Extra! Extra! Companhia das Letras, Seguinte e Paralela

Olá galera!

Confiram as novidades das Editoras Companhia da Letras, Seguinte e Paralela.


Laços de sangue, de Richelle Mead, O trabalho de Sidney Sage não é nada fácil: ela e seus colegas alquimistas são os únicos a saber que vampiros existem para além das telas de cinema — e são uma ameaça real à humanidade. Para manter a ordem, eles devem impedir que esse segredo vaze e que os mortais se aproximem desses seres perigosíssimos. Agora a paz que os alquimistas vêm garantindo há tempos está prestes a desabar, e Sydney terá de proteger a princesa vampira Jill Dragomir, ou uma guerra pelo trono eclodirá no mundo dos vampiros e trará consequências avassaladoras para os homens. No entanto, defender alguém que até então era alvo de seu desprezo será mais difícil do que Sydney imaginava… Na série Bloodlines há personagens antigos da Academia de Vampiros e outras caras novas. Desta vez, o cenário é o mundo dos humanos, onde os riscos são ainda maiores e todos estão em busca de sangue. [Skoob] 
O Anjo de Hitler, William Osborne, Leni tem catorze anos, é austríaca, judia e muito corajosa. Refugiada na Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial, certo dia é convocada pelo almirante MacPherson para a missão mais perigosa de sua vida... Otto é alto, bem magro, tem olhos castanhos e vive na Inglaterra - sua família foi aprisionada pelos nazistas. Ele adora se meter em confusão e é por isso que, quando o almirante sugere que ele ajude o governo inglês numa missão ultrassecreta, ele aceita na hora. Otto e Leni são enviados à Alemanha para resgatar uma garotinha chamada Angelika. Pouco se sabe sobre essa pequena órfã misteriosa em quem a Inglaterra tanto aposta como a arma secreta que colocará o ponto final naquela guerra sangrenta. Leni, Otto e Angelika enfrentam grandes desafios, descobrem segredos importantíssimos e acabam mudando os rumos deste episódio tão marcante para a história. [Skoob]



Ragnarok, A. S. Byatt, Ragnarök, em islandês antigo, significa “crepúsculo dos deuses”, ou ainda, “julgamento dos deuses”. Ambas as acepções estão contidas nas sagas mitológicas germânicas e escandinavas compiladas a partir do século XIII. Para os antigos nórdicos, o fim dos deuses era também o fim dos tempos, comparável ao Juízo Final dos cristãos, com a importante diferença de que não havia esperanças de uma vida além-túmulo: após o colapso do Valhall - o suntuoso palácio das divindades -, o universo se transformará para sempre num lugar escuro, árido e desabitado. Neste livro híbrido entre mitologia e autobiografia, A. S. Byatt recupera algumas das mais importantes histórias sobre a gênese e o fim do mundo segundo os povos bárbaros - vikings, islandeses, germanos - que habitaram o norte da Europa até sua cristianização. Encantada desde a infância por deuses como Odin, Frigg, Loki e Thor, a autora de Possessão (romance vencedor do Man Booker Prize de 1990) reconta suas aventuras em meio a gigantes, elfos, lobos e serpentes monstruosas; paralelamente, Byatt rememora suas próprias experiências durante a primeira leitura das narrativas de que esses seres fantásticos são protagonistas. Ostentando poderes prodigiosos, equiparados às forças incontroláveis da natureza, mas também às fragilidades mais típicas dos homens, as divindades do panteão nórdico provocam seu próprio fim com suas paixões imprudentes. Trata-se de um eloquente eco das catástrofes humanas e naturais anunciadas pela atual degradação ambiental e pela escalada dos conflitos bélicos. [Skoob]



Alberic - O Sábio, Norton Juster, Alberic era um homem simples e sem ambições. Após conhecer um viajante, decidiu partir em busca do que o mundo tinha para lhe oferecer. Claude era um jovem que não acreditava em nada. Numa de suas visitas ao museu, ficou intrigado com o quadro de uma jovem triste e, ao se aproximar, foi parar dentro da pintura. Dois reis - o mais rico e próspero do mundo e o mais pobre e miserável de todos - decidem viajar em busca de reconforto e acabam chegando um ao reino do outro. Os três contos deste livro têm como centro o tema da viagem - e todas as transformações que dela decorrem. Em narrativas cheias de detalhes e ricas na linguagem, Norton Juster nos leva a refletir sobre a nossa própria vida e as escolhas que fazemos, em uma verdadeira jornada pelo mundo da imaginação. [Skoob]



