Extra! Extra! Editora Planeta!

Olá galera!

Confiram as novidades quentinhas da Editora Planeta.



O destino e as histórias de seis mulheres acabam se cruzando em um salão de beleza em Beirute, e elas compartilham momentos de solidão, felicidade, medo e frustração. Mouna Al-Husseini, a atrevida proprietária do salão Cleópatra, luta para sobreviver com o pouco dinheiro que ganha, além de ter de aguentar a rispidez de sua mãe, que a repreende por nunca ter se casado. Já Amal, sua tímida assistente, mantém um segredo a sete chaves. Do outro lado do balcão, suas novas clientes desenvolvem um sentimento de profunda amizade, apesar de suas diferentes procedências sociais, religiosas e culturais: Imaan Sayah, uma importante diplomata libanesa, Nina Abboud, vítima da guerra que ainda não conheceu o verdadeiro amor, Lailah Hayek, uma ex-Miss Líbano infeliz no casamento, e Nadine Safi, esposa de um ex-embaixador e dona de uma calorosa personalidade. Essa narrativa sensível e envolvente, cheia de personagens femininas cativantes e histórias paralelas, leva-nos a caminhar pelas exóticas ruas de Beirute e sentir seus aromas, seus personagens e seus conflitos.

 
Nesta obra estão reunidas algumas das mais belas e espirituosas frases de Rubem Alves escreveu ao longo dos anos e que tratam de temas caros a todos: amor, tolerância, desejo, coragem, amizade e tantos outros. Paisagens da alma é uma edição comemorativa dos 80 anos deste autor que enriquece o universo de seus leitores com textos de sabedoria simples e delicada. Este livro é uma festa para qual você foi convidado. Participe. Emocione-se!



Um ídolo do rock sempre tem muita coisa para contar. E esta é a história de um dos mais importantes guitarristas de todos os tempos. Único membro que esteve desde sempre no Black Sabbath, Tony Iommi criou alguns dos riffs de guitarra mais memoráveis e conquistou uma imensa horda de fãs em todos os continentes, ao lado de colegas de banda igualmente inesquecíveis, como Ozzy Osbourne, Geezer Butler, Bill Ward, Ronnie James Dio, entre outros. Em Iron Man, ele consegue criar uma autobiografia com todos os elementos que você esperava ler aqui: a infância na Inglaterra, a formação do Black Sabbath, as turnês insanas, os casamentos, as bebidas, as drogas, as brigas, a criação das músicas e as histórias mais malucas que você possa imaginar (ou que talvez nem imagine). Afinal, um homem que se tornou guitarrista mesmo tendo perdido a ponta dos dedos merece nossa atenção. Quem nunca balançou a cabeça ao som do riff de “Iron Man”?



Ao ficar viúva, Cláudia não consegue chorar a perda de Rogério, seu parceiro num casamento morno. Ísis, ao enviuvar, logo passa a substituir a ausência do marido por atividades que a impedem de sentir dor. Soraia, mãe de Ísis, é viúva há mais tempo e aprendeu que a vida despedaça sonhos, mas que viver sozinha não é o fim do mundo. Quando o acaso da viuvez aproxima Cláudia e Ísis, a estranha amizade que as aproxima vai colocar à prova o que pensavam saber sobre solidão, amor, ansiedade, culpa e relacionamentos. E essa é uma experiência que vai levar uma delas a reencontrar a paz interior, enquanto a outra se perde de vez de si mesma.





Em um dia de trabalho como qualquer outro, J. J. Benítez, então repórter de um jornal espanhol, recebe uma surpreendente ligação de um piloto da Iberia. Ele relatava ter visto estranhas e intensas luzes que pareciam alinhadas no fundo de um vulcão inativo nas Ilhas Canárias, num lugar chamado Montanha Vermelha. Aqui começa mais uma obstinada corrida do jornalista e investigador espanhol, em busca da solução de mais um novo mistério a ser desvendado. Em Encontro na montanha vermelha, Benítez reúne depoimentos de respeitados pilotos de viações comerciais, que são testemunhas privilegiadas de inúmeros acontecimentos estranhos nos céus de nosso planeta.




Tantos contrastes e tantas semelhanças... Esse é o nosso continente — habitado por um caldeirão de nações que originou um povo mestiço e mais aberto, de cultura rica e variada. Neste livro, você vai viajar pelo nosso continente, parando em cada país para conhecer as suas histórias e as relações delas com as pessoas, as crenças, a cultura e a natureza. Vamos lá, adentrar a América Latina e dar um grande abraço nela!



Era uma vez um escritor paulistano chamado Toni Brandão, que recontou a história da a Gata Borralheira, um dos maiores clássicos de todos os tempos, nesta edição colorida e ilustrada por Ana Raquel.  No livro, além da personagem principal, A Gata - como é carinhosamente tratada - há o encantado Príncipe Alexandre, a malvada Madrasta, suas feias filhas Joélica e Narilda, o poderoso Rei King e também os simpáticos ratinhos Zeca, Juca e Kiko. E tem o palácio, o baile, a boa Fada Madrinha e sua varinha de condão, além do essencial sapatinho de cristal e todos os outros elementos que há tantos anos encantam leitores de todas as idades, em várias partes do mundo.






E tem pra garotada também!




2leep.com

10 comentários:

  1. Oi, Cida.
    Sem dúvida Mel e Amêndoas é o mais aguardado. :)

    xoxo

    Books & Emotions
    http://books-and-emotions.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Super legal!
    Fiquei com vontade de ler A Gata Borralheira :)
    Beijos

    queridosquinze.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Fiquei encantada com a sinopse de Mel e Amêndoas. Além da capa ser linda, adoro livros desse gênero. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Mel e Amêndoas me intrigou, tanto pela capa quanto pela sinopse. Também fiquei tentada a ler Histórias da America Latina, tem tanto para se conhecer nesse mundo.

    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  5. Quero ler "Mel e Amêndolas". Pareceu ser interessante e me lembra um pouco um filme que vi.

    Bjs**

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, infelizmente nenhum dos lançamentos me inspirou a ler...

    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Mel e Amêndoas parece ser muito bom, bem do meu tipinho! ahhahahaha A capa sem comentários de linda! Mas o que eu gostei mesmo foi de “Iron Man"!!! Eeeeeeee pra começar adoro biografias principalmente quando se trata de feras do rock... adoro o Black Sabbath e irei no show em outubro, então... essa leitura pra mim é obrigatória! :)

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa a respeito do livro "Mel e Amêndoas" e quero ler algumas resenhas para me decidir se leio ou não....

    ResponderExcluir
  9. J. J. Benítez é o contrário de Dan Brown: Benitez jura que tudo que escreveu é verdade mas ninguem o leva a sério, já Brown avisa que sua obra é pura ficção mas quem lê jura que é tudo verdade. Encontro na Montanha Vermelha segue a mesma receita de "é tudo verdade mas ninguém acredita".
    Gostei muito do enredo de Mel & Amêndoas.

    ResponderExcluir
  10. Mel e Amêndoas entrou para a minha lista de livros a serem lidos, ainda este ano :D

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!