[Resenha] Objetos Cortantes

Objetos Cortantes
Título Original: Sharp Objects
Autor(a): Gillian Flynn
Editora: Intrínseca               Páginas: 256
Lançamento: 2015               ISBN: 9788580576580
OBJETOS ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.
Objetos Cortantes é o segundo livro que leio de Gillian Flynn, o anterior Garota Exemplar,  não me agradou, é isso mesmo, eu comprei na época do lançamento por causa dos mil elogios e quando comecei a leitura minhas expectativas não foram atingidas, acredito que seja aquele caso que 99% amou e eu sou o 1% do contra, mas não há o que fazer, não curti e pronto, mas não nego que ela sabe construir tramas intrincadas e inteligentes. Este novo livro chamou minha atenção tanto pelo caráter psicológico, quanto por ter assassinatos no enredo, não deixo algo assim passar.

Camille Preaker é uma jornalista que ganha a missão de retornar à sua cidade natal para fazer uma matéria sobre as horrendas mortes de algumas garotinhas, chegando lá, precisa não só lidar com a crueldade dos crimes, mas também com a hostilidades dos moradores de cidade pequena que não querem revelar seus segredos para o mundo, e também com o próprio passado, já que a moça deixou ali muita mágoa e frustração.

Enquanto investiga os crimes, Camille se revela ao leitor, seu passado a engole e mais uma vez precisa lidar com tudo aquilo que tinha tentado esquecer, pois fica claro no decorrer das páginas que ela carregou seus tormentos quando foi embora. Ela é extremamente perturbada, desde cedo se cortava, escrevia com lâminas palavras em seu corpo, como forma de colocar para fora o que a afligia. Este é o terceiro livro que leio que a protagonista tem este tipo de transtorno e como sempre foi algo que me deixou extremamente chocada e angustiada, a dor como válvula de escape é muita crueldade e só mesmo alguém com uma dor na alma ainda maior pode achar alívio na mutilação, fico imaginando como estas pessoas dever sofrer, é impossível não sentir pena, afinal é triste demais.

E sabem o que é pior, ver que a mãe de Camille contribuiu para isso, tão problemática quanto a filha, não só a prejudicou pelo resto da vida, como também fez isso com as duas irmãs da moça. Só que Adora não desperta pena, ela é aquela personagem que mesmo com problemas mostra que sente prazer em magoar e ferir os outros, é egoísta, mesquinha e insensata.

Gillian Flynn sabe criar personagens com personalidades complexas,  de caráter extremamente duvidoso e que conseguem atingir em cheio o leitor, eu me vi sofrendo, odiando e vivenciando cada um dos dramas apresentados aqui, é um excelente thriller psicológico, os crimes que me motivaram a ler são apenas uma pequena parte de um grande quebra-cabeças, confesso que acertei em parte a solução dos mesmos, a motivação foi evidente antes da metade, mas o culpado me pegou desprevenida, foi uma revelação que mais uma vez provou o quanto insanidade e egocentrismo caminham lado a lado. E se não bastasse personagens tão intensos, a autora ainda nos choca com acontecimentos sórdidos e sombrios.

Eu gostei, muito mesmo, e fico feliz de ter arriscado ler outro livro da autora, não há doçura em suas tramas, não vi ninguém aqui bonzinho, é uma falta de caráter descarada que domina, mesmo as vítimas te assustam por provarem que não são tão inocentes assim. Relações familiares conturbadas, estereótipos de beleza e perfeição, violência, sexo, drogas, assassinatos e traumas profundos, tudo isso usado com inteligência e objetividade para compor a história de Objetos Cortantes, só achei que o final foi um pouco corrido, mesmo que impactante poderia ter sido mais detalhado. Recomendo se você aprecia o gênero, agora eu estou doida para ler Lugares Escuros.

2leep.com

22 comentários:

  1. só a Gillian pra me fazer desejar ler um suspense!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu também gostei bastante de Objetos Cortantes e é justamente essa falta de doçura, como vc disse, que me agrada tanto nas obras da Gillian. Ela me deixa completamente sem fôlego ao final dos livros.
    Diferente de você, eu amei Garota Exemplar e também estou ansiosíssima por Lugares Escuros.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Comecei a ler Garota Exemplar, mas não terminei. O filme é ótimo!
    Gosto bastante desse gênero e as tramas criadas pela Gillian despertam muito a minha curiosidade.
    Quero muito ler Lugares Escuros também, de preferência antes do filme.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    Apesar dos inúmeros elogios que leio sobre os livros dessa autora, ainda não li nada dela.
    Acredito que para os fãs do estilo a escrita da autora deve ser maravilhosa mesmo. Confesso que não curto muito suspense, mas são tantas resenhas positivas que estou começando a fica bem curiosa rs...

