[Resenha] O Retorno de Izabel

O Retorno de Izabel
Título Original: Reviving Izabel (In the Company of Killers #2)
Autor(a):  J.A. Redmerski 
Editora: Suma de Letras       Páginas: 232
Lançamento: 2015               ISBN: 9788581052960
51gJFruyaSL._ ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
No segundo volume da série Na Companhia de Assassinos, a autora do best-seller Entre o agora e o nunca traz uma história de paixão e sobrevivência.  Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado. Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la. Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva. Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor? Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.
A Morte de Sarai, primeiro livro da série Na Companhia de Assassinos, de J. A. Redmerski, foi um dos melhores que li este ano e desde então eu estava aguardando ansiosamente pela sua continuação, que felizmente não demorou para ser lançada aqui no Brasil. O Retorno de Izabel é uma delícia de livro minha gente.

Após fugir do cativeiro onde viveu como escrava sexual durante quase dez anos de sua vida, Sarai não só acabou com Javier, seu algoz, como também acabou conhecendo um homem perigoso e sedutor que deu outro sentido à sua trajetória. Victor ajudou na fuga, manteve Sarai viva e conseguiu roubar seu coração, mas como um assassino de aluguel de uma ordem perigosa, ele não poderia mantê-la ao seu lado. Sendo assim, depois de muita ação e emoção, ele a deixou numa pequena cidade com um boa quantia de dinheiro e a oportunidade de viver como uma jovem normal, mas como esta condição não se aplicava à Sarai, logo ela conseguiu entrar em outra confusão e colocou, mais uma vez, sua existência em risco.

A narrativa em primeira pessoa é alternada entre Sarai e Victor, e em alguns capítulos temos a voz de Fredrik Gustavsson ♥ -  um acréscimo valioso para a série-, e esta alternância de POV permite ao leitor ter uma ideia geral do que está acontecendo, mas ainda assim muita coisa fica oculta e nem desconfiamos. É um texto envolvente e fluido, que captura o leitor logo de cara. Há momentos tensos na história mesclados com outros mais quentes e algumas cenas mais violentas, não temos um romance gracinha, mas sim algo perigoso e inusitado.

O livro anterior foi uma grande leitura por ser imprevisível, eu acreditava que a trama ia girar em torno da fuga de Sarai mas logo percebi que aquilo não era nem o começo de sua história. Ela fugiu, matou e viveu momentos de paixão com um assassino, mas a maior de todas as surpresas veio com a sua transformação, Sarai deu lugar para Izabel, e esta segunda mulher não só ama viver perigosamente, como também tem um forte desejo de matar. No entanto, diferente de Victor que faz isso por dinheiro, ela quer fazer por vingança, ou em sua opinião, justiça, já que deseja acabar como todos os homens iguais à Javier.

Assim que passo pela porta, deixo Sarai para trás e me torno Izabel por uma noite.

O Retorno de Izabel começa exatamente de onde paramos, com ela planejando seu plano de ação, mas sem nenhuma experiência nesta área acaba metendo os pés pelas mãos e virando caça ao invés de caçadora. Esta parte inicial é apenas com sua participação e confesso que perdi a paciência com todas as burradas de Sarai. Depois de ter passado por tanta coisa como poderia se tão descuidada e sem cautela? Tudo bem que estava muito triste por ter sido abandonada pelo Victor, mas poderia ter agido de maneira mais fria e calculada.

E Victor? A cada página virada eu prendia a respiração imaginando que naquele momento ele retornaria e ainda bem que a autora logo atendeu meus desejos e o trouxe de volta em grande estilo, deixando o coração de Sarai e o meu acelerado.

Matar é fácil… Chegar a esse ponto sem morrer tentando é a parte difícil.

E então veio o primeiro ponto surpreendente da trama, a transformação evidente da relação e da personalidade do casal, ambos agiram de uma maneira totalmente inesperada. Ela como uma menina impertinente e cheia de birra e ele como uma cara apaixonado. APAIXONADO?!? Sim! Finalmente o assassino mostrou que sentia algo pela garota, tanto que aceitou treiná-la para ser como ele e nunca mais se afastar.

Apenas duas coisas podem acontecer: ou esta será minha primeira noite como assassina ou a última da minha vida.

O treinamento de Sarai toma grande parte da história e muitas vezes eu sentia que algo não se encaixava, acreditei piamente que fosse esta mudança dos dois e não conseguia entender como eles tinhas ficado assim. Foi muito interessante de acompanhar e vislumbrei uma vida quase normal para ambos, até mesmo testemunhei eles cometendo “erros” de principiante em sua fuga. Então a calmaria deu lugar para tempestade e vi que os “erros” não eram exatamente o que pareciam ser. Sarai não estava nada fraca, nem Vitor todo amor,  e J. A. Redmerski fez algo sensacional, mudando o rumo de tudo outra vez, me deixando de queixo caído e pensando: Que mulher genial! Foi tudo bem inteligente, revi o que tinha achado estranho e cada pecinha foi entrando no devido lugar. O clima perigoso, audacioso e longe de clichês para uma história de amor estava plenamente ativo e algo muito empolgante aconteceu. Vibrei nas últimas cinquenta páginas.

O final foi redondinho e satisfatório, mostrando claramente a evolução dos protagonistas e a consolidação daquilo que eles começaram lá atrás: sua rendição e encontro de um caminho para seguir daqui  em diante.

Agora temos portas abertas para novas histórias de outros membros desta ordem de assassinos: Niklas – irmão de Victor –, e Fredrik Gustavsson, um aliado que entrou na trama e logo ganhou meu coração com seu charme inegável e grandes tormentos. Estou doida para ler o terceiro livro, O Cisne e o Chacal, protagonizado por Fred. Se gostei? É claro que sim! Recomendo.

