{Resenha} Delírio

Delírio
Título Original: Delirium
Autor(a): Lauren Oliver
Editora:  Intrínseca      Páginas: 352
Lançamento: 2012      ISBN:   9788580571646
Distopia


Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.
Delírio é o primeiro volume da série distópica da escritora Lauren Oliver,publicada pela Editora Intrínseca no Brasil. A autora também é conhecida pelos eu livro Antes Que Eu Vá, seu primeiro aqui.

Eu gosto bastante de distopias, é um gênero que comecei a ler faz pouco tempo, no entanto já entrou para o rol de favoritos. O que mais aprecio neste estilo de livros é a forma com que o mundo é retratado, a maneira como podemos estar vivendo daqui alguns anos. Muitas vezes a história pode parecer até absurda, mas se o tema for bem desenvolvido você acredita, e se questiona se poderemos chegar tão longe.

O amor é uma doença, amor deliria nervosa.

Sim, o amor que hoje temos como algo bom, visto como nosso maior problema. Questionar o sentimento mais sublime da humanidade e classificá-lo como o início de nosso fim, foi o que mais chamou minha atenção neste livro. Como erradicar algo que nos contagia sem pedir permissão e nos deixa inebriados ao invadir nossos corações? Uma pergunta que parece ser complicada de responder, mas ao mergulhar neste livro foi fácil e claro como água. Lauren Oliver cria um mundo bem construído e detalhado, crível é a palavra, e nos convence de sua existência.

Lena, a protagonista é a narradora da história, através de seus pensamentos e reflexões, vamos conhecer como funciona uma sociedade que exterminou o amor. As pessoas quando completam 18 anos são submetidas a cura, uma intervenção cirúrgica que elimina nos seres humanos a capacidade de amar. A garota acredita piamente no sistema, afinal o amor, como é comprovado por cientistas e estudiosos, já causou muitos prejuízos à humanidade, o estresse, a depressão, insônia, falta de apetite e até a morte. Já ouviu falar de alguém que morreu de amor? Romeu e Julieta para nós um lindo romance, aqui é um conto de alerta. Vejam só.

Antes de serem curados, homens e mulheres, não podem interagir, existe uma segregação de sexos, mas sempre ocorre uma brecha e assim Lena conhece Alex, que em um primeiro momento parece ter sido curado, mas logo ela descobre que a marca de cura do rapaz é falsa e ele faz parte da Resistência, o movimento contra a cura.  Os membros desta facção são chamados Inválidos (não curados) e vivem na Selva (área fora das cidades curadas).

Lena tenta resistir ao sentimento que cresce em relação ao rapaz, mas ele sabe ser persuasivo e enfrenta os dilemas morais da garota. Ela vê-se em conflito com tudo que acreditou sempre, vendo o amor como algo ruim vesus o sentimento que lhe conforta e preenche em relação à Alex, e isso é o suficiente para tirá-la de sua zona de conforto e mudar toda sua vida cheia de regras.

Eu não gosto de narrativas em primeira pessoa, mas em Delírio isso não me incomodou, me perdi em suas páginas e senti  na pele como viver naquela sociedade, compartilhei os sentimentos da personagem. A maneira como a autora nos conduz é sensacional, envolvente, a opressão e tirania é palpável, eu fiquei tensa durante toda a leitura, o coração na boca, o estômago dando nós. Ela escreve de maneira muito bela, impactante e poética.

A história se passa no EUA, neste primeiro livro em Portland. O país foi fechado, assim como cada estado, ninguém entra, ninguém sai, mas nos arredores, atrás das cercas elétricas vivem pessoas que ainda acreditam no amor e lutam pelo fim da cura. Choca saber que as pessoas vivem sem sentimentos, não é só o amor que é extinto, são todos os sentimentos, as pessoas vivem sem emoção, insipidamente, são seres mecânicos e calculistas. Até as músicas são sem alma.

No começo me irritei com Lena, sua negação e medo de quebrar as regras nos deixam enervados, mas também temos que entender que foi nisso que ela acreditou sempre e deixar tudo de lado é complicado, então outro sentimento surge, a ansiedade, pois a expectativa pela revolta de Lena, para que ela faça algo "errado" é enorme. Conforme a história foi transcorrendo ela deixou de ser a pessoa que me irritava, para torna-se aquela por quem eu torcia muito.

