[Resenha] Shine

Shine
Título Original: Shine
Autor(a): Lauren Myracle
Editora: Pandorga     Páginas: 319
Lançamento: 2012     ISBN: 9788561784225
13047321
Um rapaz surrado, amarrado e deixado para morrer, palavras de ódio rabiscadas em seu peito... Uma garota se recusando a viver sua vida, subjugada por um segredo vergonhoso... Quando seu melhor amigo se torna vítima de um brutal crime de ódio, Cat, uma adolescente de dezesseis anos, começa uma jornada para descobrir quem cometeu o crime em sua pequena cidade. Ricamente ambientado, este audacioso mistério mina os segredos de uma comunidade preconceituosa unida e examina a força de vontade necessária para ir contra todos que você conhece, em nome da justiça. Tendo como pano de fundo o preconceito, violência, grupos fechados, drogas e intolerância, Myracle escreveu com habilidade um conto angustiante sobre a transição para a vida adulta, enredada em um mistério profundamente inteligente. Perspicaz, corajoso e comovente, esta é uma obra inesquecível de uma autora querida.
Black Creek é uma cidade pequena, com pessoas que vivem ali desde sempre e cresceram juntas. Mas pequena mesmo é a mente de seus moradores, que justificam atos ridículos e preconceituosos como justiça de Deus. Ali existem segredos e impunidade, um diretamente ligado ao outro, é uma comunidade reservada, onde fechar os olhos e varrer a sujeira para debaixo do tapete são atitudes comuns e ir contra isso pode gerar muitos problemas.

O livro começa com uma matéria de jornal, que relata a agressão sofrida por Patrick em seu local de trabalho, tudo por causa de sua opção sexual. Patrick é gay, e num lugar de gente limitada, ele é como um gorila solto na cidade, algo que assusta e incomoda, como se ele fosse uma aberração. O rapaz fica em coma, e desperta em Cat um sentimento de culpa, já que um dia eles foram amigos inseparáveis, mas depois ela se afastou e o deixou para trás. Ela acredita que se estivesse lá poderia ter impedido, e por isso decide que vai se redimir, que vai descobrir quem fez aquilo com ele.

É a motivação da garota que conduz a trama e a partir daí vamos conhecer realmente a alma daquela cidade e de seus moradores. Um clima de suspense paira no ar, tanto Cat quanto o leitor tentam descobrir quem fez aquilo com Patrick. E não é só isso, vamos poder também entender o que levou  a garota a afastar-se do amigo, não só dele, mas de todos. Cat há três anos vive isolada e com medo, sem viver a vida.

Não é difícil entender pelo que ela passou, e claro que foi algo que ficou debaixo do tapete e posso dizer o quanto isso me deixou revoltada, na verdade Black Creek é revoltante, eu imagino o quanto deve ser triste viver em um lugar como aquele, porque mesmo sendo uma obra de ficção, retrata um lugar muito real, ou seja, existem pessoas por aí vivendo a mesma situação aterradora de Cat e Patrick.

Mesmo sendo Patrick o começo de tudo, ele não é o protagonista, este papel fica para Cat e vemos aqui uma garota que cresce em cada página e renasce. Conforme vai seguindo em sua investigação ela deixa seu casulo e volta a vida, vê então como esconder-se não levou a nada, ela entende que agiu errado e deixa seu medo de lado. Cat reconsidera tudo e finalmente descobre quem é, e se aceita. É uma jornada de amadurecimento e superação linda, e mais ainda, de vitória. Embora seja muito ingênua no começo, até dando a impressão de alienação, ela termina como uma verdadeira heroína e muito consciente.

Shine pode até ter seus casais e seu mistério para solucionar,  mas não é um romance, nem livro policial,  é um drama com uma crítica social intrínseca. Lauren Myracle abordou em sua obra, de maneira direta e dinâmica, a homofobia, as drogas (tanto no sentido do vício, quanto do tráfico), o abuso sexual, a violência e a impunidade pelo medo. É um livro que mexe com as emoções e revolta, que mostra o pior lado do ser humano, até onde uma pessoa pode afundar, e depois ir ainda mais fundo. Não esperem um final onde todos vão ter um felizes para sempre, mas temos sim algumas pessoas que vão conseguir ver um novo horizonte.

