[Resenha] Bolsas, Beijos e Brigadeiros

Bolsas, Beijos e Brigadeiros
Autor(a): Fernanda França
Editora: Planeta                   Páginas: 304
Lançamento: 2014               ISBN: 9788542203875
10373712_10152745017763825_8612282853288666809_n ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||


Melissa é uma jovem e impetuosa jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Em uma nova fase de sua vida profissional, ela viaja á Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, além dos percalços comuns a uma mochileira no Velho Mundo, Melissa precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe - grávida de um filho temporão -, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. O que será que ele esconde? Por que desaparece sem deixar rastros e reaparece como se nada tivesse acontecido? É o que o leitor irá descobrir ao ler este saboroso romance misto de guia turístico da Europa.
Bolsas, Beijos e Brigadeiros, de Fernanda França, traz a sequencia das aventuras da jornalista Melissa Moya iniciadas no livro Malas, Memórias e Marshmallows, eu não li o livro anterior e percebi que este aqui era continuação quando a protagonista começou a falar de fatos anteriores de sua vida, como tornou-se uma jornalista-viajante e como conheceu seu namorado Theo, você não fica perdido na leitura, até porque Mel resgata em cada página tudo que viveu, mas acho legal ler o outro primeiro se quiser uma abordagem mais detalhada dos fatos.

Mel escreve matérias especiais sobre viagens, seu roteiro anterior, conhecido como “América Sobre Rodas”, foi pelo EUA e onde ela se firmou neste formato de jornalismo, agora ela está engajada em seu novo projeto, “Europa Sobre Trilhos”, um tour pelas cidades mais festejadas do continente europeu viajando de trem, é um projeto que eu adoraria compartilhar, afinal um dos meus maiores sonhos é fazer algo assim, desde que li o livro “Assassinato no Expresso do Oriente”, de Agatha Christie, me imaginei nesta situação, contudo iria apenas como turista, nada de cunho profissional.

Nesta viagem a protagonista tem a oportunidade de conhecer o lado italiano da família e seus primos acabam sendo os companheiros de viagem, juntamente com seu amigo português e esporadicamente o namorado Theo. Temos aqui uma turma animada e alto-astral, embora a Mel tenha uma significativa queda de humor em certo período graças ao Theo.

A narrativa em primeira pessoa, pela voz de Mel, é bem descritiva e permeada de muitas reflexões da garota, acredito que a brevidade em alguns aspectos teria sido mais indicada, se por um lado ajudou a nos situar e entender o passado, por outro deixou a trama num ritmo mais lento, não é algo ruim, até porque acaba sendo um verdadeiro guia de viagens, Mel nos mostra profundamente a cultura local e o lado artístico de cada cidade por onde passa, tanto que os capítulos começam com pequenos textos sobre as curiosidades das ditas cidades, mas na minha opinião demorou para que o objetivo da história fosse traçado, eu queria muito saber onde a autora queria chegar. Contudo, o texto de Fernanda França é alegre e muito pessoal, conheci a autora na Bienal e me surpreendi com seu jeito sorridente e cativante, não conseguia ver a protagonista com outro rosto, mesmo que as características físicas fossem diferentes, a personalidade foi o que predominou, Fernanda é jornalista, é super família como a sua personagem e alegre da mesma forma, como não fazer uma associação?

Mel é muito ligada na família, fica evidente durante esta viagem que está sendo muito complicado ficar longe de casa, ainda mais quando a mãe vai lhe dar um novo irmão e a melhor amiga (agora cunhada), está grávida. A protagonista está dividida entre aproveitar seu ótimo momento profissional e estar ao lado daqueles que ama, isso é algo muito real a atual, quantas pessoas precisam deixar o lar em busca de seus sonhos e de sucesso, é parte do processo de amadurecimento e realização. Mel foi feliz em suas escolhas e contou com ótimas companhias nesta jornada, exceto pelo namorado mala, eu afirmo que ela se saiu muito bem.

Namorado mala? Sim queridos! Theo não é um cafajeste, é legal, trabalhador e amoroso, o problema é que adora sumir e deixar a Mel sem ideia de onde está e se ainda é seu namorado, tal como a mocinha, nós são sabemos a razão disso e quando a explicação foi apresentada, não me convenceu. Sinceramente, por mais fofas que fossem suas declarações de amor, suas incertezas pesaram mais, eu não queria um Theo na minha vida de jeito nenhum, não para ser a pessoa do meu futuro. No relacionamento dos dois o diálogo teria ajudado e muito, se ambos tivessem compartilhado mais e imaginado menos, muitos problemas teriam sido evitados. Eu queria que a Mel tivesse dado uma chance ao Luca, um italiano lindo de morrer e apaixonado por ela, mesmo que os sentimentos do moço tenham sido meio repentinos, ele era tão compreensivo e presente que valia o risco.

