{Resenha} Pandemônio

Pandemônio
Título Original: Pandemonium
Autor(a): Lauren Oliver
Editora: Intrínseca      Páginas: 304
Lançamento: 2013      ISBN:  9788580573138
Pandemônio, Lauren Oliver

Dividida entre o passado — Alex, a luta pela sobrevivência na Selva — e o presente, no qual crescem as sementes de uma violenta revolução, Lena Haloway terá que lutar contra um sistema cada vez mais repressor sem, porém, se transformar em um zumbi: modo como os Inválidos se referem aos curados. Não importa o quanto o governo tema as emoções, as faíscas da revolta pouco a pouco incendeiam a sociedade, vindas de todos os lugares… inclusive de dentro.

Após o final surpreendente de Delírio (resenha aqui), que me deixou de coração partido, seguimos agora com Lena em seu renascimento, como ela mesma nomeou este momento, e a tensão, ansiedade e emoção que me afligiram durante todo o livro anterior permanecem. Como li um em seguida do outro, estou no mesmo ritmo dos personagens, vivendo as mesmas sensações e angústias.

A narrativa do livro é dividida em antes e agora, cada capítulo trata de um período diferente de tempo. O antes se dá depois da fuga alucinada de Lena e sua chegada à Selva. Ferida por dentro e por fora, ela caminha dias sem rumo, buscando força na lembrança de cada coisa que Alex fez, os Inválidos a encontram e lhe dão abrigo, ajudando pelo menos na cura dos ferimentos físicos. Nesta fase, a protagonista não só aprende como viver na Selva, mas também como sobreviver em sua situação atual. Fome, frio, medo e muitas mortes fazem parte de sua nova rotina.

O agora é a Lena renascida, aquela que sobreviveu a dureza da Selva e resolveu trabalhar com a Resistência, o cenário é Nova Iorque, onde a garota, junto com mais dois Inválidos, desempenham o papel de espiões. Lena tem a falsa marca da cura, retoma os estudos e envolve-se plenamente na situação opressiva de sua nação, tudo em luta da derrubada da cura.

Com a narrativa em primeira pessoa, pela voz de Lena, vemos uma grande mudança na história em relação ao primeiro livro, em Delírio vivemos o cotidiano deste novo mundo,  sentimos como é a vida de cada um e conhecemos todos os costumes desta sociedade, já em Pandemônio, estamos mais do que inseridos neste cenário, e desta forma a autora nos conduziu para a ação, não há mais aquela necessidade de fazer o mundo sem amor ser compreendido, agora vamos fazer parte da luta das pessoas por este mundo, alguns contra, outros a favor da cura. Tudo está mais violento e ágil. Tem muitos conflitos neste livro, guerras travadas nas ruas, a cidade vive em verdadeiro caos, os Inválidos, antes tidos como lendas, agora estão mais ousados e não há como o governo negar sua existência. 

A Lena teimosa e indecisa, que tantas vezes me irritou, não está mais presente, hoje temos uma jovem dura, que age com movimentos calculados, seus sentimentos estão mais inflamados do que nunca, ela continua sendo uma pessoa boa, que importa-se com os amigos, mas é impiedosa com os inimigos. Ela amadureceu, sufocou sua dores e está tentando seguir em frente, sempre buscando força no que aprendeu com Alex, no entanto, na metade do caminho, até seu amor por ele, foi sufocado. Isso me deixou um pouco triste.

Entram muitos personagens novos também, com destaque para Prego e Graúna, membros da Resistência. Ambos desempenham papéis muito importantes na trama. Gostei muito do jeito dúbio da personalidade de Graúna, bem enigmática. Prego é o cara durão, mas que é leal aos companheiros, sua sinceridade é ímpar. Na minha opinião os dois dariam um ótimo casal, quem sabe no futuro. 

