[Resenha] Filha das Trevas

Filha das Trevas
Título Original: Darkness Becomes Her (Gods & Monsters #1)
Autor(a): Kelly Keaton
Editora: Galera Record         Páginas: 288
Lançamento: 2016               ISBN: 9788501095459
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Ari se sente perdida e solitária. Com olhos azul-esverdeados e cabelos prateados esquisitos, que não podem ser modificados nem destruídos, sempre chamou a atenção por onde passava. Depois de crescer em casas adotivas, tudo o que quer é descobrir de onde veio e quem ela é. Em sua busca por respostas, encontra uma mensagem escrita pela mãe morta há muito tempo: fuja. A garota percebe que precisa voltar para o local de seu nascimento, Nova 2 — a cidade luxuosa, que foi inteiramente remodelada —, em Nova Orleans. Lá, ela é aparentemente normal. Mas cada criatura que encontra, por mais mortal ou horrível que seja, sente medo dela. Ari não vai parar até desvendar os mistérios de sua existência. No entanto, algumas verdades são terríveis e assustadoras demais para serem reveladas

Filhas das Trevas é o primeiro volume da série Deuses e Monstros, de Kelly Keaton, publicada no Brasil pela Galera Record.

Aristanae é uma jovem de aparência peculiar: cabelos prateados e olhos de um azul incomum. Ela chama a atenção onde quer que vá e tenta a todo custo manter-se invisível. Quando vai em busca do passado, mais precisamente do paradeiro da mãe que a abandonou ainda criança, descobre que a mesma morreu em um sanatório vítima de suicídio. Para Ari deixou apenas um caixa e uma carta perturbadora pedindo para a filha fugir, pois sua vida corria muito perigo.

Que loucura era aquela? Ari acreditou ser apenas mais um devaneio de uma mente confusa, até que foi atacada por uma cara munido de uma espada e falando uma língua que ela não entendia. Pelo visto a mãe não era tão louca assim e para entender o que estava acontecendo a garota decidiu ir procurar pistas na cidade onde nasceu, Nova Orleans, agora conhecida como Nova 2.

É desta premissa que Keaton conduz a história, nos apresentando desde a primeira página uma trama de narrativa ágil, cheia de ação e mistério. Eu fiquei empolgada de primeira e minhas expectativas foram  superadas.

A busca de Ari por respostas a leva para uma cidade famosa por seu clima incomum, mas neste livro Nova Orleans é ainda mais estranha do que poderíamos imaginar. Depois de passar por um evento quase apocalíptico foi comprada do governo americano por nove famílias antigas e desde então tornou-se um refúgio para pessoas diferentes, que fora dali corriam o sério risco de parar em laboratórios e serem feitas cobaias.   Desta forma a protagonista não é a única incomum na cidade, mas ainda assim desperta comoção no local com sua chegada.

Ari trava relação com um grupo de jovens que vive num velho casarão e mesmo que a princípio sinta-se desconfortável com eles, logo percebe que são boa gente e têm disposição para ajudá-la em sua jornada. Então tornam-se amigos e um deles, o belo Sebastian, alguém mais importante.

Como citei há muita ação e mistérios e não posso falar muito sobre os acontecimentos sem soltar spoilers. No entanto, posso falar das questões que surgem a cada página. Quem era a mãe de Ari e do que fugia? Qual o motivo de todas as mulheres da família dela morrerem de maneira violenta? Quem é o pai da protagonista? O que sua estranha aparência significa? Quem são ou o que são os membros de cada família de Nova 2? Qual o interesse deles em Ari? Como assim o maior mestre Vodu da cidade ficou morrendo de medo dela?

E essas são apenas algumas das perguntas que vamos encontrar nesta história que mescla universo sobrenatural, mitos gregos e romance young adult. O sobrenatural com os mitos foi costurado de uma forma coerente e vibrante, eu simplesmente adorei. Foi algo diferente e com uma abordagem que nos leva a sentir na pele os dilemas de deuses e seus monstros, justificando perfeitamente o nome da série. Keaton não deixou nada ao acaso por aqui e foi ótimo ver como cada pecinha de seu quebra cabeças foi se encaixado direitinho.

