[Resenha] Lobo Mau

Lobo Mau
Título Original: Bad Wolf (Bodenstein & Kirchhoff #6)
Autor(a): Nele Neuhaus
Editora: Jangada                  Páginas: 496
Lançamento: 2015               ISBN:9788564850866 
17264131 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Uma adolescente é encontrada morta no rio Meno, nos arredores de Frankfurt. Sua identidade é um mistério. Aparentemente, ela é a terceira vítima de uma festinha regada a álcool que terminou tragicamente, mas a polícia descobre que a água nos pulmões da garota não é do rio, e que seu cadáver mutilado está ali há dias. Pia Kirchhoff e Oliver von Bodenstein, os detetives do best-seller Branca de Neve Tem que Morrer, agora trabalham para descobrir quem aprisionou, estuprou e brutalizou a jovem. Enquanto isso, mais crimes acontecem: a apresentadora de um programa de TV sensacionalista é espancada, estuprada e trancada no porta-malas de seu próprio carro e uma psiquiatra sofre uma morte terrível. A ligação entre os crimes é uma rede de violência e corrupção que atinge a elite da sociedade alemã e o próprio departamento de Pia. Mas talvez seja tarde demais para ela e Oliver descobrirem quem é o lobo mau.

Assombroso e de tirar o fôlego!

Desde que li Branca de Neve Tem Que Morrer (confira a resenha), fiquei querendo mais livros de Nele Neuhaus, especialmente se fossem parte da série Bodenstein & Kirchhoff, quando vi que a Jangada iria lançar Lobo Mau fiz até dancinha de comemoração, e posso dizer que foi pouco perto da qualidade deste livro, superou minhas expectativas e a autora tornou-se uma das minhas queridinhas do gênero de thrillers policiais. Lembrando que mesmo sendo parte de uma série é possível ler de maneira independente, cada livro traz uma nova história para a dupla de policiais.

Um corpo de uma garota, aparentemente vítima de abuso sexual, é encontrado em um rio. Um ex- condenado por pedofilia tenta reconstruir sua vida. Uma apresentadora de um programa sensacionalista é violentada. Uma mulher morre em sua casa amarrada. Um casal separa-se no momento mais crítico da vida de sua pequena filha. Uma jovem de múltiplas personalidades é atormentada pelas lembranças de sua infância e seu marido faz de tudo para encontra justiça para ela. A relação de Pia e Bodenstein está ameaçada pelos segredos corruptos do departamento de polícia alemão. Uma série de fatos aleatórios que escondem entre si algo em comum, um elo que mostrará o pior lado do ser humano, um lado que busca prazer e satisfação de forma doentia e degradante.

Nele Neuhaus é mestra em montar tramas com várias peças soltas e diversos esqueletos no armário, suas histórias não começam há uma ou duas semanas, e sim há muito tempo atrás, para descobrir as ligações e desvendar o crime, ou melhor crimes, é preciso voltar bem lá no passado e ir refazendo a linha do tempo, com isso cada peça que você vai imaginando onde pode se encaixar, acaba estando ou não no lugar certo, e aquelas que você não entende como podem fazer parte do quadro geral, acabam sendo indispensáveis.

O livro é narrado em terceira pessoa e isso nos permite ter uma visão geral de todos os personagens, acontecimentos e cenários, mas nem por isso é fácil imaginar o desfecho, ao lado dos detetives Pia e Bodenstein,  criamos teorias e supomos muito e embora a solução não chegue de maneira simples, um motivo claro é bem delineado, posso dizer que aqui a autora escolheu abordar um tema bem sério e repulsivo, só que por mais chocante que seja, foi tratado de uma forma não só inteligente, mas com sutileza e tato, você sabe do que se trata e imagina o que acontece, nas não precisa ler páginas e páginas de detalhes sórdidos, com maestria ela te faz ver a verdade, mas não apela ao fazer isso.

O interessante nesta obra é que embora ocorram uma série de assassinatos, eles não são o verdadeiro crime em questão, são na verdade consequências de um esquema onde ricos e poderosos exercem seu poder de maneira vil e para ocultar suas ações não medem esforços.

Os detetives Pia e Bodenstein estão mais uma vez determinados a desenterrar toda a sujeira, mas nós leitores e fãs da dupla temos a oportunidade de acompanhar mais que seu trabalho, espiamos também suas vidas. Ela está vivendo um momento ótimo na vida a dois e ele recomeçando após um divórcio conturbado, mas o que mais impacta é que a relação dos dois está sofrendo, pois fatos que vem à tona com esta investigação deixam Pia, e nós, em dúvidas sobre o caráter de Bodenstein.

