[Resenha] Deslumbrante

Deslumbrante
Título Original: Ravishing in Red (The Rarest Blooms #1)
Autor(a): Madeline Hunter
Editora: Leya - Quinta Essência            Páginas: 392
Lançamento: 2013      ISBN: 9788580449020
Compare & Compre    Skoob   Facebook   
42146911


Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente - e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o convencido Lord Sebastian Sommerhayes. Entre os dois está um homem - o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para ela, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção.
Conheci o trabalho de Madeline Hunter em 2013, gostei muito da maneira que ela escreve romances de época, com a dose certa de romance, cenas quentes mas não vulgares e histórias que não ficam restritas somente ao relacionamento do casal, e sim que vão além, criando um pano de fundo bem tecido, com dramas, intrigas e clima de mistério. Assim além de uma boa história de amor, sempre me pego roendo as unhas para desvendar os segredos das histórias desta escritora, Deslumbrante chegou em boa hora, afinal estou totalmente viciada neste gênero literário.

Deslumbrante é o primeiro volume da série As Flores Mais Raras e como outras séries do gênero cada livro trata de um casal diferente e tem final fechado. Não temos aqui as histórias de membros de uma família e sim de mulheres que vivem longe de suas raízes, em uma casa de amigas e de maneira independente. Elas trabalham com flores, plantando e vendendo, mantendo assim o negócio conhecido como Flores Preciosas. O interessante aqui não é a questão de viverem juntas, mas sim a regra da casa de nunca perguntar sobre o passado uma da outra, indicando assim a presença de muitos segredos antes da chegada de cada uma naquela casa. As garotas são Audrianna, Celia, Lizzie e Daphne.

Audrianna viu seu pai se suicidar por ser acusado de participar de uma grande traição ao país, o fornecimento de pólvora de má qualidade para os exércitos britânicos, o que resultou na morte de vários soldados nas frentes de batalha. Contudo a mocinha sempre acreditou na inocência do pai, e disposta a provar que as acusações não tinham fundamento, colocou a sua reputação em risco ao marcar um encontro com uma pessoa conhecida apenas por Dominó, que dizia ter informações importantes sobre o ocorrido, mas o responsável pela investigação, Sebastian Sommerhayes, teve a mesma ideia, e neste dia em vez de conseguirem algo de Dominó, estes dois meteram-se na maior confusão de suas vidas. Surpreendidos em um quarto sozinhos, deram assunto para fofoca e tornaram-se alvo das más línguas da sociedade inglesa, comprometendo gravemente suas reputações e credibilidade.

Vexame neste cenário resulta em reparação e logo sabemos que o casal de protagonistas vai ser obrigado a assumir algo que os torne respeitáveis aos olhos da sociedade conservadora em que viviam, mas digo que não foi só isso que os uniu, Audriana e Sebastian desde o começo sentiram-se atraídos, dando assim início á um relacionamento bem quente. Ambos não caem de amor imediatamente, são na verdade um casal moderado e que mergulham em algo mais forte e intenso pela convivência, confiança e amizade que desenvolvem no decorrer na história. Alguns fãs de romance acham as tramas de Madeline mais razão que emoção, e realmente são assim, mas você acredita mesmo nos sentimentos do casal por ver algo crescer aos poucos, formando uma base sólida para um grande amor. Sebastian e Audrianna não arrebatam o leitor com aquela paixão  louca e tórrida, mas nos aquecem com a atração e depois o amor maduro e consciente.

Audrianna é uma moça doce, que por amor ao pai busca reparar seu nome, por vezes eu a via lutando uma causa perdida e deixando de viver sua vida por ser tão teimosa nesta busca, mas também é admirável sua dedicação pela família. Gostei de sua atuação e principalmente a maneira de defender o que acreditava, nunca deixando-se influenciar por aqueles que achavam-se melhor que ela.

Sebastian é mais complicado, seu irmão mais velho, o Marquês de Wittonbury foi ferido na guerra e ficou em uma cadeira de rodas, assim nosso protagonista assumiu as funções políticas do outro, deixando sua vida em segundo plano, o resultado é um homem que perdeu a própria identidade e precisa se reencontrar. Ele encanta, mesmo quando Audrianna o via como o culpado da desgraça de seu pai ele não foi insolente ou cheio de pompa, ao contrário, mostrou sensibilidade e tentou se colocar no lugar dela. Amei todas as vezes que ele estava cheio de dúvidas e problemas e buscou em Audriana a pessoa para compartilhar, ele não é aquele homem que esconde e quer poupar, ele respeita a opinião da mulher amada e divide a vida com ela de verdade.

