[Resenha] Fique Comigo

Fique Comigo
Título Original: Stay Close
Autor(a): Harlan Coben
Editora: Arqueiro                 Páginas: 288
Lançamento: 2013               ISBN: 9788580411294
Fique Comigo ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
A vida de Megan Pierce nem sempre foi um mar de rosas. Houve uma época em que ela nunca sabia como seria o dia seguinte. Mas hoje é mãe de dois filhos, tem um marido perfeito e a casa dos sonhos de qualquer mulher- e, apesar disso, se sente cada vez mais insatisfeita. Ray Levine já foi um fotógrafo respeitado, mas agora, aos 40 anos, tem um emprego em que finge ser paparazzo para massagear o ego de jovens endinheirados obcecados em se tornar celebridades. Broome é um detetive incapaz de esquecer um caso que nunca conseguiu resolver: há 17 anos, um pai de família desapareceu sem deixar rastros. Todos os anos ele visita a casa em que a mulher e os filhos do homem esperam seu retorno. Essas pessoas levam vidas que nunca desejaram. Agora, um misterioso acontecimento fará com que seus caminhos se cruzem, obrigando-as a lidar com terríveis consequências de fatos que pareciam enterrados havia muito tempo. E, à medida que se deparam com a faceta sombria do sonho americano - o tédio dos subúrbios, a angústia da tentação, o desespero e os anseios que podem se esconder nas mais belas fachadas -, elas chegarão à chocante conclusão de que talvez não queiram deixar o passado para trás.
Harlan Coben foi um autor que demorei para conhecer, mas definitivamente hoje posso dizer que ele ganhou lugar na minha estante e no meu coração, pois além de ter um talento especial para criar histórias cheias de mistério, é uma graça, quando tive a oportunidade de ver Coben na Bienal me rendi ao seu charme, que pessoa atenciosa e simpática.

Megan ou Cassie, como era conhecida quando dançava em um “clube de cavalheiros”, hoje é casada com um advogado de sucesso e vive bem ao lado dele com seus dois filhos; uma mãe e esposa dedicada que esconde em seu passado uma vida de sexo e violência, além de um ex-namorado que podemos considerar a grande paixão de sua vida, contudo certos acontecimentos obrigaram a garota a fugir e começar do zero, com uma nova identidade, além disso seu marido não desconfia de nada e nem ela pretende contar a verdade, mas quando o passado bate em sua porta, Cassie percebe que chegou a hora de encarar seus maiores temores.

Ray Levine é um  grande e talentoso fotógrafo jornalístico, melhor dizendo foi, já que mesmo sendo muito talentoso, não é mais grande, após passar por um trauma deixou-se afundar nas bebidas e em uma carreira medíocre, hoje é um paparazzo de aluguel e sofre pela mulher que amou e fugiu sem deixar rastros, mas sua vida muda quando registra algo em suas fotos que queriam ocultar, nem imaginava que isso traria de volta para sua vida tudo que precisava esquecer.

Broome é um detetive de Atlantic City obcecado em desvendar o desaparecimento de um homem, Stewart Green, que sumiu há dezessete anos, seja pela sua aproximação com a mulher de Green ou mesmo pela vontade de desvendar um mistério, o detetive não consegue esquecer este caso, quando um outro homem some nos dias atuais, na mesma data, ele começa a ver o caso com outros olhos e descobre uma conexão, a princípio nem acredita que seja possível, mas conforme vai mais fundo na investigação, ajudado por sua ex-mulher Erin, percebe que está certo e quem sabe finalmente terá o desfecho para este crime que lhe acompanha por quase duas décadas. O que eles têm em comum? Eu respondo! Tudo e nada.

O livro é narrado em terceira pessoa, trazendo capítulos iniciais que focam em cada um destes personagens, assim podemos ir tomando conhecimento dos fatos cotidianos de suas vidas nos dias atuais, mas também podemos saber que o passado os atormenta constantemente, deixando os inquietos e cheios de dúvidas sobre si mesmos. Como eu citei, eles não têm nada em comum, mas ao mesmo tempo têm tudo. O nada é por conta de viverem vidas bem distintas, mas é o que ficou para trás que os liga e coloca no centro da questão, o desaparecimentos de diversos homens de maneira suspeita.

Coben tece uma trama intricada e misteriosa, onde precisamos não só estar ao lado do detetive Broome para reunir pistas, mas também estar com Cassie e Ray, cada pensamento, sentimento e lembrança destas pessoas servem para montar o quebra-cabeças que trará as respostas para desvendar estes desaparecimentos, mas o mais interessante na história e na obra do autor, é que ele não apenas foca em solucionar um mistério, ele tem o cuidado de criar personagens muito humanos e reais, são pessoas vivas, facilmente cria-se um laço com alguns deles ou com todos, você fica envolvido em seus dramas, sente na pele suas aflições.

