{Resenha} Lis no Peito

Lis no Peito - Um Livro Que Pede Perdão
Autor(a):  Jorge Miguel Marinho
Editora: Biruta       Páginas: 120
Lançamento: 2005            ISBN: 8588159430

Este livro fala de amor entre jovens, da felicidade de adiar um primeiro beijo tendo a certeza de que ele vai acontecer, de delicadezas e violências que são tão presentes no mundo de quem quer se descobrir.
Há um crime, imperdoável talvez, e o possível criminoso pede para um escritor amigo escrever a sua história porque ele mesmo não consegue entender se é culpado ou não. Precisa de outros olhos para ser condenado ou absolvido, sobretudo para continuar a viver. 

Lis é um livro que despertou minha curiosidade pelo título, "um livro que pede perdão", como assim um livro que perde perdão? Resolvi então descobrir o que este livro escondia.

O escritor Jorge Miguel Marinho de uma maneira genial, chama o leitor para conversar, usando um escritor - narrador, vai durante a narrativa, batendo um papo conosco, pede que não criemos grande expectativas com a história que vai contar, mas apenas que deixemos nossos corações e mentes abertos.

É a história de Marco César, um adolescente com algumas manias estranhas, inseguro e bem reservado, ela não faz parte do time dos garotos populares, ele faz o tipo que a molecada considera esquisitão, vivendo em um mundo só seu, pautado por seus próprios conceitos.

Marco encontra seu primeiro amor na voz de Clarice, ao ouvir a garota conversando com amigos,  foi conquistado. Diferente da maioria das pessoas, ele não olhou para a garota, temendo uma decepção, passou um bom tempo paquerando a voz, quando sua curiosidade foi maior e finalmente ele aproximou -se de Clarice, foi o primeiro beijo que ele adiou.

A maior certeza do jovem era a posse daquele beijo, então para que a pressa, Marco preferia deixar para um momento especial, pena que nem todas as certezas que temos são reais.

"Nunca se viram frente a frente, mas não há a menor dúvida de que se encontraram nos esconderijos da imaginação."

   "... cada um vivendo de um jeito diferente e estranhamente tão iguais."    

Mas Lis não quer contar apenas sobre este amor, que nos mostrar um crime cometido por Marco, esta é a finalidade do livro, nos apresentar o jovem, sua vida e finalmente seu maior erro, e mediante todos os fatos, temos que decidir se ele é culpado ou não.

Eu nunca havia lido um livro assim, bem diferente do que estou acostumada, foi uma leitura muito interessante, além de ter a missão de julgar Marco, tive a oportunidade de conhecer um pouco da obra de Clarice Lispector, isto porque toda a história é ilustrada por trechos da obra desta escritora.

Nas palavras controversas desta mulher, tanto o leitor, quanto o protagonista, vão enxergando a verdade, descobrimos uma "maldade amorosa" e Marco tem que "aguentar a solidão de ter nascido de graça, de não pertencer a ninguém e ficar apenas nascido."

Lis
ainda nos mostra que a dor e a decepção fazem parte do processo de amadurecimento do ser humano, traz perguntas difíceis de responder, para alguns nem toda uma vida basta para achar as respostas.

Eu achei Marco culpado de seu crime, mas depois, ao perceber o quanto ele mesmo se puniu, eu o absolvi, o primeiro amor é tão conflitante, as descobertas da adolescência piores ainda, não justifica, mas ajuda a entender o rapaz.

Nunca li nada de Clarice Lispector, mas pelo vislumbre que tive de seu trabalho em Lis, achei que estou atrasada para ler algo de extremo bom gosto e inteligência.

Enfim, um livro curioso, poético, romântico e reflexivo. Leiam este livro que perde perdão.

"Procuro como Clarice Lispector procurava urgentemente escrever para entender  melhor o que ela  sabia e não sabia direito, porque viver só se aprende vivendo."


Livro Premiado
• Prêmio Jabuti/CBL – melhor livro juvenil do ano 2006, e projeto gráfico 2006.
• Prêmio Orígenes Lessa/ FNLIJ – melhor livro juvenil do ano 2006
• White Ravens – Biblioteca de Munique 2006
• Altamente Recomendável/ FNLIJ - 2006
2leep.com

21 comentários:

  1. Oi Cida...
    Nossa adorei este livro hein, parece muito interessante.
    E bem diferente mesmo de tudo que lemos.
    Amo Clarice Lispector, o que já me interessou de cara, mas a sua resenha me deixou realmente curiosa com a historia.

