{Resenha} A Costureira

A Costureira
Título Original:The Dressmaker
Autor(a): Kate Alcott
Editora:  Geração      Páginas: 376
Lançamento: 2013      ISBN:  9788581301310


Uma jovem ambiciosa e uma estilista célebre sobrevivem ao maior naufrágio da História, mas são arrastadas pelo turbilhão de escândalos que se segue à tragédia. Tess Collins, uma jovem inglesa que sonha ser mais que uma empregada e ver reconhecido o seu talento para a alta costura, consegue emprego com a famosa estilista lady Duff Gordon a bordo do Titanic, que ruma para os Estados Unidos. Porém, a viagem que se iniciou de forma tão auspiciosa acaba se tornando a maior tragédia marítima de todos os tempos. Tess e lady Duff sobrevivem, a primeira para viver as aflições do amor e as chances de ascensão social, a segunda para se ver envolvida nos escândalos do inquérito sobre o terrível desastre naval. Com um pano de fundo histórico, mas sob um ângulo inédito, este soberbo romance acompanha a trajetória dessas duas mulheres apaixonadas pela linha e agulha, tão parecidas e tão diferentes, deleitando-nos com um retrato emocionante de uma época conturbada e de uma sociedade dividida. Tess simboliza a modernidade livre de preconceitos de classe e rica em oportunidades, enquanto lady Duff representa a decadente Belle Époque, um mundo de glamour e privilégio com os dias contados, assaltado pelas contestações sociais, indústria de massa incipiente e pressões da mídia.
Fortes sentimentos, uma grande tragédia, a eterna discriminação entre classes sociais e uma mulher que lutou por seu sonho.

Sempre que ouvimos falar no Titanic, já vemos o navio, o naufrágio e até mesmo a grande produção cinematográfica de James Cameron, mas nunca o pós naufrágio. Isso mesmo, o que aconteceu com quem conseguiu sobreviver. Eu, pelo menos, em todas as histórias que tomei conhecimento, seja em filmes ou livros, encontrava como final o resgate e pronto. Quando comecei a ler A Costureira, não fui cheia de expectativas, pois meu trauma Jack e Rose falou bem alto nessa hora, peço desculpas aos que gostam do casal, mas comigo não funcionou, eu até hoje não vi nada demais no famoso filme, além de um cenário muito bem elaborado, pois a história deixou muito a desejar. Bem deixa o assunto para outra hora, vamos falar do livro.

O livro começa com Tess Collins, uma garota que sonha em ser uma grande costureira, mas devido à situação financeira de sua família, até hoje ele apenas conseguiu trabalho como arrumadeira. Vendo a movimentação da cidade por conta da partida do esplendoroso navio, ela decide dar um basta em sua atual situação e correr atrás de seus sonhos. Assim Tess consegue com uma boa conversa embarcar no navio, como empregada (ainda), da famosa estilista Lady Duff Gordon, sonhando que ao chegar do outro lado do oceano, o destino lhe apresente melhores oportunidades. 

Tess se vê maravilhada com toda a pompa e luxo daquele novo mundo, mas todo o brilho e riqueza, são deixados de lado no momento em que o navio choca-se um iceberg e, independente de sua classe social e dinheiro que possua, o que é válido para todos, é lutar pela vida. A confusão  e desespero tomam conta do ambiente, e são poucos os que conseguem entrar em um bote salva- vidas e escapar. Porém, os botes não foram apenas a fuga, cada um, naqueles momentos fatídicos  teve sua própria história. Naquele período, aquelas pessoas que ficaram isoladas do mundo, em meio ao mar e mais nada, viveram acontecimentos únicos, coisas que eles preferiam que nunca fossem levadas ao conhecimento do público, seja por vergonha, por medo, por orgulho. O que foi? Bem, não é nada bonito de se ouvir.

É a partir da chegada em Nova Iorque, a bordo agora do Carpathia, que os resgatou, que os sobreviventes do naufrágio encontram uma nova realidade. O mundo quer saber o que aconteceu de verdade, uma grande investigação tem início, políticos, a imprensa e toda uma multidão de oportunistas, enxergam na tragédia dos outros uma forma de promoverem a si mesmos. Uma situação aflitiva e caótica. 

O livro é narrado em terceira pessoa, de maneira detalhada e fluída. A autora conseguiu retratar bem o clima pré embarque, com toda aquela agitação e expectativa das pessoas, depois nos mostrou muito bem o curto período da viagem e de maneira objetiva, mas nem por isso menos impressionante, o naufrágio. Esta é uma parte rápida da trama,  mas consegui sentir bem, como se estivesse vivendo aqueles momentos, foi algo sem nenhuma enrolação e por isso bem mais gostoso de acompanhar. Tudo sem muito drama desnecessário.

