[Resenha] O Tempo Que Nunca Foi

O Tempo Que Nunca Foi
Título Original: Neverwas (The Amber House Trilogy #2)
Autor(a):  Kelly Moore, Tucker Reed, Larkin Reed
Editora: Jangada                Páginas: 320
Lançamento: 2014             ISBN: 9788564850705  
O Tempo que Nunca Foi

 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Depois da morte da avó, Sarah Parsons vai morar em Amber House, a centenária propriedade que pertence à sua família há gerações. Mas Sarah começa a ter uma sensação de que algo está de alguma forma errado. As coisas estão melhores para Sarah e sua família, mas outras estão muito diferentes e não mudaram para melhor. Com memórias confusas e uma enorme sensação de déja-vu, Sarah percebe que fez uma escolha que transformou tudo - e agora ela tem que escolher tudo outra vez. Com a ajuda de Amber House, que lhe traz visões de seus antepassados, e seu amigo de infância, Jackson, ela consegue se lembrar de como as coisas deveriam ser e planejar uma ousada missão que vai redefinir o universo mais uma vez. Sarah precisa descobrir o que mudou e como pode corrigir isso, antes que seja tarde demais.

O Tempo Que Nunca Foi é o segundo livro da Trilogia Amber House,das autoras Kelly Moore, Tucker Reed e Larkin Reed. Eu amei o primeiro livro, fiquei fascinada com toda a trama de mistério, romance, segredos do passado e uma casa antiga que representava algo além da imaginação, assim estava ansiosa pela continuação, que foi mais uma agradável surpresa.

Sarah Parsons tem um dom, ela consegue ver ecos do passado e ao ir viver em Amber House, a casa que pertence a sua família faz séculos, ela teve estes dons despertados. Sarah viveu aventuras incríveis, descobriu segredos de família e precisou salvar seu irmão Sammy, o que acabou mudando o curso das coisas, a garota refez o passado e isso refletiu no futuro.

Ao iniciar a leitura me vi no começo de tudo, temos mais uma vez nossa protagonista em seus primeiros momentos em Amber House após a morte da avó e a mudança de casa, mas desta vez algumas coisas estão diferentes, na verdade muito diferentes. Seus pais estão juntos, sua tia viva e ela não gosta da casa, sente-se incomodada naquele lugar e quer voltar para sua antiga cidade, contudo algo permanece igual, a alma de Amber, ela ainda possui seus ruídos familiares, suas vozes, sentimentos, sua alma. A casa é um personagens desta história, tem personalidade própria e cedo ou tarde vai despertar, mostrar a verdade sobre o tempo que ficou para trás.

Sarah mais uma vez tem seus dons despertados e acredita estar ficando louca, mas logo percebe que isso não é verdade, acometida por vários deja vus, entende que o tempo que vive agora não é real, é uma consequência de seus atos no passado, onde ela era outra garota, mais ousada e destemida.

O livro traz uma história que parece ser a introdução, o primeiro livro, mas sabemos que não é por sentir que tudo soa falso, afinal a realidade atual é resultado das aventuras de Sarah anteriormente,  é surpreendente como as autoras conseguiram recriar toda a trama outra vez sem perder-se do que já havia sido mostrado. Eu achei genial, pois por mais que novos elementos sejam inseridos, tudo é ligado pouco a pouco, nos levando para um momento onde dois se tornam um só, o casamento perfeito da jornada de nossa protagonista e seu destino.

Confesso que no começo achei estranho, pensei que os acontecimentos se dariam a partir do final do livro um, então ao me dar conta que o tempo havia zerado e estava acompanhando tudo de novo por outro prisma, desejei muito que Sarah lembrasse logo e fosse atrás de uma maneira de por as coisas nos eixos. Por vezes algumas passagens pareciam sem sentido, o nazismo e o racismo com força total, como se a história não estivesse se passando em nossos dias, mas eu sabia que estava. Então porque elementos de um passado vergonhoso para a humanidade estavam ali? Bem, isso vamos descobrir ao lado da protagonista e neste momento a trama se expande além das paredes de Amber, sai para o mundo.

Sarah começa meio apática, mas logo retoma sua antiga personalidade, com garra e coragem vai atrás de soluções, ela até pensa em desistir em certos momentos, mas seu fiel amigo de infância, que hoje faz seu coração bater mais forte, lhe ajuda, Jackson é alguém que faz Sarah perceber que certas coisas nunca irão mudar, melhor dizendo, certos sentimentos, o amor de ambos ultrapassa o tempo.

