{Resenha} A Lista Negra

A Lista Negra
Título Original: Hate List
Autor(a): Jennifer Brown 
Editora:  Gutenberg      Páginas: 272
Lançamento: 2012       ISBN: 9788565383110                          Compare Preços
O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. 


A primeira resenha de 2013 vai ser de um livro único, marcante e que me deixou muito emocionada. Feliz 2013 pessoal!

O casal de namorados, Valerie e Nick não faziam parte do grupo de alunos populares, pelo contrário, ambos viviam sendo discriminados pelos integrantes de tais grupos e humilhados. Como uma maneira de extravasar suas frustrações, o jovem casal começou anotar em um caderno os nomes daqueles que odiavam, eles criaram uma lista com tudo o que em suas opiniões deveria desaparecer da face da Terra.

A lista era vista por Valerie como uma brincadeira, um desabafo, mas para Nick era uma promessa. Em um dia normal de aula, o rapaz entrou na praça de alimentação do colégio e atirou contra dezenas de estudantes, perseguindo cada um que figurava na lista. 

O horror e caos tomaram conta daquele dia. Valerie ao perceber o que estava acontecendo e principalmente, entender a linha de raciocínio que Nick usava para matar,  deu -se conta que a lista criada por ambos, havia sentenciado aquelas pessoas à morte. Na tentativa de salvar as vítimas,  Val é atingida por uma bala e ainda presencia o suicídio de seu namorado.

Quando Val acorda em um hospital, após o massacre, tudo parecia uma grande ilusão, mas aos poucos a verdade entra em sua mente. Era difícil ver o namorado como um assassino, para ela Nick era visto como um rapaz romântico, divertido, que comparava os dois com Romeu e Julieta.  Ele não lia o Apanhador no Campo de Centeio, como tantos assassinos da história, lia Hamlet. Mas ele morreu, e quem ficou para responder as perguntas da polícia e de todos os envolvidos, foi Val. Nick não está mais aqui para levar a culpa, e este fardo é jogado nas costas da menina.

A Lista Negra aborda um assunto muito sério, o bullying. Este ato de discriminação tão comum entre jovens, foi o que levou Nick aos seus atos. Pode ser um livro de ficção, mas traz um acontecimento que é fácil de  ser visto nos jornais hoje em dia, e por isso torna esta leitura tão viva e real.

O livro, diferente do que pensei, não fica focado no que conduz ao acidente, ele apresenta o depois,  o que as pessoas que sobreviveram tiveram que enfrentar. Conforme acompanhamos a trajetória de Val, os fatos do passado são mesclados com o presente e assim vamos tomando conhecimento de tudo que aconteceu.

Alguns capítulos iniciam com trechos do jornal da cidade, relatando os fatos e falando de cada vítima, outros com data e hora, tal como uma contagem regressiva.

Você pode pensar que é mais um livro sobre adolescentes, que após muitas reviravoltas, superam suas dificuldades e encontram um final feliz, mas não é isso, não há final feliz. A Lista Negra é um relato triste da vida, uma história de discriminação, preconceito, superação, confiança, vida e em especial perdão. 

Será que o ser humano consegue realmente perdoar?

Val é uma protagonista que cativa, que te faz torcer por ela. Eu acredito que ela não sabia mesmo da intenção de Nick, e não enxergo -a como culpada, mas sim outra vítima. Eu chorei com a menina, com sua luta em mostrar que não queria que aquilo tivesse ocorrido. Imaginem olhar para seu pai e sua mãe e ver claramente que eles não confiam em você, e pior ainda, tem medo do que você vai fazer.

Val foi preterida pela família, pelos amigos, por todos aos seu redor, as únicas pessoas, que acreditavam e torciam por ela eram seu psiquiatra e uma professora de artes chamada Bea. Estes dois incentivaram a menina a lutar por sua vida, a enfrentar e seguir adiante, sempre que Val pensava em desistir, eram eles que  mostravam que ela merecia ser feliz um dia. 

Uma cena que achei muito dura, foi a internação de Val na ala psiquiátrica do hospital, seu desespero foi tangível e a reação, ou melhor dizendo falta de reação de sua mãe enervantes. Eu não sei o que era pior, o tratamento que ela recebia dos alunos na escola, a indiferença da mãe ou o egoísmo de seu pai. Aquele não era um pai, era um inimigo, gente que homem frio e mesquinho.

