[Resenha] Vozes do Joelma

Vozes do Joelma
Autor(a): Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini
Editora: Faro                        Páginas: 288
Lançamento: 2019              ISBN: 978-8595810884
 ||Skoob||  ||Goodreads||
Marcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini são autores reconhecidos pela crueldade de seus personagens e grandes reviravoltas nas narrativas. As mentes doentias por trás dos livros A Casa dos Pesadelos, O Escravo de Capela, Dança da Escuridão, Horror na Colina de Darrington, Quando ela desaparecer, O Casamento, Colega de Quarto, e da série As Crônicas dos Mortos, se uniram para criar versões perturbadoras sobre as tragédias que ocorreram em um terreno amaldiçoado, e convidaram o igualmente perverso Tiago Toy para se juntar na tarefa de despir os homicídios, acidentes e assombrações que permeiam um dos principais desastres brasileiros: o incêndio do edifício Joelma. O trágico acontecimento deixou quase 200 mortos e mais de 300 feridos, além de ganhar as manchetes da época e selar o local com uma aura de maldição. Esse fato até hoje ecoa em boatos fantasmagóricos que envolvem a presença de espíritos inquietos nos corredores do prédio e lendas sobre lamúrias vindas dos túmulos onde corpos carbonizados foram enterrados sem identificação. Algo que nem todos sabem, é que muito antes do Joelma arder em chamas no centro de São Paulo, o terreno já havia sido palco de um crime hediondo, no qual um homem matou a mãe e as irmãs e as enterrou no próprio jardim. Devido às recorrentes tragédias que marcaram o local, há quem diga que ele é assombrado por ter servido como pelourinho, onde escravos eram torturados e executados. E sua maldição já fora identificada pelos índios, que deram-lhe o nome de Anhangabaú: águas do mal. Se as histórias são verdadeiras não se sabe... A única certeza é que a região onde ocorreu o incêndio tornou-se uma mina inesgotável de mistérios. E, neste livro, alguns deles estão expostos à loucura de autores que buscaram uma explicação.
Vozes do Joelma reúne um time de autores de peso que tiveram suas principais obras publicadas pela Faro EditorialMarcos DeBrito, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos e Victor Bonini escreveram quatro histórias que se baseiam em fatos relacionados ao Edifício Joelma e seus arredores amaldiçoados, localizados na cidade de São Paulo.

Eu confesso que até o livro ser lançado eu não tinha conhecimento sobre a história do Joelma, que foi um prédio que pegou fogo em meados de 1974 devido a um curto circuito no ar condicionado. Quase duzentas pessoas morreram e outras trezentas ficaram feridas. Em sua maior parte as vítimas eram funcionários de um banco que funcionava no local.

Os quatro autores resolveram dar seu toque especial aos fatos reais e criaram quatro histórias com devidas licenças para se enveredar pelo caminho do suspense e do sobrenatural. As mesmas trazem fatos verdadeiros aqui e ali, mas no geral são produto da mente de cada um deles e garanto que vão te fazer ter pesadelos, de tão perturbadoras.

Um dica. Antes de ler a obra não procure nada sobre os fatos reais, pois você vai acabar encontrando o final das histórias e não terá uma leitura cheia de surpresas. Eu pesquisei depois e senti que a pesquisa completou a experiência com o livro.

Os Mortos Não Perdoam, Marcos DeBrito

O autor resgata a história do Crime do Poço, um fato ocorrido em meados de 1948 nos arredores do terreno do Joelma. Um rapaz assassinou a mãe e as irmãs e as jogou em um poço atrás de sua casa. Marcos vai intercalando o antes com o depois do crime e o resultado é o leitor acompanhando a mente perturbada do assassino, o que o levou a matar e como lidou com o seu crime. Não vou dizer o que aconteceu com o assassino, pois é parte do que surpreende, mas foi uma excelente história para abrir o livro e nos envolver no clima que segue até a última. 

Eu fiquei apavorada, olhando por sobre o ombro todo o tempo e tendo a impressão que estava junto com o protagonista naquele horror. Dá para perder o sono! É pesado e parece muito real. O Marcos gosta de explorar o pior do ser humano. As vitimas eram pessoas ruins e o assassino ainda pior.

Nos Deixem Queimar, Rodrigo de Oliveira

A minha história preferida de todo o livro. Eu já era fã do Rodrigo desde o término de As Crônicas dos Mortos e não via a hora de ler uma nova história dele. As minhas expectativas estavam lá no alto e foram superadas. Que narrativa poderosa e envolvente! Mexeu muito com minhas emoções.

O Rodrigo é mestre em criar um predador sedento por sangue e nos fazer sentir o pavor de estar confinados dentro de um prédio tentando escapar desse monstro (Elevador 16 está aí para comprovar). O resultado é uma história cheia de vida e empolgante, onde temos o começo do incêndio e pessoas fugindo deste predador e do fogo. Esta história dá o tom para o que deve ter sido o desespero daqueles  que não tinham para onde correr no dia do incêndio do Joelma e se viram tendo que escolher a maneira menos brutal de partir. Não achei a história aterrorizante como a anterior, neste caso o leitor ficai mais acelerado do que assustado. É excelente!

