[Resenha] O Menino da Mala

O Menino da Mala
Título Original: Drengen I Kufferten (Nina Borg #1)
Autor: Lene Kaaberbøl e Agnete Friis
Editora: Arqueiro    Páginas: 256
Lançamento: 2013     ISBN:  9788580411836




“Você adora salvar as pessoas, não é? Bem, aqui está a sua chance.” Mesmo sem entender o que sua amiga Karin quer dizer com isso, Nina atende seu pedido e vai até a estação ferroviária de Copenhague buscar uma mala no guarda-volumes. Dentro, encontra um menino de 3 anos nu e dopado, mas vivo. Chocada, Nina mal tem tempo de pensar no que fazer, pois um brutamontes furioso aparece atrás do garoto. Será que ela está diante de um caso de tráfico de crianças? Sem saber se deve confiar na polícia, ela foge com o menino e vai à procura de Karin, a única que pode esclarecer aquele absurdo. Quando descobre que a amiga foi brutalmente assassinada, Nina se dá conta de que sua vida está ameaçada e que o garoto também precisa ser salvo. Mas, para isso, é necessário descobrir quem ele é, de onde veio e por que está sendo caçado.



E você? O quê faria se encontrasse uma criança em uma mala?

Dinamarca, lá vive a enfermeira da Cruz Vermelha Nina Borg, uma mulher extremamente preocupada com a vida dos imigrantes ilegais no país, ela faz de tudo para ajudar estas pessoas vítimas de violência e discriminação, deixando até mesmo sua família em segundo plano. 

Em um dia, que parecia ser apenas comum, ela recebe a ligação de sua amiga Karin pedindo que a encontre numa estação ferroviária, lá, Karin lhe entrega uma chave e vai embora sem muitas explicações, só afirma que se Nina gosta de ajudar as pessoas, aquela será uma grande chance. Tal chave abre um guarda volumes, dentro, uma mala enorme e quando Nina abre esta mala encontra um garoto de 3 anos, nu e apagado. Assim tem início a jornada de Nina Borg para manter aquela criança em segurança e mais ainda, manter a si mesma, viva.

O Menino da Mala é uma livro que me deixou aflita do começo ao fim, é aquele tipo de história que conduz o leitor pela vidas de vários personagens, não mostrando logo de cara o que liga cada um deles, mas que nos faz perceber que coisa boa não é. Narrado em terceira pessoa, começamos a leitura com vislumbres de vários locais e pessoas diferentes, em situações estranhas e suspeitas, não são fatos introdutórios, na verdade vemos que algo grande está em curso, e a descoberta da criança na mala, revela-se o centro de tudo.

É a partir dai que entendemos a ligação de todos, e assim mergulhamos em uma trama que não tenta suavizar em nada, a dura realidade de imigrantes ilegais e do tráfico de crianças. É um mundo sórdido, cruel e que me chocou profundamente, a maldade intrínseca deste meio é de deixar qualquer pessoa com o estômago dando voltas. Engraçado que são mostradas várias razões que levam as pessoas à comprarem crianças como mercadoria, desde a loucura por ter um filho, até a pedofilia, mas a verdadeira razão do sequestro de Mikas, o nosso menino da mala, foi bem pior do que imaginei, me surpreendendo muito no desfecho do livro.

O ritmo não é frenético, mas também não é lento, afirmo que é um ritmo cadenciado, revelando em capítulos protagonizados por personagens diferentes, fragmentos de um todo, de forma a despertar nossa curiosidade a cada virada de página. No entanto não permanece desta forma até o final, quando chegamos na metade do livro as coisas começam a ficar mais agitadas, um assassinato, chantagem e o próprio desespero dos envolvidos, acaba dando um outro clima à trama, aí sim, mais movimentado.

Os personagens são pessoas bem pouco convencionais, muitos deles, na minha opinião, com sérias perturbações mentais, pois a maneira que pensam e agem não pode ser classificada como um jeito comum de levar a vida, sua motivações são obscuras demais, tornando-os pessoas frias e impiedosas, mesmo que para eles, suas atitudes justifiquem a busca pela felicidade.

Vejo como personagens centrais duas mulheres, Nina e Sigita, esta última a mãe de Mikas. Duas pessoas tão diferentes, mas ligadas pelo mesmo motivo, o bem do menino. Sigita é uma mãe que demonstra claramente o amor pelo filho, e acredita que o ocorrido é uma punição por um erro do passado, ela é sentimento e emoções dos pés a cabeça. Foi a personagem que mais gostei. 