A primeira parte é mais lenta, feita para ambientar e inserir você no enredo, eu me deliciei em detalhes e senti frio na espinha explorando a casa, eu achava que ali não residiam mais segredos e me enganei totalmente. A seguir entramos na fase onde tudo faz sentido, as confusões são dissipadas e é hora de agir, Sarah e Jackson vão correr contra o tempo para salvar todos. O ritmo acelera, as peças se encaixam e a emoção se faz presente em cada linha. O tempo passa frente aos nossos olhos em um fluxo vertiginoso, vemos sacrifícios, declarações de amor, dor e ódio, convergindo para um final excelente, rumo à um futuro incerto.

A pesquisa histórica da série é muito boa, e desta vez foi além, pois através do real criou um novo mundo. Os personagens são densos e profundos, tal como cada detalhe da trama, com muitos ângulos e significados. Há um clima assustador, místico e intrigante na obra, que te prende facilmente e faz ansiar pela continuação.











2leep.com

14 comentários:

  1. Oi Cida,
    poxa ainda não li o primeiro da série :(
    Fico muito feliz em saber que a séria continua boa, já me anima para comprar o primeiro.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tive a oportunidade de começar essa série (tenho cinco sendo lidas) mas com certeza, assim que eu conseguir acabar com as que estou lendo, vou partir pra essa. Amei a forma como o livro e os mistérios contidos nele parecem te envolver. E se eu senti tudo isso apenas lendo a resenha, eu mal posso esperar pra saber o que eu vou sentir quando estiver lendo o livro.

    PS: A capa é muito linda! Eu amei!

    ResponderExcluir
  3. assim como a Vanessa ainda não li o primeiro livro, mas depois de tantos elogios acredito que venha a ser uma leitura imprescindível!
    achei muito legal isso de tempo zerado, de novo prisma, é um diferencial
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li o primeiro livro dessa trilogia, parece ser ótima, curto muito esse tipo de história e depois de ler essa resenha fiquei mas ansiosa pra conferi a série.

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida tudo bem??

    Uau, nem conhecia este livro, e já estou muito afim de ler! Adoro esse tipo de livro que mistura fantasia, dons sobrenaturais com história e é complexo e mais intensa a história!
    Interessante que são 3 autoras, bem exótico também, acho que nunca tinha visto um livro sem ser de contos ter mais que 2 autoras.

    A história parece boa e o livro parece ser daqueles que te surpreende, fiquei muito afim de ler, vou até anotar pra não me esquecer dele num futuro próximo!

    Se você gostou dele vai amar Outlander!

    Beijo!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida :)
    Eu tenho uma curiosidade gigantesca em ler essa série. Quase solicitei esse livro, mas acabei desistindo pq já era o segundo. Mas ele está na minha lista de futuras aquisições.
    Eu amo livros com um toque de mistério e emoção. Não tem como desgrudar das páginas. Espero ler em breve.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li o primeiro ;/ Eu mal conhecia o livro, e acredita que acabei conhecendo por causa de um marcador que ganhei? hahaha. Vi uma pequena sinopse no marcador e fui pesquisar. Já está na minha lista de futuras leituras, e saber que a continuação é boa só incentiva pra que eu vá ler logo o primeiro livro.

    Beijos,
    Fer - http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, tudo bom?
    Confesso que quando o primeiro livro da série foi lançado, eu não fiquei tão curiosa para ler. Mas, ao saber que a trama tem muito mistério e emoção, eu fiquei com vontade de lê-lo. Gostaria apenas que a série fosse mais divulgada pela editora.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Acho a capa deste livro muito linda, e adorei sua resenha.
    A história parece ser demais mesmo. Mas é uma trilogia né, que pena que não li o primeiro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida! Não conhecia esta obra, mas por sua resenha ela é bem legal de se ler.
    Achei meio ruim isso de ficar sem sentido, mas por fim ficou tudo bem.
    Não conheço o primeiro livro, mas vou ver se leio e espero gostar

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  11. Nossa, jurava que esse era um primeiro livrou ou um livro único, não sabia que era uma série. Achei interessante ter três autoras também, fico imaginando como se da o processo de criação com três mentes diferentes. A história parece ser muito boa, fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  12. Não sabia que essa era uma trilogia, gostei de saber :)

    Ainda não comecei a ler o primeiro, mas ela já está me aguardando rs, gostei da premissa do primeiro livro e desse segundo também e espero gostar da história.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nossa senti muita vontade de conhecer esse livro, já havia lido sobre Amber House e agora saber que um livro dois e que ele praticamente é a mesma história mas visto por outro prisma aguça ainda mais o meu desejo de ter esse livro, acho surpreendente quando um autor consegue reformular toda uma história sem perder a essência principal, e se esses livros forem tudo o que você disse tenho certeza que irei amar.

    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
  14. A capa é linda, o livro parece ser ótimo, já está na minha lista <3

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!