[Resenha] Vinte Garotos No Verão

Vinte Garotos no Verão
Título Original: Twenty Boy Summer
Autor(a): Sarah Ockler
Editora: Novo Conceito       Páginas: 288
Lançamento: 2014              ISBN: 9788581633657
 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
42201420 
Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.
Anna, Frankie e Matt cresceram juntos, onde um estava, pode ter certeza que os demais estariam juntos. Anna sempre nutriu uma paixão por Matt, mas nunca teve coragem de contar para Frankie, quando seu sentimento é correspondido, os dois começam a namorar escondidos. Matt que é irmão de Frankie, pede um tempo para fazê-la entender o relacionamento do irmão com a melhor amiga, mas antes que ele tenha tempo de contar, sofre um ataque cardíaco e morre, levando consigo o segredo.

Anna sofre pela morte do namorado, mas na intenção de confortar a amiga, resolve ser forte, acredita que perder um irmão é mais doloroso que perder um amor, assim passa por seu luto sozinha, praticamente carregando Frankie nas costas. Quando chegam as férias de verão, Frankie resolve tornar aquele momento especial para as duas, quer fazer algo ousado e inesquecível, e propõe à Anna que ambas conquistem vinte garotos no verão, uma grande chance de diversão e de superar o luto, e quem sabe encontra um grande amor, o problema é que Frankie não imagina que Anna já amou, e mais do que nunca este segredo ameaça sufocar Anna.

Quando peguei este livro para ler eu imaginei que seria um grande drama, que seria aquela emoção por conta da morte de Matt e tudo mais, mas esse acontecimento foi breve e nem foi abordado de maneira profunda, assim ficou a questão do luto para ser resolvida e como as meninas lidariam com aquilo.

Anna e Frankie não me cativaram no começo, a primeira por não ter atitude nenhuma, por sempre conformar-se com as decisões da outra e Frankie por mascarar sua dor com futilidades, eu esperava que ambas agissem de maneira mais marcante e emocional. Um outro problema que tive com Anna foi a vontade de lhe abrir os olhos para vida e fazer com que ela parasse de viver um namoro com um garoto morto, ela literalmente acreditava que Matt estava ali e precisava fazer as coisas por ele e para ele.

Mas todas estas atitudes das meninas me davam esperança, pois as duas estavam fingindo que tudo estava bem, me parecia apenas um adiamento, um barril de pólvora prestes a estourar e eu queria esta explosão.

Com a viagem de férias o cenário mudou, ambas foram forçadas a sair da rotina e perceber que a vida continuava, surgem dois rapazes interessantes e Anna finalmente percebe que pode amar outra vez, aí chegam os conflitos, dizer adeus ao passado e seguir adiante.

A história, narrada em primeira pessoa por Anna, ganha uma dinâmica diferente, finalmente há energia e vi a questão da morte ser abordada, não com a intensidade e drama que esperei, mas de maneira mais leve e positiva, as férias foram na vida das meninas um rito de passagem, onde tiveram que crescer finalmente e aceitar que nem sempre a vida nos dá o que esperamos.

Vinte Garotos no Verão é uma história não só de amizade e superação, é também de corações partidos, de perdão, de crescer e amadurecer. Não chorei, mas passei boas horas com este livro e ao final fiquei feliz por ter esperado e dado uma chance para estas meninas mostrarem que eram mais fortes do que aparentavam, é ótimo quando os personagens evoluem no decorrer da trama, isso acaba sendo uma surpresa positiva e muito agradável.

Ah! E esta capa gente?! Linda! Tem tudo a ver com a história, é um símbolo de sentimentos e grandes momentos dos personagens. Leiam.






2leep.com

24 comentários:

  1. Oi Cida,
    já tinha visto o livor por aí, mas ele ainda não me chamou atenção.
    Quem sabe mais para frente

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Cidaaa, confesso que enquanto lia sua resenha fiquei com medo. Só tinha ouvido falar bem do livro e pensei: "Será que a Cida não gostou?? Ah, agora não quero mais ler".. kkk Mas que bom que no final das contas o livro te surpreendeu. Também adoro quando os personagens crescem no desenrolar da trama.. e sim, a capa é divina! hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! Foi uma leitura que me conquistou aos poucos, mesmo sendo bem diferente do que imaginei.

      Excluir
  3. Cida, assim como você me apaixonei pela capa! e seu último parágrafo me conquistou totalmente, se eu tinha duvidas se queria ou não ler elas terminaram com a resenha
    desejado
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida

    A primeira vez que li algo sobre esse livro foi quando vi alguns blogueiros cobrando a NC que o livro fosse publicado aqui. Apesar de nunca ter lido a sinopse ele passou a fazer parte da minha lista de desejados.
    Não imaginava que a história era um drama. Sempre imaginei, pelo título e pela capa, que fosse um romance cheio de encontros e desencontros.
    Ele provavelmente será minha próxima leitura da NC.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é sobre luto e superação Caline.