O pós Titanic é assustador, alguns sobreviventes enlouqueceram outros tiraram a própria vida. Alguns fingiram que nada tinha acontecido, é uma tamanha negação da realidade, que assusta.  Conforme eu fui avançando na trama, muitos questionamentos sobre a natureza humana e sobre o conceito de verdade surgiram. O caráter nas pessoas é mostrado de uma maneira tão crua, tão nua, que percebi que podemos fazer muitas coisas, até o que achamos impossível, quando nos encontramos em certas situações. A investigação que ocorreu, não era bem para achar culpados ou inocentes, foi uma tentativa desesperada de justificar o injustificável. E a verdade de tudo, poderia não fazer sentido para você, mas fazer para outra pessoa. Ali cada um defendeu seu ponto de vista, e sua vida. Gente, o que ocorreu nos botes será um mistério durante todo o livro, se foi algo terrível,  se não foi, é algo complicado de dizer, pois tudo era questão de sobreviver. Quem foi certo, ou mais certo, errado, ou mais errado. Impossível afirmar. Muitos se culparam por sobreviver.

Em Nova Iorque, enquanto acompanhamos o desenrolar da investigação, vamos também vendo a vida de Tess tomando um rumo. Sua luta por um lugar ao sol, sua vontade de vencer na vida e até mesmo o seu envolvimento com dois belos homens, o humilde marinheiro Jim e o milionários Jack Bremerton. Sua relação com a patroa também é bem abordada, na verdade Tess poderia ganhar um troféu pela paciência que teve com a mulher, uma megera. A história de Tess quebra a tensão do enredo, na verdade dá um clima de Sessão da Tarde, com aqueles filmes antigos,  com uma mocinha destemida, honesta e cativante, um grande sonho e um romance sutil. Tess é uma ótima protagonista, cresce e amadurece, deixando de lado uma mocinha sonhadora, para dar lugar a uma mulher realista e de opinião.

Para quem odeia triângulos amorosos, pode relaxar, a disputa pelo coração da garota é tranquila, na verdade bem limpa. É só uma questão dela dizer quem quer, que o outro sai de cena. Típicos cavalheiros, que respeitam a opinião de uma mulher.

A maior parte dos personagens são pessoas reais, as histórias que viveram são misturadas à ficção de Kate Alcott, no final do livro a autora explica o que de fato aconteceu realmente e o que foi fruto de sua imaginação. Vemos aqui como foi o começo da luta das mulheres por seus direitos, o surgimento dos automóveis de Ford, a evolução da moda e até uma crítica em relação à discriminação entre as classes sociais. Foi um livro que me surpreendeu, a riqueza histórica está em cada linha, e foi maravilhoso ter um novo nuance desta tragédia.

Os personagens foram bem construídos e suas personalidades trabalhadas de forma exemplar. Por mais densa que seja a trama, ela não é cansativa, é algo muito envolvente e que mexe com nossas emoções. Se for citar algo negativo, acho que foi o final do par romântico, faltou uma pitada de paixão, mas nem por isso o livro perde pontos em sua classificação final. Foi algo bem diferente do que costumo ler, mas foi uma experiência excelente. Foi lindo, uma viagem no tempo.

É difícil falar, então sugiro que leiam.




Capas pelo mundo.


2leep.com

26 comentários:

  1. Adorei a ideia da história. Realmente inspirador! Titanic também nunca chamou-me atenção. Talvez esse livro mostre mais uma "realidade" que vá além de Jack e Rosie.
    Xxxx

    ResponderExcluir
  2. Hey Hey Cida sua linda!*

    Cara que bacana essa ideia de criar um livro dessa forma, muito curioso para ler achei deveras interessante! hehe
    Ainda bem que o triangulo é tranquilo, odeio esses triângulos forçados em que a mocinha AMA A TODOS! kkkkkkkkkkk

    Adorei a resenha Cida! Um Grande Beijo
    >>> http://apanhadordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. De verdade, amei sua resenha. Ao contrário de ti, eu curti Titanic, confesso que chego a chorar no filme em cenas que me fazem pensar como seria caso eu estivesse naquela situação. Não sou muito fã de livros de época, mas esse daí, a forma como você o descreveu me fez criar um grande interesse por ele, principalmente no que diz respeito ao pós-Titanic. Amo leituras em que nos incita a pensar valores e atitudes humanas, que nos fazem refletir sobre certas circunstâncias, e parece que esse livro é assim. Muito curiosa para lê-lo.
    Parabéns.
    Bjs da Suka.

    susanemd@blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Já li A Costureira e me surpreendi também, um livro que com certeza ficará guardado e que recomendo. Eu que nem sou fã de Titanic, e que nunca vi o filme todo, fiquei curiosa ao ver que a história se passava após a tragédia. Também achei que faltasse algo no casal, mas isso foi o de menos, porque o livro no geral me agradou muito.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
  5. A única coisa que me faz lembrar o Titanic é o amor entre o casal. Gostaria muito de conferir essa história bem de perto. Além da lindíssima capa, esse livro parece possuir uma excelente história.
    Gostei!

