[Resenha] Eco

Eco
Título Original: Echo (The Soul Seekers #2)
Autor(a):  Alyson Noel
Editora: Leya                    Páginas: 288
Lançamento: 2013            ISBN:  9788580448740
42139411 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Daire Santos acabou de salvar a vida de sua avó — e sua alma. Mas há um custo. Os Richters, uma família sombria de feiticeiros, estão a solta em Lowerworld, e Daire e seu namorado, Dace, devem voltar a trabalhar juntos para encontrá-los antes que ele perturbem o equilíbrio entre o bem e o mal, e destrua não só a pequena cidade no Novo México, mas também o mundo inteiro. E enquanto o relacionamento entre Daire e Dace se aprofunda, o maligno irmão de Dace, Cade, cresce mais forte do que nunca, aumentando seu poder e forçando Daire a enfrentar a terrível profecia que juntou-os. Uma profecia que não deixará a Daire outra escolha se não a de reivindicar seu verdadeiro destino como Buscadora, mas somente se ela fizer um sacrifício maior para o bem de todos.
Eco é o segundo livro da série de Soul Seekers (Os Buscadores de Alma) da escritora Alyson Noel, li o primeiro volume Sonhos (confira a resenha aqui), no final de 2012 e confesso que demorei a retomar a leitura da série por estar esperando o lançamento de mais um dos livros, assim que saiu Místico resolvi voltar à este mundo sobrenatural envolto em misticismo e antigas crenças.

A série é protagonizada por Daire Santos, uma garota que passou a ter estranhas visões aos dezesseis anos e achou que estava ficando louca, no entanto sua avó logo lhe explicou que aqueles eram os primeiros sinais do despertar de um dom, ela é uma Buscadora de Almas, uma pessoa responsável por lutar contra os sombrios seres que roubam almas de inocentes, com a intenção de dominar os mundos inferior, superior e mediano. Seus inimigos têm um nome, a família Richter e para tornar as coisas ainda piores, Dace, namorado de Daire, é parte da família, mas ao contrário do irmão Cade, ele é bom e vai lutar ao lado da garota para salvar as almas de todos. 

Em Sonhos, Daire descobriu sobre seu dom e aprendeu a usá-lo, passou por muitos momentos perigosos e conseguiu sobreviver, mas os resultados de suas ações, em especial as que foram para salvar sua avó Paloma, repercutem agora, em Eco, Daire vai precisar terminar seu aprendizado como Buscadora o mais rápido possível, para impedir o sucesso dos Richter e ainda tentar mudar uma profecia, salvando a si e seu amado.

O livro é narrado em primeira pessoa, alternado entre Daire e Dace, pela voz destes dois personagens, podemos acompanhar sua luta contra uma profecia que sempre mostra que um deles vai morrer e Cade vai vencer. Isso possibilita ao leitor ver os dois lados de cada situação e entender melhor os sentimentos que cada um nutre pelo outro, um amor que vai amadurecendo a cada página.

Daire está bem mais madura, a menina que conhecemos á quase uma mulher e suas ações seguem exatamente por este caminho, hoje ela é mais independente e consegue tomar decisões sem precisar consultar a sabedoria da avó, ainda tem muito que aprender, mas posso dizer que está tendo muito mais iniciativa. Daire está bem mais cética também, entra em uma briga perigosa sem ilusões, sabendo que poderá morrer nesta jornada.

Como eu disse, faz tempo que li o primeiro livro, estava com medo de ficar perdida, mas não aconteceu nada disso, tudo foi ressurgindo e minha mente conforme fui lendo, as características desta série são marcantes, é um sobrenatural diferente e criativo, que traz muito da cultura indígena do Novo México e uma pegada espiritual forte, isso faz com que você não esqueça facilmente suas particularidades.

Esta trama te prende fácil pelo conteúdo, mas senti falta da dinâmica que encontrei no livro anterior, desta vez há muita preparação para que os personagens cheguem ao grande confronto, assim a história que promete muita ação em seu começo, fica lenta e cansativa em algumas partes. A autora prendeu-se em alguns assuntos e abordou-os por diversos capítulos, ao passo que poderia ter destacado outros elementos, tal como os novos personagens e os antigos que não ganharam tanto destaque como deviam. O relacionamento de Daire e Dace, amadureceu, mas eu queria mais paixão por parte do casal.

O desfecho do livro foi forte, mas corrido, depois de tanta preparação eu esperava algo mais meticuloso, senti que o tempo gasto anteriormente tentou ser recuperado aqui, contudo foi uma surpresa e não sei mesmo qual será o destino dos protagonistas, a autora fez algo ousado e arriscado, principalmente por a série ainda estar na metade. Surgiram novos mistérios que me deixaram muito curiosa, ainda bem que o próximo está aqui para responder minhas perguntas.