Senti falta de uma abordagem maior dos sentimentos dos personagens secundários, o que ocorre por ser narrado em primeira pessoa por Cat, então ficamos com seu lado da história, mas ela é uma narradora muito agradável, e melhor ainda, sem nenhuma frescura ou dada a rompantes, dona de atitudes solidárias, sempre querendo ver o melhor naqueles que amava. Doce ilusão, logo ela viu como ninguém era quem realmente aparentava ser, e cada um escondia bem fundo seu verdadeiro caráter. Podem esperar por uma total inversão de papéis, vilão vira mocinho e vice versa.

O livro alterna entre passado e presente, mas estas idas e vindas são essenciais para justificar os desdobramentos apresentados na trama. Uma leitura rápida, mas reflexiva, é uma história tocante, e embora não tenha concordado com a decisão final em relação a revelação do culpado, eu gostei demais do livro.

Lauren é uma autora que mostra o lado vil das pessoas, pode até ser dura aqui, mas também sabe ser sensível e mostrar fragilidade em seu texto. Lerei com certeza muitos outros livros dela.



2leep.com

27 comentários:

  1. Oi Cida, este lugar parece ser horrível mesmo, eu não gostaria de conhecer..
    Gosto quando os personagens crescem aos nossos olhos na trama, porém não sei se leria este livro, não curto dramas..
    Parabéns pela resenha, realmente me tocou cada palavra!!

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2014/02/resenha-hex-hall-maldicao.html

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Estou louca para ler esse livro, ainda mais depois dessa super resenha!
    Adoro quando a autora nos mostra o lado mais sensível da história... Nos deixa mais envolvidos à ela.
    Ótima resenha!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Gente, amei sua resenha!
    Li Shine no ano passado e gostei, mas não tanto quanto você. Concordo que o tema tenha sido bem abordado e bastante atual, mas não gostei muito da protagonista. Agora uma coisa que não me desceu foi o final. *SPOILER* Nem em um milhão de anos Patrick iria acordar do coma, depois de tudo o que passou, já falando. A parte médica da história é bem falha, mas o contexto social é bom. Vai que compensa, né?
    Beijinhos
    Joana - www.poderosasegirlies.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joana! Realmente foi o final que me fez tirar meio ponto no final, realmente não dá para alguém sair do coma daquela forma e a autora ter escolhido aquela saída para o culpado também não me deixou feliz, mas no geral eu gostei muito e a protagonista tinha dificuldades no começo, mas cresceu na minha opinião. Bjos!!!!

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar desse livro, nem dessa autora, mas confesso que despertou minha curiosidade, mesmo não sendo o tipo de livro que estou acostumada a ler, nem sendo do gênero que eu prefiro.
    Mas gostei da sua resenha, e ela me fez querer ler o livro e querer descobrir se Cat descobre ou não quem fez aquilo com o Patrick *-*

    ResponderExcluir
  5. Pode ser impressão minha, mas esse parecer daqueles livros que te mostram como é importante não ser omisso e a não confiar plenamente nas pessoas, pois algumas delas tem um lado muito cruel.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem por Anna, aqui nem tudo o que parece é e não dá mesmo para confiar em todos.

      Excluir
  6. acho que fica muito claro em sua resenha a vontade da autora de nos fazer pensar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia este livro, mas fiquei interessada pois nunca li nenhum livro que abordasse esse mesmo tema! Acho que essa cidade apesar de ser fictícia representa a sociedade atual, portanto, acho que a estória é bem cativante por ter elementos reais. Fiquei curiosa para conhecer melhor os personagens e saber que desfecho levará o livro :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, esse parece ser um livro bem dendo e intenso. Como você disse, apesar de ser uma ficção infelizmente existem pessoas que agem dessa forma grotesca. É um livro que eu sempre tive muita vontade de ler.

    beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  9. Oie Cida =)

    Não conhecia o livro, mas conforme fui lendo sua resenha minha curiosidade foi aumentando em especial por que eu gosto muito de "dramas", ainda mais quando eles vem mesclados com romance e suspense.

