[Resenha] Criaturas Estranhas

Criaturas Estranhas
Título Original: Unnatural Creatures
Autor(a): Neil Gaiman 
Editora: Rocco (Fantástica Rocco)       Páginas: 400
Lançamento: 2016                               ISBN:9788568263440
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Dezesseis histórias fantásticas, algumas escritas há mais de cem anos, outras inéditas, selecionadas por ninguém menos que o aclamado autor de Coraline e outros tantos sucessos, Neil Gaiman. Como o título sugere, Criaturas estranhas é uma coletânea de contos povoada por seres fantásticos, magníficos e às vezes assustadores. Assinadas por autores clássicos de ficção científica e fantasia, como Anthony Boucher e Diana Wynne Jones, a escritores contemporâneos, como Nnedi Okorafor e o próprio Gaiman, as histórias, que parecem ter saído de um sonho, ou talvez de um pesadelo, têm em comum o olhar atento e único de Neil Gaiman para o insólito. Cada conto é precedido de um comentário do escritor, que visa a provocar ainda mais a imaginação do leitor.


Amo fantasia, afinal nada melhor que fugir um pouco do comum e se aventurar por mundos estranhos e até mesmo assustadores. Não que eu acredite que logo ali vou encontrar algo como um pássaro do sol ou mesmo um cacatucano, mas ainda assim é uma sensação deliciosa se deixar levar pela criatividade de certas histórias e ver como alguns autores são capazes de nos fazer viajar para outros lugares e nos apresentar criaturas bizarramente incríveis.

Assim é fácil entender como Criaturas Estranhas, lançamento Roccoselo Fantástica – , entrou na minha lista de leituras. E não apenas pelo tipo de história que traz, mas por também ser uma seleção escolhida por um autor que sou fã, Neil Gaiman.

Vejo que a seleção que ele fez foi algo muito pessoal e que veio do desejo de uma criança com uma imaginação fértil. Ele nos conta, logo na introdução, que quando menino adorava visitar o Museu de História Natural em Londres. Achava o lugar fascinante, mas sempre achou que ali faltava um unicórnio ou um lobisomem.

Eu gostava de animais de verdade. Mas gostava mais dos animais que existiam de uma forma mais sombria do que dos que pulavam ou deslizavam ou cavalgavam na vida real, porque eles eram impossíveis, porque poderiam existir ou não, porque só de pensar neles o mundo já se tornava um lugar mais mágico. Eu amava meus monstros.

Onde há um monstro – disse o sábio poeta americano Ogden Nash – há um milagre.

E este menino queria visitar não o Museu de História Natural e sim o Museu de História Sobrenatural e já um adulto reuniu trabalhos dos escritores que sempre lhe permitiram estas viagens mágicas e compartilhou conosco. Claro que o próprio Gaiman é um escritor deste tipo e desta forma há também uma história de sua autoria na coletânea.

Criaturas Estranhas é assim um livro para o leitor jovem e para o leitor maduro que ainda guarda um pouco da criança que foi dentro de si. É para fãs de fantasia e para os fãs de Gaiman.

A leitura foi uma delícia. Vi nas histórias criaturas bem conhecidas como lobisomens, mas também outras que me surpreenderam por suas características originais e muitas vezes bizarrice. Algumas histórias têm um final fechado, outras vão ter aquele final aberto para você imaginar e há ainda aquelas que vão te deixar sem saber o que te atropelou.

São inteligentes, desafiando o leitor a buscar um sentido mais profundo dentro do contexto geral. Todas as histórias, inegavelmente, têm algo nas entrelinhas e não necessariamente fantástico e sim algo relacionado com a natureza humana, suas qualidades e defeitos.

Ainda assim, não é apenas para refletir, é para divertir e entreter com qualidade. Há uma ou outra história que não me causou um impacto tão grande, contudo há outras que despertaram em mim a vontade de estar lá com os personagens e também ler mais escritos de um determinado autor.

Introduzindo o leitor em cada história há comentários de Gaiman sobre como aquele autor fez parte de sua vida de leitor e temos as ilustrações de Briony Morrow-Cribbs para enriquecer ainda mais o conteúdo.

Pássaro do Sol (Neil Gaiman) é com certeza uma das melhores história do livro, com um bom mistério. Mas  quem roubou meu coração e me fez dar boas risadas foi O Cacatucano. ou, a Tia –Avó Willoughby (E.Nesbit), que traz uma garotinha muito esperta e pensante como protagonista. Destaco também O Grifo e o Cônego Menor (Frank R. Stockton), O Sábio de Theare (Diana Wynne Jones) e Prismática (Samuel R. Delany).

É sombrio e encantador em igual medida. Alerto que se você procura histórias de fantasia doces e leves, com aquele toque de contos de fadas, não é o que vai encontrar aqui. Criaturas Estranhas é algo denso, funesto e que traz até a Morte como convidada. Se recomendo? É claro! Leitura genial!



2leep.com

11 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Adorei! Alguns livros prometem histórias sombrias, mas quando a gente lê não é bem assim. Gosto bastante dessa densidade que você cita. E sendo histórias selecionadas pelo Neil, tenho certeza que não decepcionam.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Fugir do comum e se aventurar por mundo estranhos é o grande bum da fantasia néh?!?! Se bem que também gosto de como ela consegue muitas vezes ao nos colocar em mundos estranhos nos fazer olhar nosso próprio mundo com outros olhos. Eu adoro o Neil Gaiman, acho que comentei no post dos lançamentos da Rocco, adoro a forma como ele lida com o natural e o sobrenatural. Esse é um livro que cedo ou tarde quero ter em minha estante!

    Jaci
    O Que Tem Na Nossa Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaci! Ele dosa bem o natural e o sobrenatural, divertindo o leitor ao mesmo tempo que nos faz pensar.

      Excluir
  3. oi Cida, apesar dps seus elogios não é uma trama que me atraia...
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida, tudo bem?

    Atualmente tenho uma quedinha por livros sombrios e encantadores, que saibam prender o leitor e cumprem com aquilo que promete.

    Beijos,


    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  5. Cida minha linda fiquei tão feliz com seu comentário lá no blog que vim correndo prestigiar seu trabalho. Muito bom perceber que você está com textos cada dia melhor e envolvente. Não conhecia esse livro e confesso que fiquei bem curiosa e já quero ler. Fantasia sobrenatural é um estilo que ainda estou me aventurando aos poucos, mas sempre acabo me envolvendo com os personagens. Amei a dica principalmente por conter várias histórias em um mesmo livro e todas as observações do autor. Valeu pela dica e ótimas leituras para vc nesse mês de novembro viu!!??
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida.
    Não é o tipo de leitura que me atrai, mas gostei de saber que é um livro que da para se divertir e ainda assim tirar algo de bom dele.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  7. VIXI!!! Adorei!!!
    Amo contos, e esse tem tudo que eu preciso!!

    Quero!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?

    Nunca li nada do autor e esses dias tava pensando mesmo em escolher um livro dele pra ler e ver se gosto, já que falam tão bem dele. Gostei da sinopse desse livro e da sua resenha, vou começar por ele.

    Beijos:*
    Escritas na Chuva

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida, tudo bem?
    Eu sou medrosa para ler terror, mas gosto muito do sobrenatural, vai entender... rsrsrs
    Gostei da premissa do livro, e os detalhes que mencionou em sua resenha me deixou com vontade de conferir. Dica anotada.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!