{Resenha} Olhos de Fogo

Olhos de Fogo
Autor(a): Helena Gomes e Kathia Brienza
Editora: Escrita Fina Edições     Páginas: 176
Lançamento: 2010      ISBN:  9788563877093


Em 1646, em pleno declínio da invasão holandesa ao Brasil, holandeses acuados invadem a vila de Tejucupapo, em Pernambuco, quando a maioria dos homens está fora, a trabalho. As mulheres de Tejucupapo arquitetam uma inteligente defesa. Mas, além disso, os habitantes do vilarejo ainda têm que se defender de um serial killer à solta. Fatos verídicos e ficção aliados num suspense emocionante.
Conheci o trabalho da escritora Helena Gomes ao ler o livro Sabor de Sangue E Chocolate, gostei bastante de seu jeito de contar histórias e resolvi procurar outros livros da escritora, desta vez foi Olhos de Fogo, ambos publicados pela Escrita Fina, e novamente tive uma grata surpresa.

O cenário escolhido para esta trama é outra cidade brasileira, mas a autora saiu do sul do Brasil e viajou para o Nordeste, na cidade de Tejucupapo, estado de Pernambuco. Vamos viajar para o ano de 1646 e conhecer Pim, um garoto holandês atormentado por estranhos pesadelos. Pim veio para o Brasil junto com o pai, um cientista em busca de conhecimento sobre a nossa fauna e flora. O relacionamento pai e filho é frio, e Pim encontra carinho nos braços da escrava Isabel, o mais próximo de uma figura materna em sua vida.

Como eu disse, o menino é atormentado por pesadelos, que na verdade são visões de algo que está por acontecer, neste caso assassinatos. Imaginem quando aparecem diversas pessoas mortas da mesma forma que ele viu? Será que foi Pim? 

Narrado em terceira pessoa, o enredo deste livro é bem construído e amarrado, em poucas páginas,  temos uma aventura deliciosa, permeada com muito mistério, uma pitada de sobrenatural e de quebra a autora inseriu um pano de fundo histórico. Seguir a trajetória de Pim na investigação do crimes é um grande quebra cabeças, ele, ao lado da amiga Jussara, uma indiazinha bem esquentada, vão cuidadosamente unindo pistas e delineando o perfil do assassino, colocando as próprias vidas em risco. Temos um clima tenso, que nos dá a sensação de que algo muito ruim está por vir, e podem ter certeza que está mesmo.

São muitas perguntas. Quem? Quando? Onde? Desconfiei de todo mundo, e a verdade é que não consegui descobrir quem cometeu os crimes até o final. Tem até a aparição de uma figura sobrenatural, o demônio Anhangá, que é acusado de ser o responsável pelos crimes, mas posso garantir que quem foi é bem humano e Anhangá é um aliado dos mocinhos.

Os personagens são cativantes, Pim é um bom menino, doce, gentil e inconformado com a escravidão de índios e negros, ele vê todos como iguais, assim não entende a  razão para tanta crueldade. Ele no começo acha que por sonhar, foi quem cometeu os crimes, mas logo percebe que tem um dom e pode ajudar as pessoas. Sua parceira é Jussara, uma garota arredia, marcada pelas caçadas aos índios, demora um bom tempo para confiar no garoto, ao passo que ele se encanta por ela logo de cara. Foi bem divertido ver a implicância dela com Pim, mas conforme a situação piora, a amizade dos dois aumenta e resistir as gentilezas do garoto fica difícil  Formam uma dupla esperta e destemida.

Temos outros personagens muito bons também, com destaque para a escrava Isabel e o pirata-mercenário Beckett, o casal surpresa da trama.

O cenário na época do Brasil colonial é muito bem descrito nesta trama, vamos conhecer detalhes sobre a colonização holandesa em Pernambuco, saber mais sobre o dia a dia dos senhores de engenho e como foi a triste vida dos escravos e índios. O que mais gostei foi saber que boa parte dos personagens são pessoas reais, e algumas cenas do livro representam o que aconteceu, como é o caso da Batalha das Heroínas de Tejecupapo, uma batalha liderada por quatro Marias, mulheres de coragem, que defenderam sua terra e seus filhos com muita garra. Ao final do livro é explicado que Helena Gomes e Kathia Brienza viajaram até Tejucupapo para pesquisa do livro, o que demonstra extremo cuidado na elaboração desta obra.