Não foram só pessoas contra a cura que entraram, representando o outro lado da moeda temos Julian, filho de um dos mais influentes líderes políticos do momento e defensor na nova ordem. Ele e Lena protagonizam a maior parte das cenas, a convivência de ambos será de aprendizado e descoberta, podendo resultar no que vai mudar definitivamente a situação do país. Mas já digo, não gostei do rapaz, sabem como é, meu amor por Alex não foi deixado de lado.

Pandemônio foi diferente de tudo que eu esperava, não há previsibilidade neste livro, quando eu achava que a história seguiria por um caminho, enveredava por outro, foi surpresa atrás de surpresa, e novamente eu roendo as unhas com o que estava por vir. Existem dois pontos importantes na vida de Lena, duas pessoas na verdade, que achei que seriam o foco desta sequência, conforme fui avançando na leitura, achei até que isso tivesse sido esquecido, mas Oliver não deixa pontas soltas, eis que em um momento decisivo, ela traz de volta um destes pontos e me deixa novamente de queixo caído, pensando como eu não tinha percebido, estava na minha frente. E o segundo ponto, ela deixa para tratar somente no final, fechando o livro com chave de ouro. Fiquei muito, muito feliz com o que aconteceu e ansiando desesperadamente pelo próximo livro. Tomara que não demore. 

"Não nasço de repente, a nova Lena. 

Passo a passo - e depois, centímetro a centímetro.

Engatinho, as entranhas retorcidas, virando pó, a boca cheia do gosto de fumaça.
Unha por unha, como uma minhoca.
É assim que ela vem ao mundo, a nova Lena."


Série 
Delírio #1
Pandemônio #2
Requiem #3


2leep.com

32 comentários:

  1. Ainda não li nenhum livro dessa série
    Mas tenho muita vontade

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Por curiosidade eu dei apenas uma lida superficial na sua resenha , pois ainda não li Delírio.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já havia lido uma resenha de Pandemônio.... e como comentei na sua resenha de Delírio, acho que vale muuuito a pena dar uma conferida nesses livros. Adorei a resenha, deixou aquela vontade enorme de ler!! Já vou adicionar na minha lista de desejados!!!

    ResponderExcluir
  4. cara eu tenho o ebook do primeiro livro. sou doida pra ler, mas ainda nao tive tempo assim que der vou ler o primeiro e pretendo adquirir logo o segundo *u* amei sua resenha amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois passa aqui e me fala o que achou! Bjos!

      Excluir
  5. Me deliciei com Pandemônio, apesar de ter ficado impaciente com esse negócio do Antes e Depois. Primeiro comecei amando o antes, e após a metade do livro, me bateu uma ansiedade pelo Depois.
    Confesso que tinha quase certeza de que o final seria daquele jeito, apesar de que fiquei puta da vida com as últimas frases do livro... Como assim??????
    Mas... Achei o ritmo bem melhor do que em Delírio. Gostei demais do livro!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este livro é mais agitado mesmo, e ambos têm um final de parar o coração, mas desta vez fiquei muito feliz, acho que o terceiro livro promete.

      Excluir
  6. Oie Cida
    Pandemônio é de tirar o fôlego e se apaixonar de vez pela escrita de Lauren, né?
    eu adorei, achei bem melhor que o primeiro livro, e aquele final foi muita maldade com nós leitores rs
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim, agora vamos ver quem ganha esta disputa.

      Excluir
  7. Chegou Pandemônio para mim na semana passada, estou ansiosa para ler e ver se o tanto de elogios que vejo por ai não é exagero, mas ainda não arranjei tempo para ler o primeiro. Sua resenha está maravilhosa, só aumentou minha vontade de ler.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  8. Também tenho o ebook no kindle, mas estou me segurando para ler só quando eu comprar Delírio e Pandemônio... Não se aguento :P
    Ótima resenha!