Os personagens secundários são muito bons também, as meninas do Flores Preciosas e Morgan, irmão de Sebastian são demais.

Estes dois ajudam-se mutuamente e vão nos levar em cada página pela investigação que vai descobrir a verdade por trás da pólvora de má qualidade, este é um assunto que domina a trama e gostei bastante, foi mais focado que o romance e me fez desconfiar de muita gente, no final não acertei quem estava por trás do crime. O melhor de tudo isso é que mesmo os dois estando juntos, eles estão em lados opostos nesta investigação e sempre existe no ar o perigo de que a verdade vai causar a separação do casal.

A narrativa é em terceira pessoa e muito fluida, achei aqui a escrita da autora mais simples que em outros livros, de boa qualidade, mas menos profunda. Há erros na revisão da edição que li, uma pena, e espero que sejam corrigidos na próxima edição do livro. Não é uma livro que vai mudar sua vida, mas é um romance delicioso com uma boa dose de mistério.


Série As Flores Mais Raras
Deslumbrante #1
Provocative in Pearls #2
Sinful in Satin #3
Dangerous in Diamonds #4
  

2leep.com

25 comentários:

  1. Oi Cida,
    confesso que estou fugindo de séries, mas adorei a resenha e principalmente a capinha linda do livro.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Cida, gosto de livros assim, que possuem personagens que realmente querem algo mais do que uma vida cheia de padrões! Aliás, fica a dica se você também curte esse gênero, de ler o livro "Garota, interrompida"!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro ainda, mais confesso que fiquei animada para ler. Logo porque eu amo romance de época, só me desanimei por ser uma série, mas como os livros tem desfechos sem necessitar de uma continuação, acho que vale a pena conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não gosto muito de livros desse tipo e não estou dizendo por dizer. Já tentei ler, mas não é a leitura que me agrada e me envolve. :/
    Gosto das capas dos livros da Madeline e sei que é uma autora com muitos fãs, mas esse tipo de história não é pra mim.

    ResponderExcluir
  5. amo os históricos pena que não ando tendo acesso a eles no momento!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. amo os históricos pena que não ando tendo acesso a eles no momento!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Noossa eu apaixonei pela Madeline depois da trilogia Os Rothwells, ela escreve super bem romance de época. Ainda não tinha visto falar nessa série mas já fiquei curiosa pra ler, eu simplesmente adoooro romances de época, achei a capa desse livro perfeita e gostei da premissa dele, só fiquei pensando que ele é meio uma mistura de Álbum de Casamento com Pode Beijar a Noiva, sei lá, depois que ler o livro vou ver se continuo achando isso. Achei interessante o fato da Audrianna lutar pra limpar o nome do pai e do Sebastian ser um homem forte que possui um irmão na cadeira de rodas por conta da guerra. Sua resenha ficou ótima!!! Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Vou ler esse livro em breve, então gostei de saber que além do romance, temos um mistério que lhe instiga a não deixar o livro de lado. Espero não me decepcionar.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Cida!
    Sou simplesmente apaixonada pela capa desse livro! :)
    Estava querendo ler ele a um tempo já, mas minha expectativa diminuiu um pouco após saber que há falhas na correção do livro... Isso é realmente desanimador :(
    Mas enfim, adorei a sua resenha, e espero ter a oportunidade de ler qualquer dia esse livro!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida :)
    Tenho esse livro no kobo, mas ainda não li. Tenho muita vontade de ler algum livro da Madeline, mas queria começar pelos históricos da Arqueiro. Gostei bastante da sua resenha, não sei quando lerei (essa minha fila de leitura nunca diminui, só aumenta), mas lerei ainda esse semestre.
    Beijão
    http://www.coisasdemeninas.blog.br/

    ResponderExcluir
  11. Ainda não conhecia este livro, mas gostei bastante da resenha.

    Eu gosto de livro assim então ler e espero gostar :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Romance com mistério é muito bom ,ainda não conhecia o livro ou seja a série,gostaria muito de ler ,mas depois, já tem várias série em minha lista para fazer aquisições!
    Beijinsss!

