{Resenha} O Livro do Amanhã

O Livro do Amanhã
Título Original: The Book of Tomorrow
Autor(a): Cecelia Ahern
Editora:  Novo Conceito      Páginas: 368
Lançamento: 2013      ISBN: 9788581630342

Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.



Será possível viver o hoje para mudar o amanhã?

O Livro do Amanhã é o terceiro livro da escritora irlandesa Cecelia Ahern publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito, antes disso tivemos a chegada de P. S. Eu te amo e A Vez da Minha Vida. Embora eu tenha estes dois, minha primeira experiência com a autora foi este aqui, minha escolha se deu por causa de seu enredo intrigante e diferente. Vamos ver o que achei.

Sabe aquele livro que te captura na primeira página, pois é, assim é O Livro do Amanhã. Uma história que pede sua atenção, que quer, antes de mais nada, que o leitor abra a mente e o coração para poder sentir o que está por vir. Um livro que te convida, que se abre para você e oferece sua história.

Tamara é a narradora desta trama, um relato de sua própria história. Ela nos leva ao ponto que sua vida deu uma reviravolta e fez com que ela mudasse totalmente sua maneira de ser e ver as coisas. Tamara é uma narradora exemplar, que mostra bem como era, com uma visão crítica de si mesma, sem colocar panos quentes. Vemos claramente a menina que era imatura, desagradável na maior parte do tempo, que sentia prazer em ferir as pessoas ao seu redor com palavras cruéis e incômodas e a menina de hoje, madura e sensata.

Sabem uma pessoa que tem tudo e mesmo assim acha que é pouco? E pior ainda, acha que é obrigação de todos lhe dar sempre o melhor? 

Obrigada é uma palavra que faltava no vocabulário de Tamara, mas ao encontrar o pai morto, após ter se suicidado, descobrir que a fortuna da família acabou e ter que ir viver no interior da Irlanda, de favor na casa dos tios que sempre considerou uma dupla de caipiras, a jovem foi obrigada a rever seus conceitos e adaptar-se a nova vida. Como se não bastasse, sua mãe entrou em um estado letárgico deprimente, deixando Tamara totalmente sozinha. O maior arrependimento dela foi nunca ter dito ao pai o que ele significava para ela,  sendo que agora é tarde demais para isso.

O novo local de moradia é no meio do nada, uma casa perdida nos campos da Irlanda, próxima as ruínas de um castelo. É sem dúvida um belo cenário, solitário, mas sem igual. É descrito com maestria, ao mesmo tempo que a protagonista descobria as belezas que ali estavam ocultas, eu vivi a mesma experiência e posso dizer que foi deliciosa.

Sem muito o que fazer, um dia Tamara conhece a biblioteca itinerante, e além de gostar bastante do belo bibliotecário, Marcus, que é alguém bem humorado e atencioso, que parece entendê-la perfeitamente, de maneira acolhedora e reconfortante, ela encontra um interessante acervo de livros, entre eles um livro sem nome, sem autor e fechado. Que livro seria aquele? Logo ela descobre ser um diário, mas não um em que escrevemos nossa história de hoje, e sim que lemos nossa história de amanhã, podendo assim, sabendo sobre nosso futuro, evitar certos erros e tornar o amanhã melhor.

Tamara teme seu Livro do Amanhã, mas por incentivo de uma boa freira que conhece, a irmã Ignatius, acaba deixando -se envolver por este livro mágico. O que acaba mostrando à menina muito mais do que ela esperava. Ela percebe que tem uma ligação muito forte com aquele local, que até mesmo as ruínas do castelo fazem parte de sua existência. Mas é estranho, visto que Tamara não lembra de ter vivido naquele lugar.

Tem mais, o casal de tios, Arthur e Rosaleen são muito esquistos. Ele não fala quase nada e ela é, totalmente, obcecada por limpeza e cozinhar. Quando Rosaleen é interpelada pelas perguntas de Tamara, se esquiva, mostra estar sempre em alerta, desconfiada, escondendo algo. As atitudes do casal nos levam à perceber a existência de um grande segredo. Gente que mulher assustadora, acho que se estivesse na mesma casa que ela jamais dormiria, só se fosse com uma faca embaixo do travesseiro. Sério, uma personagem complexa, que dá medo com sua personalidade psicótica.

Acompanhamos o amadurecimento desta jovem, e embora ela tenha sido uma péssima pessoa, em momento algum consegui não gostar dela, acredito que por ver como ela estava sofrendo e tentando ser melhor, não há como não torcer por ela. Sua língua ferina é uma maneira de se defender das coisas que não conhece e não sabe manusear. Ela perdeu tudo o que tinha e conhecia. Seu mundo, sempre seguro, desabou e agora não existe alguém para direcioná-la. Tamara faz comparações engraçadas com tudo que a cerca, formigas ilustram sua vida, flores e botões a mente das pessoas, é algo poético e profundo. Ela nos diverte e nos comove, tenta sorrir para ajudar na melhora da mãe, ao passo que adormece todas as noites chorando. É triste, eu via o quanto ela era perturbada e cheguei a imaginar se realmente o livro aparecia escrito sozinho ou era apenas imaginação dela.

