[Resenha] A Caçadora de Dragões

Caçadora de Dragões
Título Original: The Last Namsara (Iskari #1)
Autor(a): Kristen Ciccarelli   
Editora: Seguinte                 Páginas: 408
Lançamento: 2018             ISBN: 9788555340529
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Primeiro volume de uma trilogia fantástica, em que dragões e humanos estão em guerra — e cabe a uma garota matar todos eles. Quando era criança, Asha, a filha do rei de Firgaard, era atormentada por sucessivos pesadelos. Para ajudá-la, a única solução que sua mãe encontrou foi lhe contar histórias antigas, que muitos temiam ser capazes de atrair dragões, os maiores inimigos do reino. Envolvida pelos contos, a pequena Asha acabou despertando Kozu, o mais feroz de todos os dragões, que queimou a cidade e matou milhares de pessoas — um peso que a garota ainda carrega nas costas. Agora, aos dezessete anos, ela se tornou uma caçadora de dragões temida por todos. Quando recebe de seu pai a missão de matar Kozu, Asha vê uma oportunidade de se redimir frente a seu povo. Mas a garota não vai conseguir concluir a tarefa sem antes descobrir a verdade sobre si mesma — e perceber que mesmo as pessoas destinadas à maldade podem mudar o próprio destino.
Sou só eu que acho que séries deveriam ser lançadas completinhas? Gente, quando leio uma história boa, eu quero mais. Bate aquele desespero por saber que vamos ficar esperando pelo próximo volume. E quando você vê que o último ainda não tem nem título? É enlouquecedor! Meu sonho de leitora seria receber a série prontinha, sentar e ler tudo de uma vez. Mergulhar em sua trama e esquecer do mundo.

Eu fiz todo o desabafo por conta de ter amado A Caçadora de Dragões e ficar cheia de vontade de continuar com os personagens e saber o que o futuro reserva para cada um deles, se é que alguns vão ter um futuro (cruel!). Este livro é o primeiro volume da trilogia Iskari, de Kristen Ciccarelli, lançada no Brasil pela Editora Seguinte e foi uma grata surpresa, para mim, no gênero fantasia.

A história se passa em um cenário onde humanos e dragões possuem uma forte ligação. No reino de Firgaard, a parceria de ambos durou por muito tempo, mas após certos incidentes os humanos passaram a ver as criaturas aladas como inimigos e uma caçada sem fim teve início.

Asha, a filha do rei de Firgaard, é uma caçadora de dragões temida e conhecida como Iskari. Quando criança ela foi queimada por um dragão e hoje, uma jovem adulta, os caça e leva as cabeças para o pai em sinal de honra e redenção. Para o povo daquele lugar a culpa de ter sido queimada e depois de o mesmo dragão (Kozu) ter atacado o reino, foi dela e com isso Asha precisa todo dia se redimir aos olhos do povo. Há ainda mais uma etapa nessa jornada de redenção, que é se casar com o desprezível comandante dos exércitos de seu pai.  

Quando Kozu retorna ao reino, o pai de Asha promete liberá-la do casamento se matar o dragão. No entanto, isso não é apenas um ato de revanche. Matar Kozu é uma jogada política a qual Asha não faz ideia que está em curso. Firgaard é um país de costumes antigos, de lendas, de raízes firmemente arraigadas em histórias, magia e dragões. Matar o primeiro dragão é encerrar, por fim nas antigas tradições e, ao passo que o pai dela deseja isso, há muitas pessoas que querem salvar sua História.

É difícil colocar em uma resenha toda a grandeza dessa história que não se limita em apenas um assunto. A Caçadora de Dragões é sobre uma princesa guerreira, que foi enganada e se viu peça de um jogo. É sobre sua ligação com o Antigo e com os dragões. É sobre sua prisão em um casamento de conveniência e sobre seu amor por um homem que o mundo não aceitaria como seu par. É sobre rebeldes que querem manter suas raízes e um rei tirano que quer extirpa-las. É sobre um povo que viveu de história lindas e hoje foi levado a acreditar que elas são venenosas e devem ser proibidas. É sobre dragões e seu poder. Sobre deuses e filhos de deuses. Sobre o laço fabuloso de um ser humano com uma criatura alada. 

Cada um destes temas foi bem desenvolvido pela autora, todos girando ao redor de Asha e se conectando com maestria. A protagonista tem uma jornada dura e carregada de emoção. Asha enfrenta desafios pessoais e outros mais abrangentes, lutando diariamente para se encontrar, suportar o ódio de seu povo e entender o que é certo e o que não é em Firgaard.

A princípio eu achava que seria apenas a história de uma princesa que caçava dragões, mas logo percebi que não era algo simples. A trama é complexa e cheia de pormenores, tem reviravoltas do começo ao fim e explora em seu decorrer romance, fantasia, magia e intrigas políticas. Um dos pontos que mais amei foram as histórias antigas, são tantas narrativas maravilhosas dentro deste livro que você acaba ganhando mil histórias ao invés de apenas uma. Além disso as histórias têm poder e unem humanos e dragões, vindo assim outro ponto favorito para mim.