Entre os três, Cassie foi minha personagem favorita, ela é uma mulher que luta com o conflito de suas duas vidas e não sabe bem qual é a que mais gosta, mas o que me fez gostar dela é seu caráter, uma pessoa boa e forte, esta mulher tem muita garra e coragem, em nenhum momento se mostra como vítima, é aquela pessoa que pegou os limões que a vida lhe deu e fez uma boa limonada; Broome me ganhou apenas nos momento finais, meio bruto no começo, não gosta muito de ouvir as pessoas, tende a fazer julgamentos precipitados, é cínico quando interroga e mordaz, reflexo de suas frustrações pessoais na vida amorosa. Ray é um cara interessante, mas Coben acabou não explorando tanto este personagem, senti falta de mais de Ray na história, seu drama poderia ter sido mais valorizado, o que aconteceu com alguns personagens secundários, que tiveram mais espaço que o fotógrafo, na verdade estes foram muito bem apresentados.

A história de Fique Comigo segue por vários caminhos e abre portas para diversas possibilidades, dá para imaginar mil e uma explicações para o caso, é preciso separar o joio do trigo, ou seja, levar em consideração o que realmente é importante, existem elementos que foram inseridos para desviar nossa atenção, parecem essenciais mas não são, posso dizer que a verdade está na mentira, definitivamente é aí que está a solução.

É uma leitura fluida e intrigante, mas somente o final me permitiria dar a classificação do livro, isso porque o autor precisava não só unir todos os fatos que apresentou como dar uma conclusão surpreendente e convincente, muitas histórias do gênero acabam se perdendo em um desfecho corrido e até mesmo bem óbvio, e embora nas páginas finais eu tenha descoberto a verdade, foi uma reviravolta inteligente, as respostas estavam ali todo o tempo, mas você não vê, é como se Coben colocasse uma venda nos nossos olhos. Para aqueles que apreciam livros com epílogos, este vai agradar, já que teremos respostas para nossas perguntas e uma definição do destino de cada personagem.

Fique Comigo é um livro que explora um universo de sexo, bebidas, jogos e violência de maneira direta e dura, chocando o leitor ao mesmo tempo que nos sensibiliza com personagens que estão em busca de si mesmos, superando suas dores, revendo o que têm para dar seu devido valor e assim conseguindo seguir em frente, deixando o passado para trás.

Gostei demais, sempre que fecho um livro deste autor fico cheia de vontade de abrir outro logo em seguida. Meta para 2015: ler tudo dele que foi publicado aqui no Brasil. Qual vocês recomendam?



  


2leep.com

25 comentários:

  1. Esse autor com certeza é show!
    Muito bom o livro apresentar a vida de três personagens com uma trama intricada e misteriosa.
    Acho que o protagonista que mais vou gostar também é a Cassie, por não ficar se fazendo de vítima.
    Excelente resenha! Bjs, Cida <3

    ResponderExcluir
  2. Uau! Ele deve ser bom mesmo para você decidir ler nada menos que TUDO que foi publicado dele! Boa Sorte e conte-nos os detalhes por aqui tá! Eu ainda não li nada de Coben, mas com uma indicação tão bem feita e cheia de entusiasmo lindamente que lerei qualquer dia desses, gosto de autores que frisam a humanidade de seus personagens!

    Cheros, Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Cida, este autora esta na lista dos quais devo conhecer. Estou a procura de um livro mais ligth dele para começar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Não imaginei que este livro do Coben fosse tão bom assim. Era o que eu menos tinha vontade de ler. Percebi que estava equivocado.
    Sei bem como é sentir-se satisfeito ao ler um suspense policial. O Coben é expert nisso.
    Agora, com toda certeza, pretendo ler este em breve. Espero gostar tanto quanto você.
    Ah, e super indico "Não Conte a Ninguém". Melhor livro dele. <3
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Le! Não conte a ninguém foi o primeiro que li, é bem legal mesmo, ótima recomendação.

      Excluir
  5. Olá Cida.
    Já li "Fique Comigo" e adorei! Coben é meu autor favorito *-*

    Beijos, www.rayramii.com

    ResponderExcluir
  6. Oi! Isto que você comentou de várias estórias apresentarem um desfecho pouco convincente e corrido me lembrou vários livros que li, é mesmo triste. Gostei muito de saber que este não deixou passar nada, é sempre bom finalizarmos uma leitura sem a sensação de que ficou faltando esclarecer algo ou que o fim foi muito corrido e sem cabimento.
    Gostei muito da resenha e fiquei curiosa para ler este livro e saber como tudo será solucionado. Os personagens, além disso, parecem ter sido bem construídos e isso é um ponto muito positivo também. Vou ver se coloco na lista, sempre tive curiosidade em ler algo deste autor. :)
    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oiii, Harlan Coben vem ganhando destaque a cada dia, não tive a oportunidade de ler nenhum livro dele ainda, mas assim q possível desejo muito, ascresenhas sobre os livros são muito boas, e fico curiosa para conhecer, só ta me faltando verbas, hehehhee, grande abraço
    www.moradadolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida tudo bem??