O fator Scarpetta, de Patricia Cornwell, Falta uma semana para o Natal. A economia americana do pós­-crise custa a se recuperar. Diante de um cenário tão desalentador, a dra. Kay Scarpetta resolve oferecer seus serviços pro bono ao Instituto Médico Legal de Nova York. Mas sua crescente exposição na mídia parece antecipar uma série de eventos inesperados e perturbadores. Ao vivo na CNN, ela é questionada sobre o estranho caso de Hannah Starr, uma bela milionária desaparecida desde a véspera do Dia de Ação de Graças. Durante a mesma transmissão, Scarpetta recebe uma ligação de uma antiga paciente psiquiátrica de Benton Wesley, que parece estar obcecada pelo casal. No mesmo dia, ao voltar para casa depois do programa, um pacote suspeito — possivelmente contendo uma bomba — é deixado aos cuidados seus. Rapidamente, a suposta ameaça à vida de Scarpetta a envolve numa rede surreal de acontecimentos em que se encontram um famoso ator acusado de um crime sexual inacreditável e o desaparecimento de uma ricaça que parece partilhar um passado secreto com Lucy, a sobrinha preferida de Kay. Complicando ainda mais a trama, o produtor de Scarpetta na CNN tenta persuadi-la a estrear um programa de TV chamado “O fator Scarpetta”. Diante de tantos acontecimentos bizarros, ela teme que sua fama resulte na ilusão de que ela realmente tem um “fator especial”, uma habilidade mística que a auxilia na resolução dos casos. [Skoob]

O homem do engano, de Chris Morgan Jones, Pouco tempo depois do colapso da União Soviética, dois jovens ocidentais se mudaram para Moscou, atraídos pelas oportunidades profissionais que se abrem com a perspectiva de redemocratização do país. Um deles é jornalista e logo se desilude ao observar, no dia a dia da nação formada a partir dos escombros do regime comunista, um vaivém de expectativas e e frustrações que parece não ter fim. O outro, um advogado medíocre, deixa-se seduzir pela opulência em que vivem alguns dos antigos membros da nomenclatura soviética e põe-se a serviço de um deles, emprestando seu nome para camuflar um esquema de corrupção que está por trás do maior conglomerado privado do setor petrolífero russo. Com uma escrita elegante e segura, Chris Morgan Jones usa esses dois personagens – e o entrecruzamento de seus destinos – para construir um romance de espionagem que, embora atualíssimo, recupera a atmosfera gélida e sombria dos clássicos do gênero, onde a Rússia tantas vezes figura como terra de intriga e de promessas.[Skoob]


Ithaca Road, de Paulo Scott, Da janela do apartamento em Ithaca Road, Narelle observa o movimento da rua e do parque. O apartamento pertence ao seu irmão, que fugiu do país às vésperas da falência de seu negócio e lhe deixou um mar de problemas para resolver. No reencontro com algumas peças fundamentais do quebra-cabeça que se tornou sua vida, Narelle mal terá tempo de reparar na menina delicada e silenciosa que passa os dias desenhando no parque em Ithaca Road. Mas um primeiro passo na direção dessa garota pode trazer à tona um inesperado e incerto encontro entre passado e futuro. Ithaca Road traz uma história única e delicada envolvendo Penélopes contemporâneas, emancipadas, inconformadas, à procura do seu lugar num mundo novo que lhes convida a querer mais, muito mais.[Skoob]



Para sempre sua, de Sylvia Day, Alto, moreno, rico, bem-sucedido, poderoso e, claro, lindo, Gideon Cross era o homem que qualquer mulher adoraria ter ao seu lado. Desde a primeira vez que se cruzaram, surge uma atração incontrolável entre eles. O que no começo parece ser só sexo, aos poucos vai se tornando uma paixão arrebatadora. Gideon e Eva não conseguem ficar um minuto sequer sem pensar um no outro, sem desejar-se. Os dois se entregam profundamente, revelando traumas e segredos de um passado complicado que até hoje os assombra com as suas marcas. Além disso, o dia a dia vai se revelar ainda mais desafiador. Se por um lado, Gideon e Eva não se cansam de seus encontros pra lá de sensuais, por outro, a presença implacável de Corinne, ex-mulher de Gideon, de Brett, ex-namorado gatíssimo de Eva por quem ela era apaixonada, e de Deanna, uma jornalista que só pensa em acabar com Gideon, fazem com que qualquer passo errado possa colocar tudo a perder. Mas até onde estariam dispostos a ir um pelo outro? O que sacrificariam por uma relação tão dependente quanto esta? Será que mesmo diante de todos os obstáculos conseguirão, enfim, ficar juntos?[Skoob]


2leep.com

6 comentários:

  1. Simplismente, preciso de ler algo da Patricia Cornwell. Sempre curto as sinopses dos livros dela.

    Lucas / Era uma vez...
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei os lançamentos mas fiquei mega curiosa para ler 'O Anjo de Hitler'!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. " O Fator Scarpetta" parece ser muuuito bom

    beijoss
    http://meuvicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. olá Cida
    desses me interessei apenas por Laços de Sangue, que inclusive é minha leitura atual.
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Gostei de Laços de Sangue. Só eu acho que Simplesmente Sua é muito parecidao com 50 Tons de Cinza?
    Xxxx

    ResponderExcluir
  6. Desses títulos aí eu me interessei apenas por Laços de Sangue e "O Fator Scapertta", eles parecem ser ótimos livros, ao menos pela sinopse. O "Para sempre sua" já tive oportunidade de ler e confesso que me esforcei muito para chegar até o final da leitura. Acho que Sylvia abusou da boa vontade de seus leitores estendendo uma série que poderia muito bem ser fechada em apenas três livros, caso fossem retiradas as diversas cenas desnecessárias, ao meu ver acho que ela pecou ao sair da sua boa escrita para apelar a ganhos financeiros com mais duas obras que virão... Mas enfim, só minha opinião.

    Beijo!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!