Mocinhos e bandidos se confundem nesta trama. Quem é quem de verdade? Em quase quinhentas páginas de muito suspense e violência, não só desejei descobrir a verdade, como também acreditar que Bodenstein estava do lado certo. Nem todos os inocentes encontram seu final feliz, nem todos os culpados são devidamente punidos, mas no geral e de maneira plenamente satisfatória, a autora conseguiu nos apresentar uma trama densa, com um assunto real e atual, com personagens bem construídos e profundos, carregados de dramas e traumas. Lobo Mau é ainda melhor que o livro anterior que li da autora, excelentes obras com críticas sociais intrínsecas e carga psicológica intensa.  




2leep.com

15 comentários:

  1. Estou muito interessada em ler esse livro ...Além de fazer referência a contos de fadas infantil Só não tinha ideia de que ele fazia parte de uma série. e também vale ressaltar que a trama é muuuuito boa,fiquei curiosa... mais um para minha lista... ^_^

    bjs.

    ResponderExcluir
  2. A-d-o-r-e-i a sinopse! Não conhecia a autora e nem a série!
    Eu amo Frankfurt...já estive lá duas vezes.
    Adoro esse tipo de livro! Essa coisa de ter que desvendar crimes, descobrir quem é o culpado...eu me envolvo bastante!
    Está aí uma série que lerei! ;)

    Beijo

    www.meuepilogo.com

    Está rolando promoção lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério! Eu imagino que deva ser uma cidade muito bonita. Que legal!

      Excluir
  3. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Você não vai acreditar na coincidência, acabei de resenhar esse livro. Quando terminei de ler foi que eu descobri nas orelhas do livro que a autora escreveu Branca de Neve tem que morrer, mas foi lendo a sua resenha que soube que é na verdade uma série.
    Eu concordo com tudo o que disse, a autora não quer chocar o leitor, ela não descreve nenhuma cena do tema abordado. Mas ela deixa lá, para o leitor imaginar, como uma forma de protesto, temos que denunciar. Adorei a narrativa dela, fui surpreendida várias vezes. E gostei do final que ela deu, pois foi real. No meu entender, mas uma forma da autora denunciar esse crime. Ainda está acontecendo. Eu favorito esse livro e quero ler todos os outros da série.
    Adorei sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila! É uma série é protagonizada pela dupla de detetives, se você gostou deste, leia Branca de Neve sem medo, é ótimo também.

      Excluir
  4. Oie Cida =)

    A sua é a primeira resenha que leio desse livro, mas mesmo com a sua opinião super positiva dele confesso que não me animei muito em ler. Não curto muito livros do gênero, por que sou medrosa rs...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  5. esse é um daqueles livros que você só para de ler quando acaba, vc quer saber o que acontece de qualquer jeito! muito louco o poder de uma boa história, isso transparece na sua resenha!
    tenho uma amiga que merece ganhar esse livro e perder um sono!
    Quando der, de uma passada no blog, adorarei sua visitinha!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Assim como você, já li a obra e resenhei. E a minha opinião foi exatamente igual a sua! Esse livro é realmente incrível. A autora criou excelentes personagens, com uma premissa bem construída e densa. Além disso, o livro e repleto de crítica social. Tem como querer mais de um livro policial? Acho que não. Esse foi uma das melhores obras do gênero que eu já li.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história completa sem dúvidas.

      Excluir
  7. Oi Cida!
    Li esse livro esse mês e adorei! Achei a história ótima e mesmo fazendo mil suposições, o final conseguiu me surpreender. Foi uma trama muito inteligente, sem dúvidas. Engraçado que no início as histórias não parecem ter nada em comum e depois vão se interligando. Achei incrível!
    Pretendo ler Branca de Neve Tem Que Morrer, afinal a minha experiência com Lobo Mau foi ótima e quero ler todos os livros da série. Espero que a Jangada traga todos os livros. :)
    Beijos, adorei a resenha!
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neyla! Também espero, dedinhos cruzados aqui.

      Excluir
  8. Olá
    todo mundo está falando muito bem desse livro, não sei se pelo mistério ou pelo terror que ele tem, mas eu me interessei bastante!!
    Espero adquirir ele em breve!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida, tudo bom?
    Eu não conhecia esse autor, mas a cada resenha que leio de Lobo Mau, me arrependo de não ter solicitado esse livro para resenhar. Eu adoro suspense policial e a premissa desse livro é muito boa. Fico interessada por causa dos vários elementos inseridos na trama que culminam em algo maior.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não tive dúvida de que esse livro seria incrível. Soube desde quando vi a sinopse na época do lançamento. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas cada resenha que vejo sobre ele só me deixa mais curiosa. Além desse título, que já é de matar. Preciso!

    ResponderExcluir
  11. Geral que leu o livro esta recomendando, e devo dizer que eu achei que seria um livro incrível desde a época do lançamento. Estou gostando cada vez mais do gênero thriller policial, e Lobo Mau é uma leitura indispensável para quem gosta. Mal posso esperar pra ter meu exemplar.
    A editora arrasou na edição do livro. A capa esta linda, e os detalhes que dão ideia de sangue nas folhas são geniais!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!