[Resenha] Escuridão Total Sem Estrelas

Escuridão Total Sem Estrelas
Título Original: Full Dark, No Stars
Autor(a): Stephen King
Editora: Suma de Letras       Páginas: 392
Lançamento: 2015               ISBN: 9788528620184
Capa Escuridao total sem estrelas.indd ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Na ausência da luz, o mundo assume formas sombrias, distorcidas, tenebrosas. Em Escuridão total sem estrelas os crimes parecem inevitáveis; as punições, insuportáveis; as cumplicidades, misteriosas. Em 1922, o agricultor Wilfred e o filho, Hank, precisam decidir do que é mais fácil abrir mão: das terras da família ou da esposa e mãe. No conto Gigante do volante, após ser estuprada por um estranho e deixada à beira da morte, Tess, uma autora de livros de mistério, elabora uma vingança que vai deixá-la cara a cara com um lado desconhecido de si mesma. Já em Extensão justa, Dave Streeter tem um câncer terminal e faz um pacto com um estranho vendedor. Mas será que para salvar a própria vida vale a pena destruir a de outra pessoa? E, em Um bom casamento, uma caixa na garagem pode dizer mais a Darcy Anderson sobre seu marido do que os vinte anos que eles passaram juntos. Os personagens dos quatro contos de Stephen King passam por momentos de escuridão total, quando não existe nada — bom senso, piedade, justiça ou estrelas — para guiá-los. Suas histórias representam o modo como lidamos com o mundo e como o mundo lida conosco. São narrativas fortes e, cada uma a seu modo, profundamente chocantes. 
Este ano resolvi voltar a ler aqueles autores que foram meus companheiros na adolescência e Escuridão Total Sem Estrelas foi minha escolha para retornar ao universo de Stephen King, posso afirmar que não poderia ter feito melhor escolha, esta coletânea traz quatro histórias que nos fazem encarar o lado mais obscuro do ser humano e a forma como as pessoas podem agir sem nenhum escrúpulo ou moral quando confrontam situações adversas em suas vidas.

Em 1922, temos um homem que movido por ganância mata a esposa e acaba não só destruindo sua família e a vida do filho, mas indo rumo a própria loucura. Foi a abertura do livro e logo nas primeiras  páginas fui tomada por aquele sentimento de aflição, o personagem principal, extremamente manipulador e frio, conseguiu me assustar apenas planejando o assassinato da esposa, imaginem então quando foi as vias de fato e contou com o apoio do filho? Surreal! Sem palavras para descrever e daí em diante somos confrontados com uma visão nua e crua do desvio de caráter de um ser humano por conta de querer bens e dinheiro. Intenso, arrepiante e com um final que prova que aquilo que vai, volta, ou seja, mesmo morta a esposa teve sua vingança. Um final arrepiante, mas que me agradou pela justiça indireta.

O Gigante do Volante trata de um tema delicado para as mulheres, o estupro, mais uma vez King mexeu com meus nervos, achei bem verossímil sua abordagem, a protagonista, que foi vítima de um homem na estrada quando seu carro quebrou, sentiu-se de alguma maneira culpada pelo ocorrido e a vergonha de buscar ajuda e admitir o que tinha passado fizeram com que perdesse parte da sanidade e virasse outra pessoa. Vemos uma tranquila escritora de histórias de detetive protagonizando uma vingança, fazendo justiça com as próprias mãos. Um crime na ficção, mas verdadeiro na forma de ser mostrado, infelizmente a mulher ainda não se sente totalmente segura para buscar ajuda em uma situação destas. Há reviravoltas e ação, gostei e o final foi comovente.

Extensão Justa mostra um homem com os dias contados por conta de um câncer,  quando tudo parecia estar pior mais e mais a cada minuto, ele conheceu um homem que lhe deu uma opção, uma extensão de sua vida em troca de algo. Um pacto? Sim! Que revelou que o protagonista estava na verdade mais doente de uma inveja antiga do sucesso do amigo do que da doença física. Vemos uma história triste e que mostra com clareza como uma pessoa é capaz de se dar bem com o sofrimento alheio e ainda fingir que não é nada demais, que assim é a vida, e o pior foi o protagonista sambar na cara do infeliz que estava perdendo tudo com um sorriso condescendente. King que maldade!

E fechando temos Um Bom Casamento, meu preferido do livro. A esposa descobre sem querer que o marido é um serial killer e precisa decidir se o entrega para polícia ou continua como se nada tivesse acontecido. É empolgante do começo ao fim, eu me senti na pele da protagonista, parecia que eu estava lá temendo ser a próxima vítima, pois você vai lendo e imaginando que ela não passa da próxima página. Eu torci para que escapasse, mas até as últimas páginas é impossível saber o que vai acontecer. O final foi genial e simplesmente adorei.

Fazia tempo que não lia nada de King, eu curto muito os livros do autor, que misturam suspense e terror como nenhum outro, o “rei” de seu nome não é a toa. Não li todas as suas obras, mas entre as que li Saco de Ossos é minha predileta.

Escuridão Total Sem Estrelas apresentou quatro excelentes histórias, até o posfácio foi bom, porque além de explicar certos detalhes das histórias, revelou de onde veio a inspiração para cada uma, é uma conversa com King, ele te questiona e acerta em cheio todas as sensações que você teve durante a leitura. Em suma, você fecha o livro e pensa: Caraca! Quero outro do King já!

Tudo bem, acho que já ficamos aqui embaixo na escuridão por muito tempo. Há todo um outro mundo lá em cima. Pegue minha mão fiel leitor, e ficarei feliz em levá-lo de volta à luz do sol. Estou feliz em ir para lá, porque acredito que a maioria das pessoas é essencialmente boa. Sei que eu sou. É quanto a você que não tenho muita certeza.