Foi uma deliciosa viagem no tempo e uma aula de História sem precisar ficar na sala de aula, fiquei muito contente com tudo que acabei sabendo sobre esta parte de nosso passado, nunca tinha lido nada sobre esta batalha.  Leitura fluida e dinâmica.  Um livro muito bom mesmo, só lendo talvez dê para entender melhor, pois a empolgação nos domina a cada virada de página, não percam a oportunidade, se gostam de um bom mistério e aventura. 
2leep.com

16 comentários:

  1. oi Cida,
    esse livro não me chamou atenção, não sou muita fã de suspense e confesso q não curti a capa tb rsrsr

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Falou de aula de Historia, já me interessei!
    Parabéns pela resenha ;)

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida! Eu simplesmene amo quando os autores conseguem montar uma bela história em outros tempos, quem não gosta de história, não é mesmo? É tão bom quanto viajar para outras realidades que nunca existiram, só que, quando bem construído, o passado é ainda mais atraente.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante do enredo da história ainda mais porque se passa no Brasil e tem uma trama que parece ser bem elaborada. Fiquei curiosa com os assassinatos e para conhecer mais a história dessa batalha que nunca ouvi falar.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida, livros recheados de cultura é bom D+, ainda mais de uma época tão rica..
    Adoro livros que nos empolgam também, eu adorei a dica, até pq não conhecia..


    Tem resenha nova no Daily
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
    li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
    gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
    Deixo-lhe a minha bênção.
    E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
    PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

    ResponderExcluir
  7. Ai que bacana! Adorei sua resenha e a premissa da história. Suspense é um gênero literário um pouco difícil de me conquistar, mas se a história for tão bem construída e desenvolvida como parece ser esse livro, nem penso duas vezes. Adorei e quero muito ler!

    Beeijão ^^
    http://literarioecultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!
    Eu AMO suspense, tanto em livros como em filmes e por tudo que escreveu, achei a história ótima. Com certeza me empolgaria e muito!
    Conheço o trabalho da Helena através de Kimaera e espero poder ler mais um livro dela!
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Cida, esse livro já me conquistou por três motivos:

    1 - É um livro de suspense;
    2 - É um livro histórico;
    3 - Sua resenha está incrível.

    Sério, esse livro me chamou par ler-lo agora, rs


    Lucas / Era uma vez...
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, achei que fosse bem chatinho quando li o nome. Mas me surpreendi muito ao ler sua resenha. Poxa, é diferente de tudo o que já li.

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  11. Amiga, não conhecia o livro. Já vi falar sobre a autora e o outro livro dela, mas também não tive oportunidade de ler. Mas pela sua resenha parece ser um livro maravilhoso! Fiquei bem curiosa pra ler.
    Adoro livros com essa temática. Tá anotado aqui.

    Beijoos
    Jaque - Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida!

    Fico tão contente quando vejo livros que além de proporcionar o puro prazer da leitura, também nos ensina... Acrescentando fatos históricos na narrativa. *-*
    O problema é que eu nunca fui fã de história do Brasil, mas achei o livro bem interessante e detalhado, quem sabe eu não o leia futuramente?!
    Ótima resenha!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Sou fã da Helena e sempre que posso leio seus livros. Este infelizmente ainda não deu,
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Cida,

    Mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog, apesar de não gostar da capa...gostei da sinopse e sua resenha me deixou curioso...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Cida!
    Não conhecia o livro, mas até certo ponto me interessei. Desde o título, que me chamou atenção, até essa história de o personagem ter sonhos estranhos relacionados a mortes.
    Beijo!
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida... nossa, valeu pela dica! Não conhecia esse livro... sou formada em História, então acho que nem preciso dizer o quanto fiquei interessada no livro! Parabéns pela resenha! Bjos.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!