    Ótima resenha! Dica anotada aqui o/

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro ainda, mas assim que vi os assuntos abordados nele, me fez logo ter interesse.
    Gosto dessas leituras reflexivas, e sempre que pego um livro assim fico presa na história observando o comportamento das pessoas. Deve ser meio revoltante ao longo da leitura ver o comportamento das pessoas dessa cidade, e o pior é que sabemos que isso ainda existe!
    O lado do drama me interessou mais do que na parte do suspense, mas fiquei curiosa pra saber a conclusão de tudo e como o livro terminou!

    Beijos.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Cida, a proposta do livro é muito bacana... críticas sociais são sempre bem vidas. O poder de reflexão sobre determinados temas através da literatura é algo fantástico. Eu não conhecia o livro, nem a autora, mas adorei saber mais. Ótima resenha!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida,
    Esse é um livro que ainda não conhecia, por se tratar de um gênero que não é um dos meus preferidos, sua resenha me despertou curiosidade.
    É algo diferente que etsou acostumada a ler, talvez seja uma boa leitura pra mim.
    Enfim dica anota.

    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  13. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas me parece ser muito interessante, fiquei curiosa, e coitado do Patrick sofrer esse tipo de preconceito por ser gay, e ainda ser visto como um gorila pelo povo dessa cidade estranha, gostaria muito de saber o que aconteceu com ele e essa amiga dele ai a Cat que segredos esconde, espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  14. Eu não conhecia este livro, mas a sua resenha me fez ficar muito interessada em ler. Espero encontrá-lo a venda no Submarino :)

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia esse livro . Eu não gosto de livros que ficar entre o passado e o presente , acho meio chato rsrs , não sei se gostei muito rsrs , não sei se irei ler ele .

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida, tudo bem flor?
    esse livro parece ser bem forte, e é o tipo de estória que me prende, mas nos últimos tempos ando tendo tantas leituras pesadas que estou adorando dar um tempo nelas. Mas a dica está anotada e espero poder lê-lo algum dia.
    Abraços flor,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida!
    Nossa, esse livro deve ser maravilhoso, pelo menos assim me pareceu com a tua resenha. Gosto bastante de livros com enredos polêmicos e que tenham o drama como seu papel de fundo. Ainda não conhecia o livro e a autora, mas já adicionei em minha lista e com certeza esse é um daqueles livros que colocarei na minha meta de leitura para 2014.

    Beijinhos
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida muito interessante esse livro e o tema abordado, mexe com muitos sentimentos, e preconceitos. Hoje em dia vemos por ai pessoas colocando rotulo em tudo, quem dera que as pessoas lessem mais a respeito antes de tomar qualquer decisão!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  19. Oi Cida, tudo bem?
    Gostei bastante da temática do livro! A escritora relacionou diversos assuntos importantes e acredito realmente que a leitura deva ser extremamente profunda.
    Achei a capa muito bonita e pretendo conhecer melhor a história (:

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas achei a premissa bem interessante e fiquei bastante curiosa para ler. Mais um para a minha lista. =)
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. A autora parece ter uma habilidade incrível ao tecer o texto. As indas e vindas entre passado e presente me deixam um pouco receosa, mas esse livro parece ser muito bom e os personagens por não serem perfeitos merecem ser observado.
    Adicionado à lista.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As idas e vindas são necessárias para você entender como tudo chegou ao ponto que está, não é confuso, pode ler tranquila quanto a isso.

      Excluir
  22. Eu achei a capa muito linda, e me interessei muito no livro! Espero que chegue logo aqui na minha cidade T_T

    ResponderExcluir
  23. Nunca tinha ouvido falar deste livro, e não me interessei por ele, mesmo a resenha estando maravilhosa. Quem sabe mais pela frente eu não me interesse.

    ResponderExcluir
  24. Eu gostei do livro por ele parecer ser diferente, não o normal que estamos acostumadas.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!