[Resenha] Star Wars: Estrelas Perdidas

Star Wars: Estrelas Perdidas
Título Original: Star Wars: Lost Stars (Journey to Star Wars: The Force Awakens)
Autor(a): Claudia Gray   
Editora: Seguinte                 Páginas: 448
Lançamento: 2015               ISBN: 9788565765831
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Ciena Ree e Thane Kyrell se conheceram na infância e cresceram com o mesmo sonho: pilotar as naves do Império. Durante a adolescência, sua amizade aos poucos se transforma em algo mais, porém diferenças políticas afastam seus caminhos: Thane se junta à Aliança Rebelde e Ciena permanece leal ao imperador. Agora em lados opostos da guerra, será que eles vão conseguir ficar juntos? Através dos pontos de vista de Ciena e Thane, você acompanhará os principais acontecimentos desde o surgimento da Rebelião até a queda do Império de um jeito absolutamente original e envolvente. O livro relata, ainda, eventos inéditos que se passam depois do episódio VI, O retorno de Jedi, e traz pistas sobre o episódio VII, O despertar da Força!

Estrelas Perdidas é mais um livro que faz parte do universo expandido de Star Wars, desta vez foi Claudia Gray que buscou inspiração na Força para nos trazer uma história cheia de ação, emoção e aventura.

Quando a expansão do Império chegou em Jelucan, Ciena Ree e Thane Kyrell, viram a oportunidade de realizar o sonho de serem pilotos das naves imperiais. Ele via nesta carreira a oportunidade de desbravar o universo e se ver livre da violência do pai; ela queria servir para deixar sua marca no legado do Império.

Os dois jovens, ainda crianças, eram oriundos de classes sociais distintas, mas o sonho em comum os uniu. Embora as famílias não vissem com bons olhos a amizade que a cada dia ficava mais forte, Thane e Ciena seguiram em frente e conseguiram entrar na Academia Imperial. No início a amizade suportou os desafios, mas com o passar do tempo, com a chegada das disparidades de pontos de vista e a atração que surgiu sutilmente, eles se afastaram.

Já formados como oficiais, perceberam que sentiam tanta falta um do outro que precisavam se entender, no entanto o caos que estava por vir mais uma vez atuou como um obstáculo no caminho dos jovens. O que o futuro reservava para Ciena Ree e Thane Kyrell?

Eu conhecia o trabalho de Claudia Gray do livro A Thousand Pices Of You e desde que fiz esta leitura estava ávida por mais obras da autora. Gray tem uma narrativa envolvente e fluida, sabe ambientar bem o leitor e criar um pano de fundo bem construído para suas histórias. É inegável que adora conflitos épicos e embora estes se desenvolvam com primor, é o lado humano de suas tramas que se destaca e nos captura facilmente,  tornando impossível largar o livro.

Ciena Ree e Thane Kyrell são dois personagens que se tornam parceiros de jornada para nós leitores, me senti uma testemunha de suas vidas e confesso que muitas vezes parecia que eu estava compartilhando efetivamente a mesma realidade.  Eles são muito verossímeis deixando que suas emoções transpareçam, que você sente na pela o calor do momento.

Thane foi de longe meu personagem preferido, exatamente por ser alguém que não acreditava em tudo que era dito e sempre questionava. Tinha uma mente arguta e crítica, tanto que não relutou em mudar seus planos quando notou que o Império não era tão perfeito. Já Ciena, embora impressione pela determinação e dedicação na busca de seus ideais, tinha uma mente muito fechada e sua teimosia por vezes me deixou descontente. Acredito que admitir um equivoco não é sinal de fraqueza e sim de força para recomeçar.

A história de amizade de Ciena e Thane que foi se transformando em um sentimento mais forte, é o foco principal da obra, entretanto são os acontecimentos externos que influenciam diretamente no destino dos jovens e vão determinar se vão ou não ter um final feliz. Estes acontecimentos são a formação e fortalecimento da Aliança Rebelde e a queda do Império. Temos até a oportunidade de encontrar Darth Vader e mais uma vez esta figura sinistra me deu calafrios.

Se você é familiarizado com o universo de Star Wars, vai sentir uma onda de nostalgia ao reviver momentos marcantes da história principal. Agora se este é seu primeiro contato, não fique preocupado, vai conseguir entender direitinho a história e sentir o despertar da força, ops! Quero dizer, o despertar de um desejo enorme de conhecer toda a saga do Império, da Aliança Rebelde, dos Cavaleiros Jedi e de tudo que somente Star Wars pode trazer para você.

Aprovado! Recomendo para quem é fã e quem quer conhecer.

Que a Força esteja com você!

2leep.com

10 comentários:

  1. Olá :)
    Na verdade é um romance que se passa no universo de Star Wars, certo? O livro ja faz um tempo que está na minha listinha e sua resenha me fez querer lê-lo mais ainda, adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oii Cida, tudo bom?
    Eu estava achando o nome da autora bastante familiar, mas fiquei um pouco surpresa que foi realmente Claudia Gray que escreveu esse livro, afinal, é totalmente diferente de outros trabalhos dela! Ainda tenho que ler Mil Pedaços de Você, mas estou super curiosa com Estrelas Perdidas também *-*
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  3. oi flor, eu conheço a trama que rodeia Star Wars mais pela fama da história e pela perpetuação dos seus personagens do que por uma leitura ou pesquisas, estou me ambientando a esse novo mundo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    Estou com esse livro para ler aqui em casa, mais a fila de leitura está tão grande que ainda não consegui ler ele.
    Amo Star Wars e como fã acho que não tem nada melhor do que sentir esse sentimento de nostalgia quando pegamos algo novo sobre a história.
    Sua resenha me deixou mais curiosa para ler o livro ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Existem tantos livros de Star Wars agora que nem sei por qual começar hahaha acho que vou ficar só com os filmes mesmo. Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem tag no blog, vem conferir!

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida! Eu amo Star wars, só fico com receio de ler o Universo expandido e não entender muita coisa, mas estou de olho em Estrelas Perdidas faz tempo! Vou conferir!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Ultimamente saíram tantos livros de Star Wars que eu fico até perdida hahahha
    Mas, acho muito legal autores diversos explorarem esse Universo tão magnífico dos filmes <3 <3
    Vou tentar ler algum livro, tens uma indicação de qual é o melhor pra começar, Cida?
    Beijoss
    www.vidaemmarte.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!
    São tantos livros de Star Wars que nunca sei qual é qual hahahhaha
    Gostei muito da premissa desse. Vou dar uma olhada.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  9. Olá, Cida.
    Acredita que nunca li nenhum livro dessa série? Eu fico até perdida de tantos livros que são. Mas pretendo ler eles algum dia hehe. O que eu acho muito estranho é cada livro ser escrito por um autor diferente.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Olá Cida, tudo bem?

    Você acredita que ainda não li nada de Star Wars? É verdade, mas desse ano não passa, tenho um aqui na lista de espera de leituras, não conhecia esse e fiquei feliz em saber que é muito bom...dica anotada...bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!