Nina é uma pessoa controversa, mostra uma grande preocupação com os menos afortunados, e coloca a vida em risco para ajudar Mikas, mas não consegue mostrar esta devoção pela própria família, tendo a capacidade de esquecer dos filhos e até mesmo abandoná-los para lutar pela causa dos outros. Eu achei esta atitude muito estranha, e fiquei incomodada, mas quando temos um nuance do que deixou Nina assim, pude começar a entender seu jeito e vê-la com outros olhos, fiquei com muita vontade de saber mais sobre sua vida.

Eu imaginava que fosse um livro voltado mais para o lado policial, com muita investigação e a busca por culpados, mas nós sabemos quem cometeu o crime desde o começo, o mistério fica mesmo por conta da razão do sequestro. Assim foi algo diferente do que imaginei, foi uma surpresa, principalmente pelo lado da crítica social inserida no enredo. É uma leitura forte, gostei bastante, mas não pensem que vão encontrar aqui uma protagonista-detetive, no estilo dos livros de Tess Gerritsen ou Agatha Christie, Nina Borg é mais uma ativista social, uma justiceira dos mais fracos.

Este livro faz parte de uma série, protagonizada pela enfermeira, e como disse, tenho vontade de saber mais sobre o que a deixou como é hoje, assim espero ler outros volumes da série. Quem foge de séries não precisa ficar preocupado, pelo que vi são histórias independentes em cada livro. A cada dia estou gostando mais de séries assim, posso ler quando quiser, fora de ordem, sem o desespero de saber o desfecho após mais de seis livros, afinal cada um traz seu final fechado.

E respondendo a pergunta do início da resenha... Se eu achasse um menino na mala eu iria correr. 


Série Nina Borg 
O Menino da Mala (Nina Borg, #1)
Invisible Murder (Nina Borg, #2) 
Death of a Nightingale (Nina Borg #3) 


Quem comentar na resenha e quiser concorrer a estes marcadores, deixe um e-mail de contato ou twitter no final do comentário. Só valem comentários com conteúdo, nada de legal, gostei. Ok?

O sorteio será pelo random.org

Resultado dia 17/08


Resultado. 
Os números foram de acordo coma ordem dos comentários, para quem deixou e-mail ou twitter de contato.




2leep.com

34 comentários:

  1. Eu estou louca por esse livro. Tenho visto ótimas resenhas e críticas sobre ele. Eu acho que faria o mesmo que você, correria ao encontrar um menino dentro de uma mala. É um tanto assustador! Ou eu chamaria a polícia, não sei.
    Beijos.
    sara.martinsa@outlook.com
    @smadelino

    ResponderExcluir
  2. A sinopse deste livro me chamou muita atenção, me sinto tão abalada com qualquer coisa desumana que até mesmo uma história fictícia me deixa irritada. Quem colocaria uma criança dentro de uma mala? O ser humano que é um animal. Mas falando do livro, fiquei encantada e curiosa com a sua resenha, Nina parece ser uma personagem e tanto. Espero ler esse livro.
    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  3. De cara qnd vi esse livro sendo divulgado nos blogs na hora coloquei nas minhas metas de leitura..de vez em quando é bom ler um drama...e fiquei supeer curiosa pra saber quem é o menininho na mala e o misterio a cerca do assassinato de Karin ^^ e essa capa é perfeitaaaa!!!

    annezinhaviana@hotmail.com
    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha, achei a temática do livro muito interessante, de certa forma, creio que adoraria a leitura, gosto de livros deste tipo... Ótima resenha, a unica coisa que nao gostei no livro foi a capa, é legal, mas nao me agradou rs

    Abraços

    gustavocatalao@hotmail.com
    mrguga80@gmail.com
    @mrguga80

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Começarei a leitura desse livro hoje. Não estava muito animado, mas agora estou.
    Percebi que há alguns aspectos negativos na história. Realmente divergiu com o que eu pensava (pensava que era um livro investigativo, como você mencionou). Porém, mesmo assim, acredito que curtirei a leitura, até porque abordar um assunto polêmico já me deixa interessado.
    Espero não me decepcionar.
    Parabéns pela resenha!
    E-mail: oleeoh123@gmail.com
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é um livro estilo Coben, ele segue outra linha, então é bom estar ciente disso antes de ler.