Em relação à Alex eu gostei muito de seu jeito simples e sincero, mas como tudo é pelo ponto de vista de Lena, não sabemos muito sobre seus anseios. Hana a melhor amiga de Lena é alguém que merece destaque, seu jeitinho mimada-rebelde ajuda a quebrar a tensão em certos momentos.

O romance é algo muito bom de se acompanhar, o sentimento cresce aos poucos, mesmo com a ameaça da data da cura de Lena chegando, eles não são afobados, Alex e Lena fazem a descoberta do amor de forma inocente, com muita sensibilidade. 

Eu demorei para ler este livro, vi muitas críticas negativas e acabei adiando a leitura, mas estava perdendo uma história sensacional, gostei mesmo do livro, não é aquela leitura cheia de aventuras e ação, é algo mais delicado e não tão ágil, mas não cansa, a leitura é fluida e rica em detalhes. Muita coisa acontece aos personagens, muitos segredos são descobertos e vemos o impacto de cada mudança na protagonista. O final foi de arrasar, como eu digo, de partir o coração e inesperado. Não vou dizer que estou ansiosa para ler o próximo, pois já li, então logo trago a resenha.




2leep.com

29 comentários:

  1. Eu também adorei esse livro! Estou louca por pandemônio, realmente o final foi de partir o coração!

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/
    http://twentytwoo22.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nenhum livro dessa série. Já vi resenhas positivas como a sua e outras nem tanto. Gostei do fato do romance crescer aos poucos, me incomoda bastante quando é tudo muito rápido.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  3. Primeira resenha positiva que li sobre o livro, e já me convenceu a colocá-lo na minha lista de "comprar urgentemente" haha
    Delírio tem uma sinopse muito interessante, e o fato de que a autora conseguiu desenvolver uma boa história é ótimo!
    Também adoro distopias, e acho que essa vai estar em breve na minha lista de favoritos (:

    Ps. Muito legal o nome do widget aqui do lado "the book is on the table" rsrsrs

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie :)

    Estou loucooooo nessa série acho que vou amar porque super combina comigo, essa capa é de tirar o fôlego kkkkkkk, beijos :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  5. Eu amei esse livro. Ele é esplêndido! Delírio está entre os meus queridinhos. Claro que eu estou louca para ler o segundo livro, Pandemônio, mas a falta de dinheiro e a longa lista de livros em espera para eu ler não ajudam muito.
    Xxxx

    ResponderExcluir
  6. Eu também li umas criticas bem negativa e que me fez deixar a leitura de Delirio totalmente de lado, mas acho que vale a pena conferir por nós mesmo, afinal, assim como você e eu posso vir a gostar também! Ótima resenha Cida, você me fez ver com outros olhos o livro :D

    Beijos

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, é bom ter a nossa opinião e eu gostei muito mesmo do livro, é algo muito pessoal. Bjos!

      Excluir
  7. Oi Cida, é to vendo que você gostou mesmo do livro e até já leu o segundo... Haa eu desejo muito ler agora ^^
    Adorei sua resenha, e eu nem tinha interesse em ler este livro até mês passado, agora to louca atras..

    beijos
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós temos gostos parecidos, então acho que você vai curtir bastante. Bjos!

      Excluir
  8. Oi Cida!
    Também demorei muito para ler Delírio, porque eu vi críticas negativas e não tinha como pegar o livro emprestado ou comprar (estou em promessa de não comprar nada até o fim do ano).
    Mas eu curti MUITO o livro, principalmente o amor entre o casal principal. Eles são uma graça, não é?

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracinha mesmo, o jeito que o amor cresce entre eles é muito bonito.

      Excluir
  9. Adoro distopias, mas acho que essa tem um furo muito grande. Como segregar os sexos para que não tenham impedirá de se apaixonarem, obviamente apaixonariam-se por pessoas do próprio sexo. É o que penso...
    Beijos
    Roberta
    Estou te seguindo, visite e siga também: http://umamamaeemapuros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!! eu comprei esse livro numa promoção da Submarino mas ainda não consegui começar a ler, e não foi por causa das dezenas de resenhas negativas que eu li, foi por causa de um único vídeo que eu assisti, onde dizia que rola um corte súbito no final e deixa a gente na maior agonia! e eu odeio isso haha por isso decidi que só vou ler Delírio quando eu tiver com Pandemônio em mãos haha
    adorei a sua resenha!
    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pela resenha Cida! Estou ansiosa para ler Delírio! Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Delírio é uma das minhas distopias preferidas!

