[Resenha] Azar o Seu!

Azar o Seu
Autor(a): Carol Sabar
Editora:  Jangada      Páginas: 368
Lançamento: 2013      ISBN: 9788564850361 

Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... 

Azar o Seu é o segundo livro de Carol Sabar publicado pela Editora Jangada, não tive a oportunidade de ler o anterior,  Como (quase) namorei Robert Pattinson, mas confesso que depois deste aqui, EU PRECISO!

Gente, fazia tempo que não era obrigada a parar a leitura de um livro por estar em local público e ficar com medo de passar vergonha rindo à toa. Sério! Eu tive que fechar o livro e respirar fundo para não cair na gargalhada no meio das pessoas no ônibus. Carol nos apresenta uma história tão encantadora e divertida, que me ganhou logos nas primeiras páginas.

A protagonista Ana Beatriz, nossa narradora, me fez reconsiderar a narrativa em primeira pessoa, pois a maneira descontraída, sarcástica e muito divertida que nos conta sua história, é extremamente prazerosa. Esta garota atrapalhada, desempregada, encalhada e muito azarada, apaixonada desde sempre pelo amigo de infância, conseguiu reencontrar seu amor no meio de um tiroteio, e como se não bastasse não reconheceu o rapaz. 

Ele, muito espertinho, deixou a situação seguir adiante, e Bia apaixonou-se outra vez por ele, claro, sem saber que O Cara (maneira como ela conhece ele agora), e Guga, são a mesma pessoa. A descoberta faz Bia desiludir-se com ele e perder toda a confiança e fé, tornando o desenrolar do romance quase impossível.

Carol Sabar escreve muito bem, de forma intimista, nos leva ao universo de seus personagens como se estivéssemos fazendo um passeio, e neste caso, por Juiz de Fora em Minas Gerais. Sua narrativa é ampla, insere diversos elementos na trama, tanto relacionados ao enredo, quanto a nossa cultura. Quem acompanha o blog, deve ter visto em uma outra resenha, o quanto fiquei insatisfeita com a forma que o Brasil foi trazido ao livro, com uma visão cheia de preconceito, mas em Azar o Seu, nosso país foi mesclado com cada pedacinho da história de Bia, trechos de músicas e poesia, ilustraram a vida da protagonista e seu romance, nossas paisagens são descritas com carinho e até mesmo a situação da violência urbana, trazida de maneira mais leve. 

Os flashes do passado, mostrando como foi a juventude de Bia são singelos e delicados, mostrando uma juventude gostosa, com amigos leais e um pai sensacional. São estes trechos que emocionam, particularmente a cena entre ela e Guga, onde temos uma retrospectiva de toda a relação deles, da amizade ao amor, nos fazendo torcer para este casal e sua relação com uma base tão sólida.

Bia é uma protagonista que agrada, não é fútil, nem superficial, pelo contrário, é muito realista e independente, teimosa até demais. Mesmo em seus piores momentos não fica com lamentações, ela faz na verdade piadas de si mesma. Por vezes muito insegura, preferiu deixar de lado seus sonhos com medo do risco do fracasso, mas estes sonhos nunca morreram, e voltaram para bater em sua porta e mostrar que ela merecia ser feliz. Eu confesso que fiquei muito brava com ela por ceder tão fácil às vontades de Guga, ele era muito convencido e merecia um susto para descer de seu pedestal, mas mesmo assim, com vontade da sacudir Bia, eu não odiei a garota, queria mesmo era lhe ajudar.
"Até quando a sorte sorria para mim, sorria com uns dentes faltando."

Falando de outros personagens, Guga é muito pretensioso, mas você gosta dele de uma forma ou de outra, seja pela beleza e charme, ou seja por seu grande coração. Sua irmã Raíssa é uma pessoa muito boa, foi decisiva para o desfecho do casal e o pai de Bia, é o pai que toda menina queria ter, sempre apoiando e aconselhando, um amigão. 

Com personagens cativantes, cenas de tirar o fôlego (seja rindo ou suspirando), um casal que vive entre tapas e beijos, um mocinho rock-star que faz canções em homenagem à sua amada e um pedido de casamento que faz a garota sair correndo, este livro é um romance fofo e apaixonante, que cruza o oceano, rumo à Inglaterra para ter seu desfecho.

Quem não quer que o amor de sua vida vá lhe buscar em casa de helicóptero para dar um passeio?

"Sorry, moço! - Levantei o braço quando o motorista buzinou irritado. - Eu sou da roça."



Ps. Alguém quer me dar Como (quase) namorei Robert Pattinson de presente? 
2leep.com

25 comentários:

  1. Ai, escuto falar tantoooo desse livro que morro vontade de ler, ainda mais depois da sua resenha, que fiquei com ainda mais vontade!! Adoro livros leves e divertidos e fico feliz de uma autora nacional estar sendo tão bem falada e elogiada. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Carol é ótima Mi, adorei o livro e fiquei surpresa com a qualidade.

      Excluir
  2. Cada vez que leio uma resenha desse livro fico feliz! Parece mesmo ser uma história super legal de ser acompanhada. Adorei sua resenha. Parabéns :)

    Abraços,
    Igor Gouveia
    http://www.diariodebordodeumleitor.com/
    (Espero seu comentário lá.)