      Excluir
  6. Nossa, só pela sinopse já vi que o livro parece bem forte. Que loucura, encontrar uma criança numa mala... e o pior, nu e dopado!
    Nunca li nada parecido, acho que vou por na minha lista sim, sair da zona de conforto as vezes é bom. E sem contar que também fiquei curiosa sobre tudo, quem é o menino e porque ele estava na mala...
    Pelo visto muita coisa acontece no livro mesmo, gosto quando as coisas ficam agitadas e prendem a nossa atenção na leitura.
    Lendo a resenha eu realmente pensei que a Nina fosse isso de "protagonista-detetive", de primeira dá mesmo essa impressão mesmo! rs
    Se você achasse um menino em uma mala vc iria correr? kk Nossa, eu realmente não sei o que faria, acho que só chamaria a polícia mesmo! rs

    Beijos.
    feer.x3@hotmail.com
    Vícios em Três.

    ResponderExcluir
  7. Desde a primeira vez que eu vi esse livro tive vontade de ler.. foi muito interessante ler sua resenha.. ainda continuo com vontade de ler.
    Abraços..

    igor.br.15@hotmail.com
    http://leituradeaaz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!
    Esse é o tipo de livro que me deixa curiosa e ao mesmo tempo apreensiva em relação a história. O enredo é pesado e é bem diferente do que estou acostumada a ler, mas se tiver oportunidade vou ler e ver se gosto. :)

    rafaelle_amy@yahoo.com.br
    @rafaellebaldez

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oie :)

    Hahahaha se você achasse um menino na mala iria correr kkkk adoro <3 eu não estou com vontade de ler esse livro, mas quem sabe um dia beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler este livro, parece ser bem perturbador... Se eu encontrasse essa mala eu nunca abriria... Sei lá se não teria uma bomba. Fiquei triste de saber que é uma série, estou farta delas.

    ResponderExcluir
  11. Esqueci de deixar meu contato.
    e-mail: ariana_emanuelle@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Eu não imaginava que esse livro era assim... Gostei bastante da sua resenha e vou pegar no livro assim que for possível...

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  13. É esse tipo de livro que faz com que eu fique completamente ansiosa para ler!
    Já tinha ouvido falar de 'O Menino da Mala', mas nunca pensei que fosse ter esse tipo de enredo. Adorei!

    E-Mail: michelle.agda@gmail.com
    @oisoumichs

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Estou fugindo de séries por enquanto... E como este plot não me chamou a atenção, nem a avaliação 3/5, vou pular!
    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  16. a frase com que você começa a resenha é forte, não sei o que eu faria se encontrasse uma criança em uma mala O.o momento tensão!
    não tinha ideia do enredo, foi um livro que não me chamou a atenção e essa é a primeira resenha que leio sobre ele, achei meio instigante meio cai fora Thaila, se ele caisse nas minhas mãos eu leria, no momento to lendo os desejados!
    @thailadesouza
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Estou no mínimo intrigada com esse livro, capa, titulo e tema instigantes, aquele tipo de livro que vc não larga enquanto não termina. Espero lê-lo em breve e tirar minhas conclusões mas acho que vou gostar. ótima resenha.

    ResponderExcluir
  18. Oi
    Já estou com esse livro aqui para ler, estou bem curiosa para saber como vai ser essa história. Gostei da sua resenha, me deixou ainda mais intrigada ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  19. Eu imaginava que esse livro tivesse uma história mais leve e bem diferente do que realmente é.
    Fiquei curiosa e interessada em ler o livro. Sempre gosto de livros que tem que tem vários personagens com histórias que se ligam e que fazem críticas sociais.
    E eu tenho tantas séries pra ler que é bom saber que podem ser lidos independentes.
    Bjo
    glauccea@gmail.com

    ResponderExcluir
  20. Essa é a segunda resenha que leio sobre este livro. Juro que na sinopse fiquei curiosa, mas lendo sua resenha e vendo apenas 3 estrelas me deu vontade de correr deste livro ... kkkkkkkkkk ... ao mesmo tempo que alguns pontos que vc ressaltou no texto me chamam atenção, outros me desanimam. Não sei se estou certa, mas me lembrei de quando li 'O Mensageiro' do Markus Zusak. Enfim, não sei se o leria!