    Excelente resenha.

    Beijokas
    Jaque - Meus livros, meu mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca li nada dela Jaque, mas este livro despertou um grande interesse.
      Bjos!

      Excluir
  2. Olá!
    Eu não conhecia ainda o livro, mas confesso que sei lá... não me atraiu muito. Embora eu tenha gostado da capa.
    Parabéns pela resenha
    beijos


    Andressa
    umdiaacadalivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não gostei da capa, mais a sinopse é interessante..
    é o título nos faz pensar mesmo, como assim?
    Bom, perdão pelo crime.. né?!
    Gostei da resenha e vc me fez querer ler o livro,
    adoro refletir sobre os livros ^^

    http://www.dailyofbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei a capa estranha Mila, mas o livro é muito bom.

      Excluir
  4. Oi Cida!
    Não conhecia esse livro, mas não curto Clarice Lispector... Então o livro não me atraiu =/

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  5. Ola Cida,

    Esse livro esta em minha lista de próximas leituras, do maravilhoso Jorge Miguel, que como Clarice e Guimaraes, ja é um de meus autores favoritos, é lis no peito, lispector, tem que ser demais porque ela é tudo, principalmente no que tange o universo feminino,e voce entrou bem no clima, ótima resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosem! Que bom você por aqui! Lu as resenhas dos livros do Jorge que você fez e fiquei encantada, foi exatamente por isso que escolhi este. A dica foi ótima. Bjos!

      Excluir
  6. Ola Cida,

    Este livro esta em minha lista de próximas leituras, o maravilhoso Jorge Miguel, assim como Clarice e Guimarães, ja é um dos meus autores favoritos, Lis no peito...lispector claro, essa fantastica narradora do universo feminino, e voce entrou bem no clima hein, ótima resenha.
    Uma dica : leia Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres dela, é genial.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Gostei do post, alias seu blog também é muito bonito, parabéns ^^

    Gostaria de participar da coluna "Destaque da Semana" lá no meu blog? Se quiser dá uma olhada lá para saber como ♥
    http://himi-tsu.blogspot.com.br/ Tenha uma boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Olá Cidaa (:
    O livro parece ter uma história realmente intrigante, com toda essa história da culpa envolvida e tudo mais. Gostei também do título e do detalhe que lhe chamou atenção, só não curti muito a capa, mas leria o livro, com certeza, haha.

    Beijo!!
    Ps: A Shizu, curiosamente, comentou a mesma coisa no meu post, :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito inteligente e com uma proposta bem original, acho que você vai gostar.
      Bjos!

      Excluir
  9. OLá Cida,

    Mais um livro que fico conhecendo aqui no seu blog e achei bem interessante, fiquei curioso....parabéns pela resenha e também ainda não li nada da Clarice...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida,
    tenho que confessar que achei esse nome meio estranho, nunca ouvi falar desse livro, primeira vez aqui no seu blog. Bem interessante o livro, parabéns pela resenha, beijos!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Achei o livro bem interessante. Embora não seja uma leitura necessária no momento, acho que leria se tivesse oportunidade.

    Ah, e eu tb nunca li nada da Clarice oO

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida,
    Fiquei bem curiosa com esse enredo, não conhecia esse livro e gostei muitíssimo da dica. Ele vai para a minha lista de livros desejados.
    A resenha está perfeita

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rê! Espero que você leia em breve.

      Excluir
  13. Oie,
    Não sou mto fã da autora, mas o livro me pareceu bem interessante :)

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei bem diferente, vale muito pela inovação.

      Excluir
  14. Cida :)
    Como vai?
    eu não conhecia o livro mas achei bem legal tua resenha *-*
    Não sei se lerei em breve mas vou adicionar a minha lista *-*

    Beijos e tenha um excelente feriado :)
    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida!
    Gostei da história do livro, adoro conhecer novos autores com histórias que prometem ser muito boas.Realmente o título é bem diferente e conseguiu me intrigar.
    Quero muito ler!
    Beijos.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!