[Resenha] I ♥ NY

I ♥ NY
Autor(a): Teca Machado
Editora: Novo Século      Páginas: 264
Lançamento: 2013      ISBN:  9788542800975
42153052
Alice cresceu apaixonada por Nova York. Mas sempre que tentava ir à Big Apple acontecia algo para atrapalhar seus planos. Quando um vídeo na internet fez com que ela virasse a piada de sua cidade e também do país, largou tudo e finalmente foi para Manhattan passar um tempo e tentar ser “esquecida por todos”. Estudando numa universidade americana, com novos amigos, um lindo namorado e um apartamento de cair o queixo, Alice pensou que tinha deixado o passado um tanto comprometedor para trás. Só que não foi bem assim que aconteceu. Ela não era mais anônima nem mesmo na nova cidade.

Eu ♥ NY é um chick –lit nacional bem gostoso de ler, a autora Teca Machado usou da premissa de sonho para criar sua história, aquele tipo de sonho que vem da infância e nos acompanha pela vida adulta, até o dia que é realizado e tem aquele gostinho de estar vivendo um verdadeiro conto de fadas.

Alice desde pequena sonhava em conhecer a cidade de Nova Iorque, no entanto sempre acontecia algo em sua vida que fazia com que a viagem não fosse possível, até mesmo no dia que foi com a família até lá e acreditou que cantaria a canção de Frank Sinatra pela Times Square, seu pai adoeceu e todo mundo voltou correndo para o Brasil, fazendo com que Alice não ficasse nem um dia inteiro na Big Apple.

A vida segue, Alice virou uma mulher, e aos vinte e quatro anos,  trabalhando como jornalista em Cuiabá, viveu o pior momento de sua vida (pelo menos ela acreditava ser o pior), pegou o namorado em uma festa com outra e a confusão foi tamanha que nossa protagonista ganhou até um clip musical, o Rap da Corna, exibido em rede mundial pelo Youtube. Todo mundo passou a conhecer Alice pela traição que sofreu, mas era o tal rap que deixava a moça cada dia mais triste e humilhada. A situação tão enlouquecedora pelo menos serviu para algo bom, foi a razão de Alice decidir finalmente mudar de ares, começar uma nova fase em sua vida. E adivinhem para onde ela resolveu ir??? Nova Iorque, é claro! Alice matriculou-se um uma universidade norte-americana para cursar uma pós-graduação em jornalismo, durante um ano ela viveria na cidade de seus sonhos, deixando a vergonha do Rap da Corna para trás. Mas uma coisa é certa, Alice conseguia chamar atenção até embaixo de uma pedra.

Este é um livro bem leve e fluído, narrado em primeira pessoa por Alice, e nos apresenta as aventuras de uma garota na cidade de Nova Iorque, lá além de realizar um sonho, ela pode viver dias maravilhosos de luxo e requinte, fazer amizades muito bacanas e até mesmo encontrar outro amor. É bem gostoso acompanhar seu cotidiano, a descrição das situações é bem feita, faz com que você sinta-se ao lado dos personagens e curta cada momento com eles.

Confesso que Alice não me conquistou imediatamente, ela é uma garota que não possui uma realidade próxima da maioria das pessoas que vão ler este livro, e por isso acaba não acontecendo aquela identificação com a personagem. Eu não me vejo aos vinte e quatro anos pedindo permissão para fazer certas coisas aos meus pais, e mais ainda, depender deles para me bancar totalmente, sinceramente, eu prezo muito minha independência financeira. Outro fator que no começo me irritou em relação a protagonista foi que ela ficava muito tempo perdida em seus devaneios.

Mas em Nova Iorque ela passou por grandes mudanças, não que tenha deixado de ser filhinha de papai e mimada, mas pelo menos, longe da família, pode agir por sua conta e risco e viver uma aventura e tanto. Vejam bem que quando digo mimada, não é no sentido de ser chata, é de ser muito protegida, então não vejam Alice como esnobe, ela até que é bem simples e sem frescuras.

A história tem muitos clichês, mas mesmo assim o rumo que os acontecimentos vão seguir e o que acontecerá com Alice é algo imprevisível, eu sabia que tudo ser um mar de rosas em Nova Iorque não poderia ser algo definitivo, afinal o livro começa com ela sentada no Central Park chorando, indicio que o paraíso não duraria para sempre, mas Teca Machado não entrega nada, e você agarra o livro querendo descobrir como a vida da protagonista vai desandar outra vez.

E claro que vai ter romance, Alice encontra seu grande amor em plena festa de ano novo da Times Square, de uma maneira bem engraçada e seu relacionamento começa com provocações, para depois enveredar para algo bem melado, algo digno de um filme de Sessão da Tarde. E tal como tudo na vida de Alice, seu namoro é algo que vai além da imaginação, imaginem um cara perfeito, bem humorado, inteligente e lindo, multiplique por dois e teremos o Mateus. ♥

Sonho! É assim o clima deste livro, não é uma história que nós acreditamos que está logo ali na frente esperando por nós para ser vivida, mas é uma história que qualquer uma iria adorar viver… estar em Nova Iorque estudando, badalando, vivendo num apartamento estilo Gossip Girl e beijando muito…

A autora usa e abusa de referências da cultura pop atual, dando até espaço para uma aparição de Bon Jovi, que pelo visto é paixão declarada da maioria das escritoras nacionais, não é o primeiro livro que leio que ele é colocado como ídolo da protagonista, o diferencial aqui é que o cantor ganhou sua falas e participou da história.