      Excluir
  5. Confesso que quando li a sinopse também pensei isso, que seria mais profundo.
    Não li ainda, mas pelo que voce falou, este acontecimento de morte foi breve.
    Bom, espero poder ler um dia mesmo assim.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Cida!
    Adoro suas dicas e esse livro eu estava na dúvida se iria ler ou não.
    Como você me convenceu. Adoro sua sinceridade
    A capa é perfeita mesmo!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,
    Não tinha muito interesse por esse livro, mas a curiosidade para saber como a estória de Anna termina, somando a melhora que o livro sofre no decorrer da trama, me convenceu a lê-lo, espero não me decepcionar.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!
    Essa é a segunda resenha desse livro que leio e começo a ficar curiosa. Confesso que, quando ele chegou, não estava dando muito por ele, mas já estou começando a mudar de ideia.
    Percebi que ele tem um certo drama na história e isso já me deixou animada. Do jeito que sou chorona, capaz de derramar umas lágrimas. rs
    Vou tentar encaixá-lo nas leituras desse mês e espero gostar.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla, não é um drama tão forte como imaginei, mas tem sua carga emocional e com certeza vai deixar muita gente emocionada.

      Excluir
  9. Bom dia flor!!
    Diferente de você, eu achei que seria aqueles livros muito engraçados, um romance cuti com humor. Nunca pensei que fosse drama. Eu não li a sinopse, então nem tenho direito de pensar, rsrs.
    Porém gostei da resenha e até da sua irritação com as personagens no início. É legal isso.
    Bjkssssss


    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O coração da capa pode mesmo insinuar que seja apenas um livro de romance, mas não é não.

      Excluir
  10. Oiee, Cida, tudo bem?

    To bem curiosa com esse livro desde o lançamento e a sua resenha foi a primeira que li. De fato o livro parece ser interessante e bom saber que, no final das contas, ele te surpreendeu. A capa do livro é realmente linda.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida :)

    A capa bem bonita mesmo, mas a história não chamou minha atenção. Sou bem chata para ler livros como esse, raramente leio e quando faço é porque o livro realmente me atraiu.
    Amei sua resenha e eu fico contente por ter se tornado uma leitura prazerosa e agradável!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida, a capa é linda mesmo, assim como o trabalho gráfico da editora. Das meninas foi a Frankie que mais me irritou, como se só ela pudesse estar sofrendo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela mascarou sua dor de maneira bem fútil mesmo, mas a amiga deixava ela agir daquela maneira, assim como a família.

      Excluir
  13. Confesso que o livro não me chamou a tenção, parece ser uma história bonita, mas não leria agora

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  14. Oi, Cida!
    Infelizmente a sinopse me chamou mais a atenção do que a premissa do livro. Assim como você, eu esperaria mais um drama, contando aos poucos sobre como lidar com a morte e como seguir em frente. Acho que não seria um livro que eu leria atualmente.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    Dos últimos lançamentos da Novo Conceito esse é um dos que estou esperando com mais ansiedade. Esse livro tem uma premissa tão boa e foi tão elogiado. Estou bem ansiosa para lê-lo e conhecer as protagonistas. A capa é realmente linda!!
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Não sei, a capa e a sinopse deste livro não me chamaram muito a atenção, aprece mais do mesmo sabe...

    ResponderExcluir
  17. Cida querida, tenho muito interesse nesse livro. Mas confesso a vc que esperava mais foco no drama do luto, rsrs, dramas são os meus queridinhos. Mesmo assim adorei saber que a trama cresce, junto com o amadurecimento das meninas. Cada vez mais me interesso por narrativas envolvendo adolescentes. Quero ler sim, acompanhar esse processo doloroso de perda e a superação, que deve fortalecer essa amizade.

    Beijo!

    (Tem resenha novinha minha aqui: Ler para divertir. Te espero lá. Bj)

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida :)

    Ah, adoro este livros sobre amizade e superação, cheio de sentimentos!
    Estou com ele aqui para ler, mas estava esperando uma resenha para confirmar se era o que eu esperava. E parece que não é nada do que eu estava esperando, fiquei mais curiosa para ler.

    Parabéns pela resenha, agora estou realmente com vontade de ler o livro hehe :D

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  19. Oi, Cida!
    Achei a capa super fofa, mas jurava que era só mais um melodrama adolescente, mas depois da sua resenha fiquei inclinada a pensar diferente...
    Gostei da história, mas não é uma leitura que eu faria no momento.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!