Um dos aspectos que mais gostei foi a ambientação. Nova 2 é excêntrica e junto com seus habitantes formam um conjunto bizarro e interessante, convidativo para quem gosta de coisas incomuns e criaturas novas ou mesmo antigas, que sempre fascinam. Particularmente a cena da consulta com o mestre vodu e depois uma visita ao cemitério local foram de arrepiar.

Os personagens tem carisma e cativam. Ari não é perfeita, vai tirar você do sério com pequenos deslizes e te fazer sorrir com suas lutas (ela é boa de briga), mas isso só serve para humanizá-la para o leitor, nos fazendo ficar na torcida por seu sucesso na busca. Os jovens do velho casarão também são ótimos, destacando a pequena Violet e seu crocoldilo de estimação.

Senti falta de uma exploração maior do ponto de vista deles, especialmente do de Sebastian que fica bem próximo de Ari. Além desta ressalva, um outro ponto que não me empolgou tanto foi o romance. Aconteceu muito rápido, sabe? Sei lá, pode ser que com o tempo se torne algo mais crível, embora este detalhe não tenha comprometido em nada a trama central e eu tenha adorado o livro.

Filhas das Trevas é um livro delicioso. Esta série que conta com quatro volumes começou bem e promete grandes emoções. A maior parte das perguntas foi respondidas neste volume e novos desafios surgiram, assim você vai terminar a leitura com a curiosidade sanada e com altas expectativas pelo que a protagonista ainda enfrentará. Recomendo. 





2leep.com

11 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Eu tinha uma ideia completamente diferente sobre esse livro. Ainda bem que algumas resenhas me clarearam hahhahahah
    Bom saber que logo no primeiro volume, a gente fica com o coração na mão.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
  2. A premissa da história me lembrou bastante livros como Percy Jackson e Cidade dos Ossos, que o jovem é normal até que algum evento bizarro o leva ao mundo sobrenatural que ele pertence. Mas eu adoro livros sobrenaturais assim, então com certeza fiquei curiosa, ainda mais por envolver mitologia e romance! Só a capa que eu acho meio mal feita :(

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. a trama já é forte desde o título! não sei se leria por agora, não estou muito nessa vibe, mas a dica esta anotadinha
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida!! Não conhecia esse livro, fiquei super empolgada aqui.
    Vai para a lista dos desejos.
    Beeijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida!
    Eu tenho que parar de nem ler as sinopses dos livros que não fazem parte dos gêneros que costumo ler. Esse, por exemplo, passaria batido por mim em uma livraria. Mas sua resenha fez o enredo todo parecer tão interessante! Todos os mistérios envolvendo a protagonista, a ambientação... Foram coisas que despertaram o meu interesse.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, tudo bem?
    Esse livro está na minha lista de leituras e desde que vi a sinopse dele imaginei que seria dos bons.
    Estou ainda mais ansiosa.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  7. Oie Cida =)

    Esse foi um daqueles livros que me chamou a atenção, mas fiquei na dúvida se lia ou não. Lendo a sinopse eu pensei se tratar de um típico livro do gênero, mas pelo o que você citou ele possui elementos bem interessantes.

    Fiquei curiosa agora. Bem curiosa rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!
    Desde o lançamento que estou doida pra ler esse livro. Amo personagens que cativam o leitor, a premissa com certeza é instigante!
    Vai para a lista de desejados!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Boa resenha! Eu já estava animado para ler, agora então... haha

    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Eu vi a capa desse livro nos lançamentos da editora e fiquei louca. Essa e a primeira resenha que leio. E nossa, a história já começa muito forte, como assim, a mãe em um sanatório e deixa de herança o aviso fuja??? E você logo depois diz que suas expectativas foram superadas??? E que a leitura é cheia de ação e mistérios??? Eu sabia que iria gostar desse livro, mas agora, tenho a impressão que irei amar!!!Adorei sua resenha e não vejo a hora de ler!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu já tinha colocado este livro na lista de desejados. Agora, ele está com uma estrelinha dourada do lado.
    Pq essa resenha está uma delicinha! Impossível não querer ler também!!
    Adorei!

    Bjkssss

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!