Como eu disse, fui capturada pelo livro, primeiro pelo tom intimista e depois pela sequência de fatos inesperados. A trama é recheada de mistério, nos deixando ávidos para saber sobre os segredos daquele local e das pessoas que ali viveram. Tem até mesmo tem uma pitada de magia com o tal Livro do Amanhã e um alguém nas sombras que observa nossa protagonista. Eu acreditava que ficaria presa em um drama adolescente, mas mesmo tendo 16 anos, a protagonista é muito madura, sua fase infantil é parte do passado que nos conta, então de maneira alguma chega a ser irritante. E o drama fica em segundo plano, o que temos aqui é uma história que mostra o peso de nossos atos, e como podemos tentar melhorar as coisas sendo pessoas melhores.  Não é certo que vamos fazer a vida dar certo cem por cento do tempo, mas vale ter fé e deixar com as pessoas que conhecemos palavras boas, com carinho, para não nos arrependermos depois.

Há ainda um romance sutil e ótimas pinceladas de humor na história, muito delicioso e cativante. Existe apenas um ponto que não me deixou satisfeita, mesmo que seja um elemento que ilustra a mensagem passada pela trama, o diário não foi esclarecido de maneira satisfatória, pelo menos no meu caso. Eu desejei neste ponto algo mais conclusivo. De qualquer maneira eu estou muito feliz com O Livro do Amanhã e recomendo com certeza. Mergulhem neste conto de fadas moderno.





2leep.com

28 comentários:

  1. Bom dia Cida,

    A autora escreve muito bem e esta se tornando uma das minhas favoritas.....parabéns pela sua resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Nossa fiquei morrendo de vontade de ler esse livro agora sua resenha foi a mais bem feita que já li desse livro o que me abriu os olhos, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida!
    O único da autora que li foi "A vez da minha vida", que eu adorei. Por isso estou com muita vontade de ler esse livro também!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida
    Adorei a sua resenha e tinha posto esse livro no final da pilha de livros pra ler, mas depois de ler a sua resenha e descobrir que o livro o livro é recheado de mistérios, segredos e magia, ele já foi para o topo da pilha :D
    Parabéns pela resenha ;)

    ps: tem resenha nova lá no Escuta Essa ;)
    http://escutaessa.blogspot.com.br/2013/07/resenha-as-regras-da-seducao-madeline.html

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  5. Cida!
    Esse livro nunca me chamou atenção!
    Espero um dia dar oportunidade a ele!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Já li e gostei também. Bem, diferentemente de você, já havia lido dois livros da autora anteriormente; os mesmos que você citou. Porém, gostei de um (apesar que esperava muuuito mais) e detestei o outro.
    Em "O Livro do Amanhã" também fui fisgado logo nas primeiras páginas e eu curti muito isso. E sem falar que a história possui uma trama diferente das que muitos autores escrevem atualmente.
    Em suma, percebi que tivemos opiniões parecidas e gostamos. (':
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  7. Já lia sobre esse livro muito antes da sua resenha, e continuo o achando maravilhoso. Atualmente ele está no topo da minha wishlist e, se o universo conspirar ao meu favor, logo o terei em mãos *u*

    Amulherqueeugostariadeser.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Ahh flor infelizmente eu não gostei muito desse livro. A Tamara é ótima mas acho que estava esperando uma surpresa maior no final sabe? E tenho birra com essa capa rs Mas sempre que resenho um livro busco encontrar pontos positivos. Eu gostei dessa ideia de valorizar as pessoas que temos antes de perdê-las. A Tamara se mostrou muito triste por ter tratado o pai mal por um bom tempo.
    Por outro lado, o fato de não haver grandes explicações sobre a origem do tal livro me deixou inquieta.

    Antes que eu escreva um testamento aqui queria só comentar outra coisa: NAO ACREDITO QUE VOCÊ NÃO GOSTA DA CAPA DE ÁGUA PARA ELEFANTES!!! Eu acho a coisa mais linda *-* Eu não tenho o livro infelizmente porque agora tá faltando grana. E mesmo com uma promoção tão boa no Submarino não posso comprar por agora porque acabei de fazer uma compra grande.
    Mas sério, eu já li um pouquinho do ebook e estava achando a história ótima. Leia logo menina *-* E se for doar, doa pra mim haha

    OBS: to falando isso porque vi seu comentário noutro blog rs (so pra você não ficar meio confusa)


    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  9. Eu não li o livro ainda, mas todas as resenhas que li foram positivas. É bom quando o personagem não é infantil, a leitura fica mais prazerosa. Eu não li nada da autora ainda e nem sei dizer qual iria querer primeiro, mas este é muito interessante e seus argumentos me deixaram ainda mais curiosa.

