!

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    Amo a capa deste livro, adoro a simpatia da Tammy Luciano já li outros dois livros dela e estou super curiosa para ler este, acho que vou gostar, adorei a resenha mas quis saber o que de fato fez você achar que não foi o que você esperava e por isso fiquei com vontade de ler rsrs me deixou curiosa.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa! Não curti porque faltou explicações sobre os sonhos, a perfeição exagerada da protagonista e de sua vida soaram forçadas e o romance foi simples demais. Bjos!!!

      Excluir
  3. sempre me decepciono com as histórias da Tammy então ja corro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu não me surpreendo com a sua resenha sobria, já li a Tammy, minha irmã é fã e é bem desse tipo de narrativa que ela gosta. Estou gardando o livro para quando estiver de ressaca literária ele é o tipo bom de ser quando se está afim de relaxar!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada a autora e até estava empolgada, mas agora fiquei na dúvida. Não gosto de romance meloso demais e mocinha com a vida boa demais. Não me convence. Adoro um bom conflito, sabe?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida tudo bem??

    Eu adoro a Tammy Luciano, sempre acompanho ela no facebook, comento os status e ela é uma pessoa muito simpática né? Gosto dela. Masssss, infelizmente ainda não li nada dela!

    Pela sua resenha o livro tem pontos bons e alguns ruins e é compreensível, afinal ninguém é obrigado a gostar das coisas nem de tudo nos livros! Adorei sua resenha, achei sincera e muito sensata!
    Acho que vou gostar muito do Felipee também, e de muitos fatores! Espero curtir o livro!

    Com certeza lerei um dia, quero conhecer a autora de outra forma haha.

    Beijo!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Bizarro isso de sonhar com um cara que não conhece e se apaixonar por um cara do sonho não é?
    Mas achei bem legal, não conheço a autora, mas é um livro da valentina que já ouvi falar.
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  8. que capa maravilhosa!! amei!, amei a resenha tbbb, ja anotei o livro na minha listinha
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida!

    Essa é a primeira resenha que leio desse novo livro da Tammy. Tô esperando meu exemplar chegar porque consegui numa troca do skoob ~samba~
    Mas não sabia que ele seria tão meloso como você descreveu, gosto de enredo que o casal tenha problemas, mas os mais exóticos, mas os mais simples, que todos tem, porque nada é perfeito. Também estava esperando algum toque sobrenatural, mas pelo jeito não tem D:
    Então realmente não sei quando eu vou conhecer a escrita da Tammy, mas não será agora.

    Beijos!
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
  10. Logo na primeira vez que vi a premissa do livro eu pensei que, se os sonhos da personagem não fossem tomados pela autora como algo sobrenatural, eu não ia gostar do rumo da história, pois para mim não teria outro jeito de explicar isso, qualquer outra explicação não me convenceria. Então, que bom que esse spoiler foi dado rçrç Romances açucarados são bons, eu realmente gosto quando eles são bem construídos, mas Sonhei que Amava Você não me convenceu a encarar a leitura.

    ResponderExcluir
  11. acho que as vezs a leitura fica meio insana , com os sonhos da personagem, e tals, mais fiquei curiosa, talvez esse livro possa me convence , vou deixa-lo na minha lista.

    gostei da resenha...^^

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida!
    Iiiih, já sei que eu não iria gostar desse livro, sou uma pessoa louca pelas explicações de tudo e não ia aceitar que esses sonhos são só intuição, destino ou coisa do tipo, preciso de mais do que isso rs Então mesmo sem ler a história eu acho que te entendo.

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!