[Resenha] Enfeitiçados Pelo Desejo

Enfeitiçados Pelo Desejo
Título Original: Spellbound
Autor(a): Sylvia Day
Editora: Leya (Selo Quinta Essência)         Páginas: 160
Lançamento: 2014                                    ISBN:  9788580449174
 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Livro/Resenha  Enfeitiçados Pelo Desejo, livro Spellbound, livros  Sylvia Day, livros Editora: Leya (Selo Quinta Essência)
Quando magia e desejo se unem, tudo pode acontecer. Max, um poderoso feiticeiro. Victoria, uma bruxa selvagem capaz de se transformar. Ele deve caçá-la e submetê-la a seus desejos antes de entregá-la ao Conselho Superior dos Feiticeiros, mas algo impensável o obriga a mudar de planos. Uma ligação inesperada faz com que desenvolvam um poderoso vínculo, ainda que Max ignore a força dos poderes de Victoria. Juntos devem enfrentar o perigoso Triunvirato, três irmãos responsáveis pelo desaparecimento de um antigo amor de Victoria. Em Enfeitiçados pelo desejo, a luta contra a magia negra se mistura à crise que as responsabilidades de Max como Caçador e a submissão involuntária de Victoria geram para o relacionamento. Serão as forças do mal mais poderosas do que um grande amor? Sylvia Day, autora best-seller do The New York Times, está de volta com um romance original que mistura fantasia e paixão para contar a história de dois poderosos feiticeiros que lutam por sua sobrevivência unidos por um intenso e profundo sentimento.
Enfeitiçados pelo Desejo é o primeiro livro que leio de Sylvia Day, o que me levou a escolher esta obra para conhecer seu trabalho foi o lado sobrenatural que a trama possui, achei uma mistura interessante, o erótico com o mundo da magia, eróticos “comuns” já li vários, então nada melhor que apostar nesse.

Victoria e Max são os protagonistas do livro, que é dividido em três pequenas histórias, “Um Tipo Familiar de Magia”, “Aquela Velha Magia Negra” e “A Mulher da Magia Negra”, cada uma mostra diferentes etapas de um relacionamento que tinha tudo para dar errado, mas que de alguma forma manteve-se forte frente aos maiores desafios.

Victoria perdeu o homem amado, um poderoso bruxo que transferiu para ela seu poder antes de partir, para que assim ela pudesse se proteger e conseguisse sobreviver na sociedade sobrenatural em que viviam. Esta mulher sempre quis vingar esta morte e resolveu provocar sempre que possível o Conselho, o grupo que “governava” o mundo do qual ela fazia parte, assim, no decorrer dos anos, vários caçadores foram enviados para domá-la, no entanto sua esperteza derrotou cada um, pelo menos até a chegada de Max Westin.

Max é um poderoso feiticeiro e almeja um lugar no Conselho, mas para isso precisa ser bem sucedido nesta caçada, mas ele não esperava que Victoria fosse tão interessante e envolvente, o desafio de colocar uma coleira de submissa na garota foi muito forte, mas não apenas no intuito de dominar, mas também de conquistar. Max acaba apaixonado, o que vai contra todas as regras que segue, despertando a ira de seus superiores e de muitos outros, sua união com Victoria o torna mais poderoso que muitos feiticeiros e para que possam ser felizes, irão ter que derrubar todos os seus inimigos.

Narrado em terceira pessoa, este livro é quente desde as primeiras linhas, transpira erotismo e vem cheio de cenas ardentes de muito sexo, no entanto não fica preso somente na questão do dominador e da submissa, o casal tem uma vida cheia de complicações e precisa vencer cada uma para poder ser feliz.

Como eu disse, é dividido em três histórias, a primeira mostra a luta de caça e caçador e a trégua necessária para ficarem juntos; a segunda o desenrolar do relacionamento e seu amadurecimento e a terceira é uma boa surpresa para quem achou que tudo tinha terminado na anterior, vemos nesta parte um grande conflito de Max e de Victoria em relação a quem são e o que querem da vida. São pequenas novelas, onde o casal vai firmando sua relação e evoluindo.