    Bjs!
    Zilda
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  6. Parece ser muito interessante
    è ótimo ver as coisas de um outro ponto de vista

    Beijos
    @pocketlibro

    ResponderExcluir
  7. Nahim...esse livro parece ser tudo de bom. Não sabia que tinha um enredo tão forte. As capas são lindas...quero muito ler!^^
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  8. todas as resenhas que eu li sobre ele foram positivas e eu fiquei encantada, porque achei que o livro seria ruim.

    ResponderExcluir
  9. A capa desse livro é um escândalo! Que isso!
    Linda linda!!
    A sua resenha ficou tão boa que eu estou super curiosa pra poder ler ele logo!! já vi várias resenhas positivas a respeito desse livro! Inclusive as capas pelo mundo também são divas né? haha'
    Beijos
    http://2bookgirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Li sobre esse livro em algum lugar, e achei interessante. Sempre bom ver uma situação em épocas passadas que não retrate os extremos (aristocracia x extrema pobreza)...
    Ei, te indiquei pra uma Tag. Nunca sei quem gosta dessas coisas ou não, então se não curtir muito, minhas desculpas :x

    ResponderExcluir
  11. Ei Cida! Estou louco para ler este livro, e sua resenha cinco-estrelas só me instigou ainda mais! Adoro qualquer coisa, mesmo que relativamente fictícia, relacionada ao Titanic!
    Beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida.
    Sabe que eu sempre quis saber da história pós acidente Titanic, sempre imaginei isso,
    e saber que esse livro não foi todo mera ficção, que a autora usou fatos históricos me
    deixou bem curiosa.
    Ao contrário de você eu adorei Titanic, chorei tanto rsrsrs, assisti várias vezes e todas com o coração apertado.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Cida,

    Essa é a segunda resenha que leio desse livro e ela me deixou mais curioso....gostei muito da capa também....parabéns pela resenha.....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Esse eu pretendo ler.
    Gostei da história,até porque tem o Titanic no meio também.
    A capa é lida, gostei da resenha.
    Beijos...

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida, tudo bem flor?
    Eu fiquei muito curiosa, pois sou apaixonada por livros de época, em especial aqueles que são ambientados em algum fato marcante. Só de ler sua resenha fiquei com uma vontade enorme de ler. já esta anotado.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida!

    Pela primeira vez vejo um livro que resenhaste que não curti muito, tb não curti Titanic, mas não é uma estória a se descartar pq adoro os livros que trazem uma linha do tempo com os acontecimentos.

    Bjos
    www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  17. eu tb gostei muito da historia, do romance, da ideia de moral que o livro passa, mas só não dei nota maxima por causa dos milhoes de erros da pessima revisao que a editora fez. :/

    Bjokas!

    ResponderExcluir
  18. a capa esta linda amei a resenha e a história esseé um cos livros q vale ter na estante

    ResponderExcluir
  19. Ah, quero muito ler! :) Por tratar também do que aconteceu depois, parece realmente muito bom!
    Concordo inteiramente contigo, Cida. Eu também não gosto do filme, achei desnecessário ele morrer no final, além de não ter me cativado.
    Adorei a resenha, querida!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Esse livro está com a May e parece ótimo. Pelo menos até o ponto em que ela me contou, a história era bem envolvente e pela sua nota, é bom mesmo! Espero ter oportunidade de ler.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Cida,

    Eu amei esse livro!!! Me trouxe muitos sentimentos e sempre que ouço falar do titanic me bate uma tristeza. A história é muito original e envolvente.
    Eu adorei a Tess. Sua resenha está ótima.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida,
    Eu também gostei bastante desse livro,li super rápido e a história me surpreendeu!
    Parabéns pela sua resenha,ficou ótima!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
  23. Oi Cida!
    Legal saber que a autora não enrolou na parte do naufrágio, mas inovou mostrando o dia seguinte. A resenha está muito envolvente, imagino como deva ser o livro. E a capa brasileira é a melhor de todas ;)

    P.S. Bem que a Rose podia ter dado um espacinho pro Jack naquela tábua, né?

    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  24. Já adorei o livro! Também é a primeira resenha que leio, e já amei! Legal esse pós naufrágio, realmente semrpe fica uma curiosidade.... acho que vale muito a pena conferir esse livro!! Já vou colocar nos meus desejados!!!

    ResponderExcluir
  25. Já li algumas resenhas sobre esse livro e estou muito interessada em ler. Gostei demais da sua resenha que só veio reforçar minha vontade de ler.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!