    ResponderExcluir
  13. Ei Cida, gostei bastante desse livro... Todo o mistério em torno da pólvora danificada foi bem envolvente, e não houve meio de saber o responsável, até que a autora revelou toda a trama. Todas as minhas suposições foram furadas. Também gostei muito dos personagens secundários de que mencionou. Só senti falta de um pouquinho mais de emoção na trama.

    ResponderExcluir
  14. Oie Cida =)

    Então somos duas rs... estou cada vez mais apaixonada por romances históricos <3
    Eu gostei desse livro, mas senti que faltou alguma coisa sabe? Achei os personagens um tanto sem emoção. O erros de revisão são lamentáveis mesmo =/

    Ótima resenha!

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary




    ResponderExcluir
  15. Eu gosto muito de romances de época, e embora a capa desse não tenha me agradado, me interessei muito. Mais ainda sabendo que, mesmo sendo uma série, eu não preciso ler as sequências.
    Vou pesquisar um pouco mais sobre.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi, eu ainda não li nenhum livro da autora, mas já ouvi falar muito bem deles, e nossa que diferente né, estamos acostumados com livros de época que em cada um conhecemos um membro de uma certa família né, eu adorei ser cada livro sobre uma mulher que trabalha com flores, to vendo que irei gostar muito, e que coisa hein, a mulher ter visto seu pai se suicidando, não deve ser nada fácil, fico imaginando que segredo cada uma delas esconde.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  17. Primeiramente achei essa capa linda, todas as capas dessa série são, Já vi essa resenha em uns 3 blogs e a cada uma delas amo cada vez mais esse livro. Sou fascinada por mocinhas fortes e determinadas, já gostei do livro, apesar de ainda não conhecer a escrita da Madeline.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir
  18. Oii Cida,
    Adoro romances de época e estou doida para conhecer estes personagens, Audrianna e Sebastian.
    Gostos desses livros que terminam no mesmo exemplar, não precisam da continuação pra voc~e ficar mais nervosa! Hahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  19. Eu vivo fugindo de séries, mas parece que elas me perseguem! Olha mais uma aqui para eu brincar!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Adoro a Madeline Hunter, os livros dela são muito bons, pena que a maioria que eu quero ler não tem aqui no Brasil, então terei que esperar ter um cartão internacional para tê-los D: . Esse livro eu já tinha ouvido falar mas nunca me interessei mas a sua resenha deu me deu um ânimo, vou colocar ele na minha lista, com toda certeza!

    ResponderExcluir
  21. Ultimamente não ando tendo tempo para nada - nesse momento só estou visitando os blog de sempre enquanto espero umas video-aulas carregarem ! - , então uma série agora seria inconcebível ! No dia das mulheres ganhei um livro que há um tempo vinha desejando ( A Garota Que Você Deixou Para Tras - Jojo Moyes) mas tive que interromper a leitura, senão não ia estudar tudo o que tenho que estudar e nem aproveita-la como se deve - e nem como eu quero.
    Deslumbrante parece ser uma série fantástica, mas , no momento, não dá para mim.

    ResponderExcluir
  22. Até hoje nunca li nenhum livro da autora, mas já escutei muitos elogios em relação ao seu texto e narrativa. Fiquei bem curiosa para ler este livro. Valeu pela dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  23. Ainda não tive oportunidade ler nenhum livro desta autora...Mas adorei poder ler a resenha deste livro, que realmente parece ser aquela historia que faz você "devorar" o livro. Confesso que ainda não li nenhum livro de época e fiquei bastante curiosa e animada para realizar esta leitura!!E sem falar desta capa que muito linda ♥
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  24. Eu adoro um romance. *-*
    Esse me chamou atenção assim que vi a capa, kk.
    Parece que realmente iria gostar.

    ResponderExcluir
  25. Cida,
    nunca li nada da autora!
    Mas por sua resenha esse livro me pareceu ter uma história interessante além da pegada hot, naõ é?!
    Também não li nenhum de época, nem mesmo Julia Queen... ai que absurdo! rs
    Obrigada pela dica, está anotada e creio que eu possa começar por esta série!

    Beijos
    Chrys Audi
    Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!