Eu gostei gente, mesmo com os pontos que achei negativos, eu até esperava por isso,  li Os Imortais desta autora, e nem todos os livros da série foram perfeitos, uns me deixaram querendo mais, enquanto outros me deixaram plenamente satisfeita, conto que ela volte com um ritmo alucinante em Místico, eu tenho uma relação contraditória com Alyson Noel, mas no geral, eu sempre me rendo ao seu trabalho.



The Soul Seekers
Sonhos (Fated #1)
Eco (Echo #2)
Místico (Mystic #3)
Horizon #4

Desafio da Tradição - Capa Azul


2leep.com

17 comentários:

  1. Oi Cida,
    nossa que pena que o livro não é tão bom, estava curiosa para lê-lo.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida!
    Criei trauma da Alyson justamente por conta da série Os Imortais (que, diga-se de passagem, não consegui levar adiante). Eu gosto da proposta dessa série nova dela, mas mesmo com os pontos positivos que vc citou, acho que não darei uma chance a ela. =/
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tinha ouvido falar nesta série.
    Mas amei a capa deste segundo livro.
    Me desanimei um pouquinho com sua avaliação, mas também não sei se me interessaria ler.

    Blog: livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br
    Fanpage: facebook.com/livrosvamosdevoralos

    ResponderExcluir
  4. Pelo que percebi o autor gosta de mexer com a psique humana em seus livros, a questão de sonhos e visões
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não conheço nada da autora, mas apesar dos pontos negativos abordados fiquei interessada, mesmo pq eu adoro livros de feiticeiros! XD


    Bjs, Mi

    ResponderExcluir
  6. Minha primeira impressão da autora não foi muito boa, tanto que só o primeiro de Os imortais. Mas confesso que as capas dessa nova série me deixam mais interessada, principalmente, porque eu me forço a pensar que a autora deve ter melhorar a escrita rsrs
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cida! Até então minha experiência de leitura com a Alyson é muito pouca, li somente Radiante dela e gostei bastante, apesar de achar uma história um tanto quanto boba. Bom que mesmo por tantos aspectos negativos, o livro conseguiu te agradar, isso é o que vale <3 Acompanhar a evolução dos personagens é maravilhoso.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Hey
    Da série Os Imotais, só li o primeiro e gostei, mas muitos falam mal de Lua Azul que até desanimei.

    Essa série ainda não comecei, gosto da autora porque ela é sempre simpática nas redes haha
    Minha prima que faz coleção dela, provavelmente acabarei pegando essa série emprestada.

    Melhor é saber que a protagonista está um pouco mais madura.

    A capa é bem bonita e esse azul, fiquei apaixonada.

    bjs e uma ótima terça
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca li os livros dessa autora mas esse me chamou atenção pela parte da pegada espiritual, me pareceu ser bem interessante e diferente do que estamos acostumadas a ler. Vou por na minha listinha de leitura que anda crescendo demais! kkkk

    /closettgarden.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Tenho que ler o volume anterior, mas tenho vontade de ler. o último livro que li da autora foi a saga Imortais.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie Cida =)

    Não li nada da Alyson ainda, mas pretendo começar por essa série. Já li resenhas dos livros anteriores da autora e as opiniões são bastante divergentes, o que sempre me deixou receosa de conhecer o trabalho dela.

    Espero não me decepcionar. Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida,
    Também achei que a autora enrolou em alguns momentos, mas o final que me surpreendeu totalmente foi o que me conquistou. Como já li Místico eu estou super curiosa pela trama de Horizon.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie Cida
    eu tenho uma relação de ódio e ódio com essa série rs
    Comecei a ler o primeiro e travei. Acho que nem passei da página 20, de tão enfadonha que foi a leitura. Nem cheguei a ver a narração do Dace. Até os nomes combinando me irrita shuahsuahs
    Só as capas são maneirinhas.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  14. Juro que quando li o nome da protagonista Daire Santos, achei que fosse um livro nacional. Mas daí vi o nome da autora e vi que não era.
    A série parece ser boa, adoro livros místicos.

    ResponderExcluir
  15. Confesso que não sou fã de finais corridos. Que pena que não foi do jeito que você imaginava. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada dessa autora, e também não me interessei por esse, não sei se pelo fato de ser o segundo livro de uma série, ou não gostei do tema mesmo...
    Enfim, pra quem gosta, uma boa leitura :)

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!