Os Treze, Marcus Barcelos

Sem dúvidas a história mais chocante e perturbadora para mim. Já fiquei impactada quando no começo são citados locais que ficam próximos da região que estou, isso deixou a história muito mais incômoda e ao seguir lendo me vi apavorada com tudo que foi apresentado. Esta história é baseada em treze vítimas do incêndio que foram encontradas juntas dentro do elevador do prédio e sem condições de serem identificadas.

O Homem na Escada, Victor Bonini

Esta história é aquela que vem como uma suposição, algo que aconteceria se o Joelma tivesse virado um local ocupado por moradores sem teto e como eles viveriam no local com fama de ser amaldiçoado. O resultado é uma trama cheia de suspense e que até a última página não permite ao leitor saber o que está acontecendo naquele local. Ninguém sabe o que é fantasia e o que é realidade. Não é um conto policial, gênero dominado pelo autor com excelência, mas é um suspense bem narrado e com desfecho triste e surpreendente. 

Em suma, Vozes do Joelma é uma ótima dica de leitura para o mês do horror e para quem não dispensa histórias de arrepiar e histórias baseadas em fatos reais. E fica a dica para conhecer a escrita destes quatro autores nacionais incríveis.  








18 comentários:

  1. Oi Cida! Eu tenho medo de passar perto do Joelma e não moro muito longe, então o terror pra mim é bem real, daí não li rsrsrs Mas fico feliz por ter sido uma ótima leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. nossa eu me lembro desse predio carbonizado aqui em SP quando era criança e sempre fiquei horrorizada com essa história, esse livro deve ser msm bem interessante

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida!
    De início, eu achava que esse livro era quase igual aquele Linha Direta Justiça e ia falar sobre o Joelma e tals... fiquei de cara quando soube que era de contos.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Também não conhecia o fato antes do lançamento.
    Amei saber um pouco de cada conto. Tô super ansiosa esperando o meu chegar.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    O meu Joelma já está aqui pronto pra ler! Com certeza Vou gostar )

    ResponderExcluir
  6. Ahhhh e eu já conhecia a história do edifício Joelma, por isso fiquei muito mais empolgada pra ler! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida!
    Gostei ds dica! Eu tbm não sabia sovre esse episódio do Joelma, fiquei curiosa sobre as histórias! E preciso conhecer a escrita desses autores!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    Não conhecia a história do Joelma (ou não me recordo). Já ia pesquisar alguma coisa antes de terminar a resenha e vi sua recomendação.
    Gosto de histórias de terror, mas fico meio apreensiva se envolvem histórias reais.
    Mesmo assim, vou procurar, se tiver coragem leio até o fim.
    Ótima resenha!
    Beeijo!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
  9. Olá, Cida.
    Eu amei o livro. Já conhecia todos os autores e nenhum me decepcionou. Meu conto favorito foi Os Treze. Ganhou um pouco do conto do Rodrigo por causa do final feliz hehe. Queria mais livros como esse. As outras editoras podiam copiar a ideia hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. De tanta resenhas positivas que vi sobre o livro eu fiquei empolgada para ler! Se você indica para o Halloween é ainda melhor!

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida, tudo bem?
    Achei a história bem interessante, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida.
    Ainda não conhecia essa antologia mas fiquei com muita vontade de ler. Parece ser super bem inscrita e isso me anima. Sem contar que quero muito ler alguma coisa do Marco DeBritto.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida, essa é a segunda resenha que leio deste livro e até então eu desconhecia esta tragédia, assim como você!
    Sua resenha está completinha, me peguei muito curiosa com o primeiro e o segundo conto, gostaria de ler!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  14. Adorei sua postagem de hoje, sempre estou aqui acompanhando seu blog. Tenho aprendido muitas coisas legais aqui e te agradeço por compartilhar...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: Dicas da Web

    ResponderExcluir
  15. Como sou rata de histórias sobrenaturais e tragédias, coisas bizarras, creepypastas e etc, eu já conhecia a história do Joelma há anos porém quando vi esse livro em alguns posts de lançamentos eu não dei muita bola porque achei que era uma obra falando sobre a tragédia como em vários artigos sobre que eu li porém as resenhas me mostraram que era um livro de contos e eu fiquei e ainda estou louca pela leitura. É algo completamente diferente e sobre algo real, sem contar que só tenho visto bons comentários sobre o livro.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  16. Oi, Cida

    Esse livro está na minha lista e espero que o preço dele caia na Black Friday. Não conheço a escrita de nenhum dos autores, mas tenho muito interesse. O que me impede são os preços dos livros da Faro mesmo! hahahahah

    Beijo
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida,
    Eu adorei esse livro e realmente, é uma ótima dica de Halloween!
    Eu gostei mais do Marcus Barcelos e do Rodrigo de Oliveira, tenho os dois empatados em primeiro lugar! rs
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida,

    Ganhei esse livro no sorteio do blog da Sil, mas ainda não li.
    Quase peguei ele esse mês, mas acho que vai ficar para depois!

    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!