[Resenha] Tomando as Rédeas - Canterwood Crest

Tomando as Rédeas - Canterwood Crest 
Título Original: Take the Reins (Canterwood Crest #1)
Autor(a): Jessica Burkhart
Editora: Fundamento            Páginas: 180
Lançamento: 2014               ISBN: 9788539504411
 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Série, Série Canterwood Crest, Editora Fundamento, Jessica Burkhart, Resenha,
Sasha é uma menina de 12 anos, igual à maioria das garotas do 7º ano, a não ser pelo seu gosto por cavalos e sua vocação para a montaria. Mas esse talento e sua habilidade em lidar com meninas muito competitivas, capazes de qualquer coisa para vencer, serão colocados à prova! O motivo? A nova escola de Sasha, a Academia Canterwood Crest, é famosa por exigir muito dos seus alunos. E será que, em meio a competições de tirar o sono e a travessuras de meninas más, Sasha encontrará tempo para um menino lindo com cabelo despenteado? Será?! Você vai descobrir ao se deixar levar por essa história!
Tomando as Rédeas é o primeiro volume da série Canterwood Crest, de Jessica Burkhart, publicada no Brasil pela Editora Fundamento, junto com o primeiro volume, a editora já publicou os próximos dois, Em Busca da Vitória e Sob Rédeas Curtas, no entanto a série continua, tendo mais volumes publicados no exterior.

Sasha Grey é uma excelente amazona, com o intuito de aperfeiçoar seu talento, resolveu deixar sua escola de cidade pequena e estudar em uma escola renomada, um colégio interno conhecido como Canterwood Crest. Lá, ela terá oportunidade de participar de uma equipe de hipismo avançada, que permitirá um avanço considerável em sua carreira, contudo, mesmo Canterwood sendo uma escola tão aclamada, seus estudantes são adolescentes em pleno furor da idade, e como tal adoram uma intriga, uma disputa e Sasha como a garota nova, não vai escapar das brincadeiras, muitas vezes bem maldosas.

Narrado em primeira pessoa por Sasha, Tomando as Rédeas é um livro tipicamente adolescente, que mostra as dificuldades dessa fase da vida onde na tentativa de chamar atenção e fazer sucesso, os jovens  muitas vezes não tem muitos escrúpulos e acabam magoando seus colegas. É uma fase de muita insegurança também, aquela hora que você precisa achar seu lugar no mundo e vencer certos obstáculos.

Sasha é bem jovem, esta é sua primeira experiência fora de casa e longe dos pais, então a insegurança dela é algo palpável, faz parte da trama desde sua primeira aparição, onde ela está chegando em Canterwood e acredita que o gloss certo (a garota tem uma coleção com todos os sabores),  vai lhe dar a força para suportar a mudança. Sasha chega na escola disposta a ser aceita, e tenta agradar todo mundo, mas seu talento em montaria desperta a inveja do Trio, o grupo de garotas que pratica equitação com ela e quer vagas na equipe avançada, custe o que custar, usando até mesmo trapaça para tirar Sasha do caminho.

Canterwood tem pessoas legais, mas também seus vilões, é um lugar competitivo e muitas vezes eu quis que Sasha fosse mais enérgica, ela é muito boa moça, frágil e delicada, eu ficava nervosa por ver o Trio fazer o que queria com ela, a aluna Heather,  foi sua pior inimiga e merecia uns belos tapas, mas a verdade é que, apesar da pouca idade, Sasha foi madura e superior, não se deixou levar pela mesquinhez do lugar e manteve a melhor atitude.

Eu sempre quis aprender a montar, adorei ver como é o dia a dia de uma amazonas, o amor de Sasha por seu cavalo Charm é parte fundamental de seu sucesso, a paixão pelo esporte é envolvente. Eu admiro esta dedicação que os esportistas têm, é algo que começa cedo e requer um grande esforço, mesmo esta história acontecendo em uma escola americana, com costumes bem diferentes dos nossos aqui no Brasil, o sentimento que Sasha e os outros devotam ao que fazem é comum em todos aqueles que lutam pelo seu lugar no mundo esportivo, é lindo e inspirador, pena aqui em nosso país, as escolas não incentivarem tanto seus alunos, como acontece em outros lugares do mundo, alguns esportes são somente para aqueles com um poder aquisitivo maior, o hipismo é um deles.

Mas voltando a Canterwood, este livro traz o universo jovem de maneira empolgante, a escrita de Jessica Burkhart é bem fluida e dinâmica, não há como não ficar totalmente presa neste universo adolescente cheio de intrigas, romances e até mesmo amizades sinceras no caos. Sasha é aquela protagonista que chega devagar, tímida, pequena, mas cresce no decorrer da trama, ela não vira uma outra pessoa no final do livro, mas aprende a lidar melhor com seus problemas e os supera muito bem. Não estou dizendo que de uma hora para outra ela passa a ser uma rocha inabalável, ainda mantém sua fragilidade, e claro que vai ter muito para aprender ainda, mas é uma protagonista promissora, inspirando os jovens leitores a lutar pelo seus sonhos de maneira honesta e respeitosa,  sabendo como trabalhar em equipe.

O final é conclusivo, a primeira aventura da protagonista em Canterwood tem seu desfecho e deixa a porta aberta para novos desafios. A série começou bem e vou ler em breve os demais livros, torço por esta garota e espero que a autora d espaço no futuro para outros ótimos personagens que temos aqui, como Jacob, Callie e Paige. 

Para quem curte enredos jovens, com uma protagonista que precisa enfrentar megeras diariamente, mas não desiste nunca, #ficadica.







2leep.com

25 comentários:

  1. No mínimo diferente!!
    O mundo jovem de uma garota em um colégio até que é normal, mas o lance dos cavalos... isso eu não conhecia. Uma amazona querendo entrar numa equipe de equitação, nunca li nada assim.
    Todo o resto é bacana. Gosto de livros leves!!