    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!
    Esse foi um dos livros que peguei pra ler no meio da minha ressaca literária mas acabei deixando de lado porque eu não conseguia engrenar na leitura.
    Não é um livro que eu diga que não vou ler mais, mas não vai ser agora. Só muuuito mais na frente.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  11. A capa desse livro é muito linda.
    Cada resenha que leio, me deixa com mais
    vontade de lê-lo, adorei sua resenha
    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida;
    Nossa nunca li uma resenha como a sua sobre este livro, foi bem detalhista.
    Fiquei com vontade de ler, ainda não pude ler o meu. Mas vou, com certeza.
    Adorei!

    Beijos

    Jaque - Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida!!
    Parabéns pela resenha!
    Diferente de ti o livro não me capturou desde o inicio, achei ele bem cansativo nas primeiras páginas, depois se tornou ótimo!!! E Tamara inicialmente era insuportável hehehe, mas ela realmente amadureceu bastante! Achei um livro bem criativo. Só que eu também gostaria de mais esclarecimentos sobre o diário!

    Um beijão
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  14. Só por ser um livro da Cecelia eu já tenho certeza de que é ótimo!! Esse é um dos livros que quero muito ler, porque a premissa para mim parece fantástica. Adoro esses livros que nos fazem pensar no ontem ou no amanhã e no que faríamos se pudéssemos descobrir o que vai acontecer. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  15. quando vi esse livro,
    desejei lê-lo, com o tempo fui perdendo o interesse, mas
    agora lendo sua resenha esse sentimento se renovou,
    parabéns pela resenha.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. A primeira resenha mais positiva que vejo do livro, e claro, fico super animada, pois em breve irei lê-lo. Cida, você arrasou na resenha. Meu interesse pelo livro começou por conta da autora (e olha que nunca li nada dela), aí depois fui vendo umas resenhas negativas e acabei deixando pra lá, mas agora a animação voltou \o/



    Beijos, Cida linda.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Cida!
    Sua resenha mudou totalmente o meu ponto de vista a respeito deste livro, diante outras resenhas que li a respeito. Lembro-me de uma em que a resenhista disse que o livro é chato, sendo que pelo diante do que você achou, não é.
    Precisarei lê-lo, pelo visto. Parece bom.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida!
    Confesso que esperava mais desse livro. Gostei de outros que li da autora, mas esse quase foi uma decepção.
    Acho que essa é uma das poucas resenhas positivas que leio sobre esse livro. rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Resenha maravilhosa Cida!
    Eu já li P.S. Eu te amo e gostei muito, mas estava desanimada tanto em relação a esse quanto a A vez a minha vida, porque vi algumas resenhas negativas. Mas sua resenha me fez mudar de ideia, acho que vu ler em breve!

    Beijos, Bianca
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Cida, eu já tive duas experiências com a autora. Uma foi com PS EU TE AMO, e a outra com AQUI É O MELHOR LUGAR. Confesso que não curte muito o segundo livro, e por ter visto alguns comentários medianos sobre O LIVRO DO AMANHÃ, fiquei totalmente com um pé atrás. Ler sua resenha, no entanto, me fez voltar a me sentir instigada e curiosa pela trama. Bacana saber o que mais te chamou a atenção, como as características da personagem principal, por exemplo. Enfim... com certeza vou ler assim que possível.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. oi cida, tudo bem? Eu tenho esse livro na estante e estou querendo lê-lo me breve, no momento meus livrinhos de banca estão dominando, mas ja é de se esperar da Cecelia uma obra cativante e instigante que leva a reflexão, os dois outros livros dela que já li me mostram isso: é um aprendizado em cada página. Pelo que percebi a Tamara deve começar como aquela mocinha irritante que vai amadurecendo ao longo da história com as adversidades e talvez a intenção da autora seja mostrar exatamente o quanto nos amadurecemos ao longo d enossa vida

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida!
    Achei a leitura um pouco lenta à princípio, mas depois a coisa engrenou e me surpreendeu. A tia Rosaleen foi a minha personagem favorita kkkkk #medo =)
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  23. eu gostei mt desse livro
    uma ou outra parte que me deixaram confusa, mas eu supero

    ResponderExcluir
  24. Deve ser muito bom, não conhecia o livro mas vou acrescentar a minha lista de desejos

    ResponderExcluir
  25. Quero muito ler esse livro.. e adorei sua resenha, o que fez com que eu quisesse mais ainda! ehehehehhe
    Acho que deve ser um livro tão bom de ler, leve, com todos ingredientes na medida certa. Parabéns pela resenha e ele já está nos meus desejados! Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Ainda não li esse livro... Estava um pouco receosa com ele e acho que essa resenha foi a mais positiva e abrangente que li a respeito....Achei interessante, e acho que vou dar uma chance à história.

    ResponderExcluir
  27. Li algumas resenhas, gostei bastante da sua, e estou me interessando cada vez mais pelo livro, só falta tê-lo em mãos pra finalmente me saciar ou decepcionar (oq eu acho que nao vai acontecer, tomara ) rs

    ResponderExcluir
  28. Nossa, fiquei muito interessada no livro. Amei sua resenha!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!