    Flor deixei um meme pra vc no meu blog: http://amigadaleitora.blogspot.com.br/2013/08/meme-coisas-sobre-mim.html

    Quero participar do sorteio: amigadaleitora@hotmail.com

    xoxo

    ResponderExcluir
  21. Eu não imaginava que a história fosse assim :O Gostei bastante da premissa e fiquei bem curiosa, preciso ler agora haha

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. É um livro legal pois, além de trazer situações estranhas e inusitadas, deixa ao leitor uma alta crítica do panorama social, relatando alguns graves problemas da sociedade que são praticamente ignorados pelo grande público. Eu também pensei que o livro deixaria todos os seus mistérios para o final, mas não e o que acontece, o que acaba sendo um pouco decepcionante. E, se eu achasse um menino na mala, eu chamava a polícia e caía fora antes que me vissem, vai que eles me prendem como suspeito...
    Gostei muito de seu blog, estou seguindo!
    O meu ainda está no início, quando puder fazer uma visitinha por lá, ficarei muito feliz em te receber!

    Abraços!

    Peças de Oito

    ResponderExcluir
  23. Eu chamaria a polícia.
    A editora fez um marketing legal, mas pensei que seria mais policial. Eu ainda quero lê-lo, quero saber o pq do menino estar na mala pois vc falou que era chocante, eu não faço ideia do que seja.
    bjs
    @juhzoey

    ResponderExcluir
  24. Quando esse livro foi lançado ele não chamou a minha atenção, mas após ler algumas resenhas positivas, eu fiquei tentada a descobrir, porque alguém prenderia um criança na mala.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Caramba, eu não tenho a menor ideia do que eu faria se achasse um menino na mala. Só sei que eu quero ler este livro, mas eu tenho tantos para ler, como faz? rs

    Bjus.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Esse livro tá na minha lista desde que vi a sinopse dele pela primeira vez. Não sabia que era uma série...

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  27. Oi Cida,
    Estou com esse livro aqui pra ler, mas estou com certo receio pela leitura, eu também iria correr se encontrasse um menino em uma mala.
    ´Claro que vou ler o livro, mas não sei se vou consegui ler os outros, bom que os livros são fechado assim posso parar a leitura no livro que quisermos.
    Sua resenha ficou ótima.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  28. Oi Cida!
    É mesmo estranho que a Nina ajude tanto aos outros mas esteja afastada da própria família, dá mesmo vontade de entender o porquê. Esse não é meu estilo de leitura, mas achei a proposta do enredo interessante pra quem curte o gênero.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  29. Acho que eu correria tambem. E chamaria a policia! rs
    Enfim, eu estava com algumas expectativas do livro, mas essa foi a primeira resenha que li e confesso que não gostei muito. Primeiro por saber que é uma serie, e segundo pela forma como livro foi escrito. Não gosto quando muitas pessoas são apresentadas sem que saibamos a ligação delas. isso faz com que eu não tenha a curiosidade necessária para continuar lendo. não são todos nesse estilo que são ruins, mas do geral ele não me agrada.
    Acho que vou ter que deixar ele para o fim da lista.

    Beeijos, Dreeh.
    Livros e tudo que há de bom

    ResponderExcluir
  30. Oi Cida,
    Vou ler o livro em breve e fiquei mais curiosa depois de ler a resenha. Gostei de saber que tem uma crítica social e um tema forte. Adoro livros assim.
    Também gosto de séries que podem ser lidas separadamente.
    bjs

    entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Eu também iria correr, Cida! Nem precisa perguntar duas vezes! Haha.
    Nossa, eu sabia que teria um tema forte, mas não tão intenso assim. Já percebi que eu vou ficar super nervosa lendo esse livro... Mas confesso que vou demorar um pouco para comprar, não estou no espírito de ler livros com esse tema por enquanto. Rs. Mas sua resenha me deixou muito intrigada!

    Beijocas, Cida!
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Ei Cida,

    Já li algumas resenhas desse livro e nenhuma conseguiu despertar minha curiosidade. A sua, por outro lado chamou minha atenção. Parece que no final das contas vale investir nessa história.

    Abraços.

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Bom dia Cida,

    Estou lendo esse livro e estou gostando demais...faz meu estilo de leitura.....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!