2leep.com

22 comentários:

  1. só por ser do king eu ja fico de pé atrás
    não rola amore
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, nunca li nada do Stephen que vergonha!! Adorei sua resenha, talvez encare minha primeira leitura do autor com esse livro.
    Um beijo
    Garota do Livro

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Sabe eu ando lendo muito romance e isso tem acabado comigo.
    Agora estou mesmo precisando de ler algo desse tipo, mais pé no chão, sabe?
    E até pensei no nome desse autor, porque já ouvi falar muito bem dele.
    Só conhecia esse livro pela capa e já havia sido o suficiente pra me despertar aquela curiosidade!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida
    Legal saber que são quatro histórias.
    Apesar de não fazer muito meu estilo de livro, fiquei curiosa.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada do King, porém tem sempre criticas muito positivas e vários livros na livraria. Um que eu havia me interessado era Sob a Redoma, mas o tamanho me desanimou muito e não gostei da série de tv por isso acabei desistindo.

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Mesmo o Stephen sendo um autor muito comentado, os livros dele não me chamam muito atenção. Acho que pelo fato da temática que ele aborda não ser um gênero que me agrada, nunca fiquei curiosa para ler os livros dele.
    Sou medrosa, não adianta rs...

    Fico feliz que você tenha aproveitado a leitura =)

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  7. Posso dizer que sou super fã de um autor que nem li ainda??? Já li e vi muitas resenhas sobre os livros de King, amei todos, porém ainda não tive a oportunidade de ler. Sei que vou amar quando eu começar a ler e enm vou parar mais, kkkkk.

    Quero ter todos os livros do King.

    ^^

    ResponderExcluir
  8. Ual, fiquei com vontade. Nunca li nada do King mas vou precisar alterar a ordem das minhas leituras rsrs
    Beijos
    saberes-literarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Já sou fã do King, então nem tenho medo de não gostar de cada livro dele que vejo. Ainda mais agora que tô adorando contos, esse parece ser uma excelente pedida. Sem contar que a capa está linda demais, né? Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  10. Cida!
    Gosto do King também e pelo visto, aqui ele agora chega com contos que parecem aterradores, bem ao estilo dele.
    Como não querer ler, né?
    Semaninha de luz e paz!
    “Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  11. Como não amar o King, não é mesmo?!
    Estou louco para ler esse livro, acho que vou adorar! Primeiro porque ele é composto de contos, o que eu adoro. Em segundo lugar porque foi escrito por um gênio. E em terceiro porque eu adoro livros que exploram o lado mais sombrio do homem.
    Excelente resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Cida =D

    Eu disse que este livro era bom!? Eu amei, amei, amei.Concordo com você que o "rei" do nome dele não é a toa. É meu autor preferido do gênero e tem um espaço eterno na minha estante e no meu coração

    P.S: ótima resenha, como sempre ;)

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida!
    Eu sou super fã do King, li esse livro e amei!
    Meu conto preferido foi Gigante do Volante, eu torcia demais para que tudo desse certo para a Tess. Sofri muito com ela!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  14. Oi Cida, tudo bem? Eu ainda não tive coragem de ler nenhum livro deste autor. Esse em particular parece ser muito bom, na verdade eu acho que todos são muito bons, mas talvez eu comece por este. Mesmo não sendo muito fã de contos acho que quando se trata de terror, ler em pequenas doses talvez ajude rsrs.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Já comprei e tô doida pra ler!!!! Pelo que vi na resenha é óbvio que vou amar!! Muita morte, muita mentira, muitos segredos... Muito king!!!

    Bjkssss

    Lelê

    ResponderExcluir
  16. Oláaa!
    Não li nada ainda de Stephen King, mas tenho medo kkkkk justamente por ele deixar exposto este lado cruel do ser humano, mas vou tomar coragem e acho q quero começar por este, que tanta gente tem falado tão bem destes contos!!!
    Bjos!!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, Cida!

    Sempre tive vontade de ler os livros do Stephen King e até agora nada. Preciso reverter isso urgentemente, pois sei que estou perdendo ótimas leituras!
    Gostei bastante das premissas, especialmente da última... Muito intrigante e eu fiquei curiosa para saber o desfecho e o que acontece com o casal.
    Ótima dica, amiga!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bom?
    Todas as resenhas que leio dos livros do Stephen King, falam da genialidade de suas narrativas. Sou louca para conhecer a escrita dele. Nossa, Um Bom Casamento parece ser muito tenso e me deixou curiosa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. oi, tudo bem?
    Nunca li nada do King, e acho que nunca vou ler, (talvez só A procura de um milagre), porque não curto muito livros de terror.
    Mas para os fãs, um livro de contos assim, bem escrito, deve ser mesmo um prato cheio. Que bom que seu reencontro com o autor foi tão prazeroso
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Cida.
    Eu ainda não li nada de Stephen King porque sou bem medrosa, mas devido a tantos elogios ao autor e suas escrita envolvente tenho muita curosidade, e vejo nesse livro de contos uma chance, já que ele traz algo real do ser humano. Então mesmo sendo sombrio, acredito que posso ler aos poucos.

    Beijos.
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
  21. Oi Cida, tudo bem??
    Há amo a capa desse livro e tenho a pretensão de comprá-lo... por ser do King é claro e o único autor que me deixaria aficionada em ler contos... pois eu não curto tanto ler, mas adoro escrever, estranho não rs... gostei muito dos quatro contos que você apresentou e fiquei curiosa para ler o que você mais gostou... não li nada dele, mas assisti boa parte de tudo que envolve o nome dele... xero!

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Eu tenho uma certa curiosidade por esse livro, mas ainda não tive tempo pra ele. Deve mesmo ser ótimo, King né, não tem como não ser bom.

    luadeneon.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!