Eu ♥ NY é um livro que dá para ler em uma tarde e diverte bastante, cumpre seu papel de chick-lit e envolve o leitor da primeira a última página, mesmo com as ressalvas que citei, eu gostei muito e leria sem dúvidas qualquer outro livro da autora. É gracinha e engraçado, Alice protagoniza os maiores vexames possíveis e consegue superar cada um, tirando o melhor da situação.


2leep.com

19 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Curti a capa e a sinopse, mas vou te confessar que não me chamou tanta atenção, mas ainda sim me parece uma leitura muito boa. Acho que o que me fez ficar um pouco "pé atrás" com a obra foi a história me parecer um tanto quanto clichê, e estou fugindo um pouco disso.

    Beijo,
    Sofia - Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  2. adorei a história tem tudo pra me conquistar
    Dá pena da Alice, a vida dela é regada de tragédias rsrsrs
    e infelizmente algumas dessas tragédia vão arrancar risada
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie Cida =)

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas pela sua sinopse a história me pareceu bastante divertida. Eu adoro clichês bem construídos e esse parece ser um bom exemplo disso.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane! É tudo bem amarradinho e diverte bastante, eu conheci a autora agora e quero poder ler mais livros dela.

      Excluir
  4. Não sou muito fã de chick –lit pra ser sincera, acho que vou dar uma chance ao livro apenas pela sua resenha ter sido tão positiva, vai que acabo gostando *-*

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida, não tinha me dado conta de que esse livro era nacional. Vivo vendo ele em promoções e sempre fiquei na dúvida se me arriscava a comprá-lo ou não. Sinceramente, ainda não tenho certeza, porque livros como esse temos aos montes por aí e acabei de ler alguns nesse mesmo estilo e, no momento, estou procurando por algo diferente. Mas valeu a dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    A única coisa que eu não curto muito nesse livro é a capa (ando muito chata com capas ultimamente - rs). Eu adoro chick-lit e quando é nacional sempre fico bastante curiosa (e até hj não me decepcionei com nenhum que li). Espero ler ele ainda esse ano.
    Apesar da história ser um pouco clichê, me pareceu divertida e ando precisando mesmo dar boas risadas.
    Beijos
    http://www.coisasdemeninas.blog.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,
    esse livro parece ser mto bom. Adorei!! Dica mega anotada!!

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie! :)

    Assim como vc, tbm achei que a Alice é bem dependente. Como saí da casa dos meus pais aos 18 e me casei aos 24, é inimaginável pensar que ela tem que ficar pedindo permissão para as coisas. Acontece que acredito que ainda seja a realidade de muita gente, rs.

    O livro é levinho e acaba rapidinho, o que foi um ponto mega positivo! :)

    Show sua resenha, parabéns! ^^

    Beijos!
    Lygia - Brincando com Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu trabalho desde cedo e também não sei como viver pedindo para meus pais pagarem as minhas coisas, mas você está certa, muita gente vive na dependência ainda.

      Excluir
  9. É deve ser um livro legal , divertido para se ler uma tarde mesmo rs , primeira resenha que eu leio dele , não sei se irei ler agora .

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida.
    Gostei bastante da capa e da história, me pareceu um romance com alguns clichês e leve.
    Posso até arriscar que leria o mesmo em poucas horas ou um dia...
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gostei da resenha, deu vontade de ler ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. O livro parece ser bem legal, mas a protagonista não parece se muito encantadora, realmente o livro deve ser bem divertido, pois coitada da Alice nunca que dá certo conhecer NY, isso que é azar hein, acho que o livro deve me arrancar algumas risadas, espero poder ler ele e dar a minha opinião.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Este gênero é bem legal, os livros sempre parecem ser muito divertidos e uma ótima dica para se ler em uma tarde tranquila! Já ouvi falar deste livro e parece ser bem legal, o enredo é interessante, mas também achei um pouco chatas as características da personagem rsrs
    Mesmo assim, deve ser uma ótima leitura e eu leria sim :)
    beijos ♥

    ResponderExcluir
  14. Eu já havia ouvido falar sobre este livro, porém nunca me interessei em procurar saber mais sobre ele. A resenha me deu essa oportunidade. Confesso que não fiquei extremamente ansiosa para lê-lo, mas gostei bastante da sinopse dele, talvez nos próximos meses eu vá querer adquiri-lo.

    ResponderExcluir
  15. Confesso que pulei parte da resenha, pois tenho o livro aqui e ainda vou lê-lo e quero o mínimo spoiler possível (de preferência nenhum mesmo rsrs)
    Mas fico bem contente por saber que é um chick-lit cativante!
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  16. Menina, sou das que ama um clichê!! Portanto, adoro chick-lit. Não é meu gênero literário favorito, mas gosto muito pra me divertir. Essas leitura leves me agradam bastante!
    Adorei saber mais sobre este livro, já estou com ele aqui, e em breve lerei. Por tudo que você disse, sei que vou gostar. Também não me imagino pedindo permissão para meus pais aos 24 anos, até pq já passei dessa fase e não pedia, rsrs, mas é bom me sentir em outra pele às vezes.

    Bjkasssss


    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu fiquei com uma sensação de dúvida pelo que você falou da Alice, mas no geral parece um livro que te distrai e leve.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!