Bolsas, Beijos e Brigadeiros é um livro leve e com momentos divertidos, é jovem em sua essência ao mesmo tempo que conduz seus personagens para um momento mais amadurecido da vida, aborda em suas páginas a maneira como corremos atrás de nossos sonhos, o equilíbrio familia-trabalho-relacionamento amoroso, a oportunidade de conhecer pessoas novas e deixá-las entrarem em nossa vida, estar abertos as possibilidades e o que há de novo e diferente por aí, em suma, fala de viver a vida e arriscar em busca da felicidade.

A volta ao mundo de Mel foi essencial para que ela entendesse onde realmente queria estar, valorizar o que tinha e encontrar seu lugar no mundo, que na verdade é o mundo todo, acredito que as aventuras dessa garota estão longe de acabar, Fernanda França pode escrever muito livros protagonizados por ela e pelos outros personagens, eu adoraria um só do Luca.







2leep.com

15 comentários:

  1. Oi Cida!

    Acho que o livro é bem legal, como você disse, leve e divertido para uma leitura casual pra relaxar num dia que estamos afim de ler algo do tipo... de inicio não me atraio pelo gênero, mas sempre compro um livro ou outro pra ter preparado para os momentos lights de leituras! Acho que este livro é uma boa pedida!

    Muito interessante a trama, a unica coisa que não gosto é o nome do namorado da protagonista (Theo) e como ele é chato nem me esforçaria pra gostar do individuo uhashsuuhsauh um mero detalhe que dá pra ignorar :P

    Curti muito a resenha! Beijo!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que bom que os livros nacionais estão arranjando mais espaço! A Melissa parece ser super divertida, o que é engraçado, porque eu tenho uma amiga chamada Melissa de personalidade parecida! Espero conseguir ler esse livro algum dia...

    Clara
    @clarabsantos
    clarabeatrizsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Você não colocou as estrelinhas :(

    Adorei a resenha, adoro esses clichês com namorados cafajestes. Acho que tenho problemas, rsrs.
    E também adoro uma boa viagem. Sei não, mas acho que vou gostar do livro viu!!

    Bjkssssss

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    estava curiosa para saber mais sobre este livro.
    Gostei bastante.
    dica anotada

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. como não li o primeiro confesso que estou meio perdida e de certa forma desmotivada a me jogar na leitura!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida

    Tenho esse livro no meu Kobo mas não li anida porque imaginei que ele seria a continuação do outro por causa do título, rsrsrs. Parece ser uma excelente romance com todos aqueles ingredientes que eu amo, além disso tenho muita vontade de ler algo da Fernanda. Vou comprar o livro anterior para poder ler esse. Mesmo que você tenha dito que não atrapalha a leitura, é legal ler na ordem.

    Beijos

    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  7. Vi muita gente que começou a ler esse livro sem saber que era continuação, assim como você. rsrrssrs
    Acho essa capa bem fofa, e a história parece ser bem legal.
    Boa resenha! Bjs <3

    ResponderExcluir
  8. O que será que aconteceu com o namorado da Melissa? Ter sumido assim.
    Achei legal a vida cotidiana da Mel, sobre ser jornalista e escrever vários projetos.
    Além de ela conhecer, nós leitores também conhecemos os lugares de suas viajens, isso é demais *-*
    Gostei por ser bem descrito por Mel, gosto de detalhes. A Mel parece ser uma moça bem legal, e ligada a parte familiar de uma
    mulher, e também as escolhas dela para o futuro, sobre deixar o lar.
    Theo pareceu me um tonto, não entendi é nada desse sumiço, mas não iria querer alguém assim comigo também. Mas e a classificação?
    Abraços Cida,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Parece um livro bem gostoso para quando se quer algo leve e divertido.
    Olhando não parece ser uma continuação, nem mesmo lendo a sinopse o.O
    Mas que bom que você conseguiu entender sem precisar ler o primeiro

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, tudo bom?
    Tivemos praticamente a mesma percepção do livro. A história é leve, mas senti falta de mais diálogos.
    Gostei de conhecer uma parte da Europa nos textos da autora.
    Hahahaha...eu também não queria um Théo na minha vida, pois achei o personagem extremamente inconstante. Eu também torci pro Luca até o final.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Pela capa e titulo eu achei que o livro fosse mais ou menos isso mesmo, leve e divertido, bom para um domingo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Me interessei pouco no livro, mas gosto de ler momentos divertidos de outras pessoas.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro não me atrai muito, sinto que ele é muito descritivo e com muitas reflexões pessoais da personagem pro meu gosto. O namorado dela com certeza é irritante também com essa mania de sumir.

    ResponderExcluir
  14. Obrigada pela resenha! :-)
    Um beijo grande sabor brigadeiro.
    Fernanda França.

    ResponderExcluir
  15. Eu estou com esse livro para ler só esperando por um tempinho livre. Acho que vou gostar muito do livro e ter momentos bem divertidos e agradáveis durante a leitura.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!