    Ainda não li nada do Coben, me sinto péssima por isso, porque todos falam muito bem dele e os temas abordados nas resenhas que leio, são super legais e envolventes! Estou beeem afim de comprar o primeiro livro dele agora no fim do ano!!
    Super curti a resenha, este é um dos bons sem dúvida! A temática me agrada!

    Beijos!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Sabe, eu amava tanto os livros do Coben... Lia todos logo que eram lançados, mas depois de um tempo esse amor foi se perdendo.
    Não que seus livros tivessem ficado diferentes, eu que me perdi um pouco.

    Mas agora vendo essa coisa de mistério e o submundo misturado, até que me animei a voltar.
    Adorei o clima todo da resenha, as narrativas intercaladas, toda a trama... Gostei mesmo!!!!

    Bjksssss

    Lelê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lele! Isso aconteceu comigo e algumas autoras de romance que eu curtia muito, lia tudo, hoje por mais que saiam livros novos eu não sinto aquele amor todo.

      Excluir
  10. Oi Cida, tudo bem?
    O Coben é um exímio escritor. Suas tramas são tão envolventes que no geral eu só descubro a verdade quando ele resolve nos contar. um livro que li dele e gostei muito foi Alta Tensão, e recomendo de olhos fechados.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  11. Já ouvi falar tanto nesse autor e ainda não li nada :(
    A julgar pela capa, achei que fosse um romance daqueles bem melosos, mas lendo a resenha fiquei curiosa em saber o que acontece de verdade.
    Abraço!

    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida
    Meu objetivo é ler, ainda esse ano, um livro de Coben!
    Gostei muito desse!
    Assim que ler, te conto
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Oie Cida =)

    Sinto até vergonha em confessar que nunca li nada do autor, mesmo com todas as resenhas positivas que leio dos livros dele.
    Uma vez cheguei a pegar O Cilada emprestado, só que não consegui ler =(
    Espero resolver isso em breve rs...
    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  14. Oi Cida, tudo bom?
    Se sua meta é essa, a minha é ler um dos livros do autor. Eu sempre escutei coisas maravilhosas do Harlan Coben e sua resenha só confirmou minhas expectativas. Adoro histórias bem montadas e interligadas e tenho certeza de que vou gostar muito da leitura desse livro. Em 2015 quero começar a adquirir os livros desse autor.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Coben para mim é simplesmente incrível, esse livro ainda não li, mas amo a forma em que ele nos amarra na história e estamos quase desvendando ou acreditando.. ele vai e muda tudo, tudo fica completamente diferente do que acharíamos que iria ocorrer ele tem um grande talento de nos enganar em suas tramas.
    Gostei de Megan ela parece ter um passado bem misterioso e louco, afinal para ela abrir as portas para ele deve ser algo pesado.
    Como sempre Harlan deve ter sido ótimo no livro, e olha, se realmente gostou dele, leia Desaparecido para sempre.
    Tem resenha no meu blog, http://leituras-insanas.blogspot.com.br
    É o melhor livro dele que li até hoje e super indico, visita lá e dá uma olhadinha, se gostar leia ♥
    Um beijo, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida :)
    Eu nunca li nada do autor e isso é uma vergonha! Quero começar por livros que não são séries e Fique Comigo está na minha lista de desejados.
    Não sabia muito da história por que não gosto muito de ler sinopses (as da Arqueiro acabam entregando demais a história e prefiro ficar "no escuro"). Adoro livros com mistérios, muito embora nunca acerte um. rs Eu juro que vou ler esse livro ano que vem!
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla! Livros do gênero eu evito as sinopses, realmente sempre tem spoiler, prefiro descobrir aos poucos.

      Excluir
  17. Oi, Cida.
    Eu nunca li nada desse autor e toda vez que leio uma resenha de algum livro dele, fico com um friozinho na barriga de curiosidade.
    Fique Comigo me conquistou fácil em dois pontos: 1) Você ter mencionado que os personagens são bem humanos e reais. Gosto quando consigo me envolver e sentir a verdade no personagem. E 2) Você dizer que eles tem tudo e nada em comum. Não sei se é o caso nesse livro, mas adoro quando os personagens parecem aleatórios e do nada você percebe que eles começam a se ligar.
    Dica anotada. Realmente quero ler algo desse autor em breve! :)

    Beijos, Fer.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fe! Isso mesmo, aos poucos eles vão sendo conectados e chega um momento onde a história de um passa a ser a de todos. Bjos!!!

      Excluir
  18. Oi Cida, todo mundo fala maravilhas desse autor, mas eu ainda não li nenhum livro. Fico só na curiosidade :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oie Cida
    Harlan é gênio, além de parecer tão simpático. Invejinha gospel de quem pode ficar pertinho dele na bienal.
    Então, eu sou apaixonada por ele, mas acredita que eu só li um livro dele? rs E foi o Não conte a ninguém. O próximo que irei pegar é o Cilada. Parece ser um pouco com esse, pois traz um enredo que choca.
    Bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  20. Não li nada do autor até hoje :( E morro de vontade de ler porque adoro romances policias. Fique comigo me deixou interessada pra caramba, parece ser uma história muito boa e gostaria de conhecer mais da Megan.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!