Eu me senti meio perdida no começo, pois a autora não nos insere neste seu universo de magia, ela começa a história já na ação e você tem que ir lendo para entender como as coisas realmente funcionam, Sylvia não prende-se aos detalhes, é mais uma narrativa de fatos prontos e acontecimentos, ela também não explora profundamente alguns aspectos da trama, o que foi uma pena, eu gostaria de saber mais sobre o Conselho e suas disputas, as tradições desta sociedade e até mesmo mais sobre a vida de vários personagens.

A leitura é rápida, e mesmo com as minhas ressalvas acima, eu fiquei presa até o final querendo saber se eles iam conseguir vencer seus inimigos ou não, é algo que fica no ar, não há muitos motivos para você acreditar que algo vai dar certo, a morte ronda o casal todo o tempo. Ser um erótico com uma pitada de romance foi um ponto muito positivo, mesmo o sexo sendo mostrado explicitamente, tem carinho, não só o lado selvagem, os personagens não são guiados apenas por desejo, mas também por sentimentos. É isso aí, meu primeiro Sylvia Day! Gostei!









2leep.com

13 comentários:

  1. Oi Cida, parece uma boa pedida, já li eróticos também e misturado com fantasia deve ser ótimo... Uma pena que o livro não superou suas expectativas.

    Beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2014/05/resenha-quando-tudo-volta.html

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou muito de ler estes novos eróticos que saem por aí. Já li algumas coisas de banca, das quais eu gosto mais, históricos principalmente.
    Mas gosto muito de fantasia. Acho que um que tenha este tipo de contexto eu toparia tentar. E parece ter um ritmo de narrativa interessante pelo que você contou na resenha. Tomara que não seja uma série interminável.

    ResponderExcluir
  3. Eu não sou muito de ler estes novos eróticos que saem por aí. Já li algumas coisas de banca, das quais eu gosto mais, históricos principalmente.
    Mas gosto muito de fantasia. Acho que um que tenha este tipo de contexto eu toparia tentar. E parece ter um ritmo de narrativa interessante pelo que você contou na resenha. Tomara que não seja uma série interminável.

    ResponderExcluir
  4. Cida,
    Estou iniciando a leitura deste livro em e-book e estou me sentindo também um pouco perdida, mas vamos lá que fiquei curiosa pelo que vai acontecer.
    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  5. Oiii
    Tinha visto a sinopse deste livro e tinha gostado muito.
    Vi algumas resenhas positivas, mas não gosto quando as coisas já ficam perdidas no começo. Acho que foi este o motivo de voce ter dado 3 estrelas né..

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. infelizmente Cida não consigo me envolver pelas histórias da Day, ela é uma autora que não me desce!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi,

    nunca li nada da Sylvia Day e nem tenho muita vontade, já que eróticos não são minha praia. Confesso que a parte relacionada a magia me chamou atenção, mas como a autora não explica muito como funciona o universo que criou, o livro definitivamente está fora da minha lista de leituras.
    Ótima resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu não gosto muito de livros nesse gênero, portanto "Enfeitiçados pelo Desejo" não me chamou muito a atenção.

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir
  9. nunca li nenhum livro da série, na verdade, nunca li nenhum livro da autora. Nenhum me chama a atenção. Sylvia Day não me conquistou :c
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  10. Nossa, um romance erótico sobrenatural? Que divertido. Talvez eu o leria só por esse fato.. fiquei curiosa com a junção desses dois gêneros.. mas na verdade tô bem cansada dessas histórias.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  11. Duas coisas que gosto muito, romance erótico e sobrenatural. Não conheço o trabalho da autora ainda, mas acho que deste e vou gostar.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida!
    Eu "super" entendi sua escolha por esse livro, além de ser sobrenatural a proposta é realmente ótima, pena que a autora não desenvolveu plenamente o "poder" do enredo, acho que se isso tivesse acontecido você poderia até ter favoritado. Meu primeiro Sylvia Day será Obsessão que vou ler esse mês, também escolhi pelo diferencial de ser um erótico histórico ;)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  13. Não sou fã de livros desse gênero, mas quaaase dei uma chance pra Sylvia Day quando pensei que não se tratava desse assunto :/
    Mas minha irmã gosta dela, então vou recomenda :)

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!