[Resenha] Três Coisas Sobre Você

Três Coisas Sobre Você
Título Original: Tell Me Three Things
Autor(a): Julie Buxbaum 
Editora: Arqueiro                 Páginas: 288
Lançamento: 2016               ISBN: 9788580415483 
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|| 
Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.
Olha aí a Aposta Arqueiro. Não! Este não é o nome do livro, mas foi assim que a Editora se referiu à ele durante todo o período de lançamento, garantido ao leitor uma ótima história ou o dinheiro de volta. Nunca antes eu tinha visto uma ousadia destas. Garantir que a leitura agradaria em geral? Ousadia e coragem fazer uma aposta assim e então resolvi ler para ver o que este livro guardava de tão bom em suas páginas.

Jessie perdeu a mãe, viu o pai se casar com uma mulher que conheceu pela internet e precisou deixar Chicago e a melhor amiga para segui-lo rumo a nova vida. Na Califórnia ela se viu numa casa que não era dela, cercada de muito luxo, sem calor humano, glamour e pessoas aficionadas por aparência. Belas e perfeitas 24 horas por dias. Para uma menina de aparência comum e orçamento controlado para roupas e acessórios foi um choque.

Ela e o pai não tinham dinheiro, mas a madrasta sim e com isso Jessie foi colocada numa escola cheia de pessoas ricas e que viviam uma realidade diferente da sua. Ela era um peixe fora d’água. Ainda existia o filho da madrasta que a tratava com total indiferença. Eram estranhos morando sob o mesmo teto.

Deslocada e infeliz, foi surpreendida com a chegada de um e-mail de uma pessoa que se intitulava Alguém Ninguém. O tal e-mail – escrito de forma amigável, espirituosa e desafiadora –, trazia pequenas dicas de como sobreviver na nova escola, desde como transitar lá dentro até de quem se aproximar. Se Jessie aceitasse, Alguém Ninguém poderia ser um amigo e um conselheiro.

Desconfiada de algo tão bizarro, ela rejeita a proposta, mas logo volta atrás e decide ver onde aquilo vai dar. Jessie e Alguém Ninguém se tornam próximos e confidentes, mesmo não sabendo se é algo sincero e honesto, ela se apega ao remetente dos e-mails e com isso começa tomar coragem para encarar esta nova fase da vida. Alguém Ninguém como uma pessoa próxima que esteja aos poucos ganhando seu coração.

A narrativa de Julie Buxbaum é atraente e conquista fácil. Ela cria um universo jovem realista e carregado de sentimentos. Fala de dramas com doçura e leveza, mesmo abordando temas sérios e complicados como luto, bullying, câncer, maturidade sexual, diferença de classes, relações pais x filhos, recomeços e amor.

Sua protagonista é uma menina bastante normal que está lidando com situações que muita gente já viveu e por isso você vai entender bem como é estar na pele de Jessie, acredito que apenas Alguém Ninguém seja o aspecto mais incomum. Eu senti uma enorme afeição por esta menina e seus problemas me comoveram bastante. Foi impossível não desejar que ela parasse de se sentir em uma vida emprestada e sem um lugar definido. A frieza e solidão que são parte de seus dias são tangíveis.

Só que as conversas com Alguém Ninguém ajudam e logo Jessie consegue se inserir na vida estudantil e conhecer gente nova. Até um emprego surge, na Atenção! Lombadas, uma livraria bem convidativa. Assim a autora nos permite acompanhar o passo a passo da garota na rua dos recomeços. Momentos divertidos, sensíveis e até um tantinho misteriosos não faltarão. 

Amo de paixão tramas ambientadas no ensino médio e este cenário foi bem trabalhado. Há a dose certa de intrigas, azaração e aquele garoto enigmático (Ethan) que pode ser o interesse romântico da protagonista. Aí chegamos no impasse, pois Jessie sente-se desejando 

Eu fiquei com mil teorias sobre a identidade de Alguém Ninguém e posso dizer que  cada tentativa de Jessie  para conhecê-lo foi hilária. Eu tinha meu preferido com certeza, mas Buxbaum apresenta pessoas bem interessantes para disputar essa identidade e a escolha fica difícil.  Claro que só vamos saber quem é no final e com certeza este momento esbanjou graça e muita fofurice. Alguém Ninguém é a válvula de escape da garota e o enigma da trama sobre o dilema do virtual sobreviver ao real.