Li poucas histórias com essas criaturas, mas nenhuma delas chegou ao meu coração como essa. Eu até mesmo chorei quando alguns morreram, pois a autora não liga apenas os personagens aos dragões, liga o leitor também. O mitologia que os envolve foi brilhante e cheia de sentimentos.

É claro que o brilho da obra é a caçadora de dragões. Asha não é uma princesinha frágil. Ela é uma guerreira cheia de cicatrizes que será essencial para salvar Firgaard. Um instrumento desejado pelo rei tirano e pelos deuses. E no meio disso tudo a gente torce para que as pessoas enxerguem que ela é uma pessoa, não uma arma e precisa ser amada. Asha é uma personagem forte, honesta, leal, emponderada ao máximo e digna de um Oscar literário. E ainda melhor é que caminha ao lado de personagens tão cheios de carisma e força quanto ela, fazendo com que nossa jornada de leitura seja uma experiência vibrante e gratificante.

O livro A Caçadora de Dragões é ambientado em meio a guerras sangrentas, traz muita ação em cada página e faz o coração do leitor bater mais forte a cada novo acontecimento.  Você sofre, chora e ama com cada personagem. Sente na pele o fogo dos dragões e o calor do sangue derramado. É um começo de série promissor, com um final em partes conclusivo, mas que nos leva a imaginar como Asha e seus aliados irão sobreviver no futuro. Eu amei!  







2leep.com

12 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Esse livro vai ser uma das minhas próximas leituras. E eu também acho que deveria lançar série completinha. Super apoio.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oi, flor! Tudo bom?
    Esse livro, apesar dos pesares que tive com ele, foi uma história bem gostosa de acompanhar. A premissa é instigante, a mitologia é maravilhosa e a protagonista é carismática. Tive minhas ressalvas por causa do ritmo e da previsibilidade de algumas coisas da trama, mas, no geral, curti bastante também!
    E a parte dos dragões, MELHOR COISA.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida

    Não, não é só você, também acho que as séries deveriam ser lançadas completas! Hahaha
    Até hoje não superei o fato da editora ter mudado a capa do livro, acho essa aí bem feia.
    Mas a história em si me agrada, amo dragões e vou querer ler, ainda mais por ter uma personagem tão girlpower!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Eu to muito curioso para ler esse livro. Desde que a Seguinte anunciou a capa que eu curti a vibe. Apesar de parecer bem infantil no visual da capa, a historia em si é muito mais interessante e se tratando de dragões, logico que eu quero saber mais *-*
    Eu suspeitava que a menina não fosse ser uma mocinha indefesa. Quero mesmo vê é como a autora vai desenvolver isso.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Realmente deveria ser proibido lançar os livros e ter que esperar uma década para os próximos rsrs...
    Primeira resenha que leio desse livro, bom saber que ele contém uma história tão grandiosa assim.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cida.
    Eu concordo com você. Acho um sofrimento ficar anos esperando lançarem a série toda hehe. Eu só lembro de ter lido uma história com dragões, Eragon, e foi o que bastou para eu me apaixonar por eles. Por isso já quero ler o livro. Ainda mais que você disse que o leitor consegue criar uma ligação com eles, fiquei ainda mais animada para ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oiii Cida

    Quando vi na minha lista que vc tinha postado essa resenha corri pra conferir, tenho o livro pendente e essa história de caçadora de dragões me super atrai. Também li poucos livros sobre esses seres, a maioria foi nem fu nem fa sabe, bem medianos, ms esse tem pinta de ser daqueles que possivelmente vai me conquistar.
    E creia que vc não está sozinha mesmo, acho que todos nós queriamos que as séries fossem publicadas logo, na sequência, com o menor tempo de espera possível...haha

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Olá! Não conhecia o livro, mas fiquei super interessada depois de ler a sua resenha, já coloquei na lista de compras ;)

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida, tudo bem?

    Eu li poucas opiniões sobre esse livro, mas todas elas exaltam como uma obra maravilhosa.
    Eu realmente estava interessada em ler por ter dragões, pois nunca li um livro com esses seres, mas a parte da mitologia, histórias antigas, além de magia, romance... ahhh, são todos elementos que me atraíram mais ainda!
    Quero me emocionar com esse livro também.
    Que resenha maravilhosa!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oie Cida =)

    A sua é a primeira resenha que leio desse livro e agora estou bastante convencida em da uma chance para ele. Ultimamente, são tanto livros e séries que fica complicado escolher o que priorizar rs...

    Mas, pelo visto eis uma série que vale a pena eu dar uma chance.

    Beijos ;***
    Ane Reis. | Blog My Dear Library

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida,

    até agora só vi elogios sobre esse livro, ainda não adquiri ele, estou esperando uma promoção. Mas seria ótimo ler a série de uma vez, pois as vezes demora tanto para lançar que aquele encanto que tivemos no começo começa a sumir aos pouquinhos.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  12. Ando tão por fora das sagas ... mas, vou anotar a dica, pra ficar por dentro.

    roomofasickboy.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!