[Resenha] Ruínas de Gorlan

Ruínas de Gorlan
Título Original: The Ruins of Gorlan (Ranger's Apprentice #1)
Autor(a): John Flanagan
Editora: Fundamento         Páginas: 239
Lançamento: 2009             ISBN: 9788576762775

 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Durante a vida inteira, o pequeno e frágil Will sonhou em ser um forte e bravo guerreiro, como o pai, que ele nunca conheceu. Por isso, ficou arrasado quando não conseguiu entrar para a Escola de Guerra. A partir daí, sua vida tomou um rumo inesperado: ele se tornou o aprendiz de Halt, o misterioso arqueiro, que muitos acreditam ter habilidades que só podem ser resultado de alguma feitiçaria. Relutante, Will aprendeu a usar as armas secretas dos arqueiros: o arco, a flecha, uma capa manchada e... um pequeno pônei muito teimoso. Podem não ser a espada e o cavalo que ele desejava, mas foi com eles que Will e Halt partiram em uma perigosa missão: impedir o assassinato do rei. Essa será uma viagem de descobertas e aventuras fantásticas, na qual Will aprenderá que as armas dos arqueiros são muito mais valiosas do que ele imaginava.

Em Redmont, no Reino de Araluen, o barão Arald recebe em sua casa os órfãos de bravos guerreiros e súditos ilustres do reino. Ele cria estes meninos e meninas até certa idade e quando estão prontos, seus protegidos, encaram o Dia de Escolha. Neste dia os mestres do reino escolhem novos aprendizes para ensinar ofícios como a arte da guerra, da culinária, da diplomacia e da escrita.

Entre os protegidos de Arald temos Will, o único dos jovens que foi deixado na porta do barão e não sabe quem foram seus pais. Will é pequeno e franzino, mas sonha entrar para a Escola de Guerra. No entanto, no Dia da Escolha, ele não é aceito e teme que seu futuro seja o de ser um trabalhador no campo. O jovem sonha em ser herói, como o bilhete deixado com ele na porta do barão afirma que seu pai o foi, mas Will acaba sendo escolhido pelo mais inesperado dos mestres, Halt, um dos arqueiros mais famosos do reino.

A sua mãe mãe morreu no parto. O pai morreu como herói. Por favor, cuidem dele. Seu nome é Will.

Will fica espantado. Os arqueiros são lendas. Essenciais em grandes momentos das guerras, agem de maneira furtiva e discreta, podendo passar –se por seres invisíveis se necessário e despertando no povo temor. Afirma-se que praticam magia negra e o garoto segue Halt bem relutante. Começa assim a jornada de um aprendiz de arqueiro, que acabará descobrindo nesta jornada sua vocação, sua origem e seu destino.

Ruinas de Gorlan é o primeiro volume da série Rangers – Ordem dos Arqueiros, lançada no Brasil pela Editora Fundamento. Fazia tempo que eu estava querendo ler a série, mas fiquei adiando pela quantidade de livros e se eu soubesse o quanto iria me apaixonar pela história, teria começado a ler bem antes.

A história e os personagens são cativantes. Desde as primeiras páginas me apeguei ao Will e não demorou para também estar afeiçoada aos outros protegidos e até mesmo ao taciturno mestre Halt. É uma leitura divertida, com bastante ação e muitas belas lições e acontecimentos.

Este primeiro volume serve para nos explicar como funciona a Ordem dos Arqueiros, apresentar o reino, os personagens e delinear os perigos que o jovem Will irá enfrentar em sua jornada. De começo ele não fica feliz em se tornar um arqueiro, mas conforme vai convivendo com Halt percebe que nasceu para aquela função. Ele aprende a lidar com antigos medos, inseguranças e aceitar que possui talentos mesmo sendo um menino órfão que não sabe nem o sobrenome. Em suma, Wil descobre o seu valor e cresce.

Halt é um mestre sério e nunca sorri, mas gosta de verdade do garoto. Ela não dá moleza para o Will, exige bastante dele (as faxinas são hilárias), mas a gente vê que tudo o que deseja é ensinar o aprendiz a ser forte e vencer. O Halt tem coração de ouro e me deixou muito comovida nos últimos capítulos.

A interação de Will com seu mestre é uma dos pontos mais positivos da história. Além de servir para o amadurecimento do garoto, mostra como a Ordem é honrada e cheia de princípios. A aprendizagem dele é brilhante e cheia de dignidade, passa aquela sensação boa para o leitor. Na verdade, toda esta história nos transmite sentimentos bons. Há amizades sinceras, lealdade, honestidade e honra em cada linha e sabemos que aqui temos verdadeiros heróis.

Will é o protagonista, mas há outros personagens de muita importância na trama. Há Halt, Gilan (ex-aprendiz de Halt) e Horace, outro dos protegidos de Arald. Tem até o Puxão, o cavalo esperto de Will.

O autor tem uma narrativa ágil e cheia de surpresas, são menos de trezentas páginas, mas nada é trabalhado de maneira corrida e não ficam pontas soltas. Há uma linha de acontecimentos bem executada e uma história concisa e redondinha. O final  é conclusivo, mas deixa portas abertas para mil possibilidades. Acontece muita coisa neste primeiro livro e num piscar de olhos você chega na última página com aquele gostinho de quero mais na boca. 

Fiquei muito feliz com minha leitura e na sequencia já mergulhei no segundo volume. Em breve trago resenha dele também e só posso dizer que se você aprecia histórias divertidas, cheias de aventuras, ação, amizades e coragem, Rangers é para você.  

2leep.com

7 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Eu até tenho vontade de ler essa série, mas são muitos livros e por agora ando meio atolada.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida

    É bom ler os livros de séries que a gente gostou na sequência, né?
    Que bom que você gostou e não precisou esperar já que já tinha o livro.
    Eu não lembro de ter visto esse livro por aí e confesso que não senti muita vontade de ler, mas fico contente por você ter curtido e aguardo a resenha do próximo volume.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Cida.
    Eu tenho esse livro aqui em casa que ganhei em um sorteio. Mas assim como você a quantidade de livros da série me assusta. E não sei se vou comprar os outros por isso fico adiando a leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Eu sempre penso nos Power Rangers quando vejo esse título, rs.
    Mas não sei se me arrisco.... Foi o que você disse, tem muitos livros e como já estou enroscada com algumas séries, fico meio atolada nas leituras e sinto que não sigo em frente com elas, hahahaha.
    Beeeeijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida, tudo bem?
    Tenho os 4 primeiros volumes dessa série, mas parei de comprar por ser muito longa.
    Eu gostei desse livro, mas achei um pouco infantojuvenil demais no estilo narrativo. Os próximos acho melhores!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  6. é bem legal o enredo geral, Cida, apesar que não é o que usualmente leio
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,

    Que bom que gostou do livro, li esse Rangers mês retrasado e adorei.
    Estou com o segundo aqui para ler, espero que seja tão bom quanto o primeiro.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!