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Fiquei doida pra ler Delírio, depois que li fiquei apaixonada pela escrita da autora, não vejo a hora de Ler Pandemônio.
    beijo
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Cida, ameii a resenha.
    Eu li Delírio e entendo bem o que você quer dizer com "roer as unhas", a tensão é enorme.
    E pelo que vejo Pandemonio tá pior ou melhor. rs
    Tinha esperanças quanto a Alex, mas parece-me que ele não sobreviveu mesmo, né!?
    Uma pena, também sou do fã clube do Alex. :D
    Ansiosa pela leitura agora.

    Beijoos

    Jaque - Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida!
    Ameiiiii a resenha!
    Eu quase comprei Delírio e Pademônio em uma promoção, mas fiquei com medo de não gostar. Agora estou quase me batendo por conta disso. Eu sempre li resenhas positivas, mas nenhuma que me fizesse querer comprar os livros como a sua me fez.
    Que venha outra promoção urgente!
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie Cida,
    confesso que não estava ansiosa por este livro, mas sua resenha me fez ficar na dúvida. Ele me pareceu tão bom rsrsrs

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu andei ansiosa por essa série, mas acabei deixando passar, mas ultimamente tenho lido novas resenhas
    e minha curiosidade está retornando, espero conseguir ler em breve.
    Saber que você deu 5 estrelinhas me deixou bem empolgada.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  14. Cida, acho a temática da série bastante interessante. Pretendo ler um dia, sim.
    Ótima resenha! Bem instigante e detalhada... parabéns!

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha. tô querendo ler esse livro a tempos. Vamos ver se agora eu consigo.
    Obs: Obrigada por comentar lá no Flor de Lis
    http://www.blogflordelis.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida!

    Não conheço essa série achei muito legal!!

    Beijos

    Andressa
    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Esse ainda não tinha visto *-*

    ResponderExcluir
  18. Cida!
    Tenho que ler delírium ainda!
    to meio atrasada com as leituras!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  19. Fui correndo ler sua resenha de Delírio e agora fiquei com ainda mais vontade de lê-lo!
    Adoro quando os livros, principalmente as séries fogem do previsível e te deixam querendo mais. Pandemônio parece eletrizante!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Li a resenha meio por cima pra não pegar muito spoiler, mas é bom saber que o segundo volume da série é tão bom quanto o primeiro!

    ResponderExcluir
  21. Oi cidinha, tudo bem com você? Cara, eu to doida pra ler esse livro e olha que ainda nem comecei Delirio! Li só o finalzinho da sua resenha pra eu não pegar nenhum spoiler e fico feliz em ver que gostou tanto do livro. Isso só aumenta ainda mais a minha expectativa com o livro =P

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Do jeito que você descreveu o livro, eu fiquei me perguntando o motivo de muitas pessoas ão terem gostado de Delírio e Pandemônio. Eu estou particularmente muito curiosa pro ambos, e tomara que venha logo o próximo da série.
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu! Isso vai muito do gosto de cada um, e no meu caso foi muito bom mesmo, leia e veja,

      Excluir
  23. Oie Cida =)
    aaaaah, poxa eu tinha o primeiro volume, mas por achar que não ia gostar acabei colocando em sorteio, agora lendo a tua resenha estou arrependida! rs
    Poxaaa, amo livros que não são previsíveis e como li na tua resenha não é o caso desse, me arrependi agora!!! rsrsrs

    ResponderExcluir
  24. Cida parabéns mais uma bela resenha, agora é fato vc me convenceu e os livros dessa serie irão para minha lista de aniversario em julho. Vc sabe dizer se será uma trilogia ou se terão outros livros!!!!????
    Parabéns por mais um ótimo livro lido e resenhado.

    Te espero no Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline! Serão três livros (até o momento) e temos alguns contos que focam nos personagens. Bjos!

      Excluir
  25. Sou doida para ler esse livro! Só de olhar a capa, tenho vontade de engoli-lo com os olhos *o*

    ResponderExcluir
  26. Esse livro é perfeito! Só pela capa, já tenho vontade de engoli-lo com os olhos *o*

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!