Enquanto escrevo estra resenha, fico com um nó na garganta, revivo novamente esta história. Foi algo que foi me envolvendo aos poucos, como se eu vivesse cada dia com Val,  mexendo com minhas emoções, ao ponto de eu terminar o livro tão impactada por tudo, que olhei para meus outros livros e não sabia o que ler, pois nenhum parecia mais fazer sentido, depois da veracidade de A Lista Negra.

Jennifer Brown, em seu romance de estréia, nos mostrou o pior e o melhor do ser humano, em uma história intensa que choca e nos faz refletir. Eu recomendo este livro para todos, sua intensidade marca e o torna inesquecível.
"A Lista foi ideia minha. Não queria que ninguém morresse. Não queria ser uma heroína. Será que algum dia, você vai me perdoar?"





2leep.com

57 comentários:

  1. Adorei a resenha! Fiquei super a fim de ler o livro. Apesar de parecer ser extremamente trágico, me pareceu muito bom, pois gosto de livros que te instigam e te fazem torcer pelos personagens, tomar um lado na história. Coloquei na minha wishlist! :D
    Beijos e feliz 2013!
    http://spaceindaze.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Todos falam muito bem desse livro e após sua resenha e tenho certeza que quero ler.
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Preciso ler este livro Cida, não imaginava que ele era tão intenso assim! Vou incluir na minha lista de livros para serem lidos neste ano de 2013!
    Aproveito para te desejar um feliz ano novo amiga ;)

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thais! Nem eu imaginava que fosse tanto assim, mas após acabar a leitura fiquei bem comovida.

      Excluir
  4. mega adorei a resenha.
    fiquei com muita vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  5. Qd é romance de estréia e já começa bem...veio pra estourar, hein???
    Gostei das suas palavras.
    Beijinhos literários
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marli! Espero que ela nos traga outros livros tão bons quanto este. Bjos!

      Excluir
  6. Oie Cida,
    Feliz ano novo!!
    Eu ainda não li esse livro e apesar de sua resenha ele ainda não me convenceu rsrsr

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia esse livro, uma leitura forte não? Quer dizer ninguém imagina que uma brincadeira pode virar um Serial Killer, eu diria. E pensar que vpcê pode acordar um dia sendo acusada da morte de pessoal é ainda mais assustador. Realmente deve ser um livro incrível.
    Feliz 2013 Cida.
    Rafa
    Blog Melody
    http://rafaacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Meu, esse livro deve ser fabuloso mesmo. Adorei sua resenha, um livro forte, com personagens fortes e marcantes.
    Adorei!

    Bjão!

    http://livronasmaos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Entrou para lista de livros desejados,sua resenha passa tanta emoção,que eu imagino o que você sentia enquanto lia!!!!!

    Adorei a resenha,não conhecia mesmo o livro.... como deixei passar um livro desses???!!!

    Não sei,mas vou reparar esse erro em breve!!!!

    bjsss

    Bianca

    www.apaixonadasporlivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia! Eu fiquei com lágrimas no olhos relembrando o livro. É muito bom mesmo.

      Excluir
  10. Esse livro está na minha lista de desejados já faz um tempinho, espero ter a oportunidade de ler em breve, esse livro parece ser realmente muito bom com uma história marcante e super dramática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris! Sabe o que foi mais legal, é que a hist´ria vai entrando aos poucos dentro de nós e deixando o coração bem apertado. Espero que você possa ler em breve.

      Excluir
  11. Umas das melhores resenhas que li deste livro, já gostava dele, agora estou louca para lê-lo ;)
    Amei!
    Bjs,
    Pati

    ResponderExcluir
  12. Oi, Cida.
    Adorei sua resenha *-*
    Eu já tinha visto esse livro e me interessei, mas não tinha lido nenhuma resenha ainda.
    Só aumentou minha vontade de ler.
    Adoro leituras intensas, essa parece ser exatamente assim.
    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adoro livros que façam a pessoa refletir, tenho que ler imediatamente.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Adorei sua resenha!!
    Li o livro e o amei. Adorei a Val e por momento algum consegui considera-la culpada, para mim ela foi tão vitima quanto os outros alunos. O livro foi tão real e, eu acabei pensando que teria um final feliz, já que a Val sofreu tanto com seus amigos e familiares a culpando tendo poucas pessoas a apoiando e lhe aconselhando para seguir em frente, porém agora penso que não podia ter um final melhor. Com certeza não me arrependo de ter lido a Lista Negra, pois o livro é maravilhoso. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho achei que ela foi mais uma vítima. Quanto ao final foi muito real, algo que deu mais veracidade a história! Não poderia ter sido outro. Bjos!