    Adorei a resenha ♥

    Bjkas

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/
    Achei a capa fofa

    ResponderExcluir
  2. A trama é bem diferente ao se passar em uma escola que contém um programa de hipismo. Parece ser um YA comum, em que a personagem, Sasha, passa por algumas dificuldades e vai se tornando mais madura ao longo do tempo. Achei a capa bem bonita.
    Mas, não sei, não em interessei muito pela série.

    ResponderExcluir
  3. não conhecia o livro, mas também confesso que não me atrai pelo enredo! no momento não é uma leitura que eu venha a considerar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Assim que vi "Tomando as Rédeas " nos lançamentos da Fundamento, fiquei bem curiosa mesmo, achei diferente. Sempre fui apaixonada e tive mó' sonho por hipismo <3

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oie Cida =)

    Não conhecia a série, mas ele apesar de ter me parecido mais um YA tipico me chamou a atenção.
    O fato de ser uma série me desanimou um pouco, mas sua resenha me deixou curiosa para conhecer mais a história.
    Espero ter a oportunidade de conhecer a história melhor em breve.

    Ótima resenha!

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  6. Bom dia Cida,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, gostei da capa e a sinopse é interessante, o livro chama atenção pelas mudanças e dificuldades da adolescência....dica anotada...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Curiosa para ler, pois sempre leio resenhas positivas ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!
    Acho que nunca li um livro com cavalos desse jeito! Adoro histórias adolescentes, fiquei curiosa por esse livro.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro, sempre que posso pego um livro com esta turminha, tenho paixão por histórias passadas em escolas.

      Excluir
  9. O Livro parece ser bem bacana, típico adolescente, mas achei interessante a autora mostrar como é o dia a dia de uma amazona e o amor que a Sasha tem com seu cavalo. Não gostei muito da capa, mas é bom saber que a escrita da autora é bem fluída e dinâmica!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, achei bem fofa a resenha. Adoro esse universo juvenil, cheio de intrigas e muita emoção. Acho que mesmo já sendo adulta, não consegui dar tchau para a adolescente que insiste viver em mim.. kkk Valeu a dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  11. Apesar da personagem principal ter apenas 12 anos eu gostei muito da sinopse e da resenha então eu vou dar uma chance e conhecer essa história que parece ser ótima.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida!
    Dois pontos muito positivos são que apesar de fazer parte de uma série, o 1º livro tem um final e, além disso, a editora já lançou mais 2 volumes para que os leitores que se apaixonaram pela história possam dar prosseguimento à série sem ter que ficar esperando. Gostei dos detalhes que você apresentou e a capa é ótima, bem temática. Vou indicar o livro pra Samantha ;)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  13. Oiiiii...
    Conheci o livro pela sua promoção e agora que li a resenha!
    hahahaha...
    JURO que não sabia que era adolescente!! Achei a capa incrivel!
    Gostei mesmo!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  14. O enredo é diferente. Nunca li nada relacionado com hipismo antes e acho esse esporte muito bonito. Gosto de climas High School e acho que vou gostar do livro. O fato de ser uma serie desanima um pouco , mas saber que o livro tem um final é bom.
    bj, drea

    ResponderExcluir
  15. Legal que a editora já publicou os três primeiros volume, pelo menos as leituras não precisam ficar distantes uma das outras. Uma pena mesmo é saber que é mais uma série.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida!!!
    Achei uma trama interessante por falar desse universo adolescente, com suas intrigas e paixões, mas não é algo que faça o meu estilo, por isso, no momento não o leria.
    Um beijãoo

    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  17. Eu me atrai de cara por esse livro, adoro livros adolescentes.
    Mas o que me impediu de pedir ele para a Fundamento foi ser uma série que com certeza eu continuaria lendo, rsrs.

    ResponderExcluir
  18. Olá Cida...Super bacana a temática deste livro, não conhecia ele, mas realmente fiquei interessada na sua historia, por ser uma trama cheia de sentimentos....Apesar de não estar querendo iniciar outras séries antes de finalizaras que tenho,estame deixou super animada!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  19. Apesar de achar o tema hipismo bem "inovador" (nunca li nada sobre), o livro não conseguiu despertar meu interesse. Acho muito jovem pra mim e o fato de ser (mais uma) série desanima.

    ResponderExcluir
  20. Ao ver a capa eu imaginei tudo, menos que o livro tratava do mundo adolescente!
    Curti o enredo, mas ele me lembrou um pouco It Girl. Talvez por se passar em um internato e com um grupo de garotas para atormentar a protagonista rs. Mas isso não é ruim.. me divirto com esses livros =)

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  21. Nunca vi nada parecido com esse livro, fiquei muito curiosa pra ler. Acho que vou dar uma passadinha na livraria kkk

    ResponderExcluir
  22. Bem diferente do comum, mas a história parece excelente. Achei a capa incrível.
    Adoro histórias juvenis e ter intrigas é sempre muito bem vindo. Leria sem dúvida, parece ótimo.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  23. Interessante, mas como eu disse em outro post, não estou interessada em começar novas séries. Preciso terminar as que estou lendo primeiro (e são muitas!).
    Pelo menos fiquei conhecendo mais sobre o livro.

    ResponderExcluir
  24. Me pareceu roteiro de filme da sessão da tarde, acho que o primeiro pode ter sido bom só não se a personagem tem fôlego para sustentar uma série, lógico se focar em outros personagens é outra história, também gosto muito do mundo da equitação e a rotina sendo narrada no livro deve ser bem legal, assim como as más do Trio e todos os outros personagens, afinal o dia a dia em um colégio interno não deve ser nada fácil.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!