Ficar um passo à frente da morte é o nosso estilo de vida. É o meu estilo de vida, e acredito que era para ter sido assim desde sempre. Contudo, por mais estranho que pareça, me sinto perfeitamente segura na companhia de assassinos.




2leep.com

21 comentários:

  1. É um livro apaixonante que me prendeu muito, gostei da história o final pra mim também satisfatório.
    Amei a sua resenha

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li essa nova série da Redmerski mas estou muito interessada. Pela sua resenha, deve ser completamente diferente de Entre o Agora e o Nunca
    Beijos
    http://balaiodebabados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Li o livro A morte de Sarai e estou louca pra ler essa continuação . Espero logo ler este que me parece ser tao bom quanto o 1°.
    Parabéns pela resenha!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula! A série é bem legal, gosto por trazer um romance bem fora dos moldes que estamos acostumados,

      Excluir
  4. Cida!
    Ganhei os dois livros e aguardo chegar para começar a leitura.
    Nossa! Jamais imaginaria que ele iria realmente se apaixonar por ela, tão durão, assassino profissional se render a paixão... demais!
    “Pedras no caminho? Eu guardo todas. Um dia vou construir um castelo.”(Nemo Nox)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida
    O cara que finalmente se apaixonou..acho que foi um spoiler né..rs Mas como eu vou demorar para ler a série eu acho que vou esquecer, rs
    Que bom que gostou desse também. Pretendo ler um dia ainda.


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. flor, de verdade não é um livro pelo qual tenha apelo, prefiro a autora mais romântica, leve
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse livro me interessa muito. Adoro livros de suspense com uma pitadinha de romance. As capas estão incríveis e a saga na companhia de assassinos vai ser uma das minhas próximas leituras, pode ter certeza. Adorei a resenha.
    Abraços ^^
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, eu também gostei muito deste livro. Ficou uma ótima continuação, mesmo assim o primeiro ainda continua sendo o preferido até o momento.
    Talvez pela trama inusitada e surpreendente que a autora criou.
    Adorei sua resenha.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida!
    Apesar de ter romance e eu não gostar muito disso, ele parece ter muita ação também (e isso eu adoro). Não conhecia o livro, mas sua resenha me fez ter vontade de ler. Vou colocar na lista e tentar ler até o fim do ano. ^
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Estou super ansiosa para ler A Morte de Sarai e em seguida O Retorno de Izabel, preciso urgentemente desses livros.
    Sua resenha está muito boa, estou super curiosa e mega ansiosa para começar a ler os livros, e como adoro livros de suspense, acho que vou gostar da leitura.

    ResponderExcluir
  11. Fiquei ansiosa para ler essa série após ler sua resenha. Procurei ler a resenha do 1º livro também e adorei. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  12. Oie Cida =)

    Eu estou doida, mais doida para começar a ler essa série de tantas resenhas positivas que leio dela. Tenho o primeiro volume em e-book e não vejo a hora de mergulhar novamente na narrativa da J.A *-*
    Sua resenha só me fez perceber que estou perdendo meu tempo em não começar a série hoje.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  13. Eita, Jesus! Tô atrasada. Nem sabia que já tinha saído esse livro huiahiaush nem li o 1 ainda :( e agora?
    preciso frequentar umas livrarias! Não li a resenha toda para não pegar spoilers indesejados, mas bom saber que você recomenda. Já tá na listinha. :3 beijos
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Conversei com a autora desse livro não faz muito tempo e a achei muito inteligente e simpática.
    Tenho muita vontade de ler as estórias dela e já sei por qual começar!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  15. Amei muito, porque é uma leitura que foge do mais do mesmo, e já estou ansiosa pelo próximo livro da série “O Cisne e o Chacal”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Solange! O Cisne vai vir para matar minha curiosidade sobre o Fred. Eita homem intrigante.

      Excluir
  16. não conhecia a série. e fiquei chocada com a história. a sinopse não chamou minha atenção.
    pela sinopse pensei q focariam mais o romance na história, só q lendo sua resenha, vi q não... rs. a ação, aventura, suspense e etc. prende o leitor de uma forma que poucos livros conseguem. particularmente, não gosto muito de romance em histórias, mas, ás vezes não dá pra descartar.
    deu p perceber que izabel/sarai, inicialmente, é meio atrapalhada... fico me perguntando se isso não causa um humor na trama tbm. ás vezes não gosto de romance em livros que contenha violência justamente por algo que vc mesma citou na sua resenha: descuido. depois que acontece algo entre o casal, eles ficam descuidados por causa da tristeza... ficam frágeis. isso atrapalha os personagens em seus objetivos. seria melhor se ficassem juntos e pronto. hahaha ainda bem que no fim do livro deu tudo certo.
    ainda não tenho interesse em ler o livro. mas se surgir a oportunidade, vou querer conferir.

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Gostaria muito de ler esse livro,já li outros livros desse autor e gostei :)

    ResponderExcluir
  18. Nossa nem sabia que essa autora era a que escreveu entre o agora e o nunca,eu nunca ia achar que teria romance nesse livro. Eu já tinha ouvido falar desse livro e do primeiro,mas não achei meu estilo de leitura e pela capa parece que é meio terror,meio violento.

    ResponderExcluir
  19. Li muitas resenhas sobre o primeiro livro e fiquei doida pra ler. Agora estou doida para ler esse. Brotar um romance no meio de tanta coisa ruim. Esse suspense gostoso, parece ser um livro de ler com o coração na mão...O treinamento dela me parece ser uma parte um pouco massante.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!