A vida de Jessie se transforma a cada página e ela evolui bastante. Amadurece e aprende a lidar com situações que a princípio pareciam o fim. Não apenas na escola, nas amizades e no amor, mas em família também. Os personagens secundários são essenciais nessa jornada e muitos que julgamos como meros babacas no começo mostram que não são assim de verdade. É preciso arriscar e  confiar para conhecer as pessoas e a nós mesmos melhor. A leitura flui fácil e o texto apresentado boa parte do tempo em forma de e-mail e mensagens de texto ganha um dinamismo ímpar e um tom moderno e jovial. Há informalidade e por isso conforto para todo o tipo de leitor.

Três Coisas Sobre Você é irônico, vivo e verdadeiro. Poderia se sobre você ou eu, pois quem  nunca sentiu medo do novo e de recomeçar. Sofremos com adaptações como Jessie e no fundo queremos carinho, amor e amizade. Alguém Ninguém foi o melhor da história com certeza e sua relação com Jessie empolgante, cheia de uma expectativa crescente que culminou num desfecho lindo. A Editora Arqueiro acertou em cheio na sua aposta. Eu amei.


Mas às vezes um beijo não é um beijo não é um beijo. Ás vezes é poesia.



 
2leep.com

13 comentários:

  1. Olá!! Ameei esse livro! Tenho ctz q irei levar mtas reflexões pra minha vida com ele assim como Jessie!
    Ameeei a capa! Mto linda! Enredo tá mto bom tbm!
    Parabéns pela resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Gente, a cada resenha que leio, mais convencida fico de ler esse livro.
    Amei o nome dessa livraria!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oiii Cida

    Resenha linda! Eu tb já tenho a minha feita nos rascunhos. Meu Deus, como amei esse livro, fui dormir com um sorriso no rosto, leitura gostosa, fluída e que prende a gente. Amei os personagens e o mais legal é que sim, é um livro juvenil, mas... os personagens são maduros, os dramas se adequam à qualquer idade e a escrita da autora fala com o leitor.

    Beijokas

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. eu me encantei pela proposta inicial, a divulgação sobre o livro também teve grande influência no meu interesse
    espero ler em breve
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida, tudo bem?
    Faz tempo que não leio nada ambientado na escola.
    Esse livro pareceu fofo e divertido, daqueles perfeitos pra passar o tempo despretensiosamente. =)
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  6. Oie. Sério, não conhecia o livro. Vi a capa, mas passei por ela sem dá atenção. Agora estou bem arrependida. Realmente curti o enredo. Amo livros com personagens misteriosos. Vou colocar na lista de desejados. =D

    Beijos.

    Lu - http://www.leiturasedevaneios.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,
    Eu não dava a mínima para esse livro, mas a chuva de elogios e investimento da Arqueiro na obra me deixaram curiosa.
    Quero ler em breve!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Parece que a Arqueiro realmente fez uma aposta grande nesse livro e fico feliz em saber que você gostou dele.
    Ainda não tinha parado para ver do que se tratava, mas , a premissa me chamou a atenção. Dica Anotada.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  9. Oie Cida =)

    Esse livro será a minha próxima leitura e já senti que ele vai ser um daqueles livros que no final vou querer ficar abraçada nele rs...

    Eu confesso que não dava nada pela história, mas ai como comecei a ler algumas resenhas que me deixaram curiosas e resolvi arriscar. Agora depois de ler a sua resenha acho que tomei a decisão certa ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Outro livro que quero ler. Adorei sua resenha.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida!

    Realmente a editora foi muito ousada! Mas pelo que eu tenho visto a aposta foi certeira, pois até agora só li resenhas elogiosas!
    Eu nem li o livro, mas eu tenho minhas suspeitas (que quase nunca dão certo) de que AN pode ser o filho da madrasta dela...
    Ele já tá nos desejados e estou bem curiosa para conhecer essa história!


    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Nossa, você me emocionou com sua resenha. Quando vi a proposta da editora também fiquei super curiosa, mas li uma resenha tão negativa, que desanimei. Mas agora, com seu texto, percebo quão linda e tocante é essa história. Adoro tramas joviais também, no cenário de uma escola. Mas aqui é mais, muito mais. Estou louca para saber quem é ele. E torcendo para que ele seja exatamente a pessoa por quem ela se apaixonou. Eu quero um desses para mim!!! Sério, nunca vi nada tão romântico e generoso. Já pensou, alguém fazer isso por nós, sem sequer nos conhecer? Amei sua resenha!!! Amei o livro!!! Estou louca para ler!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Cida! Eu também amei o livro. Também tinha meu preferido para ser o AN e fiquei tensa com aquela cena do momento da descoberta. Ahaahhaha!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!