      Excluir
  15. A pam do Garota it fala maravilhas desse livro, eu já estava curiosa agora fiquei mais ainda! Muito boa sua resenha Cida ;)

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Linda!
    Quero muito ler!
    Não tinha visto resenha desse livro ainda!
    Beijinhos e Feliz 2013
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida! Nossa, o livro parece ser bem forte, não é? Não conhecia não, mas gostei.

    Beijos,
    Gabriela - leitoraonline.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro, gostei muito do assunto abordado, pois, infelizmente, esse assunto tem tornado realidade, e está acontecendo tanto. :(
    Gostei muito da resenha, gostei tanto que fiquei com muita vontade de ler!

    Obrigada pelo carinho, BEIJOS! :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claris! Tomara que você leia em breve, depois me fala o que achou. Bjos!!!

      Excluir
  19. Eu acho que sou a única que não gostei muito desse livro... Não sei se é porque li logo após os 13 porquês que tratava do mesmo tema e que me emocionou demais... eu não sei msm! Mas, adorei sua resenha e concordo com você, aquilo não é um pai, é um inimigo... Outra coisa que gostei muito no livro foi o final.

    Beijos
    @PollyanaCampos
    http://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor! Não li Os 13 Porquês, mas saber que para você foi melhor que este, me deixou muito interessada. Valeu pela dica,

      Excluir
  20. Chocante!! Bom,estou lendo O Apanhador no Campo de Centeio, não sabia que era lido por assassinos #medo, mas o livro é muito bom! Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  21. Gente que livro emocionante. Parei num ponto da narração porque achei que ia pirar aqui! Definitivamente já anotei na minha lista de compras para depois de julho (quando posso voltar a comprar).

    Vi que a Pollyanna não gostou, mas, tem tudo pra me fazer alucinar durante a história.

    Valeu Cida

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida,

    sou louca para ler esse livro! A história parece incrível e sua resenha só aumentou a minha vontade!

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. ooi!

    Adorei sua resenha, ainda não conhecia esse livro. Parece ser bom!

    Beijos, Kamila

    http://www.vicio-de-leitura.com/

    ResponderExcluir
  24. A primeira vez que vi esse livro foi no blog da Pâm do Garota it, desde então estou com vontade de ler porque ela falou tão bem desse livro...
    Gostei da sua resenha ;)

    Beijokas :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
  25. Oi flor,
    Já conhecia o livro porém ainda não tinha lido nenhuma resenha, o tema abordado do livro eu acho que vou gosta bastante, gosto quando autores conseguem nos passa emoções que tira o folego como nesse caso.
    Sua resenha ficou perfeita, fiquei com aquela curiosidade de ler o livro, claro já está lista desse ano.
    Beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/2013/01/minha-opiniao-lista-de-natal.html

    ResponderExcluir
  26. Quando li a chamada do livro na página principal do blog, já tinha decidido que queria ler o livro. Depois que cliquei para terminar de ler, fiquei simplesmente tomada. Quero muito ler esse livro e com certeza vou ler. Esse vai ser o meu primeiro livro do ano.

    ResponderExcluir
  27. Oi Cida!
    Já começou bem o ano né?
    Adorei o título e sua resenha foi espetacular quero muito ler esse livro,
    e com tudo isso que anda acontecendo no mundo como a morte daquela crianças na escola e muitas outras esse livro nos traz uma realidade de tudo isso.
    Adorei como sempre, parabéns! =)
    Obg pela visita lá no blog!
    Tem post lá se vc quiser ir lá e deixar um coment...
    -fallen In Me
    Bjão

    ResponderExcluir
  28. Cida que perfeição.
    Esse tema sempre marca o leitor, mas quando ele é tão bem trabalhado causa uma nostalgia né?!
    Nossa, foi super para a lista. Amei, amei, amei de paixão sua resenha.

    Beijos,
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Barbara, saber que a resenha conseguiu passar algo para você é muito importante. Beijos!

      Excluir
  29. Nossa Cida, adorei a resenha e a história do livro, estou muuuito curiosa para ler esse livro. Parece ser ótimo, mas ao mesmo tempo atordoante. Acho que tudo que traz um pouco da triste realidade em que vivemos nos toca e choca um pouco. Quero muito ler esse livro, com certeza irá entrar para a minha listinha, rs.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  30. Oie Cida
    este livro está na minha listinha de futuras leituras, e tenho certeza que será uma daquelas histórias que irá ficar na minha mente por muito tempo. A princípio me lembrou muito o livro Precisamos falar sobre o Kevin, mas de um jeito diferente, e creio que seja ainda mais chocante. Adorei a resenha
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jacque! Eu não li li este livro que você cita para comparar, mas a Lista negra é bem chocante sim.