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    menina estou bem curiosa para ler esse livro.
    Eu li o outro da autora e gostei bastante, e todas as resenhas que vi desse livro todo mundo esta falando muito bem :D

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ai Cida! Estava me fazendo a mesma pergunta, se alguém não quer me dar os dois livros da autora de presente. A cada resenha que leio, mais curiosa fico com este livro. Sou apaixonada por comédias românticas mesmo que elas sejam previsíveis e semelhantes, sempre choro, suspiro e desejo o final feliz de contos de fadas. Vou ter que arrumar um jeito de adquirir este livro. haha

    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Esse livro parece ser super divertido! Ainda bem que só leio em casa, não vou passar vergonha se começar a rir alto!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Amei a resenha, já li o primeiro livro da Carol Sabar e digo que você vai amar também, é muito engraçado, divertido e romântico. Estou louca para ler Azar o seu! mas vou ter que esperar um pouco. Só fico imaginado você tendo que se segurar para não rir no ônibus! rsrsrsr
    Beijos,

    Rafa{Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  7. Depois de ler uma resenha tão empolgante, como não querer? Já coloquei na minha listinha de desejos.

    ResponderExcluir
  8. Quando vi esse livro pela primeira vez, só sei que amei a capa, mas não me interessei muito para saber mais sobre ele.
    E depois dessa resenha, Meu Deus, estou louca de vontade de ler! É isso que você faz com a gente Cida! haha
    Espero que a autora vá na Bienal, quero comprar meu exemplar autografado.

    Beijos
    http://glowofthemoonlight.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida, estou querendo comprar este livro na Bienal, e enfim conseguir ler esta história que está agradando tanto...
    Eu conheci a Carol Sabar pessoalmente na Bienal de 2011 e ela é uma fofa! Na época ela estava lançando seu primeiro livro, o qual eu tenho e infelizmente acabei não lendo até hoje. Preciso muito ler os seus livros e assim prestigiar uma escritora tão promissora. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu conheci ela no ano passado Lia, na Bienal, e infelizmente não comprei o livro, se arrependimento matasse, Rs

      Excluir
  10. Oie Cida=)
    amei tua resenha e depois daqui tenho que ler o meu livro, poxa espero gostar tanto quanto você!

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  11. Eu li uma resenha desse livro e me interessei MUITO, pois achei super engraçado! Quero comprar! <3

    Beijos,
    Caroline.
    http://criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. esse romance hilário da Carol é demais, feito pra rir e adorar!


    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Só por sua resenha, já imagino que ele é todo fofo! Para ler a qualquer momento, mas tentar evitar os lugares públicos. ASHAUSHAUAHA. E é ótimo ver que a protagonista não é uma chata.

    Lucas / Era uma vez...
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Cida!
    Eu gamei nesse livro pela capa (é muito fofa). Essa é a primeira resenha que leio dele e adorei! A história parece ser bem engraçada, me lembrou aquelas comédias românticas que passam na sessão da tarde. rs Não vejo a hora de ter o meu!
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida!
    Gostei bastante da proposta da história, parece ser uma leitura leve e pelo visto muito engraçada já que você quase passou vergonha de tanto rir no ônibus! Fiquei com vontade de ler.
    Amei a sua resenha.
    Beijos... Samantha
    sopramenores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    Adorei a resenha, o livro deve ser mt divertido! Vou colocar na lista de livros "desejados", estou precisando de livros que levante meu humor :D
    Bjs!!

    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida, que delícia de resenha!
    Tô precisando de uma leitura assim, com uma protagonista engraçada e maluquinha!
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  18. Oie amiga
    Essa é minha leitura do momento.
    Nossa... a Bia é tão engraçada e hilária.Amei ela!!
    É um livro super gostoso de ler.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Jéssica
    Leitora Sempre
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Vejo esse livro constantemente nas livrarias, nos blogs em revistas mas nunca me interessei por ele pra dizer a verdade nem sabia do que se tratava, até ler esta resenha. E me apaixonei!
    Gosto muito de romances com uma pegadinha de comédia e esse livro parece ser muito gostoso de ler

    ResponderExcluir
  20. Ahn os amores da adolescência... quase sempre os que a gente nunca esquece. Guga devia ter beijado a Ana logo de cara, apesar da tensão do momento, porém ele deve ter os seus motivos para esconder sua identidade, vai saber.. Fiquei com vontade de ler, Cida, só de pensar em você fechando o livro para não rir em público. :D

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  21. Como (quase) namorei RP é muito bom ^^ Pena que eu acabei trocando meu exemplar por outro que super desejava na época, comecei a ler Azar o Seu! na espera para ser atendida pela minha ginecologista, quase choro de rir com a Bia e suas loucuras na hora do aperreio no trânsito e tiroteio ahahahah imagina os olhares das pessoas? Ahhhhh como é bom rir com livros ^^

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  22. Quero muito ler esse livro, um dos livros nacionais que mais tenho vontade de ler. Amo chick-lits e esse parace ser muito divertido e fofo.
    Beijo

    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!