    ResponderExcluir
  13. Estou louca para ler esse livro, em breve o farei!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li essa série e acho que não vou ler por não curtir distopias.
    Já li o outro livro da autora, Antes que eu vá, e gostei muito, mas os dois são bem diferentes.

    Também li diversos comentários ruins sobre ele, por isso evito ao máximo ler muitas resenhas de livros que me interessei num primeiro momento. Leio alguns comentários aqui e ali, mas só vejo como é a história e não a opinião da pessoa, para não me influenciar.


    Beijos,
    Letícia - Literature Diary

    ResponderExcluir
  15. Ain, Cida, não sei o que esperar de Delírio, são realmente muitos comentários diversificados, mas no todo me parece uma excelente leitura.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  16. Já li Delírio e amei, é um ótimo livro! A narrativa da autora é fantástica, realmente faz com que nos sintamos parte da história... e o final deste livro é enervante, né? o.O Estou louca pra ler Pandemônio, quero muito continuar a acompanhar esta distopia!
    Bjus, ótima resenha!
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala Paty, eu não conseguia acreditar que depois de tudo a autora fizesse aquilo.

      Excluir
  17. Oi Cida! Parabéns pela resenha... realmente deve ser um livro muito bom. Já li uma resenha do Pandemônio também, e me pareceu ser muito bom, ou seja, acho que vale a pena conferir a série!

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida!

    Tb amei ler Delírio,é uma estória incrível e o final é fantástico,estou ansiosa para ler Pandemônio,mas pelo que li por aí não sei se vou gostar,fiquei com dó do Alex.

    Bjos
    www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Cida!
    Eu também adoro distopias e já estou com esse livro na minha pilha de "Para ler"... Fico feliz que você adorou o livro, vou ver se pego esse pra ler logo!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  20. Você leu críticas negativas sobre este livro? Nooossa! Fico imaginando o porquê de algumas pessoas não gostarem dele! Eu achei muito interessante e assim como você fique totalmente nervosa e com o coração na boca.

    É um livro interessante e já li o segundo também. Agora, aguardo o terceiro ansiosamente! :)

    Beijão

    Gláucia - booklover.com.br

    ResponderExcluir
  21. Ai Cida,
    Só esta primeira pergunta já me faz fica em polvorosa por comprar esse livro que estou resistente em comprar, diante da minha incontável lista de não lidos!
    Eu adorei a resenha e, por incrível que pareça, concordo com os princípios dessa história...
    Pode me chamar de mal amada, mas acho realmente que o amor é o princípio do nosso fim... não analise minha frase restritivamente, mas de forma ampla... muitas coisas terminam para que se dê lugar ao amor e elas nem sempre são boas...
    Quantas histórias de amor deram certo na nossa vida? 1? nenhuma...
    AiAi acho que vou delirar lenso esse livros... rs

    Beijos
    Chrys
    Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida,

    É exatamente por isso que eu estou enrolando para comprar Delírio: o medo de não gostar. Mas depois dessa resenha incrível, impossível resistir.
    Imagine viver em um mundo sem amor, sem qualquer sentimento - não que hoje em dia tenhamos muito amor por ai, mas... Enfim, estou curiosa para lê-lo!
    Ah, e acho a capa lindíssima!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Cida, Cida , Cida

    Extremamente curiosa estou , pra saber o que te deixou tão chocada com o final!!!

    Impossível não ler. !!

    Comprando!!

    Bj

    ResponderExcluir
  24. Cida que resenha maravilhosa, já queria ler esse livro antes e agora estou anciosa e curiosa.
    Parabéns pela resenha!!!! Desejo ótimas leituras para vc querida.


    Te espero nos comentários do Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  25. Delírio foi a primeira distopia que li e já morri de amores. Curioso, porque eu amo narrativas em 1ª pessoa, tenho muito mais facilidade de me entregar a história. Aff, nem me fala do final, morri chorando e morri de ansiedade para ler Pandemônio. Tive que esperar meses para descobri o que aconteceu só para levar mais uma marretada na cabeça quando Pandemônio acabou.. kkk Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!