    Beijos e um ótimo feriado;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu já li Garota Exemplar, e adorei! Fã da escrita de Flynn e de thrillers psicológicos, Objetos Cortantes tem tudo para me agradar.
    Como você disse, não há doçura na escrita da autora e as descrições e situações criadas por ela são fantásticas.
    Nunca li nenhum livro em que a protagonista tenha esse transtorno, mas imagino que vá ficar como você, chocada e angustiada.
    Quero muito ler!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Eu ainda não li Garota exemplar, mas quando vi o filme, que tantos elogiaram, confesso que também não gostei. Achei que a autora se perdeu no perfil da personagem principal, trouxe ela de uma forma tão intensa, doentia e no final, é como se tivesse diminuído o tom do personagem. Por isso, perdi o interesse em ler o livro.
    Em relação a objetos cortantes, você me deixou com uma dúvida muito grande, pois tudo o que descreveu simplesmente me fascina, eu adoro estudar sobre a natureza humana, por isso gosto tanto de thriller psicológico. Mas ao mesmo tempo, esse final está parecendo semelhante ao primeiro livro, acho que a autora perde o ritmo nos desfechos.
    Independentemente disso, a resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cida!
    Eu me amarro em suspenses, e a Gillian tem todas as suas obras na minha lista de desejados. Adoro personagens de caráter duvidoso, pois nunca sabemos em quem confiar, então o mistério é garantido!

    Beijos,
    Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  8. Confesso que tenho mais vontade de ler esse livro do que Garota Exemplar, embora muita gente fale bem dele também. Bom saber que você achou o final impactante, por mais que seja corrido. É péssimo quando o final não atende as expectativas, mas não parece ser o caso dele. Tá na minha enorme lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Que coisa... eu amei o Garota Exemplar e estou super ansiosa para ler Objetos Cortantes. Amo suspenses e estou amando a escrita da autora.

    Super ansiosa para ter o livro.

    ^^

    ResponderExcluir
  10. Só li um livro em que a personagem se mutila, e a autora parece ser mesmo mestra em criar personagens complexos e criar um bom thriller psicológico. Então com certeza vou ler esse e outros livros dela.
    Ótima resenha! Bjs, Cida <3

    ResponderExcluir
  11. Oi! ^^
    Gostei do enredo. Ainda não tinha lido nada sobre esse livro e a sua resenha me esclareceu bastante. Quando tem mistério na história também não deixo passar. Vou colocar esse livro na minha lista de desejados agora mesmo!

    Beijussss;
    https://facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. nao gosto mt do genero mas quero ler esse livro, vejo mt gente falando mal e outros bem, entao, to querendo ve qual sera a minha opiniao sobre ele
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oláá
    Eu adorei a resenha mas infelizmente não tive oportunidade de ler nada da autora e morro de curiosidade pois só escuto elogios, parece ser bem interessante e gostei do enredo da história.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Objetos Cortantes é um livro que dificilmente você vai esquecer, com temas polêmicos e diálogos aflorados. Foi muito bom estar de volta em Mississippi ( mesmo lugar ambientado em Garota Exemplar )

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Esse gênero literário não faz meu tipo, mas essa autora me faz querer ler toda e qualquer coisa que ela escreva! Incrível!
    Tô ansiosa por essa leitura!
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida, tudo bom?
    Eu tenho os dois primeiros livros da autora lançados pela Intrínseca, mas não li ainda. Adorei a premissa dark desse livro e as temáticas que ele debate. Gosto de ler livros em que os personagens mostram suas piores faces porque são leituras que me fazem pensar. Fiquei bastante curiosa e espero ler em breve.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Cidoca!
    Eu li Garota Exemplar e adorei! Confesso que o final me deixou louca da vida, mas acho que essa é o jogo da autora, mexer totalmente com o nosso psicológico, nos tirar reações intensas. E ela sempre cria tramas geniais, estou com Objetos cortantes aqui, mais ainda não o li, depois dessa resenha, preciso tirá-lo da estante correndo! E também desejo muito Lugares Escuros.

    Beijinhos!
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo

    ResponderExcluir
  18. Oi tudo bem?
    Ainda não li nada da autora, quem sabe um dia, pois não é um tema que eu goste tanto. Mas acho interessante o tema tratado pela autora, bem real e sabe retratar o sofrimento. E quem gosta do gênero fala super bem, mas não sei se no momento eu leria. Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Menina!
    Estou com esse livro aqui para leitura e maluquinha para começar logo, porém tenho outros na frente.
    Li A garota exemplar e assisti o filme também e se for no mesmo estilo, já me ganhou.
    Preciso ler urgentemente.
    “A sabedoria começa na reflexão.”(Sócrates)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  20. Olá... tudo bem??
    Eu tive vontade de ler Garota Exemplar, mas não tanto quanto eu tenho vontade de ler Objetos Cortantes... ele é bem o tipo de thriller que gosto de ler... aquele que pode até me abalar, mas me faz vivenciar a história... pela descrição de sua resenha eu percebi que terei tudo isso e mais um pouco... gostei muito da ideia da história e do enredo escrito... na verdade esse livro é uma leitura necessária... xero!

    ResponderExcluir
  21. "Uma falta de caráter que domina" kkkkk, essa frase foi a que mais me atraiu na resenha. Eu não li Garota exemplar, porque me contaram o final, aí desanimei, mas por tudo que falavam, eu sentia que o livro não seria tão espetacular como comentavam, bom ver que alguns leitores acharam isso.
    Esse novo livro da autora não tinha me chamado a atenção, mas foi porque não tinha parado para ler nada dele. Também gosto de livros com protagonistas com esse tipo de transtorno, porque geralmente possuem uma forte carga psicológica.
    Agora fiquei muito interessada em ler o livro. Acho que vou saltar Garota exemplar e já conhecer a autora por esse
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Cida, tudo bem?

    Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas estou doida para ler Garota Exemplar e Objetos Cortantes. E depois quero ver os filmes.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!