      Excluir
  31. Pelo visto, o livro é bem forte. Eu quero muito ler e saber como a história é contada, principalmente depois de me deparar com várias resenhas que falam apenas bem deste livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Parece ser um livro bastaante forte e sério, e é exatamente por causa disso que quero ler. É muito bom ver histórias para jovens com esse tom :)

    ResponderExcluir
  33. Oi Cida!!!
    Parabéns pela resenha, fiquei muito interessada no livro.
    Parece ser uma leitura bem intensa, esse é um tema forte e o livro deve ser bem marcante!
    Quero ler ele logo!
    Um beijão
    Lara - Magia Literária

    ResponderExcluir
  34. Adorei a resenha, o livro, tudo!
    Não conhecia essa autora nem o livro, mas me surpreendeu demais a estória.
    Já querendo ler, vai entrar pra minha lista de 2013.
    Resenha #57 - Deslembrança
    Passa lá!
    Manuscrito de Cabeceira
    Beijos.

    ResponderExcluir
  35. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro e para ser sincera, não tenho vontade de ler ele no momento, mas gostei da sua resenha.

    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  36. Apesar desse livro ser pesado e eu preferir livros mais leves, tenho muita vontade de ler, acho que é diferente de tudo que eu já li e parece ser muito bom.
    Beijos
    Raiana - Território Pop

    ResponderExcluir
  37. Oi Cida!
    Eu já tinha vontade de ler esse livro, agora preciso lê-lo urgentemente. Parece ser uma história intensa e que faz o leitor refletir sobre muitos fatos acontecem atualmente.
    Eu acredito que curtirei bastante a história.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  38. Nossa, todas as estrelas
    Então o livro é bom mesmo
    Mas sempre falam muito bem dele
    Estou seguindo

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. Não pensava que o livro era tão bom assim!
    Ótima a sua resenha, agora quero muito o livro!

    Beijos!
    http://beyondofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Parece ser um livro bem forte mesmo, uma história de ficção que retrata um tema bem atual de forma realista é difícil de se ver por aí. Não sei porque, mas essa resenha me lembrou um pouco o realismo que vi em garota de vidro.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  41. Olá Cida,

    Mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog e depois da sua resenha com certeza irá para a minha lista....abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  42. Esse foi um dos melhores livros que eu li na minha vida. Adorei a forma da narrativa da autora. Também fiquei muito impactado com a história exatamente pelo o que você falou, ela mostra mo melhor e o pior da pessoas e o quanto atitudes e brincadeiras e feitas sem pensar podem gerar acontecimentos devastadores na vida de todos. Parabéns pela resenha.

    Abraços,
    http://contandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. O tema deste livro é real, sério e pesado, e por isso mesmo que tudo ficou ainda mais interessante. Pela sua resenha, parece que a autora conseguiu deixar o leitor atordoado, se essa é a palavra certa.
    O livro parece ser maravilhoso! Já o coloquei na minha listinha de desejados ;)

    Beijos :* e Feliz 2013!
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  44. Caramba Cida, que livro forte! Como não sentir culpa numa situação dessas? A reação dos pais da menina deve ser revoltante mesmo. Fiquei curiosa em saber qual foi a reação daqueles que estavam na lista e que se salvaram. Ótima resenha.

    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  45. Oi Cida.
    Quero muito fazer essa leitura, apesar de parecer ser um livro bem denso, gosto de histórias que me fazem refletir.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  46. Amei sua resenha que está simplesmente magnífica. Eu já queria muito ler esse livro e agora então, estou mais do que curiosa par saber o restante da história.

    ResponderExcluir
  47. Eu nem imaginava que esse livro existia. É a primeira vez que vejo sua capa e o título e gostei muito da sua resenha, primeira que leio. Também gostei dos comentários a respeito. Pretendo ler.

    ResponderExcluir
  48. Nossa esse livro deve ser muito bom!! Gosto de histórias em que fujam dos finais felizes e retratem a realidade (nesse caso o bullying), achei sua resenha muito boa, deu pra sentir um pouco da emoção que você teve enquanto lia a Lista Negra, com toda a complexidade dos personagens e a consequência de seus atos. Pretendo comprar em breve

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!